Ir para conteúdo

[DÚVIDAS] Argentina - Chile - Peru e Bolivia


rodrigo.lau

Posts Recomendados

  • Membros

Fala pessoal, estou organizando meu primeiro mochilão. Vou com uns 3 ou 4 amigos e já decidimos os países. Argentina, Chile, Peru e Bolivia, mas gostaria de saber alguns lugares para visitar nesses paises, atrações culturais, natureza, dicas sobre logistica e tudo mais.

Tenho lido bastante coisa no site, mas ainda tenho mtas duvidas. Penso em passar uns 15-20 dias gastando uns 4000, 4500 reais com passagens e tudo. É pouco? Então, gostaria mesmo de saber a questão do dinheiro e pontos turisticos bons para ir.

 

Agradeço desde já,

 

Valeu!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Olá amigo! Como você também sou novo aqui no mochileiros.com, porém ja fiz algumas viagens e um mochilão propriamente dito e sempre passo aqui pelo site, mesmo nunca tendo me cadastrado, atrás de dicas e sugestões.

Eu fiz questão de me cadastrar para responder seu questionamento e tentar ajudá-lo, pois fiz em junho de 2008 exatamente esses países que vc está pretendendo visitar.

Vou passar o roteiro que fizemos e algumas observações, se você precisar de mais algumas dicas por favor solicite.

Ai vai:

Partimos de Florianópolis com destino a Buenos Aires, ficamos na capital por 3 dias e partimos de ônibus até Mendoza, ficamos 2 dias, visitamos Penitentes e o Aconcagua, não podemos parar no parque, pois acho que estava fechado ou coisa assim, mas valeu muito a pena, a cordilheira é linda!

De lá fomos até Santiago no Chile, ficamos 3 dias, visitamos alguns serros, mercado público municipal, museus, etc. Partimos para San Pedro de Atacama, de busão tbm. Foram quase 25 horas de ônibus, um pesadelo!!! hehehe... Passamos por Vina del Mar, Val Paraíso, Antofagasta até chegar em San Pedro de Atacama. Infelizmente não paramos nessas cidades, mas sugiro que pelo menos em Vina del Mar e Val Paraíso você arrume um tempinho para visitar, mesmo que apenas por um dia e se conseguir va até a ilha de pascoa, também não fizemos esse passeio, mas dizem que é show! Acho que vc parte de barco de Santiago, não sei muito bem...

Ficamos 2 dias em San Pedro de Atacama, partimos de jipe para Uyuni, uma viagem de 3 dias também, passando pelas lagunas até chegar no salar, esse passeio vc compra em San Pedro de Atacama, diariamente tem gente fazendo essa viagem. Vale muito a pena fazer, esse foi um dos pontos altos da nossa viagem, porém foi onde passamos mais dificuldades, pois o jipão era todo "enjambrado" e dormimos em um abrigo, uma vila, (ja está incluso no passeio), todos os jipeiros param lá, a galera se reune reabastece e parte no outro dia cedinho... Ali faz muito frio, não tem calefação, (pelo menos não tinha e em se tratando de Bolívia, muito provavelmente não tem ainda). Levem algumas poucas porém boas roupas de frio, entende? Lá tem saco de dormir para alugar...

De Uyuni, nós fomos de ônibus até La Paz, ficamos uns 2 dias na cidade, apenas fazendo pequenos passeios a pé, conhecendo um pouco a cidade e descansando também, recuperando as forças na verdade...

Da li partimos para Copacabana, logo que chegamos, nós almoçamos e em seguida pegamos um barco para "Isla del Sol", (no lago titicaca), em Copacabana vc não acha muitas atrações é mais um ponto de parada e reabastecimento tbm. Chegando no lago, nós optamos por fazer alguns passeios ali e pernoitar uma noite na ilha. Cara, vc vai ver que a maioria dos gringos chegam e vão embora logo, apenas tiram umas fotos e tal´s. Mas se vc puder dormir uma noite lá, pelo menos para descançar vale muito a pena! Algumas dicas em relação a ilha:

*Não se assute com a quantidade de crianças que virão para carregar sua mochila, mas não tire os olhos dela por nada...

*Negocie a ida e a volta no barco e tenha certeza que no voucher da embarcação está escrito ida e volta, ou na dúvida compre só a ida e lá compre a volta... (Não que seja o fim do mundo, vc ser enganado e ter que pagar novamente para voltar, afinal é uma ilha... hehehe... Mas se puder evitar isso é melhor e menos desgastante).

*No final do dia vá até um dos pontos mais altos da ilha compre um chá de coca e aprecie um por do sol maravilhoso! Realmente foi um dos mais bonitos que eu ja vi!

*A noite va em um restaurante que tenha alguma movimentação, pois apesar de um pouco mais caro, a comida provavelmente será boa. Se vc gostar de peixe coma a "Trucha a la plancha", como dizem por lá... Excelente!

Bom voltando da ilha, partimos de Copacabana com destino a Puno, chegamos relativamente cedo e ainda deu tempo para fazer um passeio de barco pelo lago titcaca, (novamente, porém agora pelo lado Peruano), até as famosas ilhas "flotantes", (flutuantes), de capim totóra e ainda pegar o busão a noitinha para Cuzco...

Nós demos muita sorte, no período que fomos comemora-se na cultura Inca o Inti Raymi, ou festa do Sol, cara pesquisa sobre isso, só o Inti Raymi seria um tópico a parte nesse fórum! Vale muito a pena consiliar, (acho que começa em 24 de Junho), todo mundo vai pra lá, Cuzco e região...

Ficamos 2 dias em Cuzo, foi pouco, não deu para fazer todos os passeios, acho que pelo menos 2 dias a mais ja seria suficiente... Partimos em uma escurção para Olhantaytambo, depois do passeio, nós não retornamos a Cuzco e de lá pegamos o trem até Águas Calientes, pernoitamos ali, reabastecemos, (se vc puder faça isso antes, leve comida, água, suprimentos em geral, pois lá tudo é mais caro), relaxamos nas águas termais, excelente para quem está viagem a muito tempo! E no outro dia cedinho pegamos o micro-ônibus, (excursão), para Machu Picchu.

Cara, pegamos um guia muito ruim, acredito que, na verdade proporcional ao que pagamos... hehehe... Ele chega lá leva vc e seu grupo para visitar alguns pontos e passa algumas informações, mas eu recomendo sinceramente que vc se informe com antescedência sobre o lugar, pesquise mesmo, para que ao chegar lá olhe para uma determinada edificação, por exemplo, e mais ou menos se lembre daquilo que leu, apenas complemente com o guia, não fique totalmente dependente dele, a não ser que esteja pagando algo significativo...

Outra dica que nos foi muito útil, se enturme com a galera nos hostels e albergues, pq vc encontra um monte de gente fazendo o mesmo passeio que vc e mesmo que não viagem juntos, pode acontecer de se reencontrarem em outros pontos e ai sim, fazerem algum passeio junto, ou mesmo racharem um táxi ou uma bóia, sei lá... Para mim foi exatamente isso que aconteceu, conhecemos um casal o cara era de SP e a mulher era da Espanha, ao chegarmos em Machu Picchu, ela perguntou ao guia se ele nos levaria a Huayna Picchu, fizemos cara de ponto de interrogação e esperamos pela resposta do guia, ele disse que levariamos, porém mais tarde... Sacamos que o cara estava enrolando, ela simplesmente largou o grupo e nos chamou para irmos junto com ela até o tal Huayna Picchu, na hora, olhei pro meu amigo e pensamos, putz... Largar o guia e seguir uma mina la da Espanha... Conversamos com o cara que estava com ela e depois de um consenso fomos... Foi a melhor coisa que fizemos!!! Nunca havia ouvido falar de Huayna Picchu e se não tivesse ido, caracom certeza ficaria muito aborrecido, em saber que estive tão perto e não fui! Putz! Vale muito a pena! Esse tbm foi um dos pontos altos da viagem tbm! Inclusive fica aqui outra dica, é um passeio muito específico, va cedo, pois acho que só entra um número determinado de pessoas por dia, ou tem algum tipo de lotação máxima, entende?

Nós não fizemos a trilha inca, mas tbm acredito que não perdemos muita coisa, pq depois conversamos com um monte de gente que fez e não ficou muito satisfeita.

Da pra vc ir até o tal portal do sol, que é o final da trilha inca e por onde quem faz esse passeio chega em Machu Picchu, mesmo depois de vc ter chegado no parque pela entrada principal... E bem tranquilo... Sei lá eu não indico...

De lá retornamos a Cuzco - Puno - La Paz, em La Paz, escalamos o monte Chacaltaya, fizemos alguns outros passeios tbm, "vale de la luna", etc e partimos para Santa Cruz de la Sierra, ficamos dois dias em STCruz, mais para descançar do que qlq outra coisa, a cidade não tem muitas atrações além de ser meio perigosa, se ficar por lá vá até a feira da rua Yamada, se não me engano... Mas cuidado, é um pouco perigoso... Vale a pena mais como experiência cultural e pelo contraste que impressiona muito! Se não estiver afim, apenas chegue por lá e compre o voucher do trem da morte até Corumbá - BR, na verdade até Puerto Quijarro é bem na fronteira e vc pega um taxi boliviano baratinho e cruza para o Brasil, (é lógico que tem que parar antes para carimbar o passaporte).

Você pode em Puerto Quijarro fazer algumas compras, nós não fizemos isso, pois nossa grana estava no fim e não cabia mais nada mas mochilas, (por isso falei no começo de vc levar apenas algumas poucas e boas ropuas).

Em Corumbá, acredite você vai querer comer carne de bovina! Vá em uma churrascaria, que além de boas são baratas... Sei lá, nós descemos do circular, (ônibus) que vai da fronteira até o centro da cidade quando vimos uma churrascaria, chegamos na frente do restaurante era umas 9h30 de domingoo, o cara só abria as 11h00, ficamos por lá matando o tempo e tomando uma gelada, até abrir, eu não sei bem, mas acredito que comi o equivalente a um boi inteiro... hehehe...

Depois pegamos uma pousada rural, uma espécie de fazenda de criação de gado, que tbm hospeda turistas, vc pega um busão da rodoviária até um lugar que se chama buraco das piranhas e de lá pra frente vai de caminhão até a fazenda, (mas vc precisa definir em qual fazenda ficará com antescedência)... É muito show!!! Nessa que nós fomos era pra esse caminho que descrevi, só tinha extrageiros, fiquei impressionado, nós achamos esse pessoal da fazenda na sorte e os gringos todos sabiam disso... Impressionante!

Ficamos 3 dias ali, valeu muito a pena, cavalgada, passeios, pescaria, muito bom!!! Excelente como fim de viagem!

Dali nós fomos de van até Campo Grande e a noite pegamos um ônibus até Blumenau, (nossa cidade).

Espero, apesar da extensão do texto ter ajudado vc! Tem um milhão de dicas legais ai nesse meio... Mas acredito ter relacionado as principais.

Se vc ou alguém que consultar essa resposta tiver mais alguma dúvida faça contato!

 

Abrs!

Boa sorte e boa viagem!

 

P.S.: Sem contar a passagem aerea de Floripa para Buenos Aires que nos custou na época uns R$300,00 (se não me engano), nós gastamos no total R$1500,00, cada um, contando passeios, comida, hospedagens e tudo mais. Claro que luxo não fazia parte do nosso vocabulário... Mas nos permitíamos uma vez ou outra uma boa comida por exemplo. No mais era o bom e velho "hamom", (presunto), com pão e as comidas preparadas nos albergues.

Se não estou enganado também o câmbio não era muito diferente doque temos hoje.

Ah! Não se esqueça de providenciar a carterinha de saúde internacional, pois caso contrário vc não entra no Brasil, tem de tomar a vacina lá e ficar em quarentena. Outra coisa consulte tbm alguns guias de viagem como lonely planet e afins.

 

Flws!!!

20110614173105.JPG

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...