Saiba quais foram os destinos mais buscados por brasileiros no fim de julho na Booking.com

Viajantes de todo o mundo aguardam ansiosos a possibilidade de botarem o pé na estrada novamente. Alguns países e cidades no Brasil mesmo já começam a retomar gradativamente as atividades turísticas com alguns protocolos de segurança sanitária. Para descobrir as tendências que devem nortear a retomada, a Booking.com fez um levantamento* que aponta os dez destinos gerais e de praia mais buscados por brasileiros nas últimas semanas de julho.
O ranking revelou uma predominância por destinos na região sudeste, o maior emissor de turistas do país. O Rio de Janeiro lidera entre os mais buscados enquanto as cidades de Penedo (RJ) e Ilhabela (SP) foram as que mais subiram nas buscas se comparado ao mesmo período do ano passado: Penedo passou da 30ª posição para a 8ª e Ilhabela saiu de 26ª para a 10ª.

Confira o ranking geral:

1. Rio de Janeiro (RJ)

2. Campos do Jordão (SP)

3. São Paulo (SP)

4. Porto de Galinhas (PE)

5. Monte Verde (MG)

6. Gramado (RS)

7. Ubatuba (SP)

8. Penedo (RJ)

9. Fortaleza (CE)

10. Ilhabela (SP)

Praia do Bonete, em Ilhabela, cidade que abriga algumas das mais belas praias do litoral norte de SP | Foto: Maristela Colucci/MTur.

E o de praias:

1. Rio de Janeiro (RJ)

2. Porto de Galinhas (PE)

3. Ubatuba (SP)

4. Fortaleza (CE)

5. Ilhabela (SP)

6. Búzios (RJ)

7. Guarujá (SP)

8. Maceió (AL)

9. Maragogi (AL)

10. Pipa (RN)

Dos dez destinos de praias mais buscados por brasileiros nas duas últimas semanas de julho, cinco estão na região Nordeste.

Galés de Maragogi | Foto: Marco Ankosqui/MTur

*Metodologia: dados obtidos da análise dos destinos mais buscados nas duas últimas semanas de julho (entre 20/07 e 02/08 de 2020), em comparação com o mesmo período do ano anterior. Os dados correspondem a buscas e não a reservas realizadas.

Nota: Antes de planejar sua viagem a qualquer destino informe-se sobre ele através do noticiário (uma dica é escrever o nome do destino no Google e clicar em ‘notícias’) e confirme se ele segue aberto (eventualmente ele pode ser fechado novamente, haja vista que a pandemia não acabou) e quais regras devem ser seguidas.

Deixe um comentário