Ir para conteúdo
MarcosPereira

Dicas de Porto de Galinhas

Posts Recomendados

[info]Tópico para compartilhar dicas sobre Porto de Galinhas

 

Participe!

Deixe aqui aquela dica de passeio que você adorou, aquele bar nota 10 que conheceu, daquele restaurante bom e barato ou daquele outro que serve um prato especial que você adorou. Vale também a dica daquela noitada inesquecível que você foi em Porto de Galinhas.

 

Regras do Tópico

Neste tópico não serão aceitas perguntas, apenas dicas sobre Porto de Galinhas. Perguntas devem ser postadas nos Tópicos de Perguntas e Respostas. Todas as perguntas postadas aqui serão deletadas pelo editor deste fórum.[/info]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dicas atualizadas de uma viagem feita no final de dezembro/2012:

 

[t1]Chuvas, Maré, formação das piscinas naturais e acesso[/t1]

 

É o mais importante da viagem ! Não compre passagens antes de pesquisar a respeito. Veja no site oficial da Marinha:

 

http://www.mar.mil.br/dhn/chm/tabuas/index.htm

 

Selecione "Porto de Suape (Estado de Pernambuco)", o mês e o ano desejado.

 

Note que a maré muda 4 vezes ao dia.

 

O menor número é o mais importante, é a maré mínima possível naquele dia. Quanto menor, melhor, ideal a 0.0. O consenso geral é que este número tem que estar no máximo a 0.5, que é quando ainda aparecem as piscinas naturais, formadas pelos corais, aprisionando os peixes. Mais do que isso, vira uma praia comum, o mar cobre os corais. Nós fomos com maré mínima a 0.8, mas deu pra gente se divertir um pouco, os corais ficam cobertos por cerca de 2 palmos de água e mergulhando de snorkel você ainda vê um pouco de peixes. Programe-se para chegar cerca de 2h antes da maré mínima, para aproveitar mais 2h.

 

Você pode chegar até as piscinas naturais por uma jangada, pagando 15 reais. Há quem tenha ido nadando, ou até caminhando, se a maré estiver muito baixa, como 0.0 ou 0.2. Mas o mais recomendado é ir de jangada, não só porque a maré muda muito rapidamente, mas porque há uma série de ouriços no caminho.

 

Daí vem outra dica - leve chinelos daquele fechados, tipo os da marca "Crocs". Ou vão sair debaixo d'agua. Li sobre casos de turistas que não atentaram pra isso e foram parar no hospital, com o pé inflamado por causa dos ouriços. E mesmo com chinelos, evite pisar neles, são animais que têm tanto direito de viver quanto você.

 

Consulte também a época de chuvas, essencial para o sucesso do passeio:

 

http://www.portogalinhas.net/quando-viajar.html

 

[t1]Como chegar:[/t1]

 

Ônibus: há partindo de Recife e que passam no aeroporto. Saindo da porta principal, você vira à direita e caminha poucos metros. Não vou colocar aqui horários dos ônibus, pois isso pode mudar, pesquise no Google informações atualizadas. As linhas são o 196 (convencional), 191 (executivo) e 195 (executivo com ar). O 196 é um ônibus comum, sem espaço para colocar as malas e mais lento que o normal. Não é recomendado. O 191 eu não sei se tem espaço para malas, mas o 195 tem, sim. O 195 custa por volta de 10 reais.

 

A referência para saltar em PG é o posto Ipiranga, que antigamente era Texaco. Fica pertinho da Vila, pouco mais de 500 metros, de modo que se você tá hospedado por lá, não precisa de táxi.

 

Táxi: na ida, o preço que estão cobrando é 120 reais. Eu negociei e consegui por 100, rachando com um casal que encontramos. Há no fórum quem tenha dito que conseguiu por 80, com um taxista chamado Antônio (81 8693-5643 91929667 8693-5643). Não sei se os telefones estão atualizados, foram os que consegui aqui no fórum de posts mais antigos. Eu acabei não ligando, pois tava com pressa de chegar logo em PG. Na volta, o que muita gente faz é aproveitar os táxis que deixam passageiros em Porto. Os caras estão sem poder de barganha, então vale o seu poder de negociação. Já vi no fórum gente que chorou e conseguiu a 10 reais por pessoa. Já vi por 15 e por 20 também. Tem que ser persistente e declinar se o cara não ceder. Nós acabamos voltando de busão e foi tranquilo, pois já estava no ponto e durou só 1h30. Com trânsito, pode durar até mais. Outra coisa sobre táxis, lá tem muita doblô, então dá pra sair ainda mais em conta o táxi se você for num grupo de 6, ou arrumar mais gente lá na hora pra rachar contigo.

 

[t1]Hostels, pousadas e hotéis[/t1]

 

Não vou indicar a que ficamos, reservada pelo Booking, pois há outras com custo x benefício melhor. Se você for fora de temporada, dá pra achar opções interessantes com preço razoável lá na hora. Escolha a que quiser, mas priorize Ar-condicionado. Vimos muitos mosquitos por lá e eles só sossegam com o ar ligado. Aqui no fórum a opção mais popular é o hostel A Casa Branca http://www.hostelportodegalinhas.com.br/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

[t1]Comida:[/t1]

 

Barraca:

 

Praia de Porto de Galinhas

Porto Guedes - dica que peguei num relato do fórum, atestada por dois membros, e comprovei - isca de peixe bem servida, dá para duas pessoas que comem razoavelmente bem. Segundo a dona, Kayla, são 700g de peixe. Vem também macaxeira e salada. Pedimos também caipiroska de limão, muito boa e bem servida. Os diferenciais são o ótimo atendimento e o peixe frito que não vem encharcado de gordura, além de não haver pressão para você consumir. Você senta na cadeira e fica à vontade - em outras, te exigem consumação de 50, 80 reais. A barraca fica em frente a umas pedras, ao lado direito do acesso principal à praia. As cadeiras são meio coloridas e fica escrito "Porto Guedes" nela. Fica a uns 300m depois do restaurante Peixe na Telha, para quem anda em direção a Maracaípe. Se você jogar o nome da barraca no Google, verá que a fama dessa barraca tá se espalhando, outras pessoas gostaram também e estão divulgando.

 

Praia de Muro Alto

Barraca da Ana - não fomos, apenas recomendaram. Parece ser uma boa sugestão, pois vejo muitas reclamações das barracas nessa praia, que são poucas e de má higiene.

 

Bares e restaurantes:

 

Tem para todos os gostos. O mais popular indiscutivelmente é o Barcaxeira. Fui e comprovei, pedindo a macaxeira com camarão. Algo que não me avisaram - tem pequena, média e grande. Pedimos a grande e foi um exagero. É coisa pra 3 pessoas esfomeadas, ou 4 com pouca fome. Um prato muito popular para grupos é o "Atolado de Camarão" ou algo bem parecido. Serve 3 a 4 pessoas.

 

- Tapiocas por todo canto, todas muito boas. Excelente opções para lanches, pois é muito barato e enche razoavelmente bem. Espere pagar entre 3 e 4 reais pela mais básica.

 

Outros, que não fui, mas deixo o resultado de minhas pesquisas:

 

Peixe na Telha: Caro, mas qualidade boa.

Domingos - idem.

Madrugão: Cara de boteco, logo na entrada vem o aviso - "o pior galeto de Porto de Galinhas. Ruim mesmo é a pizza". :lol: . Figura. O painel já mudou, agora é em vermelho, tirei até foto. Já li relato de quem foi e disse que é bom.

Pastel de Porto - perto do Madrugão, boa qualidade e preço baixo.

Beijupirá - muito caro, não compensa.

Porto Mix - Lanchonete/restaurante que dizem ter de tudo e de boa qualidade

Cabidela da Natália - bem recomendado

Subway

Ocean restaurante na beira da praia (quiosque rústico) – bem em conta

Restaurante Tempero do Pólen (quase em frente ao Cabidela) – bom preço e comida

La Creperia – boas indicações

Carne de sol do Cunha – bem recomendado

Restaurante da Márcia – não indicado (sem higiene),

Restaurante do Cunha frutos do mar (não é o mesmo da carne de sol)– horrível

Al Mare – horrível

Sorvete só mel – muito bom

 

[t1]Passeios e atividades[/t1]

 

São vários. Carneiros é indiscutivelmente o que tem mais reviews positivos, mas é bom ir com a maré boa. Lá, é recomendadíssimo levar lanche, pois quase não há opções para comer e praticamente todos (senão todos) levam vocÊ para comer no restaurante Bora-Bora, que tem consumação mínima de 50 reais e é considerado caro. Lá, dizem para você evitar nugget de peixe, ou coisa parecida.

 

Boas recomendações para o ponta a ponta, desde que você negocie com o bugueiro para ficar disponível o dia todo. Caso contrário, são só 4h e fica corrido.

 

Maragogi é o mesmo lance de Carneiros e fica mais longe.

 

Há ainda as praias do Cabo de Santo Agostinho, como a famosíssima Calhetas. Ficam no meio do caminho entre PG e Recife.

 

Há opções de mergulho. É algo bem rápido, pesquise a respeito, pois não fiz.

 

Conhecer o projeto Hyppocampus. (casa com cavalos marinhos) - Rua da Esperança, 700. Porto de Galinhas / Ipojuca (ou no pontal)

Entrada de terça-feira a domingo das 09:00 às 13:00 e 14:30 às 17:00.

 

Há também um projeto de preservação de tartarugas marinhas, o endereço exato eu não me lembro.

 

[t1]Agências:[/t1]

 

A que tinha melhores recomendações para o baixo preço era a Algarve (jogue no Google). Porém, os preços aumentaram. Ainda assim, para ir a Carneiros com ela me parece uma boa, pois diferente de outras ela inclui no preço o catamarã. Outras, cobram isso por fora. Tem um cara no orkut chamado Alex com inúmeros reviews positivos. Muita coisa mesmo, já há mais de 3 anos só agendando passeios pela internet. O cara é gentil e me deu dicas sem nenhum compromisso. Recomendo, por sua ética e atenção. Ele é dono dessa comunidade - http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=75645 . Tem nela um tópico chamado "Acabei de voltar de Porto de Galinhas", ou algo parecido. Se você ler, vai ver centenas de reviews positivos. Há ainda as agências Rio 40 graus e Luck Turismo, essa última com reviews positivos e negativos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

[t1]Praias[/t1]

 

A da vila (principal de Porto de Galinhas) me parece ter o melhor benefício, pois é rasa, calma e com melhor estrutura.

 

À esquerda, tem muro alto, que não conhecemos. Praia calma, de belo visual, mas com poucas barracas que prestam e muitos resorts.

 

À direita, fica Maracaípe, praia de surfistas, pois tem mais ondas. Caminhando até o final dela há o Pontal do Maracaípe, onde dizem haver um belo pôr do sol. Lá também é comum para quem vai de buggy que o bugueiro mergulhe e traga pra você um cavalo marinho dentro de um pote, para você tirar fotos. Mas você pode tirar fotos de cavalos marinhos no Projeto Hyppocampus, que falo a respeito neste mesmo guia. Caminhamos até o Pontal e voltamos para a Vila, mas foi chão, viu. Acho que levamos 1h por trecho e não recomendo para quem não gosta de caminhar. Estava meio deserto e resolvemos voltar antes do pôr do sol, pois de noite não se pode dar muita bobeira - já li relatos de assaltos.

 

Dizem que por ali há a Igreja do Outeiro, 40m acima do mar, onde se pode ver belo pôr do sol – trilha de acesso via Maracaípe.

 

[t1]Locadoras de carro[/t1]

 

Evitar MPS locadora – disseram que se tratam de estelionatários

Recomendadíssimo – Brasil Locadora – Fernando Fradique - vi várias pessoas recomendando, aluguel a preços baixos. http://www.brasillocadora.com/web/index.php

Para quem vai de Gol (cia aérea), a Unidas dá desconto.

 

[t1]Dicas aleatórias:[/t1]

 

- os vendedores enchem o saco, especialmente os donos de barraca. Toda hora você será parado por alguém te oferecendo alguma coisa. Vá preparado e pense que isso é assim mesmo, que não é ficando de mau humor que você vai mudar isso. Aceite e ignore. Sua viagem ficará bem melhor. Se você simplesmente falar "não, obrigado" e não dar atenção, eles vão embora. Isso não é exclusividade do lugar, em um monte de lugares no mundo é assim.

 

- Comprei snorkel e máscara por lá e achei mais em conta do que nas lojas online que pesquisei - 65 o conjunto.

 

- água de coco geladinha a 2 reais numa lojinha que fica mais ou menos do lado do Madrugão, numa das ruas principais, a que vai dar no posto Ipiranga. Em qualquer outro lugar você vai pagar de 3 a 4 reais.

 

- Há dois mercados principais, um Hiper perto do posto e o Arco Íris. Um taxista nos disse que o Arco Íris é mais barato e em um relato disseram que era o contrário. Precisamos apenas comprar água e um lanche básico, então fomos em um mercadinho na rua principal de pedestres, na Vila.

 

- muita gente recomenda comprar isopor e levar pra lá, pra economizar. No entanto, vi que as barracas cobram uma "taxa de rolha" para quem consumir produtos que são vendidos nelas, mas que foram adquiridos em outro lugar. Então nesse caso é melhor levar também o próprio guarda-sol e a canga, ou cadeira.

 

- O lugar tem muitos mosquitos. Já disse que seria interessante priorizar hospedagem com ar-condicionado, não só pelo calor, mas porque os afugenta. Mas se você não puder, leve ao menos repelente.

 

- quem quer tirar fotos debaixo d'agua e quer fugir da extorsão dos vendedores de lá pode comprar uma dart bag, que é uma capa que veda sua câmera. Pesquise nas lojas online.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
mcm    7

Complementando as EXCELENTES dicas do MarcosPereira:

 

Na praia de PG, os barraqueiros geralmente fazem o seguinte negócio: vc não paga pelo aluguel de cadeiras e barraca se consumir ao menos um petisco da barraca. Geralmente esses petiscos são caríssimos (MUITO caros mesmo), é onde está a armadilha da coisa. Os preços de bebidas são geralmente normais.

 

Portanto, pesquise, negocie, peça sempre pra ver o cardápio antes de sentar-se.

 

Não que vc vá conseguir coisa diferente: qdo estive lá, não encontrei barraca que fugisse a essa regra. Ainda que os preços sejam diferenciados, os petiscos são todos muito caros.

 

[em Muro Alto isso não se aplica: vc paga apenas o que consumir e usufrui tranquilamente das instalações]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
wahil    0

Bom...voltei ontem depois de minha segunda viagem para Porto de Galinhas, a primeira foi em dez/2009. Tenho algumas dicas que podem interessar para quem pretender conhecer este maravilhoso lugar.

 

Traslado Recife-PG - Deixa de ser besta e vai de onibus ::cool:::'> . No próprio aeroporto, na porta do desembarque, muito simples, seguro, barato e confortável. R$ 12,00 com ar-condicionado. Os taxistas irão dizer que é ruim, demorado, e tudo mais, mas não caia nessa. Você mais sua esposa pagarão R$ 140 pra ir em uma van, sendo que podia ter ido por R$ 24,00. E leva o mesmo tempo, o onibus para poucas vezes. Se vc pegar uma vãn cheia e seu hotel for o último...ferrou-se...vai chegar mais tarde que se fosse de busão...

 

Hotel/Pousada - Fiquei na pousada 4 estações. A pousada é simples, mas o custo benefício é excelente. Perto de centrinho, piscina excelente e atendimento nota 10. O ponto fraco é que está precisando de manutenção. Trocar colchões, travesseiros, paredes com bolor e até cobriam um buraco na parede com um quadro(trocaram o ar condicionado por um split, mas não fecharam o buraco do antigo... ::bad:: )

 

Restaurantes - Complicado se você não tem muita $$$. Tudo muito caro. Se fosse está planejando gastar "x" com alimentação, pode colocar "3x", porque tudo está muito caro, bebida e comida. Para se ter idéia, um refri é R$ 5,00 em qualquer lugar. Fuja dos restaurantes "gauchos" ::bad:: do centrinho... Um lugar que gostamos é um restaurante chamado cajucaya ::cool:::'> (não sei explicar onde é), mas fomos muito bem atendidos por todos, a comida é boa e um pouco menos exploratório que os restaurantes da rua principal. Outro local que gostamos, é na rua dos correios, senão me engano o nome é "farinha fina" ::cool:::'> . Muito bem atendidos e prato bem servido. Gostamos da posta de peixada amarela servida aqui.

 

Barracas de praia ::bad::::bad::::bad:: - Eca...todas sem exceção, muito sujas. Antes de escolher seu guarda-sol, peça pra dar uma olhada onde o peixe que vc irá pedir, será frito...Duvido que fique!!!

Como não tem muita opção, optamos todos os dias por um restaurante que tem serviço de praia também. Chama-se mumbanga ::cool:::'> , e fica ao lado do restaurante "casa do polvo". Espera-se que por ser restaurante, tenha mais cuidados com higiene.

 

Passeios - Lado bom: Os lugares são ótimos e lindos ::cool:::'> . Lado ruim: As empresas são extremamentes despreparadas e mentirosas. Em especial "TMC Turismo ::bad::::bad::::bad:: ". Fica bem no começo da Rua da esperança, e os vendedores ficam na porta de uma galeria. Para se ter idéia, comprei carneiros com esta empresa. Agendado para 08:20 no hotel, a van chegou quase 09:00. Uma van(terceirizada de outra empresa ("Ponto forte Turismo ::bad:: ") caindo aos pedaços. Agua na van??? Tinha mesmo, mas não era mineral...era da porcaria do ar condicionado que escorria pela lateral da van... Motorista??? Não devia nem ter carteira, parecia que estava carregando porco...

Depois de muito atraso e andar uns quilometros numa péssima estrada de chão, tocou o celular do motorista, e adivinhe...era pra ele voltar pegar mais um casal que a empresa tinha esquecido de passar pra ele...Resumindo..Chegamos quase 11hrs em Carneiros.

Se não bastasse isso, subimos no catamarã e fomos para os corais...30 minutos de corais, 15 minutos no bannho de argila e pronto...almoçar e fim do passeio...Os marinheiros queriam mais é levar o povo para o restaurante ::bad:: (super caro por sinal)....onde ficamos duas horas...resumo...dia perdido por 30 minutos de corais...

 

 

Acho que é isso!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vr_adri    0

Oi Gente!

Porto é lindo demais!!

Quero muito compartilhar minhas dicas pra vocês, pois foi muito útil pra mim este fórum.

 

Como eu fiquei em Maracaípe e não em Porto mesmo, alugamos um carro no aeroporto para facilitar a locomoção.

Como estávamos em 4 pessoas e o carro saiu baratérrimo ( R$ 44,00 a diária , na Movida, super indico), não tive dúvida.

Mas uma coisa é certa, confie nas placas se for andar de carro lá, o GPS tende a ficar louco e te manda sempre pro lado errado.

Mas a estrada é bem sinalizada e é fácil se encontrar.

 

Pousada: Maraca Beach - Praia de Maracaípe

Pousada super agradável, um clima todo surf ..adoramos. De frente para o mar, super tranquila...café da manhã simples mais muito gostoso e rola tapioca da baiana todo dia.

 

Porto de Galinhas

Vale a pena demais!

Como fomos de carro, fomos logo no trevo abordadas pelo Índio que nos indicou um lugar para estacionar bem pertinho da praia e a barraca para ficar.

Estacionamento R$ 5.00 (na sombra) achei bem bom o valor.

Ele já nos indicou o bugueiro Marcones , que fez o passeio por todas as praias com a gente.

Passeio de bugue vai de Porto de Galinhas, até Maracaípe e Pontal do Maracaípe (onde tem os cavalos marinhos e jangada). Muito bom.

Aproveite a parada lá em pontal e compre as famosas galinhas de Porto de Galinhas (lá é mais em conta e ajuda os locais).

Depois de bugue , passamos pela praia do Cupe e Muro Alto que é maravilhoso!!!!

Na volta, o bugueiro já nos mostrou aonde ficava o forró ( Lua Morena), que eu estava louca pra conhecer. rs

 

Na hora do almoço a maré tinha baixado e decidimos ir para as piscinais naturais a pé mesmo.

Cuidado pra quem for baixinha, (não aconselho), a maré é baixa mas tem trechos que quase não dava pé.

Lá é muito bonito, dá mesmo pra ver cardumes inteiros de peixinhos coloridos.

 

Comer na areia da praia, não vale a pena!! Não caia nessa..Pedimos um peixe que saiu R$ 100,00 e morremos no preju. Salgado, não tem acompanhamento nenhum...

melhor comer tapioca ou sair e ir pra um restaurante.

 

O que fazer a noite:

Forró: Lua Morena, fica bem do lado dos posto de gasolina, no trevo. Muito Bom!

Tem instrutores de dança, clima super gostoso, bem decorado..vale a pena! Fomos duas noites lá (quinta e sábado).

Na quinta mulher não paga...

Na sexta> fomos no centrinho a noite, tava tendo show de maracatu e da Leci Brandão, de graça. Muito bom tbém.

O Maracatu nordestino é maravilhoso...

No domingo> Birosca da Cachaça - rola um samba e depois tem um dj que toca de tudo. Bom também!

 

No nosso segundo dia , fomos pra Praia de Carneiros, lugar paradisíaco.

A água da praia é tão clarinha que nem parece que vc está no Brasil...amei!

Fizemos o passeio de lancha, vale muito muito mais a pena do que ir no catamarã.

Pagamos 35 por pessoa, e passeamos por tudo e ficamos o tempo que queríamos nos lugares.

Lá tem piscinas naturais também, mergulhamos com snorkel e tudo...e ainda de quebra ganhamos um passeio de prancha na lancha muito legal!!

Ficamos na barraca Bora Bora, porque tinha estrutura de estacionamento, mesas, guarda sol e pufes super legais,

A barraca é muito boa e almoço foi melhor e mais barato que a roubada da praia de porto de galinhas. :)

 

No terceiro dia fomos pra Caruaru.

Minha mãe queria muito conhecer a feira e fomos.

Decepção, não gostei mesmo. Fiquei até com vontade de chorar de saber que tinha perdido 4 horas de estrada pra chegar lá e não ter nada demais na feira.

A única coisa que valeu, foi a estrada mesmo. A serra é linda...Só.

Lá tem menos artesanato que Porto de Galinhas, só tinha coisas do paraguai , nem pimenta achei...

Foi bem frustante, não recomendo pra ninguém.

Depois me disseram que o dia bom de ir é na segunda-feira e que é legal também visitar a fazenda e ficar pra jantar onde é feita a paixão de cristo.

 

No quarto dia fizemos o city tour para Recife e Olinda,

Maravilhoso!!! Valeu cada centavo!

Esse City Tour nós compramos na pousada mesmo, foi R$ 50,00 por pessoa.

Muito Bom! Olinda é linda e tem artesanatos bem legais e baratos.

Quando vc sobe a ladeira , tem uma mulher que vende as negas mais baratas que encontramos. R$ 5.00 cada.

Não pode deixar de comer a tapioca da vovó, que fica lá em cima de Olinda...Muuiiiito boa! A melhor que eu já comi! e é baratinha ainda, em torno de R$ 4,00.

 

No quinto dia voltamos pra praia de Porto de novo...

Não tem como não se apaixonar por esse lugar.

 

Restaurantes:

Barcaixeira com certeza, o melhor de Porto.

Mas vá com paciência, porque tem espera.

 

Caldinho do Cláudio - ótimo! Tem musica ao vivo e preços ótimos.

 

 

Dicas:

Se for pegar carro, tem que ter cuidado na estrada.

Os motoristas de lá não usam seta, só dão luz alta (toda hora pra tudo), ultrapassam pela direita..um ó.

E tem que cuidar muito com motoqueiros (tem bastante porque eles não precisam de carteira) e caminhões de cana de açúcar.

Tem muito caminhão e muita cana perdida da estrada. Tem que ir bem ligado.

O alcool lá é muito caro, vale a pena sem duvida colocar gasolina.

 

Andar a noite em Porto de Galinhas é super sossegado. Não passamos medo nenhum. Foi super agradável.

Lá é ótimo pra quem tá casado, solteiro , divorciado, com crianças..pra todo mundo.

 

Espero que ajude!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ESTOU INDO A PORTO DE GALINHAS, FICAREI NO PERÍODO DE 1º-04/04/2014.

Alguém vai nessa época?

Estou indo só, porque meu amigo desistiu. =(

 

Olá Lucas.

Tdo de bom, tbem vou está indo para porto de galinhas em abril de 2014, vou ficar entre os dia 01/04/2014 até o dia 05/04/2014, fechei hospedagem no hostel casa blanca, qualquer coisa pode me adicionar no facebook angelo passuelo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Logo no início do tópico está escrito:

 

Regras do Tópico

Neste tópico não serão aceitas perguntas, apenas dicas sobre Porto de Galinhas. Perguntas devem ser postadas nos Tópicos de Perguntas e Respostas. Todas as perguntas postadas aqui serão deletadas pelo editor deste fórum.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
jorgebraier    0

Olá

Gostaria de dar minha contribuição nas dicas de Porto de Galinhas, antes de viajar consultei os tópicos aqui no forum e me foram de uma utilidade tremenda.

 

Estive com minha namorada e minha cunhada em Porto de Galinhas no período de 28/12/13 a 06/01/14 e posso dizer que este período que passei por lá foi muito bom, acho que minhas melhores férias de verão até hoje, com certeza é o Caribe Brasileiro.

 

Porto de Galinhas é um bairro de Ipojuca/PE que é vizinha de Recife, mais ou menos 1h de carro.

 

Hotel e pousada:

 

Pesquisei bastante, e não quis gastar muito com pousada, escolhemos ficar no Agua Viva Flat e pousada, bem perto da vila http://www.aguavivaflat.com.br muito boa e com preço bem acessível, reservamos com bastante antecedência. Consultei o Trip Advisor e foi a pousada que teve mais bons Reviews (dentro do orçamento).

Pousada bem limpa, com café da manhã, ar condicionado, banheiro limpo e privativo, cama box, e um caminho particular de acesso a praia.

 

Transito e deslocamento

O transito por lá é meio complicado, e em certos momentos parecem aquelas maluquices que acontecem na índia, ninguém dá a seta, luz alta nos olhos, motociclistas sem capacete e de chinelos, e as estradas são bastante danificadas por causa dos caminhões que transitam por lá, é preciso muito cuidado, além disso, tiveram umas modificações nas entradas e saídas da cidade de Ipojuca, que confundiram e complicaram ainda mais o transito. Uma das bases da economia de Ipojuca é a usina de beneficiamento de Cana de açúcar, e boa parte da cidade é tomada por canaviais, e eventualmente ocorrem queimadas para a colheita da cana, e isso provoca uma fumaça intensa que toma as estradas e as torna ainda mais perigosas. A princípio iríamos alugar um carro e nos aventurarmos, mas por sorte voltamos atrás, pois lá o sinal de GPS e celular é meio ausente, além do transito como disse anteriormente. Combinamos uns passeios e translados com a empresa "PORTO DE GALINHAS PASSEIOS" do Sr.Walquir e o Marcelo, filho dele, RECOMENDADÍSSIMO sempre bastante prestativos e honestos. Eles têm uma página do Facebook, https://www.facebook.com/portodegalinhaspasseios e tem um blog também http://www.portodegalinhas-passeios.com/

 

Passeios

Fizemos o passeio De Ponta a ponta, onde conhecemos todos as praias da orla de porto de galinhas, (recomendo para conhecer de verdade porto de galinhas) fizemos Carneiros (INCRÍVEL), fizemos o Recife/Olinda onde conhecemos a parte histórica e turística destas duas cidades, muito legal mesmo! e também o Translado aeroporto/pousada,...Tentamos marcar visitar Maragogi em Alagoas, mas devido as marés e a quantidade de barcos que levam até às piscinas já havia chegado no limite, não conseguimos visitar, é preciso agendar a ida a maragogi com a pessoa da marinha que cuida do acesso as galés (piscinas naturais).

 

Vida Noturna.

Não Há! as únicas coisas que tem para fazer em porto de galinhas a noite, dançar Forró no Lua Morena, e visitar a Vila de porto a noite. se quiser pegar um barzinho ou algo do gênero, você tem que ir a Recife.

Aliás, se você pensa em andar pela PRAIA durante a noite, ESQUEÇA! pois com todo mundo que conversei, disseram para evitar andar pela praia por causa dos "NÓIADOS" que transitam por elas. Porto de Galinhas é bem tranquilo e seguro, a não ser por esse aspecto noturno.

 

Comida.

Têm restaurantes Muito bons e com preços que cabem em qualquer bolso. Os restaurantes que visitamos foi o Barcaxeira (Excelente), Peixe na Telha (muito bom), Plim Porto (bom) Sunset Temakeria (serviço péssimo), Gelateria Parmalat (Excelente) e mais algum que não lembro agora. Comida de praia, eu não provei muita, só na praia do cupe, onde comemos uma anchova da barraca da Tia Zu que estava, boa também. Mas a dica que eu dou é, se você pensa em jantar ou almoçar algo na vila, vá quando ainda não está com fome pois os serviços DEMORAM MUITO em todos os lugares! Nos cardápios vêm impresso que os pratos são elaborados com materia prima fresquinha e demora em média 45 minutos. Sou chef de cozinha e sei o quanto demora para preparar os pratos.

 

Com certeza pretendo voltar a Porto de Galinhas algum dia, e conhecer as praias que não conheci desta vez.

 

 

Espero ter contribuído com o Forum,

 

Abraços

Jorge

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já fui a Porto de Galinhas 3 vezes, a primeira por vontade própria e as demais levando amigos que nunca tinham ido. Algumas dicas que li os posts anteriores e não vi ngm comentando portando vou colocar:

 

Se está interessado em fazer o mergulho com cilindro não compre das pessoas que oferecem de barraca em barraca na praia, eles ganham por clientes que levam a agência portanto vc paga sempre mais caro, vá direto a algumas das agências e contrate diretamente lá sai mais barato quando fiz paguei r$180,00.

 

Na hora de comprar lembrancinhas e artesanato é bom pesquisar bastante, os preços e qualidades variam muito, as vezes vc acha a mesma coisa 10, 20 reais mais barato.

 

Comida na beira da praia a maioria não tem muita higiene portanto se pretende almoçar na praia olhe a estrutura do local que fornece a barraca. Infelizmente não lembro a que costumo ficar mas não tem mistério geralmente são as barracas mais novas e a que está mais cheia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pra quem vai pro CARNAVAL - ou curtir o verão, férias, etc- no RECIFE/OLINDA e prefere ficar hospedado em uma das praias próximas, estes aptos ficam no Cabo de Santo Agostinho, +/- entre Recife e Porto de Galinhas. .: http://cabodesantoagostinho.olx.com.br/apartamentos-novos-mobiliados-kitnet-praia-de-gaibu-vista-para-o-mar-temporada-iid-601414583

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
isabaroni    0
Isabella,

 

É possível visitar todas as praias com maré alta. No entanto, eu deixaria as consideradas melhores, como Carneiros, para os dias com maré baixa.

 

No dia 17, eu ficaria só ali pela praia mais próxima do seu hotel. É mais confortável e seguro. Pelo menos para mim não haveria necessidade de fazer tudo de diferente em cada minuto disponível, no fundo o melhor da região é apenas relaxar na praia e curtir um snorkel.

 

Estou pedindo para mover seus posts para o "Perguntas e Respostas", esse tópico aqui é só para dar dicas.

 

 

Obrigada pelas dicas, Marcos!!! ;)

Ainda quero tirar pelo menos 1 dia para ir à Maragogi, e espero que eu consiga!!! rs

Desculpa por ter postado no tópico errado... ::putz::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Passei por Porto, Tamandaré e Maragogi no início de Abril e vou dar algumas dicas. Fiz uma viagem familiar, com esposa e filha, por isso as dicas podem ser mais úteis a pessoas nesse perfil.

 

1) Aluguei o carro pela LOCAR PE (http://locarpe.com/). Confesso que pelo preço (R$ 525 por 7 dias, Celta 1.0, 4P c/ AC, DH, GPS, cadeirinha, seguro, KM livre) fiquei com muito medo de ter problemas durante a viagem, mas foi tudo muito tranquilo. Entregaram e pegaram o carro no aeroporto e não tive dor de cabeça alguma durante a viagem. Carro bem econômico. Nota 10!

 

2) Se for pra essas cidades, deixe pra ir em Porto de Galinhas por último. Fiquei apaixonado por Porto, menos por Tamandaré e bem menos por Maragogi. Não que as duas últimas sejam ruins, mas é que Porto de Galinhas é um paraíso incomparável e tem melhor estrutura. Porto estabeleceu um padrão de qualidade tão alto que depois Tamandaré e Maragogi não conseguiram manter.

 

3) Praias:

 

Em Porto de Galinhas fomos à praia de Porto de Galinhas e à praia de Muro Alto. As duas são LINDÍSSIMAS, mas Muro Alto é ainda melhor. Sem ondas, água cristalina, pouca gente... é um pouco mais distante do centro, mas dá pra ir na boa. A praia de Porto de Galinhas também é linda, também não tem onda, água limpíssima e é no centro, só que tem mais gente e mais ambulantes, mas é uma delícia se aproximar das piscinas naturais (pode ir andando mesmo) e nadar com peixeis, uma sensação maravilhosa. Nas duas praias o estacionamento é R$ 5. Passamos de buggy por Maracaípe e Cupe, mas não nos interessamos em voltar pra conhecer melhor.

 

Em Tamandaré fomos à praia dos Carneiros. Há dois acessos públicos à praia, mas a maioria dos acessos você tem que pagar R$ 30 pra entrar. A praia é bonita, mas não gostei de passar 3 dias lá. Acho que 1 dia em Tamandaré é mais que suficiente. Se você estiver sem criança, vale a pena pegar um acesso público e depois ir a pé até as piscinas naturais. Com criança é mais complicado.

 

Em Maragogi não consegui ver as famosas Galés. A maré mais baixa naqueles dias foi 0.6m e disseram que só era bom com maré de 0.3m no máximo. Fomos à praia Ponta de Mangue num dia nublado, uma água incrivelmente azul, não muito clara. A praia era bem horizontal, eu andava, andava, andava e a água não passava da cintura. A areia tinha bastante sujeira de folhas e galhos de árvore, além do constante trânsito de buggy que colocava em risco a segurança das pessoas, principalmente crianças. Planejamos ir à praia de Barra Grande, mas depois do almoço minha esposa desistiu e voltamos pra Tamandaré, mas pelo que li vale a pena conhecer essa praia.

 

4) Pousadas:

 

Em Porto de Galinhas ficamos na pousada Pérola do Porto (http://www.peroladoporto.com.br/), no apartamento standard (R$ 580 por 3 diárias). A pousada fica a 5min do centro, tem ótima estrutura, ótimo atendimento, café da manhã recheado de opções, boas piscinas, limpeza diária. Nota 10!

 

Em Tamandaré ficamos na pousada do Farol (http://www.pousadadofarol.com/) (R$ 540 por 3 diárias). A pousada fica a 5min da Praia dos Carneiros, mas pra ir ao centro precisa de ônibus ou carro. A estrutura é boa, antedimento médio, café da manhã simples, boas piscinas, limpeza dia sim, dia não. Nota 7.

 

Em Maragogi não ficamos hospedados, saímos de Tamandaré e voltamos no mesmo dia.

 

5) Restaurantes:

 

Em Porto de Galinhas nosso preferido foi o Pitanga, no calçadão. Boa estrutura, sucos saborosos, ambiente aberto, comida saborosa e preço justo. Fora esse comemos no quiosque da praia. Fomos comer pizza em dois lugares, mas não gostamos de nenhum, as pizzas são bem simples e caras.

 

Em Tamandaré comemos no Beijupirá e no Bora Bora. No Beijupirá gostei do ambiente e dos sucos, mas a comida achei ruim, pouca e cara, saí de lá com fome, fora o garçom desanimado. No Bora Bora foi ótimo, ambiente bem animado, garçons bacanas, chuveirão, sucos deliciosos, a comida uma delícia e bem servida. Fica um pouco mais caro que no Beijupirá, porque no Bora Bora não abatem o estacionamento no preço, mas vale MUITO mais a pena.

 

Em Maragogi almoçamos na pousada e restaurante Barra Velha. Comemos um filé a parmegiana com arroz e salada que dizem que dá pra 2, mas eu diria que dá pra 3 ou até 4. Foi o restaurante que mais gostei na viagem, um atendimento excelente, comida deliciosa, sucos saborosos, preço muito em conta. Recomendadíssimo.

 

6) Passeios:

 

Na praia de Porto de Galinhas fizemos o passeio de buggy (+/- R$ 50 por adulto). Dentro desse passeio nos levaram para o passeio de jangada no rio Maracaípe (R$ 20 por adulto e R$ 10 por criança) por quase 1 hora, passamos pela praia de Maracaípe, Cupe e Muro Alto. Muito legal o passeio, durou quase 4 horas.

 

Na praia de Muro Alto fizemos um passeio de caiaque (+/- R$ 20 por adulto), por 45min. Você pode ir remando sozinho e ir até o muro ver as piscinas naturais.

 

Em Tamandaré andamos de lancha (R$ 60 por adulto). Foram mais de 3 horas de passeio, conhecemos as piscinas naturais, os bancos de areia, o banho de argila, o encontro dos 3 rios, vimos de longe a igrejinha...

 

7) Lembrancinhas:

 

Quem quiser comprar lembrancinhas para amigos e família, no centro de Porto de Galinhas há inúmeras lojinhas de artesanato no calçadão e funcionam normalmente a noite, facilitando a vida.

 

Em Tamandaré há um centro de artesanato no centro, mas só funciona durante o dia, então precisa sacrificar um pouco o passeio na praia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
omaragabbas    0

Estarei em Porto de galinhas, maragogi, carneiros e regiao entre os dias 17 e 22 de junho?

 

Queria algum contato para mergulho com cilindro e passeios tambem, alguem tem? Sou certificado PADI

 

Me da um toque no whats (11) 947902833 Nextel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×