Ir para conteúdo

BOLIVIA, PERU E CHILE - MOCHILAO 28 DIAS SOZINHO


Posts Recomendados

  • Membros

Como forma de contribuiçao, vou fazer o relato de como esta sendo minha aventura sozinho pela america do sul.

Peguei o voo Rio x Sampa x Santa Cruz de La Sierra pela gol no dia 04/10 (R$ 766,00 comprado com antecedencia para volta dia 31/10).

Sai do RJ no horário previsto (9h), mas rolou um atraso básico em SP. Fui chegar em Santa Cruz por volta de 13h45 e ai contando toda demora na imigraçao, a barriga grudou nas costas.

Perdidinho da silva, tive a sorte de conhecer um brasileiro no embarque em SP. Chegando em Santa Cruz, sentei pra comer um sanduba com ele e como ele mora em La Paz e roda toda bolivia a trabalho, me deu as dicas de como chegar na rodoviaria e ainda negociou o taxi comigo ::otemo:: .

50 bolivianos do lanche e rumo ao Bimodal.

Numa visao geral da cidade, Santa Cruz nao me atraiu muito e como ja estava planejado, foi so a porta de entrada mesmo.

Chegando na rodoviaria, uma bagunça danada. Gente gritando pra tudo que é lado. Dica; passe direto sem nem olhar e va comprar sua passagem.

Comprei minha passagem para 16h30 por 130,00 bolivianos onibus Cama Leito na empresa Trans Copacabana. Esta empresa fica logo à esquerda quando entra na rodoviária (Fique atento que existem duas Trans Copacabana. A que eu peguei foi a primeira quando vira para esquerda. se nao me engano é trans Copacabana ME). Onibus novo, muito bom.

E ai, senta que la vem a historia. 17 horas de viagem... nao chega nunca!!! ::hein:

A primeira e unica parada é em um bar no meio da estrada que vende um PF meio estranho. Como a viagem era longa e o banheiro do onibus era ruim de encarar, preferi ficar em terreno conhecido... batatinha Pringles e sprite pra tapear a noite (20 bolivianos).

Passando por Cochabamba apos 10h de viagem (pontualidade britanica), deu pra ver que parece uma cidade organizada, apesar do horario da madruga.... e ainda faltavam 7h pela frente.

Quando o dia vai nascendo, vai ficando mais animado. O visual é totalmente diferente de qualquer coisa no Brasil. Depois de mais de 4h em uma só reta no meio do deserto com umas casas perdidas, estavamos chegando a La Paz, mas..... nao teria graça se fosse tao facil!!!

Ao chegar em El Alto, cidade vizinha de La Paz, fomos informados que havia uma barreira na estrada e que o onibus nao passaria atè a rodoviaria. Desci completamente perdido para começar a procurar La Plaza de Armas, que pra mim seria facil depois de ver tantos relatos aqui sobre isso. Que nada!!!

A cidade estava um caos! Gente andando pra tudo que è lado. Taxi, Van, tudo lotado. Eu nao conseguia conduçao e ninguem sabia me dizer onde era Plaza de Armas e muito menos a rua do Hostel.

Fui andando no contra fluxo para tentar me antecipar e conseguir um taxi vazio. Como bom carioca, percebi que a rua ia ficando mais estranha e perigosa, mas nao tinha muito o que fazer. Todos os taxis lotados, quando de repente aparece um com o parabrisa quebrado, todo ferrado. Falei: Vai ser esse mesmo!!

Perguntei quanto era atè a plaza de armas e o motorista 100 BOLIVIANOS!!!! ::ahhhh:: pensei, ta de secanagem né? "És loco? no pago mas que 50" e ele na hora mandou eu entrar. E ai percebi que ainda estava muito caro... mas jà era, eu só queria sair dali e chegar no hostel. Mas se fosse tao facil assim nao teria graça.

No meio do caminho, no CAAAAAAOOOSSSSSS do transito que é isso aqui, o motorista fala que nao daria para ele pasar e que eu teria que descer, ou seja, andei de taxi praticamente 1km e teria que andar a pé por 2h. Falei que nao ia sair e que o transito estava andando um pouco. Ele foi.

Mais um pouco a frente, uma mulher pediu carona e eu autorizei a entrada dela no taxi. Ela era professora e estava indo para uma rua perto da minha. Foi bom, pois ela falava com mais calma e me ajudou a conduzir o taxista trambiqueiro.

Ah!! esqueci de falar que assim que eu entrei no taxi, o motorista me falou que tinham tres caras que estavam de olho para me assaltar. Um deles chegou a falar para ele nao deixar eu entrar. Depois que ele falou isso, realmente me toquei que tinham uns caras logo atras de mim... mas voltando...

Ja no centro de La PAz, um guarda parou o taxista e disse que ele nao podia estar trabalhando naquele dia por causa do rodizio de placas. O cara deu uma propina pro poliça mas eu rodei! Tive que pegar outro taxi, que para minha surpresa, me cobrou apenas 10 bolivianos para me levar atè o hostel. O motorista ainda foi me mostrando alguns pontos turisticos. Guardei o numero dele se precisar ir em algum lugar.

Chegando ao Loki Hostel, direto pro banho!!!!

Finalizando o dia, fui almoçar (21 bolivianos) e depois fui comprar os equipamentos para as aventuras. Realemente vale a pena comprar roupa de frio por aqui.

Comprei: Saco de dormir, calça primeira pele, calça corta vento, gorro, bastao de caminhada, meias grossas e cachicol... Mais ou menos 165,00 dolares!!

É isso ai... por hoje é só... vou atualizando no decorrer da viagem... hoje foi só o promeioro dia!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...