Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Facas... Qual comprar?


Posts Recomendados

  • Colaboradores

O que não me agrada nas facas de sobrevivência é a pintura da lâmina.

 

Aprecio muito o brilho do aço!!!

 

Lembrando dos facões de aço carbono sem pintura da Tramontina, já visualizo lâminas com pouco tempo de uso bastante oxidadas.

 

Então pergunto: é viável uma faca em aço inox para sobrevivência? Qual a diferença de dureza?

 

Existe alguma faca estilo BK2 em aço inox?

 

Abraço!!

 

Rodrigo Cavalcante

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 4k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Rmcolpani,   Pronto, com esta "inocente" dúvida ele tocou fogo no fruteiro!   Brincadeirinha!   Na verdade você está entre duas excelentes opções!   O Mestre VdM tem uma triflex e eu t

Rmcolpani,   Não tenho uma triflex, mas tenho uma classic que se aproxima da 2080 em termos de geometria. Como não fiz battoning ou chopping com nenhuma das duas, não posso lhe dar uma opinião sólid

caro Rmcolpani,   como o velho cabral disse, a bushcraft 2010 tem a enorme vantagem de ser inox.... e a triflex enferruja ! para o preparo de alimentos isso é um grande diferencial. a única vantagem

Posted Images

  • 2 semanas depois...
  • Membros

Rodrigo,

 

Respondendo sua pergunta de forma mais direta, claro que é possível!

 

A dureza, fica a gosto do freguês e do tipo de aço utilizado. Note que facas de "sobrevivência" em aço carbono têm um inconveniente sério: oxidação! Ah, mas ela tem uma pintura eletrostática epóxica... mas não no fio, onde mais interessa!

 

Como regra, aços inox com mesmo conteudo de carbono que aços carbonos planos e/ou de baixa liga, quando em mesmas durezas, são sim mais susceptíveis à fratura, porém, em conteúdos diferentes de carbono essa questão fica praticamente neutralizada e com algumas vantagens em favor do aço inox.

 

Para bem ilustrar este meu ponto de forma inconteste, vou usar um ícone entre facas boas e baratas e usadas no mundo todo, as Moras!

 

Note que você tem Moras em aço 1095 com durezas na casa dos 59 Rc e às vezes modelos até idênticos em aço Sandvik 12C27, inox, com dureza de na casa dos 58 Rc. Pois bem, como o conteúdo de C das inox fica na casa dos 0,6% de C contra os 0,95% das de aço 1095, as primeira só formam a chamada latte martensita, ou martensita "agulhada" que é muito mais difícil de originar fissura e consequentemente fraturar que a plate martensita ou martensita "laminar/placa" que predomina no aço 1095. Testes realizados mostram que ao contrário da crença popular, comparadas uma contra a outra, é necessário maior energia para fraturar uma Mora em 12C27 com 58Rc que uma 1095 com 59 Rc e pasme, a 12C27 tem maior retenção de fio que a 1095!!!

 

Isso se dá devido basicamente ao cromo, que além de formar diminutos carbonetos de cromo que a tornam mais tolerante à abrasão que a 1095, ainda leva à passivação da superfície da lâmina e do fio, evitando perda de agudez por corrosão; estes fatores explicam sua maior retenção de fio!

 

Eu não saberia lhe dizer se há facas com a mesma geometria das BKs em aços inoxidáveis, mas há inúmeras facas em aços inoxidáveis que se prestam tranquilamente á facas de sobrevivência, caso usados aços inox mais indicados para tal fim e com o devido tratamento térmico.

 

Uma faca que faz mais a linha camp knife mas que é extremamente resistente e posso falar em primeira mão pois tenho uma, é o modelo antigo da Gerber Big rock, em aço 440A ( 0,7 a 0,8% de C ).

 

Facas Buck e Gerber em aço 420HC são absurdamente resistentes e com muito boa retenção de fio. Citei apenas estas duas marcas por serem renomados fabricantes e por eu ter lâminas dos mesmos neste aço ( a Gerber Prodigy eu dei de presente para um primo ) e com isso posso atestar o bom desempenho do mesmo, apenas lembrando que para os padrões que o povo convencionou para as chamadas facas de sobrevivência, a geometria também tem peso ( se bem que nativos de regiões mais digamos rústicas, usam faquinhas e facões com no máximo 3mm de espessura e sobrevivem à natureza com elas... ).

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • Membros

Fala pessoal!

 

Primeira vez aqui na parte de facas e canivetes do fórum. Não sou entusiasta de facas e tenho de 0 a nenhum conhecimento sobre. Sem querer me aprofundar muito, estou procurando uma faca não muito grande para levar meus trekkings. Vou usar no caso de precisar cortar uma corda, em alguma emergência, alguns pedaços de madeira, etc. Já teve situações que eu gostaria de ter uma faca para me auxiliar, melhor do que a do meu velho canivete de guerra. A ideia é ter ela além de um canivete, que é papo pro outro tópico. Não queria passar dos R$ 80,00. A atividade que pratico não envolve sobreviver diretamente do mato, nem me me meter em mata fechada, abrindo caminho. São trekkings que vão de 1 a 5 dias, talvez alguns mais longos. A ideia é ter a faca para auxiliar no caso de alguma necessidade ou pelo bom e velho "Vai que...".É melhor ter. Será que podem me ajudar, me dar um norte?

 

Valeu, grande abraço!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

PADC-86,

 

Olha, todo mundo sabe que não sou nada fã de facas scandi, mas aqui no Brasil você vai achar a faca Bahco, uma virtual cópia das afamadas Moras, feita no mesmo aço que as Moras ( Sandvik 12C27 ) e dureza similar ( as minhas têm 57 Rc ). Se me recordo bem, minha Bahco pesa cerca de 75g e com a bainha isso deve ir para uns 105 gramas ( bem leve para quem tem que caminhar ).

 

Aqui neste link um review que fiz sobre ela ( com imagens ):

 

https://pt.scribd.com/document/116957907/Review-Faca-Bahco-2444

 

Uma rápida olhada no google e a Boutin parece ter ainda o melhor preço para esta faca:

 

http://www.boutinagrocomercial.com.br/p/913149/faca+2444+bahco

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
PADC-86,

 

Olha, todo mundo sabe que não sou nada fã de facas scandi, mas aqui no Brasil você vai achar a faca Bahco, uma virtual cópia das afamadas Moras, feita no mesmo aço que as Moras ( Sandvik 12C27 ) e dureza similar ( as minhas têm 57 Rc ). Se me recordo bem, minha Bahco pesa cerca de 75g e com a bainha isso deve ir para uns 105 gramas ( bem leve para quem tem que caminhar ).

 

Aqui neste link um review que fiz sobre ela ( com imagens ):

 

https://pt.scribd.com/document/116957907/Review-Faca-Bahco-2444

 

Uma rápida olhada no google e a Boutin parece ter ainda o melhor preço para esta faca:

 

http://www.boutinagrocomercial.com.br/p/913149/faca+2444+bahco

 

Abraço.

 

 

Muito obrigado pela resposta!

 

O review está show de bola, tão completo que não consegui terminar todo agora, mas amanhã leio com certeza.

 

Com olhar de leigo que tenho, surgiu-me uma dúvida, essas facas que possuem serra tem alguma utilidade ou geralmente fica mais pra enfeite? Quero dizer, comprar uma faca com serra de fato efetiva é possível dentro do meu orçamento? Havia visto algumas interessantes andando pelas lojas, sem compromisso, mas além de não saber nada de facas fiquei com receio de serem só pra dar um visual. Além disso, na minha mente eu estava imaginando uma faca com comprimento lâminal um pouco maior do que essa BAHCO 2444, é bobeira de navegante de primeira viagem se preocupar com isso, de acordo com as necessidades que citei?

 

Abraço!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Serra em faca, como opinião pessoal, acho dispensável e na quase totalidade dos casos mais atrapalha que ajuda. E se considerar que a quase totalidade das serras é de baixíssima efetividade, só complica as coisas. Se acha que vai pre cisar de uma serra, compre uma de verdade, daquelas dobráveis. A própria serra que vem por exemplo nos canivetes Victorinox, que até é eficiente, só tem uso á campo porque lãmina de canivete não é para tomar bordoada no lombo ( isso costuma ser mais eficaz para cortar galhos que a serra, mas só deveria ser usado em lãminas fixas, na minha opinião ).

 

Facas maiores certamente terão vantagem em atividades como batoning, mas a questão que você tem que se fazer é: quais os principais usos que você dará á faca? Em que ela será mais usada?

 

Hoje em dia o povo viaja muito na maionese e confunde muito as coisas! Há 30 anos atrás nós acampavamos, passavamos fim de semna no mato ( caçando ) ou vários dias pescando e ninguém sequer cogitava de partir madeira para fogueira. Pra que perder tempo e energia com isto e ainda arriscar um acidente se pode-se só colocar galhos, tronquinhos, etc e ir "achegando" a madeira ao fogo. Mas hoje em dia tudo quanto é vídeo dá a impressão que só pode fazer fogueira com madeira "picada"...

 

Se no trekking acha que fará usos mais árduos e pesados de uma faca, é melhor levar um pequeno facão de 10 polegadas ao invés de qualquer faca! E vai achar um Tramontina muito bom por menos de 15 reais...

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Serra em faca, como opinião pessoal, acho dispensável e na quase totalidade dos casos mais atrapalha que ajuda. E se considerar que a quase totalidade das serras é de baixíssima efetividade, só complica as coisas. Se acha que vai pre cisar de uma serra, compre uma de verdade, daquelas dobráveis. A própria serra que vem por exemplo nos canivetes Victorinox, que até é eficiente, só tem uso á campo porque lãmina de canivete não é para tomar bordoada no lombo ( isso costuma ser mais eficaz para cortar galhos que a serra, mas só deveria ser usado em lãminas fixas, na minha opinião ).

 

Facas maiores certamente terão vantagem em atividades como batoning, mas a questão que você tem que se fazer é: quais os principais usos que você dará á faca? Em que ela será mais usada?

 

Hoje em dia o povo viaja muito na maionese e confunde muito as coisas! Há 30 anos atrás nós acampavamos, passavamos fim de semna no mato ( caçando ) ou vários dias pescando e ninguém sequer cogitava de partir madeira para fogueira. Pra que perder tempo e energia com isto e ainda arriscar um acidente se pode-se só colocar galhos, tronquinhos, etc e ir "achegando" a madeira ao fogo. Mas hoje em dia tudo quanto é vídeo dá a impressão que só pode fazer fogueira com madeira "picada"...

 

Se no trekking acha que fará usos mais árduos e pesados de uma faca, é melhor levar um pequeno facão de 10 polegadas ao invés de qualquer faca! E vai achar um Tramontina muito bom por menos de 15 reais...

 

Abraço.

 

Meu caro, mais uma vez obrigado pela atenção.

 

Foi bem esclarecedor. Eu realmente não tenho um objetivo definido para faca a não ser "caso precise", o que provavelmente vai ser para coisas muito simples, como cortar um cordelette ou usar pra alguma gambiarra. Só me sinto incomodado de não ter uma rs.

 

Valeu pelas grandes dicas. E de fato ótimo review.

 

Abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Talvez funcione guardar da mesma forma que armazeno equipamento fotográfico.

 

Uma caixa lacrada com Sílica Gel Dessecante. Esse produto suga a umidade do ar e pode ser restaurado no forno para ser usado novamente centenas de vezes.

 

Abraço!!

 

Rodrigo Cavalcante

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...