Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Ana Biazzi

Chile - Atacama, Santiago e Pucón - 12 dias - Finalizado!!!

Posts Recomendados

Olá pessoal...

Tudo bem?

 

Primeiramente, agradeço a ajuda dos mochileiros que me passaram informações extremamente úteis na minha viagem e por isso, vou compartilhar com vcs minha experiencia e estou à disposição para qualquer informação adicional ok?

 

Dois meses antes: eu + uma amiga (Jack) começamos a pesquisar informações, montamos o roteiro e compramos as passagens.

O roteiro era em 17 dias: São Paulo > Santiago > Atacama > Bolivia > Atacama > Santiago > Pucón > Mendoza > Santiago > Sao Paulo

Mas... devido a imprevistos na viagem (que vou relatar a seguir) fizemos em 13 dias: São Paulo > Santiago > Atacama > Santiago > Pucón > Santiago > São Paulo.

 

Todos os valores no relato serão em peso ($) e em real (R$) ok? Como trocamos o dinheiro aqui no Brasil, R$1,00 = $ 250.

Dólar: 2,07 (cotação do dia).

 

Antes de qql coisa.... para aqueles que estão querendo economizar, o Chile é um país bem carinho, principalmente com alimentação. Comida lá é muuuito caro e o prato típico do país (mais em conta, cerca de $ 2.500) é frango cozido com batata frita. Detalhe: se tem batata não tem arroz, se tem arroz não tem batata. Nem tente querer pagar a mais e comer arroz e batata: Não pode!!! rsrs... Café da manhã, idem.

 

O melhor é comprar as coisas em mercadinhos (em Atacama tem varios na Rua Caracolles e em Santiago tem mercado em qualquer esquina) e aí fazer comida na cozinha do albergue. Fizemos isso algumas vezes e foi melhor.

Agora se você está disposto a pagar acima de 6.000 em cada refeição (o que eu acho carissimo se for levar em consideraçao a quantidade de dias no país) aí sim você come bem lá.

 

* Todas as fotos estão salvas no link http://picasaweb.google.com/annabiazzi

 

Então vamos lá para a nossa aventura... hehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

15/06 - 2º Feira - 1º dia: Às 4:30 da manhã pegamos o ônibus da empresa Capriolli (R$ 38,00 - ida), na rodoviária de Campinas, com destino à Guarulhos, onde chegamos às 6h.

Fomos até a Anvisa e tiramos a carteira Internacional de Vacinas (Na Bolivia, é necessário estar vacinado contra febre amarela no minimo 10 dias antes de estar no local). É super rapido, em 15 minutos a carteirinha estava pronta. É preciso apresentar o RG, a carteira de vacinação com o carimbo do Posto de Saude e preencher um formulario no computador que fica lá disponivel e só.

Tomamos um pequeno café da manhã e embarcamos no voo 233 da cia aérea Pluna(Comprei as passagens pelo site do Submarino - R$ 738,00 as passagens ida + volta + taxas de embarque) com destino a Montevideo (escala de 1h) e em seguida voo 403 para Santiago.

 

www.flypluna.com.br

 

Uma dica: A Pluna é uma otima cia, o voo foi super tranquilo, a escala e trocas de aeronave tambem, super organizado e o atendimento deles é otimo. Mas... tome café da manhã ou da tarde no aeroporto, porque, diferente da TAM, o que é servido durante o voo é cobrado (e é muito caro). Por ex. uma água mineral de garrafinha é R$ 5,20.

Existem vôos que fazem escala de 3h no Uruguai, até dá para passear no centro rapidinho, mas lá é tudo muito distante do aeroporto... O Porto é lindo visto do alto, mas não dá tempo de ir... Vale a pena a conexão de 1h.

Outra dica: Nas lanchonetes do Uruguai eles aceitam dólar, porém, o troco é em peso uruguaio (que depois você não vai usar para nada) então, tenha notas de 1 dólar à mão hehe...

Chegamos no aeroporto na intenção de pegarmos um metrô até as proximidades do Albergue onde nos hospedaríamos. Porém, vários taxistas nos abordaram e um deles fez por $ 9.000 (dividimos este valor em duas e fomos). Depois descobrimos que tem um onibus fretado do aeroporto até o centro (Estação Universidade de Santiago por $ 1.600, mas tudo bem! hehe)

 

Hostel Ecohostel - Prox. à estação do metrô Universidade Católica - Quartos compartilhados $ 6.000 - Quartos privados $ 10.000 por pessoa.

DSC01335.JPG.b40fc9a1fd6fa7663eba19b1950952da.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Continuando...

Este hostel é otimo. Organizado, limpo, o quarto é agradável, água bem quente, cozinha equipada e tem café da manhã incluso.

Chegamos às 15:30h, tomamos um banho, almoçamos em um restaurante proximo do hostel e fomos até a Turbus (Estação Universidade do Chile) e compramos as passagens para San Pedro de Atacama para o dia seguinte às 9:30h. Passagem somente ida: $ 29.000 semi/cama.

Tem quem prefira o leito que é bem mais caro, mas achei o semi/cama bem confortável.

Após isso, tiramos algumas fotos nas ruas de Santiago (que são lindas no inverno) e voltamos para o albergue por volta das 20h e desmaiamos na cama hehe.

Outra dica: Todas as tomadas de energia no Chile são 220vts. Então, caso tenham aparelhos que não se adptam a qql voltagem, levem um transformador.

 

Gastos no 1º dia:

Onibus SP: R$ 38,00

Táxi: $ 9.000 (divido em 2)

Albergue: $ 10.000

Passagem ida Atacama: $ 29.000

Metrô ida e volta: $ 800

Alimentação: $ 5.300

 

Total: $ 63.100 ou R$ 252,00

DSC01373.JPG.6dfb9c38a39958050ddfe782e418ce17.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

16.06 - 3º feira - 2º dia: Acordamos às 6h, tomamos café da manhã e fomos caminhando até a estação universidade catolica (é pertinho do Hostel, 10 min. de caminhada) e tomamos o metrô até a estação universidade de Santiago, de onde saem os ônibus da Turbus.

Pontualmente às 9:30h saimos com destino à Atacama. O onibus é muito confortável, porém, só há 1 parada de 1/2 hora para comer durante às 24h de viagem. As demais são 5 minutos enquanto eventuais passageiros desembarcam. Só dá tempo de ir ao banheiro rapidinho.

Na 1º e unica parada é um restaurante (péssimo). A comida é pouquissima (eu como bastante hehe) e como todos os outros lugares é prato feito. Eu não fui muito com a cara do pollo con papas fritas e optei por spaguetti e novamente: se tem spagetti com molho de tomate não pode comer frango. Se tem frango é macarrão puro, sem molho (ninguem merece). Então além disso, comprei 1 lanche natural pra comer no caminho, morrendo de medo de passar fome até o outro dia rsrs...

O Serviço de bordo são bolachinhas, um lanche de salame e sucos de pêssego. É muito tranquilo e as 24h passam rápido, principalmente à noite!

Uma dica: Levem algo pra beliscar na mochila de mão, livros, mp3, fone de ouvido pra conseguir ouvir a tv, para quem tem rinite, sinusite, ou algo com ite... levem rinosoro (salvou minha vida durante toda a viagem), vick em bastão, manteiga de cacau e analgesico para dor de cabeça.

O caminho até o deserto é uma coisa fantástica.. algo que é impossivel descrever em palavras...às 8 primeiras horas você vê muito mar (lindo).. depois, somente terra, milhões de cactos e muito, mas muuito nada!.. e nessa hora eu apaguei hehe!

 

Gastos do 2º dia:

 

Comida: $ 3.860

Total: $ 3.860 ou R$ 15,50

DSC01434.JPG.50079fc06dc9429c48b8af7586c3dff2.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

17/06 - 4º feira - 3º dia: 9h da manhã...Inexplicável a sensação de abrir os olhos e ver o sol forte brilhando na imensidão de montanhas como se fosse um quadro. Não havia mais a neblina da tarde anterior.. e em troca um céu azul como eu jamais tinha visto, marcado por um arranha céu.

Só havia nosso ônibus na estrada daquele fim de mundo em forma de paraiso e aí me animei com o sol, abri e janelinha do banheiro e estava nada a mais nada menos que uns 5ºC hehe...

Chegamos à San Pedro de Atacama e logo achamos o hostel que ficaríamos (Residencial Casa Corbath). Conseguimos um quarto privado com banheiro compartilhado por $ 6.000 cada.

Porém, uma dica: não se hospedem no 2º andar, pois, a porta do corredor não tem vidro e entra muito vento nos quartos, quase congelamos na 1º noite. Fez -5ºC e todas as cobertas e edredons e roupas, meias não eram suficientes para nos fazer parar de tremer.

Para quem não gosta de chá de uns nomes estranhos lá, levem sachês de chá mate na bolsa... eles salvaram nossa vida! hehe

Tirando isso, este hostel é muito bom. É bastante movimentado, o atendimento é muito bom, tem internet, cozinha e tudo mais...

Bom, deixamos as malas e fomos conhecer a cidade em busca de preços bons para os passeios. Encontramos um mocinho (Juan da bicietaria - R. Caracolles) que sem duvida foi nosso guia, pai e mãe na cidade, muito prestativo.

Após tomarmos o cafe da manha ao meio dia (lá é assim, desayuno ate meio dia e almoço a partir das 14h hehe), com um mapa na mão e uma bicicleta ($ 3.000 o aluguel por 8h) nos aventuramos à ir até a Garganta do Diabo. É muito tranquilo e realmente não precisa de guia.

Percorremos uns 3 km e passamos por Pukara de Quitor (são ruinas), coisa mais linda. Entramos no parque para tirar algumas fotos, porém, não conhecemos tudo.

Entrada: $ 2.000.

Continuamos mais uns 8 km e aí surgiu um rio que tinhamos que atravessar para chegarmos ao nosso destino. Super legal, pois, era raso se fossemos andando e fundo se fossemos de bike e o melhor...a agua deveria estar entre 8ºc ou 10ºC. Resumo, atravessamos e não senti mais meus pés por uns 30 min. rsrs. Mas valeu mto a pena... O lugar é maravilhoso! Conhemos dois franceses no trajeto e como estavam no mesmo hostel que nós, juntamos mais algumas pessoas de lá e fizemos uma festinha no hostel mesmo, pois os barzinhos da cidade fecham cedo e são carinhos hehe... E assim, ficamos conversando no terraço até 3h da manha com um frio de -5ºC

 

Gatos do 3º dias:

Hostel: $ 6.000

Bike: $ 3.000

Comida: $ 7.900

 

Total: 16.900 ou R$ 67,00

DSC01495.JPG.0a11c3c2b3c0f9bccf2b2f2f97fb745b.JPG

DSC01449.JPG.f1b7fe3e282fe44d2b102c2b609d3b4f.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

18/06 - 5º feira - 4º dia: Após pesquisarmos bastante, a agecia Corbath (mesma do hostel que estávamos) é a que tinha o preço mais em conta: Um pcote por $ 55.000 para os seguintes passeios:

- Valle de la Luna (entrada no parque $ 2.000)

- Valle de la Muerte (não paga entrada)

- Lagunas Cejas (incluso café da tarde) entrada no parque $ 2.000

- Ojos de Salar (não paga entrada)

- Três Marias (não paga entrada)

- Lagunas Altiplânicas + uma outra laguna que tem muitos flamengos (incluso almoço) entrada no parque $ 2.500

- Gerseis (incluso café da manhã) entrada no parque $ 3.500

 

P.S. As entradas não estão inclusas no preço do pacote, são pagas a parte diretamente no parque.

 

Acordamos às 9h e fomos passear pela cidade, almoçamos e às 14h saimos para visitar os valles de la luna e de la muerte. Muito lindo mesmo. No valle de la luna, sentamos no chão e ficamos em silencio absoluto por alguns minutis (tentamos ne? rs) ouvindo o sal trincar dentro das rochas. É incrível!! E o silencio do deserto chega a ser emocionante.

Depois fomos às três Marias... São três pedras altas uma ao lado da outra no meio do nada!

 

Voltamos a San Pedro às 18h e depois fomos jantar com um casal de suiços e 1 colega alemão e outro também suiço que conhecemos no passeio e voltamos para o hostel por volta da 1:30h e da manhã e fomos dormir duas horinhas para sairmos às 4h da manhã para os Gerseis. Nosso novo colega alemão, Tobias, salvou a patria, nos avisando que o frio lá era intenso, pois ninguem havia nos falado que fazia em média -10ºC...

 

Gastos do 4º dia:

 

Hotel: $ 6.000

Passeios: $ 55.000

Entrada Parques: $ 2.000

Comida: 9.400

Total: $ 72.400 ou R$ 290,00

 

Bom galera.. vou dormir um pouquinho.. amanhã continuo o relato...

DSC01551.JPG.b72f67c93cfe4f413195305f80d290fd.JPG

DSC01594.JPG.0497aadff9a83e252bfc0cdd9a5d1283.JPG

DSC01607.JPG.7cb2b1e63e7bcbbecdd1b8a115649904.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi galera... continuando!

 

19/06 - 6º feira - 5º dia: Na verdade nem dorminos... só um cochilinho e às 4h da manhã saimos com o grupo do hotel para irmos ao tão esperado Gerseis.

São aproximadamente 2h e meia de viagem...e a tendencia é dormir na van, mas se aguentarem fiquei acordados porque o céu após 1h de distancia percorrida é algo surreal!. São muuitas, mas muitas estrelas brilhantes cobrindo inteiramente o céu.. e a lua parece que vai encostar no chão. É incrivel. Portanto, não durmam no caminho hehe!

Chegamos no Tattio às 6:30h da manhã e o guia nos informou que estávamos à 4.300 mts de altitude e a temperatura "lá fora" era -12ºC, mas que com o passar do tempo a tendência era cair para -16ºC.

 

DSC017020.JPG.a30cb6c9cc68934b3688d2d299582cd6.JPG

 

Bom, pagamos a entrada do parque ($ 3.500 por pessoa) e começamos a tremer hehe...realmente é um frio de lascar, tirei minha mão da luva para comer e ela ficou roxa hehe...mas gente, o efeito dos gerseis é algo encantador. A temperatura da agua dentro dos "mini vulcões" é 80ºC e você percebe bem que está numa região vulcanica devido ao cheiro de enxofre. E quando o sol nasce fica ainda mais bonito, as montanhas mudam de cor e toda imensidão de "nada" fica coberta de fumaça.

DSC01714.JPG.4a29c76e78a9a7a10e087575347a03c6.JPG

DSC01712.JPG.9a171653138ae1ed97b01679a792619d.JPG

DSC01723.JPG.f4eac1e02e7b7a8114175d8ec64036c9.JPG

 

Esse efeito dura apenas 2h (das 7h às 9h), por isso que é necessário sair de madrugada de San Pedro.

Em seguida, tomamos café da manhã (muito bom) e fomos para as Thermas. Sem palavras... a água quentinha (40ºC) e todo mundo fez a festa. Mas eu não entrei.. estava com tanta roupa que até tirar tudo e colocar tudo de novo já seria o tempo de irmos embora.

DSC01763.JPG.ba20e78b7d9db8bbea275c5f7d9352c7.JPG

 

Seguimos o passeio até um vilarejo onde habitam 7 pessoas em casas de barro e se sustentam com o dinheiro da venda de espetinhos de Lhlama e roupas de frio.

Nessa hora eu estava passando muito mal. Meu organismo sentiu bem a altitude e eu não conseguia andar de tanta dor de cabeça e tontura e por isso fiquei na van, não fui conhecer as casinhas dos chilenos. Porem, não resiti ao espetinho, eu tinha que provar e fui comprar. Minha colega de viagem (Jack) não conseguiu nemsair do carro hehe), acho que brasileiros sofrem bastante em lugares assim rs... Por sorte um dos moradores de lá, um sr. muito atencioso me ofereceu um chá de coca (famosa aguita) e disse que eu iria melhorar. Tomei e adorei. É uma delicia! mas nao melhorou imediatamente, foi preciso duas neosaldinas, duas horas de sono e um almoço para começar a passar a dor. Então, levem remedios!

DSC01782.JPG.cf1e49b0c2ac9e84bdb49bf3d5086549.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Chegamos no hostel 12:30h e às 15h saimos para um outro passeio: as lagunas cejas. Mais uma vez me encantei com a beleza. A principio para nós brasileiros acostumados com praias e lagoas é algo normal, porém, conforme vai passando as horas e com a mudança de posição do sol, elas mudam de cor devido ao reflexo perfeito das montanhas na agua. Sinceramente, eu tentei segurar para não chorar, mas não consegui. A natureza é muito perfeita!

No inverno a água e o Sal que formam as lagunas vem da Corilheira. Você pode atravessá-la de um lado para o outro andando, porque a profundidade é sempre a mesma: até o tornozelo hehe. No verão toda a água seca e fica só o sal. Ou seja, só dá pra ver as lagunas no inverno!

 

DSC01844.JPG.f879aaa3bf15d8f3eea5eeb43ac79f87.JPG

DSC01903.JPG.86cab325759acd91482d41d9e7c3d455.JPG

DSC01896.JPG.9a67b5ffa53cbc92bfe6ef013dd49256.JPG

 

Em seguida, fomos para os "Ojos de Salar". São dois buracos no meio do deserto, com uma profundidade desconhecida e a agua vem das Cordilheiras. Foi a coisa mais linda e surreal que eu já vi em toda minha vida.

 

DSC01863.JPG.2cb76d5fcd1544d23b490c47fc1e740a.JPG

 

Tomamos um café da tarde incluso no passeio (muito bom) e voltamos para San Pedro às 18h. Passeamos pela cidade, fizemos compras, comemos as famosas empanadas, jantamos e fomos procurar uma agencia para comprarmos o passeio para o Salar de Uyuni - Bolivia. Para nossa surpresa as agencias não ofereciam locação de sacos de dormir com capacidade para todo o frio que estava fazendo lá. E nós (por falta de experiencia) não levamos daqui do Brasil. Tentamos comprar em Calama mas também nao deu certo. E sinceramente, depois de ter passado muito mal com a altitude e o frio de -14ºC nos Gerseis eu não tive coragem de arriscar -20ºC na Bolivia por 3 noites sem um saco de dormir adequado. Mas valeu a lição, ano que vem eu volto lá e vou equipada hehe. Depois de chorar horrores de ódio de mim por não ter levado o saco de dormir, compramos a passagem de volta à Santiago para o sábado às 19:30h ($29.000 semi/cama) e retornamos para o hostel por volta da meia noite e fomos dormir para sairmos cedo no sábado para outro passeio.

 

Gastos do dia:

 

Hotel: $6.000

Entrada parque: $ 3.500

Comida: 9.000

Passagem Santiago: $ 29.000

Total: $ 47.500 ou R$ 190,00

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

20/06 - Sábado - 6º dia: Acordamos às 6:30h, tomamos café da manhã e às 8h saímos com destino às Lagunas Altiplânicas.

Estas ficam à aproximadamente 1h e meia de viagem e estão à 4.500 mtrs de altitude. O frio lá nao é tão intenso, algo em torno de 8ºC, porém, com sensação térmica de 3ºC.

Nossa primeira parada foi em um parque chamado Soncor, onde nosso foco foi a Laguna Chaxa. Lá é lotado de Flamengos Andinos (que estão extinção) e a cor da água é um azul que jamais vi igual. Assim como as outras lagunas, a água e o sal também vem da Cordilheira. A única coisa que você vê em volta desta laguna são rochas vulcanicas misturadas com sal chamadas Piroclásticos. Desta laguna você consegue observar bem de perto o vulcão Lascar, que é o mais ativo de toda a região. A sua ultima erupção foi em 2006 e afetou o Chile, a Argentina e o Brasil.

DSC01941.JPG.e865fdbadb9743845523401f07d3344d.JPG

DSC01938.JPG.ccf79d659a23545df6859e0fea5165d0.JPG

 

De lá, fomos para as Lagunas Miñiques. Simplismente divina! Um lugar fantástico. Essa laguna também fica ao lado de um vulcão, o Meñiques hehe. Tinha pouca neve no dia.

 

DSC01972.JPG.40b9577dceaa2847051bc071d06cc3c4.JPG

 

Bom, depois de caminharmos por horas nas lagunas e tirarmos muitas fotos e por volta das 15h fomos para um povoado onde havia o restaurante que iríamos almoçar (incluso no passeio). O almoço foi muito bom. Serviram uma entrada de legumes, depois frango, batata frita (hehe), arroz e um cereal típico do Chile, que agora não me lembro o nome. Estava muito bom mesmo.

E depois, chegamos no hostel às 17:30h, fizemos umas comprinhas finais, tomamos um banho e embarcamos no onibus para Santiago às 19:30h. Dessa vez não foi tão confortável. O serviço de bordo deixou a desejar, mesmo sendo a mesma empresa da ida.. talvez seja porque era a noite, não sei! Mas não ligaram a tv, não serviram lanche, apenas umas bolachinhas 9h da manha e adivinha? o unico restaurante era aquele que mencionei acima, então, chegamos nele quase 16h do dia seguinte. Morri de fome!.. Um conselho, se forem viajar a noite levem comida hehehe

 

Comida: $2.000 ou R$ 8,00

 

21/06 - Domingo - 7º dia: Enfim, chegamos em Santiago às 18:30h, não pagamos diária em hotel, apenas fomos no mesmo albergue que ficamos e eles super hospitaleiros nos deixou tomar um banho... entao voltamos para a rodoviaria, jantamos , compramos pasagens para Pucón e já embarcamos ali mesmo às 23:40h e apaguei. Acordei 10h depois já em Pucón! Haja animo para viajar tanto de busão hehe!

 

Comida: $ 6.800

Passagem para Pucón sei-cama: $9.000

Total: $15.800 ou R$ 63,00

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

22/06 - 2º feira - 7º dia: Chegamos na rodoviária de Pucón às 6:30h da manhã. Estava garoando e muuuito frio. Mas isso só fez a cidade ficar ainda mais charmosa. Que lugar fofo! Pegamos um táxi até o hotel Los Maitenes, onde nos hospedariamos por 3 dias e duas noites.

Este hotel é um pouco caro em vista do que pretendíamos pagar em albergues, porém, depois de todo frio que passamos em Atacama nos demos de presente um quarto confortável, com aquecedor e tudo mais.. tinha até banheira hehe. Pagamos $ 15.000 a diária cada uma, porém, há varios albergues bons também por um preço em torno de $ 8.000.

Mas sobre este hotel, é muito bom. A Dona Elvira (dona do hotel) é uma mãe. Na verdade todos os chilenos são hiper atenciosos com brasileiros, eles adoram a gente hehe.

DSC02250.JPG.fe1996b1ffe3db0b8b7ce1e40e72e2c5.JPG

 

Bom, deixamos as malas tomamos um banho e um café da manhã maravilhoso (cortesia da D. Elvira hehe) e fomos conhecer a cidade. Não sabíamos o que comprár primeiro, o que ver primeiro, o que fazer primeiro. Pucón é realmente um lugar aconchegante e encantador.

Então fechamos um pacote de passeios. Um deles era para o mesmo dia às 14h:

Lagos, cachoeiras e Thermas por $ 15.000. E o outro era às 7h da manhã seguinte para escalar o vulcão Villarrica por $ 30.000

Então, almoçamos e fomos para o passeio. Estava garoando forte e as cachoeiras não foi tão legal, pois, tivemos que fazer uma trilha no barro. Mas mesmo assim tranquilo. O lugar é lindo. Mas aconselho a fazerem apenas as thermas geométricas por $ 8.000 e ir até o lago Villarrica andar de barquinho.

 

DSC02054.JPG.26f0cbf7cb3b2da29f217c2df54b7eb3.JPG

 

Depois das cachoeiras e lagos fomos para as thermas (não era a geométrica) era menos mas mesmo assim a agua estava muito quente (35ºC). Sofremos para sair, mas um chocolate quente da lanchonete que tinha lá resolveu todo o problema do frio.

Voltamos para a cidade por volta das 20:30h, fomos jantar e depois dormimos para acordar 5:30h no dia seguinte. Eu mal consegui dormir de tanta ansiedade para escalar o vulcão nevado!!! :D

 

Gastos do dia:

 

Comida: $ 7.000

Passeios: $ 45.000

Total: $ 52.000 ou R$ 208,00

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...