Ir para conteúdo

Lisboa, Londres, Paris, Basel, Roma, Florença, Veneza, Luxemburgo, Bruxelas, Rotterdam - 2010/2011


Posts Recomendados

  • Membros

[align=justify]Bom como dizem... antes tarde do que nunca!! Vou relatar aqui a experiência da minha primeira viagem para a Europa. Foram 49 dias entre o final de dezembro de 2010 e fevereiro de 2011.

A idéia inicial era fazer um relato bastante detalhado, mas logo na primeira semana eu deixei de anotar alguns gastos e resolvi desencanar disso! Sendo assim vou fazer um relato mais geral, sem detalhar o que fiz dia a dia, mas contando minhas impressões, curiosidades e dicas que julgar interessantes sobre cada cidade que visitei e sobre escolhas que fiz. Desculpem-me aqueles que estão desesperados por informações sobre gastos para poder prever o custo de sua viagem... para vocês então vou dar minha primeira dica: faça um planejamento por alto, arredonde todos os gastos para cima, assim vai rolar uma sobrinha para os gastos não previstos... e pode ter certeza absoluta que eles vão acontecer!! E relaxe um pouco também, afinal a viagem é para ser divertida e não estressante contando cada centavo que se gasta... permita-se uma extravagância ou outra durante a viagem... o que se gasta a mais em algum momento, compensa-se em outro! Não sei qual foi o custo exato da minha viagem, mas entre os gastos que fiz ainda aqui com compras necessárias e os gastos na viagem em si, incluindo comprinhas básicas eu gastei entre R$ 15.000,00 e 16.000,00. Foi um custo alto, poderia ter sido bem menos se eu enxugasse mais, mas como era minha primeira Eurotrip, eu realmente não economizei muito, meu objetivo era curtir ao máximo essa experiência!

Bom minha viagem começou no dia 29/12/10 e meu roteiro inicial (sim eu mudei no meio do caminho...) era: Lisboa – 5 noites / Londres – 5 noites / Paris – 7 noites / Basel – 2 noites / Roma – 5 noites / Nápoles – 1 noite / Florença – 4 noites / Veneza – 2 noites / Munique – 3 noites / Bruxelas – 3 noites / Bruges – 1 noite / Rotterdam – 6 noites. Em alguns desses lugares eu faria bate-voltas a outras cidades. Em Basel eu fui p/ visitar uma amiga e em Rotterdam fiquei na casa da minha irmã, seria minha base na Holanda... mas no meio do caminho tudo mudou!! Então aí vai mais uma dica: pesquise muito e planeje-se em detalhes, porém não prenda-se inflexivelmente ao seu roteiro... minha mudança de planos aconteceu por conta da primeira lição que eu aprendi nessa viagem: 49 dias é muito tempo, ainda mais pingando de lugar em lugar!! É cansativo pra caramba, e não digo só fisicamente não, emocionalmente também! Afinal a cada cidade, cada novo albergue você passa por toda a adaptação de novo, conhecer um novo lugar, novas pessoas, fazer amizades, aprender a dividir o espaço com desconhecidos... e por aí vai...(Acho que o ideal é uma viagem em torno de 20 dias... no máximo 30 para quem tá preparado!) Então o que eu fiz foi aproveitar o fato de ter pessoas amigas morando na Europa e usufruir de sua hospitalidade...

Mas vamos então às minhas escolhas que foram as grandes dúvidas durante meu planejamento... A primeira grande decisão foi ir ou não sozinha, afinal era minha primeira viagem pra Europa, eu não conhecia nada... me viro bem no inglês, mas é claro que bateu um receio. Ainda bem que eu não me deixei paralisar pelo meu medo!! Viajar sozinha, como tudo na vida tem seus prós e contras, mas definitivamente não é nenhum bicho de 7 cabeças!! O principal ponto positivo é sem dúvida a liberdade de decisões... fazer o que quiser, na hora que quiser e da maneira que achar melhor sem precisar ficar argumentando ou se justificando pra ninguém!! O lado negativo é que as vezes pode bater uma certa solidão... eu passei por isso em alguns momentos e de forma bem intensa... mas não me arrependo de ter ido sozinha, foi uma experiência e tanto e recomendo a todos!! É claro que essa decisão vai implicar em algumas outras que vem a seguir, começando pelo tipo de hospedagem. Se hospedar em hotéis sozinha sai bem caro!! Então os albergues se tornam uma opção muito mais viável e além de tudo com a vantagem de ser mais fácil para fazer amizades já que a maioria dispõe de áreas sociais. E aí vai mais uma dica... conclusão que eu cheguei após a viagem... se estiver viajando sozinha opte sempre por albergues que tenham uma área social ou organizem eventos... albergues com bares dentro são ótimos para fazer amizades!! Eu não tinha por objetivo ficar indo para baladas todas as noites, mas realmente os albergues onde tive mais facilidade em fazer amizade foram aqueles que promoviam a integração da galera no bar ou em alguma área social... durante meu planejamento foram determinantes nas minhas escolhas a localização e os comentários positivos sobre os albergues... hoje eu levaria em consideração até mais do que a localização se tem bar ou atividades sociais ou não. Quando eu falar sobre cada cidade eu falo sobre os albergues que fiquei em cada uma...

Outra questão que eu vejo muito as pessoas comentando aqui no fórum é sobre viajar ou não no inverno e onde comprar as roupas... Bem eu teoricamente viajei no auge do inverno, mas não peguei tanto frio como eu esperava! A neve que eu queria ver (como todo brasileiro... eu só vi de longe na Suiça e um dia em Luxemburgo... fiquei decepcionada!) Sim minha resistência ao frio é boa, mas eu peguei muito mais chuva do que frio... Quanto à roupa de frio... aqui eu comprei o mínimo possível... levei uma calça jeans c/ a boca mais larga p/ usar com bota, algumas blusas de manga comprida e gola que eu já tinha, um casaco mais pesado que eu tinha e um outro mais esportivo, e roupas para usar por baixo como meia-calças de lã, meias de lã, blusa de malha térmica... e acessórios como gorros de cores variadas, um par de luvas de malha térmica pq eu odeio usar luvas e essas são mais finas mas esquentam, cachecóis e lenços. Levei um par de botas forradas que eu só conseguia usar a noite pq esquentavam muito!! De dia eu andava de tênis (comprei no outlet da Adidas em Lisboa um tênis de couro por um preço ótimo pq assim eu mantinha o pé seco e aquecido, evite os tênis que tem tecido por conta da chuva). O resto eu comprei por lá! Em Lisboa peguei preços ótimos nos saldos de inverno, em Londres também! Comprei algumas roupas térmicas na Uniqlo (em Londres e em Paris) que são ótimas, fininhas mas que realmente esquentam... Mas é fato que vale muito mais a pena comprar o máximo possível lá!! É muito mais barato, mesmo convertendo! Então se estiver em dúvida sobre ir ou não no inverno... pra mim não foi incômodo, as vezes durante o dia eu até sentia calor andando... o que incomodou um pouco foi mesmo a chuva... algumas cidades realmente ficam meio feias, como pra mim foi o caso de Paris que estava cinza e cheia de lama, mas tem a grande vantagem de pegar muito menos filas e até menos risco de assaltos (de batedores de carteira) já que há menos aglomeração de turistas. Eu iria de novo!

Agora a questão do transporte... Do Rio para Europa eu fui pela Tap. Não é a pior, mas também não é a melhor (a Tap é bem escassa em comida durante a viagem, ainda bem q eu levei um biscoitinho na bolsa!! A Air France nesse ponto é bem melhor!!)... porém como minha viagem começava por Lisboa, era a mais vantajosa em relação a preço. Quando fiz a compra incluí uma perna a mais e a volta foi por outra cidade... ficou muito mais em conta assim! Foi Rio x Lisboa ; Lisboa x Londres e a volta Amsterdam X Lisboa x Rio e ficou por pouco menos de R$ 2.500,00. O restante dos deslocamentos internos eu resolvi fazer de trem. Essa decisão eu tomei única e exclusivamente porque gostaria da experiência de viajar de trem, já que este não é um meio de transporte muito popular aqui no Brasil. De Londres para Paris eu fui de Eurostar (passagem comprada pelo site ainda aqui) e a partir da saída de Paris eu utilizei um Eurail Pass de 30 dias consecutivos. Sim o passe talvez saia um pouco mais caro, mas dá liberdade... e apesar de eu ter o meu roteiro todo muito bem definido, ainda bem que eu optei pelo passe, afinal foi graças a ele que eu pude mudar meu roteiro no meio do caminho sem ter um grande prejuízo com isso!! Eu não tive problema algum para utilizar o passe em lugar algum! E também não me arrependo de ter optado por fazer os deslocamentos de trem, a única experiência realmente ruim foi o trem noturno que eu peguei da Itália para Paris... É claro que o avião para alguns será mais interessante, eu acho que ambos são válidos, mas viajar de trem foi uma experiência legal!! Eu faria novamente, talvez só os trajetos mais longos eu trocaria por avião...

Outra decisão que tive que tomar foi entre mochilão ou mala de rodinhas... eu optei pela mala, mas errei no tamanho... levei uma mala pequena e claro logo na saída de Lisboa já não cabia mais tudo e eu tive que comprar uma “sucursal” hehehe. Mas eu levaria novamente uma mala, mas dessa vez uma média!! Eu não tenho coluna p/ mochila! Realmente é bem prática em alguns momentos, mas a mala de rodinhas também tem seus prós! Agora se seus deslocamentos forem todos por low costs, aí eu acredito que a mochila é mais jogo...

E por último a questão de como levar o dinheiro... eu dividi entre VTM, dinheiro vivo (Euros e Libras) e cartão de crédito. E foi tranqüilo. O VTM é realmente bem prático, só em Florença eu tive um pouco mais de dificuldade para sacar dinheiro com ele... só consegui em caixas eletrônicos de bancos maiores, do banco local não consegui... mas não chegou a ser um problema. O único mole que eu dei foi não ter comprado alguns Francos Suiços aqui... como cheguei em Basel no fim de semana não pude ir ao banco trocar dinheiro... não foi um problema pq eu estava com a minha amiga e ela me emprestou até segunda quando eu pude trocar Euros por Francos... mas se eu estivesse sozinha teria que me sujeitar a péssima cotação da casa de câmbio da estação de trem...

Bom num panorama geral é isso! A viagem foi uma experiência incrível que me rendeu uma visão de mundo mais ampla, novos amigos, milhares de fotos, ótimas recordações e depois acabou resultando numa experiência ainda maior que foi morar um tempo na Europa... mas isso fica para um outro relato!! Vou agora contar um pouco sobre cada cidade que passei, mas prometo que tentarei ser menos prolixa!!! hehehe Estou a disposição para quem tiver alguma dúvida, mas pergunte aqui e não por MP, afinal o objetivo de um fórum é compartilhar informações! Usem e abusem dessa ferramenta fenomenal que é o Mochileiros!! Leiam muito!! Copiem as informações que julgarem interessantes e releiam depois!! Acreditem, ter feito uma boa pesquisa foi fundamental pra mim! Em alguns lugares eu chegava e parecia que eu já sabia andar naquele lugar! E quando se está viajando sozinha, isso dá muito mais segurança. Fiquei expert em utilizar mapas! rs Foi 1 ano de preparação e valeu cada minuto de leitura, as muitas noites que eu acabei virando aqui no fórum e em blogs, lendo guias! Esse momento de pesquisa e tomada de decisões também é muito legal! Aproveitem!!![/align]

 

Continua...

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 22
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

[align=justify]Lisboa

 

Cheguei em Lisboa no dia 30/12 pela manhã. A imigração para mim não era uma preocupação porque tenho nacionalidade portuguesa também, então passo direto. Escolhi ficar no Travellers House e foi perfeito!! Adorei o albergue! Fiquei num quarto para 4 pessoas... das 5 noites que passei lá em 4 eu dividi o quarto com 3 holandeses figuras, mas tranqüilos... como a maioria dos holandeses eles não tinham muito pudor e dormiam sem roupa como se eu não tivesse ali! rs Mas não foi problema, em momento algum me senti desrespeitada... são as diferenças culturais se manifestando!! O albergue era bem limpo, não tive problemas com o banheiro do meu andar. Tem grandes lockers embaixo das camas e o cadeado é fornecido pelo próprio albergue, a chave vem junto com o cartão magnético da porta. Toda noite eles promovem alguma atividade na área social que era muito legal, vale a pena!! O café da manhã é bom, com torrada, ovos mexidos, leite, sucos, café, geléia e tal... a cozinha fica disponível para ser usada com geladeira, fogão e microndas. Tem internet wi-fi liberada na área comum e tem também uma sala com alguns computadores de uso livre. Tem uma sala de TV e o staff é ótimo!! Tem inclusive um brasileiro muito gente boa!! A localização também é perfeita!! Está próximo de vários pontos turísticos inclusive a Praça do Comércio onde eu passei o reveillon! Foi ótimo por sinal!! Uma queima de fogos lindíssima, show... muito animado!! Fiz bons amigos lá!

Eu adorei Lisboa!! É uma cidade extremamente fácil de andar, bonita, apesar da crise achei bem cuidada e não tenho uma reclamação sequer de lá! Nem do povo também que em momento algum se recusou a me prestar informações e foi muito gentil. Tem vistas belíssimas, a comida é boa e com bom preço também! Conheci todos os principais pontos turísticos nesse período que eu fiquei... achei 5 noites um tempo ótimo para curtir a cidade e ainda fui um dia a Sintra. Fui num passeio organizado pelo albergue que incluía o Palácio da Pena e a Quinta da Regaleira (ambos imperdíveis sendo a segunda um lugar completamente surpreendente!!) em Sintra e na volta vimos o por do sol no Cabo da Roca que é o ponto mais ocidental da Europa (lindo!) e ainda passamos por Cascais. Eu achei que valeu a pena ir com o passeio porque indo de trem eu não teria conhecido o Cabo da Roca, mas dá para ir por conta própria. Em Sintra tem ainda o Castelo dos Mouros, mas são ruínas, então não senti falta de ir lá...

Tanto Lisboa como Sintra são cidades de altos e baixos, então preparem-se para muitas ladeiras!! Aja pernas!!! E essa é mais uma lição que fica: se você está sedentário, um pouco acima do peso... dê uma atenção ao seu condicionamento físico antes de viajar... pelo menos um tempo antes comece a fazer umas caminhadas, tome um suplemento vitamínico para preparar o organismo... isso com certeza vai fazer diferença durante a viagem![/align]

 

Algumas imagens de Lisboa e Sintra aqui:

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

[align=justify]Londres

 

Meu vôo de Lisboa para Londres atrasou um pouco e ao invés de chegar ainda com dia claro, cheguei já era noite... Desci em Heathrow (que estava ainda uma zona depois do caos por conta das nevascas que tinham rolado uns 10 dias antes... tinha mala empilhada por tudo que é lado!!) e peguei o metro para chegar no meu albergue que ficava em Picaddilly Circus. Foi tranqüilo o trajeto e também não tive dificuldade porque a linha que vem do aeroporto é a mesma que passa em Picaddilly, então não precisei fazer baldeação. Só sofri mesmo foi com as escadas na saída da estação... não eram rolantes e eu estava com uma mala pequena e mais uma bolsa de viagem além da minha mochila com o notebook e a câmera! Na saída da estação tinha um cara pedindo esmola, coisa que eu não cheguei a ver em Lisboa... Fui andando até o albergue que era bem perto da estação. Fiquei no Picaddilly Backpackers. É um albergue muito grande, com vários andares e muitos quartos... não gostei muito não... achei muito impessoal, não tem uma área social legal, a galera fazia muito barulho nos corredores à noite antes de sair pra balada, os banheiros eram bem antigos e sujos, não tem café da manhã incluso, a internet é paga e bem cara por sinal!! Tem uma lavanderia mas também achei caro e eles não dão o sabão, então você ainda tem que comprar na lojinha da esquina... Sei lá, acho que pra quem não tá indo sozinha ele vale porque a localização é realmente muito boa! Pra quem curte baladas eles organizam as saídas todas as noites, mas como eu fiquei muito gripada em Londres não fui nenhum dia... mas voltando a Londres eu acho que não ficaria lá novamente...

Bom em Londres eu peguei bastante chuva e estava bem mais frio que em Lisboa... resultado: uma gripe braba com direito a febre e tudo, mas mesmo assim eu saía todos os dias!! Sim, Londres é uma cidade mais cara em alguns aspectos, mas é possível economizar! Tem muitos mercados com comidinhas prontas bem boas! Dá para fazer muita coisa a pé!! O sistema de transporte é bem eficiente. Mesmo com chuva foi legal pq tem muitas atividades em locais fechados, como os museus que melhor ainda são gratuitos!!

Por conta da chuva deixei algumas coisas para a próxima vez que eu for, como visitar Camden Town, a Portobello Market e Notting Hill... Eu também não tive muita paciência para ir na London Eye... talvez se eu não estivesse sozinha eu teria me animado... Não vi a troca da guarda porque no dia que fui ver o palácio não ia ter, eu teria que voltar no dia seguinte... Não fui a um pub londrino beber uma cerveja!! Bem, tenho bons motivos para voltar!! Ficar 5 noites foi um tempo bem razoável para fazer o principal, mas é fato que é uma cidade que dá para ficar mais tranquilamente!! Ah! Se for na época dos saldos de inverno, aproveite pq mesmo em Libras vale a pena!!! Até na Harrods é possível comprar coisas baratas (dê um pulo no subsolo onde ficam as promoções)!! A Lillywhites é uma boa para comprar roupas de inverno, esportivas e mochilas![/align]

 

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

[align=justify]Paris

 

Fiz a travessia do Londres para Paris de Eurostar. Nada demais afinal a maior parte da viagem é no escuro! Só quando se sai do túnel na França é que se tem algumas paisagens interessantes. A chegada em Paris foi meio confusa... A Gare du Nord é enorme!!! Os elevadores estão sempre cheios ou não param e as escadas rolantes estavam paradas! Com mala realmente não fica muito agradável... ainda mais com um monte de gente te empurrando para descer logo e correndo para pegar o RER!! Assim que consegui me localizar e achar o RER que eu deveria pegar, quando o trem parou tinha um espaço enorme entre o trem e a plataforma, e o trem ainda era mais alto!! Ainda bem que nesse dia eu topei com parisienses simpáticos e solidários!! Um soldado que também estava embarcando subiu minha mala p/ mim no trem! Poucas estações depois cheguei na estação que eu deveria descer e fazer uma baldeação para outra por onde eu sairia... aí começou meu drama! Cara anda-se muito por baixo da terra e o que é pior em níveis diferentes, então tinham escadas para todos os lados!! Elas pareciam que não terminavam nunca!!! E para piorar, onde tinha escadas rolantes por incrível que pareça, as escadas para descer funcionavam, mas para subir não!!! Eu tinha que ir arrastando minha mala (que depois de Lisboa e Londres estava pesando o dobro!! rs) escadas acima!! Teve um momento que eu já estava tão cansada que minha vontade foi de sentar e chorar!! Mas por sorte, e talvez pela minha cara de desespero... despertei o espírito solidário dos parisienses mais uma vez e fui ajudada primeiro por uma moça e depois por um rapaz que levou minha mala pelo resto das escadas! Mas claro que depois do labirinto subterrâneo e das escadas malditas eu saí no lugar errado e simplesmente não fazia idéia de para onde ficava o albergue! Mais uma vez dei sorte de achar uma jovem parisiense que falava e não se incomodava em falar inglês e ela utilizando o GPS de seu IPhone me indicou o caminho! Eram umas 4 quadras andando arrastando a mala pesada... depois de andar 2 quadras não agüentei mais e peguei um taxi!! hehehehe Ah e detalhe... grande parte da minha exaustão na verdade acho que foi porque eu já estava meio debilitada da gripe e porque nesse dia era meu aniversário e pela primeira vez na minha vida eu ia passá-lo completamente sozinha!! Bateu a deprê total!! Finalmente cheguei no albergue e adivinha? Mais escadas!!!!!!! Fiquei no BVJ Louvre. O albergue é bem espartano para dizer o mínimo! Não tem locker no quarto, o banheiro eu não sei dizer se era sujo porque era tão escuro que não dava para identificar! Tinha uma área comum, mas não podia fazer barulho nela e ficava bem na recepção, o café da manhã era tão espartano quanto o quarto! A internet era paga e ruim. E os lockers que tinham ficavam numa sala junto à recepção e eram pagos e caros! E uma menina ficou com as coisas presas dentro de um deles por 2 dias até vir um técnico para abrir! E vou dizer que até o que eu julguei ser uma boa localização, não era... sim era perto do Louvre e de outras atrações, mas ficava perto do Forum de Halles que é um shopping subterrâneo onde fica uma grande estação de metrô... na saída desse shopping que ficava mais próxima do albergue sempre tinham uns caras mal encarados (traficantes) parados pelas escadas rolantes além dos mendigos que dormiam na área também, fora as “vendedoras de amor”... Sim eu moro no Rio de Janeiro, mas quando se está num outro país onde não falam a sua língua, você não conhece bem a região e você está sozinha, dá medo!!

Ainda bem que brasileiro é um povo duca!! Vagando pela rua, sozinha e deprê no meu niver, numa esquina conheci um grupo de mineiros e os ajudei a se entenderem com o mapa... acabei me juntando a eles e quando eu disse que era meu aniversário eles não deixaram passar em branco e fomos comemorar num boteco daqueles turcos no Quartier Latin!! Bebemos muito e rimos também, fizemos uma zona no lugar!! Eu sei que quando fomos embora já tava quase na hora do metro fechar, eu fiquei com medo de sair sozinha no Forum de Halles e como não dava tempo deles me levarem e voltarem para pegar o metro a tempo, acabei indo com eles e dormi no hotel deles!! No final das contas foi um aniversário muito divertido!! E inesperado!! rs

Nos dias seguintes conheci 3 cariocas que estavam no meu albergue e circulei bastante com eles... fiz os pontos principais mas deixei muitos para conhecer numa próxima visita... Enfrentei a grosseria dos parisienses em praticamente todos os dias, principalmente na loja da SFR. Cometi algumas heresias como não ter entrado no Louvre, acabei não indo a Versalhes porque o tempo tava feio e eu fiquei com preguiça...

Fui à Disney e não me arrependo nem um pouco!! No RER conheci uma família de brasileiros e me juntei a eles passando um dia muito divertido!! Por ser inverno os brinquedos praticamente não tinham filas então conseguimos aproveitar os 2 parques em um dia numa boa! Vantagens de viajar no inverno!!

Resolvi encurtar um dia em Paris e ir logo pra casa da minha amiga em Basel... Paris me deixou uma impressão meio ruim porque achei a cidade feia toda cinzenta e cheia de lama como estava por causa da chuva... sim peguei chuva em quase todos os dias que fiquei lá. Numa próxima vez, pretendo ir na primavera para aproveitar os belos jardins da cidade e como albergue eu optaria pelo St. Christopher apesar da distância, não recomendo de jeito nenhum o BVJ e acho também que Paris é uma cidade para ir na companhia de alguém... não sei porque mas eu acho! rs É uma cidade com tanta coisa para fazer que não dá para conhecer tudo numa única vez!! Acho que 5 noites é o mínimo de tempo para visitar o mínimo da cidade, mas tendo mais tempo disponível é certo que não faltará o que fazer! E é fato que eu preciso voltar para desfazer essa impressão ruim que eu fiquei.

Ah! Em Paris em dei uma esvaziada na mala e mandei algumas coisas por correio para a casa da minha irmã na Holanda... foram 2 caixas da Poste... não saiu muito barato, mas compensou porque aliviei um pouco o peso e eram coisas que eu realmente não precisei durante o resto da viagem...[/align]

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Oi Fabi,

 

Parabéns pela iniciativa de compartilhar a sua Eurotrip aqui.

 

Farei uma viagem muito parecida com a sua, só que irei acompanhado pela minha mulher. Sairemos do Brasil dia 30/12 com destina a Lisboa, de lá partiremos para Madri, Barcelona, Roma, Veneza, Paris, Burges e Londres. Só retornando ao Brasil dia 26/01/12.

 

Solicito inicialmente a sua ajuda para me esclarecer as seguintes dúvidas:

Reveillon: Pelo que li até agora, o lugar mais interessante para celebrar é na Praça do Comércio, em Lisboa. Mas a festa é ao ar livre, tipo Copacabana, ou é mais interessante ficar num bar/restaurante?

Passe Eurail: Também comprei um passe, mas o meu é o Select Pass de 7 dias. Provavelmente você utilizou os trens de alta velocidade, trens internacionais e trens noturnos, que exigem reseva. Você fez as reserva aqui no Brasil ou só quando chegou na Europa ? Qual foi o custo média de cada reserva ?

No caso do trecho Londres/Paris, que não é coberto pelo passe, você comprou aqui do Brasil, pela internet?, com o desconto de 30% oferecido aos portadores do Passe Eurail?

Feriado do dia 01/01: Você pegou muitas atrações fechadas neste dia. Acho que os museus não abrem em feriados certo ? Qual seria a melhor atração, em Lisboa, para ser visitada num feriado ?

 

 

Bom, tenho outras perguntas, mas não quero abusar da sua boa vontade ::otemo:: . Pergunto depois.

 

Grato,

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Oi Barrostur!

 

Obrigada!

 

Vamos lá:

 

Reveillon: Eu fiquei na Praça do Comércio, é ao ar livre bem estilo Copacabana guardadas as devidas proporções, é claro! Eu achei ótimo, a praça estava lotada, a queima de fogos foi linda e depois rolou show no palco que fica armado na praça, mas eu não fiquei p/ o show... depois da queima de fogos fui c/ a galera p/ os bares do Bairro Alto. Sobre ficar na rua em em um restaurante... é uma escolha muito pessoal, mas na minha opinião, ficar na rua e depois ir p/ algum bar é uma boa combinação... mas detalhe, não é como aqui que a festa vai até de manhã, os bares fecharam por volta das 2 da manhã e voltamos p/ o albergue... Tb tem queima de fogos no Parque das Nações, se vc for ficar hospedado mais perto de lá, também é uma opção...

 

Passe Eurail: Utilizei trens internacionais, de alta velocidade e noturno... os valores das reservas variam bastante de trem p/ trem... mas dando uma olhada aqui nas minhas passagens eu vi que a maioria das reservas eu paguei em torno de 10 Euros. Alguns trens na França paguei 3 Euros. E no trem noturno de Milão p/ Paris na couchette de 1ª classe eu paguei 45 Euros de reserva (mas não aconselho esse trem!! Fiquei toda mordida por bichos!). Todas as reservas eu fiz lá... não tive problemas, acho que só teve um trem de Paris p/ Suiça que não tinha mais lugar disponível, mas aí eu peguei outra opção que tinha uma conexão e não foi um problema. A passagem do Eurostar (Londres x Paris) eu comprei pela internet com alguma antecedência e por isso paguei um bom preço... para usar o desconto do Eurail se eu não me engano só comprando lá diretamente e aí o preço da passagem é maior e acho que acaba não compensando o desconto! O melhor é comprar com a antecedência máxima pela internet, agora não me lembro exatamente se são 2 ou 3 meses...

 

Feriado do dia 01/01: Sim a maioria das atrações fechavam no dia 1º, porém o Oceanário abriu, então foi a minha opção! Deixei p/esse dia a região do Parque das Nações... estação oriente, shopping Vasco da Gama, Oceanário, teleférico e dei uma volta pelo parque. Outra opção é passear pelas ruas mesmo, mas como o comércio em sua grande maioria tb estava fechado, as ruas ficam meio desertas... Dá uma olhada no site do Oceanário e confirma se vai abrir dia 1º! Eu passei quase o dia todo passeando por lá!

 

Vou postar logo o relato das outras cidades... depois eu incluo os vídeos com as fotos pq ainda tô fazendo... rs No de Lisboa tem o vídeo dos fogos na Praça do Comercio se vc quiser ter uma idéia...

 

E fique a vontade para fazer mais perguntas, o objetivo aqui é a colaboração mútua!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

[align=justify]Basel

 

Bom cheguei em Basel (ou Basiléa) e fui recebida pela minha amiga e o marido na estação com uma caixa de chocolates de boas vindas!! Chegando na casa dela tudo estava pronto para me receber!! Minha cama, banheiro com uma toalha cheirosa e fofa!! Ai que maravilha!! Só em pensar que eu não ia ter que ficar num albergue e tomar banho de chinelo, me secar com a toalha esportiva... Essa parada em Basel pra visitá-la foi não só muito prazerosa por estar com ela, como foi uma recarga nas minhas baterias!!

A cidade é uma graça, mas não é exatamente turística, então nem vou falar muito de lá. Acho que o importante daqui foi a lição de que numa viagem tão longa, ter um momento de mimo foi fundamental! Talvez, na falta de um amigo morando na Europa para te receber, se hospedar em um hotel com banheiro privativo e uma cama gostosa vá causar um efeito semelhante... fica a dica![/align]

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

[align=justify]Roma

 

De Basel para Roma fiz uma conexão em Milão, mas não saí da estação (o trecho mais bonito da viagem!)... no trajeto Milão x Roma peguei o trem de alta velocidade italiano e como meu passe era de 1ª classe e eu resolvi fazer a reserva nesta mesmo, tive até serviço de bordo!! É realmente rápido!! Tem momentos que passa dos 300 km/h, dá um frio na barriga, mas foi uma experiência legal!!

Roma foi definitivamente o ponto alto da minha viagem!! Fiquei no Alessandro Palace e foi muito bom! Fiquei num quarto para 6 mulheres com banheiro privativo, tem locker mas tem que levar o cadeado. Foi perfeito, não tive problema em momento algum e ter o banheiro no quarto facilitava muito a vida!! O albergue tem um bar que à noite era o ponto de encontro! Se você é do tipo que prefere evitar brasileiros na viagem, não fique aqui!! Acho que 80% dos hóspedes eram brasileiros!! Era uma festa toda noite!! Fiz bons amigos aqui!! Toda noite começávamos a bagunça no bar do albergue e depois íamos para um bar no Campo del Fiori. Para aqueles que tem medo do bar causar barulho nos quartos, mesmo na noite que eu resolvi não sair, eu não ouvi barulho algum do bar. O café da manhã não é lá grandes coisas, mas passa. A internet é gratuita por 30 mim por dia mas o tempo adicional não é caro (tem wi-fi mas no meu notebook só conectava no bar... era alguma incompatibilidade do roteador da sala de computadores). O staff é legal e solícito. A localização é central! Bem perto da Termini e apesar de terem me dito que era uma área perigosa eu não me senti insegura mesmo andando de madrugada por lá... tem uns imigrantes que ficam rondando, mas o máximo que eu os vi fazer foi cantar tudo que é mulher que passava.

Sim o trânsito de Roma é caótico, mas o metro é pior ainda!! Me senti numa lata de sardinha, foi pior do que pegar o metro na estação da Carioca na hora do rush!! Quando eu precisava percorrer uma distância maior eu preferia ir de ônibus, até pq Roma é uma cidade que a cada esquina tem algo para se ver!! Eu realmente adorei a cidade! Sim o povo resmunga, fala alto, gesticula, mas eu os acho divertidíssimos!! O trânsito é louco mas chega a ser engraçado! E a cidade é linda!!! Tem bastante coisa para fazer, mas 5 noites é mais que suficiente para conhecer os principais pontos turísticos, eu diria até que 4 noites bastam! O Coliseu é de arrepiar, não deixe de ir à noite também para tirar uma foto dele iluminado! A Fontana di Trevi é linda e também deve ser apreciada de dia e à noite! Eu fui numa madrugada depois da balada e foi ótimo!! Só tinha a gente!! As fotos só não ficaram melhores porque meu teor alcoólico não permitiu! rs E fica um carro de polícia o tempo todo lá. Muito tranquilo. (Cuidado com os xinguelingues que ficam querendo tirar sua foto, eles são chatos, insistentes e grosseiros! Chegaram a ficar na frente da minha câmera só p/ atrapalhar minha foto já que eu não quis tirar nenhuma com eles e coloquei a camera no tripé!)

Como o tempo também estava chuvoso eu decidi cancelar minha ida para Nápoles já que o objetivo era ir a Capri e fiquei mais uma noite em Roma curtindo com os amigos que fiz![/align]

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

[align=justify]Florença

 

De Roma fui para Florença. Mais uma vez optei pelo trem de alta velocidade para ganhar tempo. Cheguei em Florença cedo e aproveitei para lavar minhas roupas já que tinha lavanderia no albergue. Fiquei no Archi Rossi, albergue do qual também não tenho o que reclamar! Foi o albergue onde eu comi melhor! O café da manhã era ótimo e tem várias opções combinadas e você escolhe a que mais te interessa, se quiser algum item a mais é só pagar, é muito barato! Lá tem também jantar que pode ser um prato de massa ou uma pizza, simples mas muito bom e o que é melhor já incluído na diária!! Eu fiquei num quarto para 8 mulheres com banheiro privativo, foi muito bom! Os lockers são como armários mesmo com um ótimo espaço! Uma menina que ficou no meu quarto em Roma estava vindo do Archi Rossi e estava toda mordida de bichos... ela acredita que foi na cama de lá, mas eu não tive esse problema! Outra coisa ótima desse albergue que eu recomendo são os tours guiados que eles oferecem. A guia é uma amor e é completamente diferente você conhecer a cidade com alguém te contando histórias de cada lugar do que ir andando só com as informações resumidas de um guia impresso. A localização do albergue também é ótima!! Perto da estação de trem, de comércio, restaurantes... inclusive na rua do albergue tem um restaurante que eu recomendo principalmente pela decoração do ambiente! O nome é Nerone e os pratos não são muito caros. Bom em Florença não deixe também de tomar um gelatto! Os museus só valem a pena para quem gosta muito de arte, como não é muito a minha praia eu achei cansativo... E pra mim o programa imperdível da cidade é assistir ao por do sol e começo da noite do alto da Piazalle Michelangelo, simplesmente lindíssimo! Florença é uma cidade pequena e tudo se faz a pé, eu só peguei ônibus para ir na Piazalle Michelangelo.

De Florença fui a Pisa em meio dia e voltei... eu não subi na torre, só andei por lá, tirei umas fotos e fiz um lanche... meio dia foi suficiente. Da estação até a praça onde fica a torre, a igreja e o batistério anda-se um bom pedaço, mas é um caminho com algumas construções bonitas, vale a pena ir a pé....

A idéia era ainda fazer uma outra Day Trip a Siena e/ou San Giminiano, mas eu acabei não indo e curtindo mais Florença... me arrependi um pouco já que foi pura preguiça![/align]

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

[align=justify]Veneza

 

Cheguei em Veneza por volta de meio dia, apesar de estar sol estava muito frio!! Como eu já sabia que teria que passar por escadinhas e andar pelas vielas até o albergue, decidi deixar minha mala no guarda-volumes da estação de trem e levei apenas o necessário para a 1 noite que ficaria aqui numa bolsa de viagem, foi a melhor decisão que eu tomei!! Fiquei no B&B Rota. Bem, sinceramente não sei se recomendo ou não esse albergue... foi sem sombra de dúvidas o mais desorganizado deles, o gerente é muito figura e gente boa... mas o clima é totalmente informal mesmo! Ele estava sem computador então confiou somente no que eu disse sobre preço e tempo de estadia!! O banheiro era bem ruim, mas como o albergue não tava muito cheio, não chegou a ser um grande problema... O café da manhã é no estilo se vira aí! Ele diz o que tem disponível e você se vira! rs A geladeira estava a disposição assim como a cozinha... tinha wi-fi no quarto, pelo menos no meu que era no primeiro andar... não tem locker, tem um armário mesmo no quarto que não fica trancado... a cama parecia meio improvisada mas não era terrível... o grande problema era o aquecimento que só era ligado depois das 21hs da noite e custava muito a esquentar... e sei lá que horas da madrugada era desligado de novo então de manhã o quarto já estava um gelo novamente! A localização é boa dentro das possibilidades de Veneza já que lá qualquer lugar te faz passar por escadas e vielas... mas foi fácil achar com as indicações que tinham no hostelworld. Veneza é bem pobre em opções de albergues (e caros!!), então dentre os que pesquisei, esse era o que aliava localização com o mínimo de condições... e como seria só por 2 ou 1 noite dava para encarar, mas acho que no verão com o albergue lotado deve ser meio complicado!! E deve ser um calor danado pq não vi nem ventilador de teto no quarto!!

Eu tive um dia e meio em Veneza e foi suficiente pra mim já que não pretendia ir a museus... eu não cheguei a entrar no Palácio dos Dodges porque estava com várias partes em obras, inclusive a Ponte dos Suspiros e o gondoleiro disse que não estava valendo muito a visita. Subi no Campanário e foi onde eu passei o maior frio!! Que vento gelado era aquele!!! E quando o sino toca é ensurdecedor!!! Mas valeu muito a pena! A vista é linda e o melhor é que não precisa subir escadas, tem elevador!! Fiz amizade com mais 2 brasileiras e uma argentina que estavam no albergue (2 delas no meu quarto) e nós conseguimos negociar com um gondoleiro um passeio por 50 Euros, ou seja, 12,50 por pessoa!! Foi uma barbada!! E isso só foi possível pq era inverno... no verão eu duvido conseguir esse valor... foi bem legal o passeio! Sobre o cheiro dos canais, nos grandes eu não senti nada, mas em alguns canais menores, lá p/ o meio onde eu acho que a água fica mais parada rolava um certo odor... imagino que no verão deve chegar a incomodar sim...

Fomos também a Murano, mas tava bem morto... visitamos a fábrica de cristais, andamos pelas lojinhas e comemos por lá depois de bastante andar até achar um restaurante com a cara e os preços razoáveis...

De Veneza começou minha jornada rumo a Luxemburgo... peguei um trem até Milão e de lá um trem noturno até Paris (detalhe que eu fui descobrir depois que o trem noturno vinha de Veneza, eu poderia ter pego lá direto). Que trem ruim!!! Fiz reserva numa cabine de 1ª classe onde são 4 camas... por sorte só tinha mais uma pessoa na cabine, então colocamos as malas nas camas de cima, caso contrário não teria lugar p/ as malas... a cama era estreita e desconfortável... logo que eu embarquei estava um frio danado mas depois ficou quente demais! Meu companheiro de cabine era meio mala, mas eu coloquei o fone de ouvido e ignorei ele... consegui dormir um pouco, mas muito mal... Cheguei em Paris e tinha que ir p/ outra estação para pegar outro trem... fui de taxi pq estava traumatizada com as escadas do metro e agora eu já estava com a mala pequena dentro de uma média que eu comprei em Roma para ficar com um volume só ao invés da mala pequena mais a bolsa de viagem! Peguei outro trem até Metz, de lá mais um para Luxemburgo Ville e finalmente mais um até a cidade onde minha amiga mora. Foi uma verdadeira jornada!![/align]

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...