Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''jamaica''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 1 registro

  1. Olá galera! Bom... A Jamaica era um sonho antigo, era a trip da minha vida e pude realiza-la no dia 01/02/2017. Quando definitivamente decidir ir, começou a minha dor de cabeça... Tive dificuldades para encontrar pessoas que viajaram para a Jamaica, na verdade eu encontrei um blog, mas a trip dessa mina estava completamente fora da minha realidade, logo, ela não serviu de parâmetro. Por ironia do destino, encontrei um amigo em um jogo no Pacaembu e comentei com o mesmo que iria para a Jamaica (Até então estava com a passagem comprada, mas sem nenhum tipo de roteiro), e ele falou que conhecia uma pessoa que já havia viajado para a Jamaica 2 vezes no esquema "Pobre louca" e sozinha... Haha... Eu pirei! Peguei o contato e logo viramos amigas (Beijos Dri)... Em questão de 5 mensagens trocadas com a Dri eu já estava com o meu roteiro pronto... Era só aguardar o grande momento! 1º Dia (01/02/2017 ) Comprei a minha passagem pela Copa Airlines, sinceramente? Foi a pior cia na qual eu já viajei. Mas é o que tinha para o momento. Sai de GRU ás 01:30hs do dia 01/02 e cheguei em Montego Bay por volta das 11hs (Horário Local da Jamaica). Antes de passar pela Imigração em Montego Bay é preciso pegar uma fila no "Healthy Control" para comprovar que tomou a vacina da febre amarela, tudo muito tranquilo. Depois que carimbaram o meu passaporte a emoção foi tamanha... Finalmente estava na Jamaica! Eu não quis perder tempo... No aeroporto peguei um transfer (Juta Tour) até Negril, pois eu queria muito ver o pôr do sol no Ricks Café (Único motivo da minha ida até lá) e dentro daquela van já pude sentir toda hospitalidade e alegria dos Jamaicanos. Cheguei na pousada, tomei um banho para dar uma balanceada no cansaço da viagem e já fui para o Ricks. Todo ser humano que for para a Jamaica, precisa passar por lá... é incrível! 2º Dia O meu segundo dia começou bem estressante. Havia fechado um tour com a "Tropical Tour" aqui do Brasil (Paguei cerca de USD 160,00), no passeio estava incluso um role pela Nine Milles (Saint Ann) e depois eles iriam me deixar em Ochos Rios (Pois a minha base nos próximos dias seria lá)... Bom, a agência iria me pegar na pousada por volta das 07:00hs, mas infelizmente o passeio foi cancelado, pois não fechou o número mínimo de pessoas (6) e eu fiquei sabendo disso apenas no dia... Ai começou o desespero, pois se ficasse mais 1 dia em Negril iria desandar todo o role... foi quando pedi algumas dicas para o segurança da pousada e ele me indicou um taxista particular para fazer todo o percurso até chegar Saint Ann e depois Ochos... Liguei para o taxista e no horário combinado ele já estava no portão... Porém para isso eu tive que pagar 300,00 "fucking Trumps"... Foi uma facada, mas não existe transporte público em Negril para fazer esse trajeto. Passado a "dor" de - USD 300,00 no bolso, procurei relaxar e aproveitar o passeio que durou umas 5 horas, o bom disso tudo é que o taxista, virou meu guia particular. Depois de 3 horas de role, cheguei na tão famosa "Nine Milles" o mausóleo do Bob Marley. O tour é guiado e tem duração de mais ou menos 2 horas, não me recordo o valor, mas o ticket não precisa ser comprado com antecedência. Eu fiquei mais apaixonada pela história do Bob Marley... A única parte triste do passeio é se deparar com o túmulo do mesmo, que fica "disponível" para visitas (É proibido fotografar) e o auge do tour é um show inesperado com uma banda, tocando todas as músicas do Bob Marley! Foi um sonho! Enquanto você curte o som, pode comprar uma Red Stripe (Cerveja Jamaicana) no bar e se curtir uma ganja pode se acabar, pois lá é tudo "legalize" kkkk! Terminando o tour, segui para Ochos Rios. Ochos é o melhor lugar para se hospedar na Jamaica, fica perto dos principais pontos turísticos... e o que não é tão perto, torna-se acessível, pois tem um bus station no centrinho da cidade. 3º dia “Esse dia foi louco” Haha! Meu 3º dia de trip foi absurdamente massa... Acordei cedo e fui para o bus station ao lado do hostel (Reggae Hostel) e peguei o ônibus sentido “Port Antônio”. Simmmmmmmmmmmmmmmmmmmm! Eu fui para a verdadeira “Lagoa Azul”! Iupii! Uma parte do filme “A lagoa Azul” foi gravado em Port Antônio nos anos 80 com a maravilhosa Brooke Shields. Levei 1 hora para chegar até o terminal de Port Antônio e de lá peguei um táxi. O taxista me cobrou USD 40,00 (ida e volta). O local é incrível, mas tirando a “Blue Lagoon” achei que não tinha nada mais para explorar... (Pesquisem antes de programarem mais de 2 dias na cidade). Assim que cheguei na “Blue” eu contratei um passeio na jangada, que também custou USD 40,00. O passeio tem duração de 30 minutos... é bem rápido, mas vale muito a pena. É uma experiência única estar naquele paraíso, juro! 4º Dia Ah! O 4º dia na ilha foi tipo “Jamaica Abaixo de Zero” Haha! Tirei o dia para curtir o parque “Rainforest Adventures”. Eu fechei o passeio com antecedência, custou mais ou menos USD 82,00... por esse valor eu puder curtir o “Boblsed” e também a “Dunn's River Falls”. Pra quem não sabe dentro desse parque encontra-se a montanha russa “Bobsled”, baseado na história dos competidores Jamaicanos que disputaram os campeonatos de inverno entre 1988 á 2014. No parque é possível acompanhar toda a história dos competidores em um museu. Não sei se alguém aqui viu a Glória Maria andando no “Bobsled”, mas é bem aquilo hahaa... Muita adrenalina, pois quem fica no controle de toda situação é “Você”! Haha Antes de terminar o percurso da montanha russa, um flash bem forte é disparado... Esse flash está programado para tirar foto do turista, uma forma do local adquirir mais dinheiro rs. Depois que ter me aventurado na montanha russa, me direcionei novamente para a van e fui na Dunn's River Falls. A Dunn's River Falls tem toda uma história pra mim, o clipe “Eu e Ela” do Natiruts, foi gravado lá nos anos 90 e como fã da banda eu tive que fazer o passeio. Lol. Para fazer esse passeio é preciso comprar aquelas sapatilhas especiais antiderrapentes, pois as pedras são bem escorregadias. É possível comprar as sapatilhas na entrada do parque por USD 10,00. Como todos os passeios anteriores, esse também vale muito a pena. 5º Dia Meu quarto dia na Jamaica foi bem “off”. Estava sem programação e muito cansada. Fiquei curtindo uma praia privativa ao lado do hostel em Ochos Rios. A praia é bem bonita e tranquila... Dá para deixar os pertences na areia e dar um “tichum” sem grilo. Para tirar uma onda lá é preciso desembolsar USD 1,00. Aproveitei esse “day-off” para visitar a feirinha que tem perto da praia e conversar com os nativos... eles amam conversar com brasileiros, vale a pena e de quebra ganhei um colar feito por uma jamaicana! Fofa! 6º Dia Quando eu comprei a minha passagem para a Jamaica, em nenhum momento passou pela minha cabeça sobre o aniversário do Bob Marley. Certo dia estava lendo o livro da Rita Marley (“No Woman no Cry”) e ela comentou que todo dia 06/02 rola um festival em Kingston promovido por ela, filhos e netos do Bob... Nessa hora eu paralisei, pois estaria na Jamaica no mesmo dia do festival e aniversário do Bob Marley. Eu comecei a curtir o som do Bob ainda na adolescência e vivenciar aquele momento na terra dele, seria bem surreal e foi. O festival acontece todos os anos no “Museu do Bob”... Não tinha mais ônibus disponível para Kingston saindo do bus station, logo, tive que pegar uma lotação com os nativos e mano do céu... foi muito engraçado! Haha Mas para chegar até o terminal das “lotações”, não foi tão simples assim... Na verdade até hoje não sei como faz para chegar nesse terminal... Eu lembro que pedi informação para uma policial, como ela viu que eu estava um pouco confusa, parou uma van no meio do nada e pediu para o cara me deixar nesse terminal... kkkkk Acho que eu fiquei uns 10 minutos na van até chegar nesse terminal, que mais parece um “lixão” (Juro kkk), mas ao invés de ter lixo, tem van... kkkk Entrei na Van que teria como destino “Kingston”, mas a Van (Ah! A van só deixa o terminal se estiver abarrotada de gente... kkkk) me deixou em uma favela e de lá eu peguei um táxi com 500 jamaicanos dentro rsrs... O taxista me deixou na frente do museu... Alivio por ter dado tudo certo! Rs A primeira coisa que eu vi ao adentrar no museu, foi a estátua do Bob... Ah! Quase chorei! Depois fiz amizade com uma menina da Suiça, que também estava sozinha... Foi minha companheira de cerveja, até conhecermos o nosso amigo “Rasta”... Um senhor bem fofo, que fumou maconha o role inteiro! Haha! Foi nesse festival que também pude conhecer o Julian Marley, na ocasião ele não foi muito simpático, acredito que estava sob efeito do cachimbão que ele havia acabado de tragar... Haha! (Gente! Eles fumam muito lá... e olha que não é legalizado kkk). Quando começou a escurecer eu fui embora para Ochos Rios, não me pergunte como eu cheguei, pois estava pra lá de Bagdá! Mas cheguei! É o que importa! Haha! 7º dia No penúltimo dia de trip, eu sai de Ochos e fui para Montego Bay. O trajeto foi rápido, peguei o ônibus no bus station (Comprem sempre com antecedência pelo site da aviação). Desci na parada do aeroporto de Montego Bay, pois seria mais fácil para chegar até a pousada. Assim que cheguei na pousada sai para comprar alguns souvenirs (Melhor local para comprar) e conhecer um pouco mais de Mobay. Fiquei em um pousada da frente da praia “Doctors Cave” a praia mais linda da Jamaica inteira na minha opinião... Almocei no restaurante que fica na frente da praia e depois cai pra água. Fiquei apenas 1 dia em Mobay e de fato não me arrependo, pois tirando essa praia não vi nada de muito interessante rsrs. 8º dia Último dia na Jamaica. Mas antes um mergulho para me despedir... Foi tudo muito rápido, mas bem intenso. Conheci basicamente a Jamaica inteira em 8 dias, sozinha... na maior vibe! A única coisa que eu não fiz, vou me infiltrar no meio “Trench Town”, não por tempo, por medo mesmo... Ouvi relatos que é muito perigoso cair de paraquedas lá, sem pedir permissão para entrar. Next time! Bom galera! Falei muito rápido... Eu sei... mas se não fosse dessa forma, não iria conseguir fazer o relato da viagem mais foda da minha vida. Peguei um dia aqui “a toa” no trampo e mandei ver! A Jamaica é um lugar absurdamente caro, então... preparem o bolso. Espero que a trip de vocês para esse paraíso, seja tão mágico quanto foi a minha! Eu sei que vão surgir várias dúvidas tipo nome do bus, tempo de locomoção... e estarei aqui para ajuda-los. Jamaica No problem!
×
×
  • Criar Novo...