Ir para conteúdo

Escolhi a bicicleta, mas é a certa?


juliocamargo

Posts Recomendados

  • Membros

Estou muito afim de comprar a: Gts M1 Walk Alumínio 21v

Full GTS(só os aros que são VZAN-AERO). Vou pegar de primeira uns 140Km(40Km de asfalto e 100Km de estrada em geral).

Ela vai guentar? Tem alguem aí que usa essa bicicleta ou alguma parecida? Os alforjes já arranjei um Curtlo emprestado. Também tô precisando de dica no capacete, no odômetro e em algum pneu BOM, que segure essas quilometragens que já descrevi(não usarei slick).Desde já agradeço.

 

Grato, Júlio! 8)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

eng_julio

 

Como é o tipo de estrada que vai pegar?? Tem muita lama?? Terreno muito dificil??? Isso influencia muito no tipo de pneu que vc vai precisar. Pra andar na terra, um pneu de 2.0 de largura acho que seria o mínimo ideal. Dá uma entrada nesse site que acredito que possa esclarecer algumas duvidas sobre eles: http://www.andersonbicicletas.com.br/materias/pneus_mtb.htm

Quanto a marca, acho que a Maxxis é uma das melhores que vai encontrar.

 

Além disso, o terreno também influencia e muito no tipo de bike que você precisa.

Um terreno dificil que faz a bike trepidar muito, pode estourar sua bicicleta toda logo de primeira. Então avalie bem!!

Existem algumas partes que eu considero críticas e sensiveis numa bike: cambios, cabos e a porpança de quem está acima dela, hehe!!

As partes mais sensíveis da bike, em trilha, acredito q sejam os cambios, principalmente o traseiro. Então, não basta ser um cambio Shimano. Tem que ser um cambio decente da Shimano. Os SIS quebram um bom galho, dependendo do que for fazer, mas acho que qualquer um aqui indicaria algo melhor. Lembre sempre que uma marcha bem regulada, é até questão de segurança, pois conheço gente que rasgou a panturrilha em pedal que girou em falso numa troca de marcha que escapou.

Cabos são coisas simples, basta levar um ou dois reserva de freio e o mesmo para marcha (são cabos com calibres diferentes).

E, sinceramente, invista um dinheiro num banco bom. Vc não vai gastar nada de mais em um bom banco. Um calypso de gel está na faixa de uns 50 reais e seu traseiro irá agradecer bastante.

A catraca ou cassete é um ítem interessante também de se tomar cuidado para escolher um bom, para que ele não estoure com o esforço. Na dúvida, uma da Shimano

Corrente, idem a catraca. Escolha uma corrente boa. Shimano de preferencia.

 

Sinceramente, acho que, pra investir nessa bicicleta que citou, vale mais a pena bota uns 200 reais a mais, e comprar uma Caloi Supra. Acho que ela tem um bom nível básico pra quem quer iniciar com uma bike pra trilhas mais leves, e as peças são todas Shimano, com aro Vzan (não lembro o modelo). Além de você poder parcelar ela e ter garantia da caloi sobre todas as peças. É uma compra que eu considero como mais certeira.

Comprando ela, talvez só falte comprar o banco.

 

Quanto ao capacete, só tenho uma coisa a te dizer: vá até uma loja e experimente todos que puder. Eles variam muito de tamanho, e de conforto. Quando fui experimentar, queria pegar o mais barato, que então descobri que não servia na minha cabeça. Acabei comprando um Serfas, que é uma marca alemã, que, a propósito, achei ele excelente. Paguei na época uns R$130,00 e, cara, vale a pena, pois é a sua vida que está em jogo. Mas experimente, pois capacetes tem tamanhos diferentes (P, M, G).

 

O odometro, acho que o modelo mais simples da Cateye já resolve. A não ser que vc queira fazer um monte de tabelas comparativas de tempo, calorias gastas e dados que só interessariam a um atleta. Na minha opinião, cicloviagem é pra curtir a natureza, e não, fazer provas de contra relógio!! rs Acho que funções básicas para o odometro: odometro, relógio, cronometro, velocimetro com velocidade atual, máxima e talvez, se interessar, velocidade média. O Velo 5 ou Velo 8 da Cateye são modelos simples e muito bons.

 

Espero ter ajudado um pouco.

 

 

Abraços!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

renansp...

 

valeu as dicas, endei dando uma olhada nos pneus que vc indicou(achei que eram mais caros); segunda eu vou dar um pulo numa loja de bike pra olhar o capacete e a bike que vc indicou. O máximo de terreno "bruto" que eu vou pegar vai ser um forte "areião". Será que compensa freios a disco? Andei pesquisando outro modelo "GTS M1 1.0":

-Quadro com tratamento térmico(mais resistente);

-Gancheira da roda traseira é de alumínio forjado;

-Caixa de direção integrada(importada);

-Aros VZAN AERO;

-Raios Inox preto;

-Freios a disco Winzip;

-Alavancas de câmbio EZFIRE Shimano;

-Pedivela de alumínio;

-Câmbio Traseiro RAPID FIRE DE 8V E CATRACA CASSETE SHIMANO ALTUS - Dianteiro Shimano TZ;

-Garfo com suspensão em alumínio 80mm com regulagem de pressão;

-Mesa alumínio AHEADSET;

-Corrente INDEX;

-Cubo alumínio com blocagem;

-Blocagem na abraçadeira do canote;

-Guidão DOWNHIL;

-Caixa de Centro selada(importada);

-Pedais alumínio(Importado);

-Canote GTS;

Bom está ai minha outra opção, se alguem tiver outras opções serão bem vindas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Julio, tome muito cuidado com as propagandas!!

Dessa bike que citou na segunda mensagem, cuidado com esse quadro. No quadro, temos que dar atenção à liga pelo qual ele é feito e não o tratamento térmico. Ligas comuns de aluminio são a 6161, 6063 e a 7005. Essa numeração indica o nivel de pureza do aluminio e com quais outros metais ele é fundido, alterando sua dureza, resistencia (tanto à corrosão, como à trepidações) e facilidade de moldagem. Existem algumas tabelas e informações mais detalhadas na internet sobre esse assunto, mas procure pelos 6061 e 7005 (são os mais recomendados). Cuidado também com a soldagem dos tubos do quadro. Solda em aluminio é um grande problema e geralmente é onde o quadro quebra. As soldas tem que ser lisas e bem acabadas, não podendo ter "pedacinhos" sobresalentes.

E cuidado com os quadros de fibra de carbono. Eles muitas vezes parecem ser um carro de fórmula 1, porém, apenas se forem aplicados a situação certa. A fibra de carbono é menos maleável que o aluminio, portanto, quadros de fibra geralmente partem no meio e não tem concerto. A grande vantagem da fibra de carbono é sua leveza, porém, para trilhas, precisamos mais de resistencia, do que leveza.

 

quanto aos outros ítens, acho o seguinte:

 

-Quadro com tratamento térmico(mais resistente);

-Gancheira da roda traseira é de alumínio forjado; (gosto das gancheiras no quadro, afinal, é uma coisa a menso para quebrar)

-Caixa de direção integrada(importada); (cuidado com os importados, pois "made in vietnan" pode ser importado, porém...)

-Aros VZAN AERO;

-Raios Inox preto; (fique atento ao calibre dos raios, pois é mais importante do q ser inox ou não)

-Freios a disco Winzip; (aqui é uma boa questão: Freios a disco exigem mais peças, o que significa levar mais peças de reposição em caso de quebra. Eles tem um sistema mais complexo, alguns utilizam fluido, outros são à cabo. Agora minha opinião pessoal: Nunca utilizei! Dizem que eles freia que é uma beleza, principalmente em chuva, ele consegue ser eficiente na frenagem, porém, acredito que em muitos casos, o mais simples é o mais eficiente. Um bom freio shimano, com umas sapatas boas (recomendo a marca Orbital) já serão mais que o suficiente, e de fácil reposição e conserto, em caso de quebra. Mas, como falei, é opinião minha. Além de que, vc compra um excelente kit de freio V-brake shimano, por uns R$150,00 à R$200,00. Já um freio a disco bom (não um excelente), vc não vai desembolsar menos de R$500,00)

-Alavancas de câmbio EZFIRE Shimano; (é a que eu uso. Acho muito boa e barata!)

-Pedivela de alumínio;

-Câmbio Traseiro RAPID FIRE DE 8V E CATRACA CASSETE SHIMANO ALTUS - Dianteiro Shimano TZ; (acho o suficiente e uma boa opção de custo x beneficio)

-Garfo com suspensão em alumínio 80mm com regulagem de pressão; (fique atento se a marca não é genérica demais. Mas 80mm de curso é o suficiente. Cuidado com o tipo de regulagem de pressão. Existe umas que são a ar, que precisam ser calibradas, outras à óleo e algumas, apenas um ajuste da mola (acredito que seja esse o caso))

-Mesa alumínio AHEADSET; (mesa é um ítem importante. Tente pegar um razoável. Acho que um gts já estaria de bom tamanho.)

-Corrente INDEX; (INDEX é o tipo de corrente. Ela tem pequenos sulcos, que servem para o engate mais rapido da marcha. Fundamental em sistemas rapid-fire. Mesmo assim, tente pegar uma corrente INDEX da Shimano)

-Cubo alumínio com blocagem; (Blocagem é importante, para trocas rapidas de pneu. Fique atento se o cubo utiliza rolamentos, se é selado, ou se usa as antigas e comuns esferas na bacia.)

-Blocagem na abraçadeira do canote;

-Guidão DOWNHIL; (influencia apenas na posição de conforto. Pessoal da mountain bike costuma utilizar mais os guidões retos, pois são melhores para a fixação dos acessórios (velocimetro, lanterna, bolsa de acessórios)

-Caixa de Centro selada(importada); (De preferencia, que seja selada e com rolamentos. Esse é um ítem que faz uma diferença danada. Lembro até hoje quando coloquei o meu primeiro, que, por mais que não fosse dos melhores, já alterava bastante na pedalada. Vc sente sua pedalada mais suave e firme. Mas, cuidado com os genéricos. Um GTS também esta de bom tamanho)

-Pedais alumínio(Importado); (Esse é um ítem de gosto muito pessoal. Eu gosto de usar pedais Plataforma. Eles são grandalhões, pesados, porém, cabe quase seu pé todo nele. Bom pra quem tem pé grande, rs. Outra opção, são os taquinhos, ou pedais pra usar com sapatilha, mas, sinceramente, eu não tenho coragem ainda de investir mais de 100 reais em um pedal e mais uns 100 em uma sapatilha, que só alteraria minha pedalada se fizesse treinos especificos. Além de que, vc fica preso nos pedais, e em caso de queda, o estrago sempre é maior. Por isso prefiro os plataformas.)

-Canote GTS;

 

Se for procurar a Caloi supra, procure em alguma autorizada da caloi. Além deles montarem a bike pra vc, manterão a garantia e costumam ser profissionais bem competentes. Acho que em quase toda cidade grande, tem uma autorizada.

 

Espero ter ajudado novamente!!

Qualquer coisa, estamos ai!!

 

Abraços!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

salve!!!

então tenho uma bike gt com algumas peçinhas susp 110 mm e não é nada super power mas me leva pra todo lugar e ainda tem uma manutenção barata

as vezes faço uns pedais por aqui tipo aparecida por terra 125km ida(volta no bondão) SFX ida e volta 130 km ilhabela castelhanos e bonete e unr role pela montanhas daqui perto de casa

acho que pra fazer uns pedais mais longos ( vai solo ou mais gente/ pousadinha ou camping) #pousadinha não precisa levar muita coisa ja pra acampar ...

e levar ferramentas para reparo que serão o sucesso da sua trip(camara/sapatas/cabos/chave caniveti alien/chave e parafuso pe de vela/saca corrente e elo )

uma coisa muito importante é a lubrificação das correntes é sempre bom estarem lubrificadas!ajuda muito !!

pneus existem muito as marcas citadas acima são muito bons mais são caros tb eu utilzo os pirelli mesmo e vai qu evai ale de ser barato

eu não sou nenhum pro faço só por lazer mesmo e utilizo os taquinhos com sapatilha tipo tenis,antes tb não utilizava mas depois acho que não sei ficar sem , alem de melhorar seu pedal (alem de vc empurrar o pe de vela vc tb puxa ele dando assim uma performance muiiito melhor a questaõ de ficar com o pe preso é so no começo , pois ele se solta com apenas um movimento lateral ja levei uns tombinhos no começo com o pe preso mas é so acostumar )

questão da bike tem que ficar atento por ande vai andar ta cheio de malaco por ai e se vc estiver com uma super bike vai ficar meio cabreiro de se embrenhar muito mas sei la vai de cada um ....

no mais é isso

boas pedaladas!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

dei um pulo no meu mecânico de bike(lá vende bike também), ele disse a mesma coisa que vcs sobre o freio à disco; vou ficar com V-brake mesmo; quanto a bicicleta eu ainda estou num dilema, pois consegui um esquema de troca do quadro da bike GTS por um quadro Canadian X-Terra(algo parecido). Mais vou tentar fazer um "test-drive" na bike antes. Deu uma olhada na Supra e me interessou muito, quero agradecer pelas dicas de vcs!

 

Gratíssimo, Júlio.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

×
×
  • Criar Novo...