Ir para conteúdo
joycebruja

Suécia Geral - Perguntas e Respostas

Posts Recomendados

Eu já disse que é bobagem trocar por Coroas no Brasil!

Aqui na Suécia e em toda a escandinávia tem mais casa de câmbio que boteco em Belo Horizonte!

Exceto a Finlândia que usa o EURO , nos outros países usam coroas!

 

Qualquer um dos países aceita cartao de credito para comprar qualquer coisa.

Qualquer loja grande aceita euro ,mas vc costuma perder na conversão.

 

O VTM so tem dolar e euro , aí vc na escandinávia perde na conversão ,mas é a forma mais segura de transportar dinheiro.

Traga euro ou real em espécie e vá trocando aqui mesmo ou verifique se nao fica mais barato pagar o IOF do que trocar dinheiro em espécie.

 

forex.se te dá a cotação na escandinávia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal,

Estarei indo p Suecia em breve, e estou tentando fugir do IOF, alguém já teve alguma de experiência, em troca de casa de cambio na suecia , ou uso do cartao de debito? Gostaria de saber também , valores aproximados diários de gastos sem contar o alojamento( ficarei na casa do meu sogro). Obrigada e aceito dicas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não tem mais como fugir da IOF, atualmente todos as formas de gastar dinheiro no exterior estão sujeitas a IOF de 6,38%, tanto o cartão de crédito, cartão de Debito, Cartão pré-pago, etc.

 

A opção seria levar tudo em espécie onde você irá pagar 0,38% de IOF, mas isto não é nem um pouco recomendável, pois você corre o risco de perder o dinheiro, ser assaltado, etc, e ficará meio paranoico sabendo que está o tempo todo andando com todo o dinheiro no bolso.

 

Alem disto, ao comprar moeda em espécie, você pagará uns 2% ou 3% de spread a mais do pagaria no VTM ou cartão de débito, ou seja, os 6% de economia no IOF ficam praticamente anuladas pelo diferença de cotação da moeda em espécie. Mas vale ficar atento que os 2% ou 3% que você paga a mais são para moedas populares, agora para moedas menos populares, como o Real e Corroa Suécas, o spread será acima de 5%, ou seja, elimina completamente a vantagem de se levar em espécie.

 

Hoje para quem viaja para países que não adotem o Euro, Dólar ou Libra, a melhor alternativa é usar o cartão de crédito para as compras maiores, e para os gastos do dia-a-dia, utilize o cartão de Débito Mastercard do seu banco para fazer saques na moeda local (o cartão Visa não irá funcionar).

 

Se você for gastar muito dinheiro lá fora, acima de R$ 15.000 e tiver alguém de absoluta confiança, dá para pensar em fazer uma remessa de dinheiro para a conta corrente desta pessoa no exterior, será cobrada uma taxa meio alta, que só compensa para valores altos.

 

Quanto ao que você vai gastar lá fora, isto depende unicamente de você e das escolhas que você fizer lá, ou seja, dependendo dos locais e dos pratos que escolher para almoçar, dos passeios que fizer, etc, você pode tanto conseguir sobreviver com com o equivalente a R$ 100 por dia, ou mesmo R$ 500 por dia não podem ser suficientes. Eu recomendo começar com um valor mínimo de uns R$ 200 por dia para os gastos do dia a dia com alimentação, passeios e metrô/ônibus, sem contar a hospedagem e deslocamentos para outras cidades, que caso você faça seriam considerados a parte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Eu já disse que é bobagem trocar por Coroas no Brasil!

Aqui na Suécia e em toda a escandinávia tem mais casa de câmbio que boteco em Belo Horizonte!

Exceto a Finlândia que usa o EURO , nos outros países usam coroas!

 

Qualquer um dos países aceita cartao de credito para comprar qualquer coisa.

Qualquer loja grande aceita euro ,mas vc costuma perder na conversão.

 

O VTM so tem dolar e euro , aí vc na escandinávia perde na conversão ,mas é a forma mais segura de transportar dinheiro.

Traga euro ou real em espécie e vá trocando aqui mesmo ou verifique se nao fica mais barato pagar o IOF do que trocar dinheiro em espécie.

 

forex.se te dá a cotação na escandinávia.

 

 

Olá, Joyce. Tudo bem?

 

Estou tentando há dias te mandar uma mensagem privada, mas não consigo... fica presa na caixa de saída. Queria te pedir umas dicas!

 

Farei um mochilão em maio passando por todos os países escandinavos e estou em dúvida sobre:

 

1) Comprar EUR no Brasil e trocar por aí

2) Comprar moedas escandinavas diretamente no Brasil

3) Ir com REAIS e comprar por aí

 

Vi você falando que compensa fazer o nº 3, comprar por aí. É isso mesmo? O real é bem aceito nas casas de câmbio? Consigo preços similares aos que vejo em sites como forex, x-change, 24money?

 

Cotei coroas suecas e norueguesas aqui em Belo Horizonte e, comparando com as cotações desses sites, as diferenças são absurdas! 14% a mais para SWE, 28%(!!!) a mais para NOR. Se as taxas dos sites forem as mesmas praticadas pelas casas de câmbio, vou apenas com reais e euros (passarei por Alemanha, Holanda, Estônia, Luxemburgo e Bélgica também).

 

Desde já agradeço!

 

Fred

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que a Joice falou é que trazendo Euros ou Reais, você consegue trocar facilmente em qualquer casa de câmbio, mas que é para você conferir as taxas de câmbio, pois muitas vezes as taxas praticadas nas casas de câmbio para trocar Reais são absurdamente altas, tipo 15% ou 20% da cotação que você consegue no cartão, e neste caso compensa pagar o IOF do cartão.

 

Se você levar só Euros você terá que fazer câmbio duas vezes, e cada vez que você converte você perde dinheiro, costuma-se perder 5% a cada conversão de moeda, ou seja, se você for converter Reais em Euros, perde 5%, depois converter Euros em Coroas Suecas, perde mais mais 5%. E se for converter só uma vez de Reais direto para SWE ou NOR nas casas de câmbio você perde 15% ou 20%, então por que não usar o cartão logo que pagá só 6,38% de IOF e usa uma cotação mais parecida com a oficial?

 

Ou seja, é besteira ficar esquentando a cabeça com isto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, fred.barros85! Tudo bem?

Acabo de voltar da Europa. Meu roteiro foi: Dinamarca - Noruega - Suécia - Finlândia - Estônia.

Pesquisei bastante sobre a melhor forma de usar o dinheiro e cheguei à mesma conclusão que nas outras viagens que fiz à Europa: Levar euros.

 

Mesmo tendo que trocar outra vez pelas moedas locais (dkk = coroa dinamarquesa, nok = coroa norueguesa, sek = coroa sueca), discordo do meu amigo AdrianoLB quando ele diz que é melhor usar o cartão. Além de pagar o IOF, quando você usa o cartão (débito ou crédito), a conversão da moeda local (dkk, nok ou sek) para o real é feita pelo seu banco em um valor muito mais alto do que seria numa casa de câmbio.

 

Concordo que seja muiiiito mais prático usar o cartão. Na Escandinávia, ele é aceito em TODOS os lugares como: hotel, restaurante, barraquinha de cachorro quente, trem, ônibus, metrô, loja. É só levar o cartão e não se preocupar. Agora, se você quer/precisa economizar ao máximo como eu queria/precisava, leve euros e troque nas casas de câmbio por moedas locais.

 

Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tudo bem querer economizar ao máximo, mas eu acho que isto é uma discussão totalmente inútil, no final das contas numa viagem de 2.000 Euros você vai conseguir economizar uns R$ 300 levando tudo em espécie.

 

Ou seja, é muita dor de cabeça, conta, stress, medo de ser assaltado, e paranoia para tão pouca economia. Pessoalmente quando eu viajo, quero aproveitar a viagem e o lugar e não ficar meio paranoico ou estressado por que estou andando o tempo todo com o bolso cheio de dinheiro, achando que vou ser assaltado a qualquer momento e perder todo o dinheiro da minha viagem, quem já foi roubado durante uma viagem sabe o que é isto. Fui roubado uma vez no trem indo para o aeroporto em Paris, sorte que na hora eu estava só com uns 30 euros no bolso, e não fez muita diferença, mas se estivesse com uns 1.000 euros no bolso, teria sido um problemão

 

Mas em fim cada um faz o que achar melhor, se você acha que R$ 300 de economia falem a pena o stress, tudo bem, não vou discordar, mas pessoalmente eu prefiro gastar R$ 300 a mais e viajar tranquilo. E não vão ser alguns poucos reais no câmbio que vão deixar a sua viagem cara, mas sim o que você escolher para comer, quais passeios fazer, qual hospedagem, etc... A taxa do cambio não costuma representar nem 3% do custo total de uma viagem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, irei para Estocolmo dia 19/05/14 passarei 15 dias e gostaria de saber , como fazer para chegar aos fiordes (suecos/noruegueses), quantos dias levo para conhecer esta região, vale a pena? E um passeio caro?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola ,

Bergen e Stavanger são os mais próximos da suécia e ficam na Noruega. A Noruega é 30% mais cara que a Suécia , em média.

 

Trem , ônibus são os meios de transporte mais populares.

 

sj.se

 

nettbus.se

 

Sim vale a pena

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou tentando comprar uma passagem de trem pelo site sj.se de Oslo para Estocolmo, mas não estou conseguindo. Aparentemente o problema é com o cartão de crédito.

Estou tentando com um cartão do Bradesco.

Alguém já comprou passagem de trem pelo site sj.se? Qual cartão utilizou?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...