Litoral Norte de SP: As 32 melhores praias!


As praias do litoral norte de SP estão dentre as mais bonitas da costa brasileira. De praias paradisíacas, de águas calmas e areias brancas até as mais badaladas, frequentadas por surfistas e turistas nacionais e internacionais, o litoral norte paulista, oferece opções para todos os gostos.
Cercadas pela Mata Atlântica e com mar de variados tons de verde e azul, as cidades que compõem essa área da costa – São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba – merecem a sua visita.

Neste post vamos sugerir as 32 melhores praias do litoral norte. São lugares de beleza cênica de tirar o fôlego, daqueles para você não pensar em mais nada enquanto contempla o por-do-sol…

Parque Estadual da Serra do Mar (PESM)

Bem, antes de começar a falar das praias do litoral norte a gente não pode deixar de falar desta importante unidade de conservação brasileira, a maior de toda a Mata Atlântica, conectando as florestas da Serra do Mar desde a divisa com o Rio de Janeiro e Vale do Ribeira, até o litoral sul do estado (onde tem praia boa também e que a gente vai falar num outro momento).

Boa parte das praias que aparecem nesta matéria estão na área do parque e isso abre a possibilidade de fazer trilhas, como a Trilha das 7 Praias ou incluir um programa histórico-cultural como a visitação ao ‘Caminhos do Mar’, roteiro que compreende o trecho de serra da Estrada Velha de Santos e vai até a divisas entre os municípios de São Bernardo do Campo e Cubatão. Para fazer o roteiro que dura em média 4 a 5 horas é necessário fazer um agendamento prévio e pagar ingresso. Mais informações aqui.

Trecho do 'Caminho do Mar' | Foto: Enio Prado/Divulgação/PESM
Trecho do ‘Caminho do Mar’ | Foto: Enio Prado/Divulgação PESM

Agora vamos às praias!

1. Praia Brava – Boiçucanga – São Sebastião

O mar por lá é agitado, mas no canto direito da praia tem uma queda d’água de aproximadamente 4m de altura convite pra ducha.
Boiçucanga tem uma grande oferta de pousadas e hotéis e uma opção para quem quer acampar é o Camping Porongaba.

Praia Brava | Foto: Lucas Cuervo/Divulgação PESM
Praia Brava | Foto: Lucas Cuervo/Divulgação PESM

2. Barra do Una – São Sebastião

Da Barra do Una partem vários passeios de barco pela região.
Aqui a estrela principal é o Rio Una, de águas escuras devido as folhas que caem da mata ciliar é parte do cenário. Por ali é possível navegar em canoa rio acima ou via standup paddle.
O Sertão do Una reserva diversas cachoeiras e poções.

 

Barra do Una | Foto: Jurema Oliveira/Wikimedia Commons
Barra do Una | Foto: Jurema Oliveira/Wikimedia Commons

3. Camburi e Camburizinho – São Sebastião

O Rio Cambury e uma pequena península dividem a Camburi formando a Camburizinho. São das praias mais bonitas da região. Some-se a essa bela divisão natural, areias brancas e finas e águas claras…
O sertão de Camburi possui trilhas, cachoeiras e poços de águas límpidas.
Camburi tem uma boa oferta de hospedagens. Uma opção de camping por lá é o Camping Camburi.

Praia de Camburi - São Sebastião | Foto: Rogério Cassimiro/MTur
Praia de Camburi – São Sebastião | Foto: Rogério Cassimiro/MTur
Rio Camburi - São Sebastião | Foto: Rogério Cassimiro/MTur
Rio Camburi – São Sebastião | Foto: Rogério Cassimiro/MTur

4. Toque-Toque Pequeno – São Sebastião

A 13Km do centro de São Sebastião, em Toque-Toque pequeno é possível sentir viva a cultura tradicional dos pescadores. E se você estiver com vontade de comprar um belo pescado lá pode ser o lugar!

Toque-toque pequeno | Foto: Prefeitura Municipal de São Sebastião.
Toque-toque pequeno | Foto: Prefeitura Municipal de São Sebastião.

5. Praia do Paúba – São Sebastião

Assim como a Toque-toque Pequeno, a pequena vila de Paúba preserva a tradição dos pescadores.
Uma das opções de hospedagem na Paúba é o Camping do Mazinho.

Paúba | Foto: Divulgação/Campingdomazinho

6. Praia da Jureia

Da Jureia se pode ver o Arquipélago de Alcatrazes (é aberto à visitação) e as ilhas Montão, belo cenário para fotografia. No local há uma lagoa que serve de abrigo para diversas aves.

Vista da Jureia | Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de São Sebastião.
Vista da Jureia | Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de São Sebastião.

Onde ficar em São Sebastião? A cidade de São Sebastião tem uma boa oferta de hospedagens. Citamos alguns campings acima e outras opções (hostels, pousadas e hotéis) você pode conferir no http://bit.ly/HospedagemEmSãoSebastião

7. Praia da Feiticeira – Ilhabela

Com cerca de 250 metros de extensão e em formato de tombo, porém com mar calmo e claro, a Praia da Feiticeira tem duas cachoeiras que desaguam entre a praia e a costeira sul.
Um casarão colonial ocupa toda a ponta esquerda da praia. Ali funcionava a Fazenda Matias, que abrigava um engenho. O acesso à praia se dá por uma trilha a partir da estrada passando pelo casarão.
Um dos portais locais fez um vídeo de lá, que conta o porquê deste nome:

8. Praia da Fome – Ilhabela

Mar calmo, água e areias claras e muitas árvores a Praia da Fome está no norte da ilha e é bastante procurada por praticantes de mergulho livre.

Praia da Fome | Foto: João Orlando/Relato sobre a Praia da Fome enviado para Mochileiros.com

9. Praia de Castelhanos – Ilhabela

A maior praia de Ilhabela, com mais de 1,5 quilômetro de extensão está na baía dos Castelhanos.
Dentre os destaques da praia, uma pequena ilha, a Ilha da Lagoa de onde iniciam as trilhas para as praias Mansa e Vermelha.
Do canto do Ribeirão é possível acessar a trilha (de 2Km) da Cachoeira do Gato, uma queda d’água com mais de 80 metros de altura.
Em Castelhanos vivem 6 comunidades caiçaras.
Uma das opções de camping por lá é o Camping do Léo.

Praia dos Castelhanos vista a partir do Mirante do Coração | Foto: Louise Cristina Araujo Ferri/Wikipedia Commons.
Praia dos Castelhanos vista a partir do Mirante do Coração | Foto: Louise Cristina Araujo Ferri/Wikipedia Commons.

10. Praia do Gato – Ilhabela

Acessada através da trilha que sai de Castelhanos, a pequena Praia do Gato tem somente 100 metros de extensão e enormes pedras. Destaque para a cachoeira homônima citada acima.

Cachoeira do Gato | Foto: Ziero/Relato sobre uma travessia pela ilha que incluiu a visita à Praia e Cachoeira do Gato enviado para Mochileiros.com

11. Praia do Saco do Eustáquio – Ilhabela

Considerada uma das águas mais cristalinas de toda a ilha, o Saco do Eustáquio fica ao sul da praia de Guanxuma. De águas calmas e areias brancas, a praia é abrigada do mar aberto pela Ponta da Cabeçuda, que a separa da Baía dos Castelhanos.

Vista da Praia Saco do Eustáquio | Foto: Relato enviado para o Mochileiros.com
Vista da Praia Saco do Eustáquio | Foto: Relato enviado para o Mochileiros.com
Foto: Relato enviado para o Mochileiros.com
Saco do Eustáquio visto de outro ângulo | Foto: Relato enviado para o Mochileiros.com

12. Praia do Jabaquara – Ilhabela

Entre as praias da Fome e Pacuíba, Jabaquara é uma das mais preservadas da ilha (embora possa ser acessada de carro). Com 500m de extensão, suas areias brancas são cortadas por dois riachos. Do lado direito forma-se uma lagoa de água doce.
O acesso à praia pode ser feito em veículo próprio, bicicleta ou barco.

Praia do Jabaquara | Foto: Maristela Colucci/MTur.
Praia do Jabaquara | Foto: Maristela Colucci/MTur.

13. Praia do Indaiaúba – Ilhabela

Cercada de natureza, de mar calmo e faixa de areia larga, a Praia de Indaiaúba é uma bela e isolada praia do sul de Ilhabela.

Praia de Indaiaúba | Foto: Tiago Borges/Relato enviado para o Mochileiros.com
Praia de Indaiaúba | Foto: Tiago Borges/Relato enviado para o Mochileiros.com

14. Bonete – Ilhabela

A Praia do Bonete é uma das mais belas do Estado e já foi considerada (pelo jornal britânico The Guardian) uma das mais belas praias do Brasil e acampar por lá é poder estar em um pequeno pedacinho de paraíso.
Você pode já começar a aventura chegando à praia via trilha de cerca de 12Km pelo Parque Estadual de Ilhabela ou de barco.
Algumas opções de camping por lá são o Camping Toca da Lontra , o Camping e Hostel da Lage , o Camping do Eugênio e o Camping Beira Praia.

Vista da Praia do Bonete - Ilhabela | Foto: Maristela Colucci/MTur
Vista da Praia do Bonete – Ilhabela | Foto: Maristela Colucci/MTur

Onde ficar em Ilhabela? Ilhabela tem uma boa rede de hospedagem e além dos campings citados neste post você pode conferir outras opções de hospedagem (hostels, pousadas e hotéis) no http://bit.ly/HospedagemEmIlhabela

15. Praia Brava do Camburi – Ubatuba

Acessada por trilha íngreme a partir da Rodovia BR-101, a Praia Brava do Camburi tem mar agitado, areia branca e fofa.  Não tem infraestrutura turística e é bastante procurada por surfistas.

Praia Brava do Camburi – Ubatuba | Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Ubatuba

16. Camburi/Camburi das pedras – Ubatuba

Já mais próxima da divisa com Paraty (RJ), Camburi das Pedras é um dos pequenos paraísos de Ubatuba. É mais um lugar na cidade que oferece o banho de água doce (na Cachoeira da Escada) depois daquele banho de mar. Camburi das Pedras faz parte do Núcleo Picinguaba do Parque Estadual da Serra do Mar.
O pessoal do Ecodurismo visitou o local e destacou o fato de por lá haver cachoeira e praia num só lugar, em São Paulo!
Em Camburi algumas das opções de camping são o do Dedé, o Ypê  e do Tio Fábio.

Praia do Camburi | Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Ubatuba
Praia do Camburi | Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Ubatuba

17. Praia Brava do Sul ou Praia do Doca – Ubatuba

Praia pequena, de areia fofa, rodeada de árvores e com apenas algumas residências, a Praia Brava do Sul é uma das mais preservadas da cidade. Não oferece estrutura de turismo.

Praia Brava do Sul – Foto: Anderson Bardul‎ / Ubatuba é linda – Clique na foto para assistir o vídeo

18. Praia do Costa – Ubatuba

Tranquila e semi deserta com alguma marolinha e águas transparentes. O acesso é feito por uma pequena trilha cheia de bambuzais que começa na Estrada Vereador José Alves Barreto.
Leve tudo que for consumir e traga o lixo de volta (como em todo lugar que você visitar!)

19. Praia da Figueira – Ubatuba

O acesso é feito por uma estrada de terra partindo da praia da Tabatinga. É uma praia deserta com faixa de areia larga e com uma ilha em frente, a Ilha do Tamanduá.
Em Tabatinga, uma opção de camping é o Camping do João.

20. Praia da Justa – Ubatuba

Praia de areia branca e fofa com uma pequena ilhota em frente, a ilha do Maracujá. É um pequeno paraíso escondido entre a Praia da Puruba e Ubatumirim.
Há opções de camping em Ubatumirim, como o do Tião e do Damásio.

Praia da Justa – Ubatuba | Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Ubatuba

21. Praia do Puruba

Essa é um hit do mochileiros, paraíso da galera que gosta de camping e de muvuca de camping. Tem uma faixa estreita de areia fofa entre a lagoa da foz do rio Puruba e o mar… e muito verde em volta! Paraíso na terra. O acesso é feito entrando na estrada do Puruba na BR 101. Pra se hospedar procure o Camping do Getúlio.

Foto: Marina Dolphin  – Clique na foto para assistir o vídeo

22. Praia da Lagoa – Ubatuba

Uma faixa de areia fofa e grossa cheia de conchas espremida entre o mar e uma lagoa completamente rodeada de verde. O acesso é feito por uma trilha de 30 minutos.

Praia da Lagoa – Foto: Marina Dolphin – Clique na foto pra assistir o vídeo

23. Praia do Prumirim

Essa é uma atração 3 em 1. É praia, cachoeira e ilha paradisíaca! A praia é de areia fofa e dourada, com águas claras e esverdeadas onde desemboca o Rio Prumirim. O leito do rio vai descendo a serra com várias cachoeiras acessíveis no caminho. Pra completar o trio tem a ilha do prumirim, que fica em frente a praia e tem um pequeno banco de areia branca, praticamente caribenho. Pra ajudar ainda tem campings perto de tudo isso. Só evite os períodos em que a turistada gosta de se amontoar e leve muito repelente!
O Camping Prumirim é uma das opções para você acampar por lá. O local também oferece chalés.

Praia do Prumirim | Foto: Rogério Cassimiro/MTur.

24. Picinguaba – Ubatuba

É das últimas praias de Ubatuba, antes do Rio de Janeiro. É uma vila de pescadores com uma prainha de águas transparentes e calmas rodeada de muito verde. É o lugar certo pra quem quer o meio termo: nem deserta e nem muvuca. Tem alguns quiosques e dá pra chegar com um ônibus que para em frente a praia e sai do terminal do centro da cidade.  De lá saem barcos para Ilha das Couves que é sensacional!
A cerca de 5Km da Picinguaba, na também bela Praia da Fazenda há o Camping Caracol. Mais adiante (cerca de 12Km), sentido Rio de Janeiro em Camburi das Pedras, há Camping do Dedé, o Ypê  e do Tio Fábio.

Ilha das Couves – Picinguaba – Foto: Tati Marques / Grupo Mochileiros

25. Praia da Lagoinha

Praia de faixa de areia larga com águas calmas e transparentes, excelente para o banho de mar e descanso. É frequentada por famílias, turistas de final de semana e moradores do condomínio que fica de frente para praia.  É o ponto de partida (ou chegada) da Trilha das 7 praias que você confere a seguir.
Uma das opções por lá é o Camping Super Star. Na mesma região o Recanto Primavera oferece trailers, apartamentos e chalés.

Trilha das 7 praias

As praias a seguir fazem parte da chamada Trilha das 7 praias (de Ubatuba), circuito com 8,9 Km de pura beleza. A trilha que é considerada de nível fácil, começa na Praia da Lagoinha e faz o contorno de um pontal com Mata Atlântica preservada até a Praia da Fortaleza. No percurso há vários mirantes onde é possível fazer belas fotos.

26. Praia do Oeste

Primeira praia depois dos primeiros 30 minutos de trilha. Rodeada por Mata Atlântica e com algumas casas de moradores, é uma praia pequena, com águas calmas e com faixa de areia escura e estreita.

27. Praia do Peres

É a menor praia da trilha com um belo visual da Serra do Mar.

28. Praia do Bonete

A praia do Bonete é pequena com águas calmas de tons esverdeados, rodeada de Mata Atlântica, boa pra passar o dia inteiro “cozinhando” na água e tomando água de coco em seu único quiosque. Pela beleza única, no período das festas de fim de ano, carnaval e feriados prolongados, enche de turistas que chegam até o local em passeios de barco. Evite a época da muvuca e seja feliz!

Praia do Bonete – Foto: Caru Bastides / Mochileiros.com

29. Praia Grande do Bonete

Praia de tombo de 2 km de extensão com águas claras esverdeadas. É uma autentica vila caiçara com quiosques, bares e restaurantes, tudo integrado com a paisagem do local, um lugar realmente especial do litoral brasileiro. Se você gosta de “tomar umas”, não deixe de experimentar uma dose de “Consertada” uma receita de bebida típica caiçara que leva cachaça, café, mel, cravo e canela.   Pra se hospedar você encontra no AirBnb  algumas casas pra alugar por temporada, perfeitas pra quem quer um pouco de conforto no meio do paraíso.

Praia Grande do Bonete – Foto: Curiosidades de Ubatuba – Clique na foto para assistir o vídeo feito com drone, sensacional!

30. Praia do Deserto

Pequena e com areia fofa, rodeada de Mata Atlântica, é um pequeno paraíso intocado. Praia pra quem quer isolamento e tranquilidade, daí vem o nome.  Leve o que for consumir e recolha o lixo que produzir! Alguns viajantes passam a noite acampados por lá, mas o acampamento no local é proibido e sujeito a multa.

Praia do Deserto – Foto:Caru Bastides / Mochileiros.com

31. Praia do Cedro do Sul

É um paraíso de águas calmas e transparentes. Um “caribinho” quase deserto rodeado por Mata Atlântica e com direito a um quiosque. É também um ponto de acampamento selvagem que é teoricamente proibido, mas bastante praticado por quem faz a trilha.

Praia do Cedro do Sul – Foto: Caru Bastides / Mochileiros.com

32. Praia da Fortaleza

É a última praia da trilha e a que possui maior infraestrutura turística como pousadas, quiosques e estacionamento. Tem águas calmas e é frequentada por famílias e moradores do local.

Praia da Fortaleza – Foto: Gilmar de Oliveira – Clique na foto e assista o vídeo

Confira mais informações sobre a Trilha das 7 praias no Fórum sobre Trilhas em São Paulo do Mochileiros.com

Onde ficar em Ubatuba? A cidade de Ubatuba tem uma boa infraestrutura hoteleira. Além dos campings citados você pode encontrar outras opções de hospedagem (hostels, pousadas e hotéis) no http://bit.ly/HospedagemEmUbatuba

Não esqueça do re-pe-len-te! Você estará em meio à natureza, principalmente próximo a matas e cachoeiras vai se deparar com um inseto chamado borrachudo. As picadas desse bichinho provavelmente farão parte das suas lembranças de viagem pelo litoral norte de São Paulo, mas há como se prevenir: o uso de um bom repelente disponível no mercado pode evitar maiores problemas e uns 10 dias antes de viajar para essa região consuma diariamente vitamina B, o que ajuda a evitar as picadas. Se você nunca utilizou ou tem dúvida sobre utilizar o suplemento, consulte um médico.

Não confunda:
Na região algumas praias tem nomes iguais. Por exemplo, há uma Bonete em Ilhabela e uma Bonete em Ubatuba; há Camburi em Ubatuba e também em São Sebastião. Tem Jabaquara em Ilhabela, mas também em Paraty (pertinho do litoral norte de São Paulo, mas já no Rio de Janeiro)… Mas se você se confundir, relaxe você estará em um lugar maravilhoso de qualquer jeito!


5 comentários sobre “Litoral Norte de SP: As 32 melhores praias!

  1. Como é qui é? Falou de Paúba, Toque-Toque Pequeno e não falou da Praia de Santiago! Justo a mais bela de todas!?

  2. E quanto ao Núcleo Caraguatatuba do Parque Estadual da Serra do Mar? E as praias dessa cidade? Existem trilhas e cachoeiras muito interessantes para serem visitadas. Também estão no Litoral Norte de São Paulo.

  3. As praias do litoral norte de SP são realmente tudo de mais bonito sem considerar a rodovia RioSantos que algo de mais, morei toda minha vida em SP/Jundiai/Bertioga, hoje moro em SC, aqui temos belíssimas praias, serras, canios lugares especiais para quem curte a natureza, quero aproveitar para deixar o convite para os fazer uma visita e conhecer nossas belezas, é só avisar que serão bem vindos, abraços.

Deixe um comentário

Log in

Esqueceu a senha?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Enviando Arquivo…