Ir para conteúdo
spygtba

Mochilando de PCX 150 pelo Peru, Bolívia, Chile, Argentina e Uruguai 24 dias acampando e 12938km

Posts Recomendados

1º Dia, Guaramirim-SC a Rio Grande-RS 806km

 

primeiro%2Bdia.JPG

Dia 20 de dezembro de 2014

Saí de casa as 6:30 com o odômetro marcando 12323km.

Neste dia foi só alegria, muito sol e estrada boa, em boa parte, na parte da BR-101 que passa pelo litoral gaúcho tem uma parte muito ruim, fez minha bagagem ser lançada no asfalto em um buraco, não estragou nada mas serviu de aviso.

No fim do dia se armou um chuva então parei e acampei em uma área de reflorestamento de pinus, o melhor lugar para acampar, eram umas 20:30. A chuva cai e ão foi tão forte como se anunciava. Foi uma boa noite de sono.

Vou ficar devendo fotos pois a câmera estragou.

O dia terminou em Rio Grande-RS com 806km rodados.

 

2º dia Rio Grande-RS Punta del este-UR 506km

 

segundo%2Bdia.JPG

Dia 21 de dezembro de 2014

Este dia começou com chuva, assim como toda a noite, a barraca segurou bem a chuva, não estrou água. A capa da Alba que comprei para ser a "melhor" não segurou a aguá e o vento que peguei. Vento lateral com muita chuva, imagina la pelas bandas do Ushuaia que tem vento e chuva e ainda é bem frio... Eu estarei fu..., viajar e sentir frio, e estar seco é uma coisa agora molhado e ainda com frio, ai já será demais.

Acordei as 7:30 desmontei acampamento e fui pra estrada. Chegando a Rio Grande abasteci e perguntei pelos horários da balsa, eram 8:30, a próxima sairia as 10:00, então o frentista me disse que motos poderia ir na barca de passageiros que sairia as 9:00, ja fiquei feliz, fui lá e coloquei a moto na barca, custou R$7,00 a travessia é de 30 minutos. Desembarquei e fui em direção a o Chui debaixo de chuva.

 

 

WP_002289.jpg

Balsa de Rio Grande

 

WP_002291.jpg

Praça de Rio Grande

 

WP_002295.jpg

A estação ecológica do Taim é um lugar muito bonito, até os carros que passam por lá.

 

WP_002298.jpg

Divisa Brasil-Uruguai

 

A chuva deu uma trégua de uma hora e pouco antes do Chuí veio uma tromba d´água com muito vento e frio, talvez era pra eu ir testando como será la pra baixo, fiz a aduana, foi rápido, e segui até uns 30km antes de Punta del Este, montei minha barraca em uma plantação de eucalistos, e assim terminou este dia por volta das 20:30 com 506km rodados.

WP_002299.jpg

 

3º dia Punta del Este-UR a Mercedes-UR 550km

 

 

3%2Bdia.jpg

Dia 22 de dezembro de 2014

 

Depois do dia anterior inteiro debaixo de chuva, este parecia que não seria diferente, pois já começou garoando, desmontei a barraca e peguei a estrada, nada de chuva e assim foi todo o dia, na chegada a Punta del Este e deu uma dor de barriga, não sei se daria tempo de achar um posto pra ir ao banheiro, pra minha sorte no meio do nada tinha um banheiro químico, parece que tinha caído do céu pra mim.

Depois de feito o serviço fui conhecer Punta, agora com calma, uma cidade muito bonita, uma mistura de Balneário Camboriu e Jurerê internacional, dei uns roles por lá e fui pra Montevidéu.

 

WP_002300.jpg

Hotel em Montevidéu

 

WP_002302.jpg

Palácio Legislativo de Montevidéu

 

WP_002307.jpg

Praça Independência em Montevidéu

 

 

WP_002305.jpg

Praça Independência em Montevidéu

 

WP_002311.jpg

Acampamento 50 km antes de Mercedez

 

Visitei o que eu queria visitar e segui viajem rumo a Fray Bentos pela Ruta 3 até pegar a 55, ali começou o meu teste e da moto, uma estrada asfaltada porem pior que as brasileiras ruins, partes tinha asfalto, partes era barro com pedra e tudo isso no fim de um dia cansativo, minha coluna já um pouco dolorida ficou pior ainda, tudo graças ao amortecedor da PCX que passa pra gente tudo que tem na estrada, muito pior que o da Biz, também eu não poderia esperar que fosse diferente, ela é uma moto de uso urbano. Comecei a pensar no rípio da ruta 3 que leva ao Ushuaia e no da Carretera Austral, ai lembrei do vento e chuva e do frio e da bos... da capa que passa água. Ai comecei a pensar e ponderar o que eu poderia fazer; Poderia ir assim mesmo e pagar todos os pecados, que cometi e os que não cometi ainda, nesta viajem. Poderia ir até Buenos Aires pra não perder a viajem e voltar pra casa e passar a virada no RJ, depois de muito pensar lembrei de Machu Picchu, já tinha estudado tudo a respeito, tinha os mapas no GPS, porém estou sem a carteirinha de vacinação, mas u professor meu foi pra lá de avião e não pediram pra ele a carteirinha. Então vou até a fronteira se der pra entrar eu entro, se não der eu fico no Chile uns dias, parece que terá o Rally Dakar por lá no inicio de janeiro. Então que seja assim, o fim do mundo fica adiado e que venha o Peru.

Este dia terminei com uns 550km rodados a 50 km de Mercedes-Ur

Fico devendo as fotos de Punta de Leste, a câmera que tinha comprado para esta viajem, que era pra ser boa estragou quando eu estava saindo de Punta del Este, então fotos somente do celular o resto da viajem.

 

4º dia Mercedes-Ur a Buenos Aires-Ar 600km

 

4%2Bdia.jpg

Dia 23 de dezembro de 2014

 

Acordei as 8:30, desmontei a barraca e segui pela Ruta 55 por mais uns 15km de buracos e depois segui para a aduana de Fray Bentos, fiz a entrada na argentina e segui até Gualegauychu tentei em vários lugares fazer cambio mas foi difícil, até que achei uma seguradora que me fez a 9 pesos por dólar, troquei 50 porque sabia que conseguiria cambio melhor em Buenos Aires. Segui viajem até perto da capital, onde parei para comer uma parrilla, pedi uma parrilla com um pouco de cada coisa, se arrependimento matasse... Veio bonito em uma mini churrasqueira servida sobre a mesa, uns pedaços de carde de boi, carne de frango, linguiça e uns pedaços de tripas(acho que era) e um pedaço de rim eu acho(gosto amargo demais pra ser figado), as tripas, tinha umas maiores e outras menores, tinha alguma coisa dentro, as pequenas eu comi, tinha gosto de ova de peixe frita, já as grandes não tinham gosto de nada, valeu a experiência. Custou caro, 105 pesos com uma coca-cola de 600ml, isso dá 10,5 dólares, convertendo da uns 32 reais.

Depois disso fui pra capital e andei por lá tudo.

 

 

NWP_141223_0002.jpg

Casa Rosada - Buenos Aires-Argentina

 

WP_002317.jpg

Casa Rosada - Buenos Aires-Argentina

 

NWP_141223_0004.jpg

Obelisco - Buenos Aires-Argentina

 

WP_002322.jpg

Fragata Sarmiento - Buenos Aires-Argentina

 

WP_002322.jpg

Palácio do Parlamento - Buenos Aires-Argentina

Estacionando em cima da calçada pra não ser diferente dos outros.

 

WP_002336.jpg

La Boca - Buenos Aires-Argentina

 

 

WP_002340.jpg

La Boca - Buenos Aires-Argentina

 

 

WP_002343.jpg

Acampamento com garagem kkk

 

 

 

Perto da noite sai em direção a ruta 7 que leva a Mendoza e 80 km depois achei um lugar pra acampar. Neste dia foram 600 kilometros rodados.

Impressões a respeito de Buenos Aires:

Cidade muito bonita, com um transito parecido com o brasileiro das cidades grandes, uma coisa legal é a faixa para motos nos sinaleiros que permitem aos motociclistas saírem na frente dos carros. A cidade é bem sinalizada quanto as saídas.

Motos lá podem estacionar nas calçadas se estiver estacionado como no Brasil a polícia implica. O povo de lá, pelo menos comigo, foi simpático.

 

5º dia Buenos Aires a San Luis-Ar 650km

 

5%2Bdia.jpg

Dia 24 de dezembro de 2014

 

Acordei cedo, umas 7:30 e peguei a estrada, sabia que seria um dia chato pois é praticamente uma reta, sem atrações, nem montanhas ou curvas, por isso poucas fotos.

Neste dia entrei em uma cidade pra almoçar e não achei lugar para comer, só vendiam pra levar, parei em um desses lugares e comprei meio frango e batatas fritas por 58 pesos, foi difícil dar conta.

Neste dia acampei a 50 km de San Luis - Ar com 650km rodados no dia.

WP_002346.jpg

Almoço na estrada

 

WP_002347.jpg

É reta pra não acabar mais, entediante.

 

WP_002348.jpg

Nem lembro onde era, mas era bonito.

 

WP_002350.jpg

Final de dia, ótimo lugar para acampar e 650km rodados no dia.

 

6º Dia San Luis-Ar a Los Andes-Ch 575km

 

 

 

Dia 25 de dezembro de 2014

 

Acordei cedo novamente, umas 7:30, segui para um dia melhor que o anterior, iria cruzar a cordilheira, o que é sempre demais, passei por Mendoza direto sabia que tinha algumas coisas pra se ver lá mas como nunca tinha lido a respeito, não quis perder tempo. Comecei a subir a cordilheira e não tem como descrever, tudo muito lido, a cada curva um clique.

WP_002352.jpg

Escultura em uma das praças de pedágio da ruta 7 apos Mendoza

 

WP_002353.jpg

Capelinha da Difunta Corrêa, tem varias por todas as rodovias da Argentina.

 

WP_002354.jpg

Monumento na entrada de Mendoza

 

WP_002356.jpg

Chegando na cordilheira depois de vários dias sem ver um morro sequer.

 

WP_002361.jpg

Represa perto de Mendoza

 

WP_002363.jpg

Represa perto de Mendoza

 

WP_002370.jpg

Um dos vários túneis na cordilheira - Ruta 7 - Mendoza

 

 

WP_002378.jpg

Litros de água para Difunta Corrêa, nunca tinha visto tantos.

 

Em Uspallata comprei meu almoço, frango com batata frita pra levar, segui até um ponte e parei, fui comer debaixo dela, o sol estava de rachar.

 

 

WP_002381.jpg

Continuei subindo, parei para ver o Aconcágua, entrei no parque e fui até o mirante, mas estava encoberto, pela rodovia eu via ele e chego lá estava encoberto, só podia ser brincadeira. Antes fui ver a Ponte del Inca.

 

WP_002388.jpg

 

 

WP_002391.jpg

 

 

WP_002393.jpg

 

WP_002395.jpg

 

WP_002403.jpg

 

WP_002416.jpg

 

WP_002426.jpg

 

Depois cheguei ate a entrada do túnel Cristo Redentor a 3185 metros de altitude, deixei ela de lado e subi por uma estrada antiga de rípio que leva a uns 4000 metros de altitude, lá estava até nevando, ralo mas tava, muito frio. Achava que teria que voltar de lá e passar pelo túnel, mas podia descer para o Chile pelo outro lado, assim economizei o pedágio do túnel, e aproveitei a bela vista da descida, foram 18km de ripio.

 

 

WP_002430.jpg

Subida do Paso Los Libertadores por estrada ripiada.

 

WP_002432.jpg

Subida do Passo Los Libertadores por estrada de rípio.

 

 

WP_002433.jpg

Subida do Passo Los Libertadores por estrada de rípio.

 

 

WP_002434.jpg

Subida do Passo Los Libertadores por estrada ripiada. Os pontinhos branco na fotos era neve caindo.

 

 

NWP_141225_0004.jpg

O que sobrou do inverno.

 

WP_002439.jpg

Paso Los Libertadores

 

 

 

WP_002446.jpg

Descida do Paso Los Libertadores por estrada ripiada no lado chileno.

 

WP_002452.jpg

Proteção conta avalanches e deslizamentos no lado Chileno.

 

WP_002464.jpg

Los Caracoles, um sonho de muito tempo realizado.

 

 

WP_002467.jpg

Acampamento tranquilo.

 

 

Depois peguei a ruta novamente e fui até a aduana, lá descobri que o pessoal que fez minha entrada na Argentina esqueceu de fazer a entrada da moto, então foi uma hora perdida preenchendo papel e os cara perguntando uns para os outros o que fazer até que sai de lá para ver os Caracoles.

Comecei a descer e cheguei a eles, tirei as fotos e continuei descendo, ja estava escurecendo. Achei um lugar na beira de um rio e montei a barraca, já eram 22:00 pelo horário de Brasilia. Neste dia foram 575km rodados

 

 

A continuação do relato está em meu blog:

http://passeandopelaamerica.blogspot.com.br/2014/12/7-dia-los-andes-ch-soco-ch.html

 

WP_002990%2B-%2BC%C3%B3pia.jpg

 

WP_003105.jpg

 

WP_003386.jpg

 

WP_003415.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Muito louca sua trip parceiro no aguardo por mais informacoes abrass...

Vc pode ler o relato completo e com muitas fotos em:

 

passeandopelaamerica.blogspot.com.br

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×