Ir para conteúdo
Tassia Almeida

Trilha Inca Alternativa: Trilha Cachicata - Cusco.

Posts Recomendados

Ola Viajeiros e Trilheiros!!!

 

Estou morando e Cusco por 4 meses e nesse tempo aqui queria muito fazer uma trilha.

Como eu nao sou nem um pouco planejada - vim pra cá meio no susto - nao reservei a Trilha Inca com a antecedencia necessária, que é de meses!

Por isso resolvi buscar trilhas alternativas até Machu Picchu. E das várias opcoes fiquei com a Trilha Cachicata. Essa trilha é razoavelmente nova aqui na regiao e nao sao muitas empresas que fazem.

Escolhi a Cachicata porque me possibilitaria caminhar pelas incríveis paissagens daqui e ainda conhecer alguns sitios Incas no caminho - sao 3! Dentre as agencias que eu vi aqui, escolhi a Inti Sun Trek, pela descricao minusciosa da trilha nos site, mas principalmente pela estrutura que eles oferecem na trilha.

Resolvi compartilhar aqui, porque vi que nao tem nada nada sobre essa trilha aqui e achei uma das coisas mais incriveis que já fiz na vida.

 

A sensacao de caminhar na cordilheira dos Andes é única e um tanto difícil de descrever, mas vamos tentar. Foram 3 dias de trilha. Normalmente sao 4, mas como resolvi nao ir a Machu Picchu ainda foram só 3.

 

DIA 1: conhecendo Watt'a

No primeiro dia sai de Cusco de van cedinho e depois de pegar o casal que fez a trilha comigo, fomos pra estrada. Andamos por mais ou menos 1h até chegar ao comeco da trilha. Tomamos café, encontramos com os cavalos que iam carregar todo o equipamento (barracas, tendas, banheiro, fogao....) e as nossas malas (gracas que nao tive que carregar no ombro, rs), o cozinheiro e o cuidador dos cavalos e comecamos a subir. E subir e subir. Hahahaha...

Mas como estavamos em tres, mais o guia (ja que o cuidador e o cozinheiro vao antes com os cavalos), foi tranquilo acompanhar o ritmo do grupo - eu nao sou muito acostumada a fazer trilhas e tava com medo de ficar pra trás!

E depois de 1h30 de subida chegamos ao primeiro sítio Inca do nosso caminho: Watt'a. A vista de lá é incrível - dá pra ver o Vale e as montanhas além de ver a trilha que seguiremos!

Depois de ouvir um pouco sobre a história Inca, caminhamos por mais 1h, dessa vez morro abaixo, até o nosso lugar de almoco, no meio de uma vila. Lá comemos e descansamos (preciso dizer que me impressionei com o que o cozinheiro preparou no meio do nada, com meia duzia de equipamentos de cozinha).

Seguimos entao, por entre o vilarejo e depois subimos em direcao a nosso lugar de acampamento. A vista do lugar que ficamos era incrível. Como queriamos muito fazer uma fogueira de noite, paramos um pouco antes do que normalmente se para (se nao, nao teriamos lenha). Gostei muito de fazer a fogueira de noite, mas isso resultou em caminhar mais no segundo dia, tonando-o mais cansativo.

SAM_5593.JPG.fcfc6a87432ac550b27344502dc6e386.JPG

 

DIA 2: Veronica

Esse dia foi BEEEEM puxado, mas valeu cada passo.

Depois do café, comecamos nossa caminhada, mais uma vez subindo, dessa vez por 1h20 mais ou menos e em seguida descendo por mais 40 minutos até um vilarejo fofo! Continuamos entao caminhando, num terreno um pouco mais plano, até chegarmos a incrível vista do segundo sítio Inca, que fica no alto de um morro, em cima de uma cachoeira.

Poderiamos ter descido atá a cachoeira, mas resolvemos evitar a subida da volta, entao fomos só até o Sitio que tem uma vista de todo o Vale Soccma.

Em seguida, subimos por mais 40 minutos até o nosso lugar de almoco. Comemos e continuamos a subida. Foram mais 2h30 suadas!!!!

Essa parte foi bem díficil, principalmente porque a altitude era beem grande, mais de 4.000m e comecei a sentir os efeitos - mesmo estando em Cusco há 2 meses! Folhas de coca e oleo de Muinha foram a salvacao!

Tava acabada nessa parte, bem cansada mesmo e o guia me dizendo que a vista ia valer a pena. E COMO!!! Eu nao imaginava o que me esperava - eu quase nao quero escever essa parte, porque a surpresa foi tao incrível... mas ao mesmo tempo, se eu soubesse que isso me esperava, minha motivacao seria maior. O que me esperava: O pico nevado Veronica! Gente que lugar lindo!!!

Ficamos uns 15 minutos admirando!!! E de lá seguimos mais uns 20 minutos até o nosso lugar de acampamento.

Olha, essa noite fez frio. MUITO MESMO. Tinha gelo nas barracas, o que significa que a temperatura tava abaixo de 0!!! Pra uma paulista que sofre quando faz menos de 10 em sp, foi dificil!!!! Dormi vestindo TODAS as minhas roupas, o saco de dormir e um cobertor. hahhahahaha - dificil foi ir ao banheiro no meio da noite, rs.

SAM_5789.JPG.f74be2c96bab0bb8990efb85ce47f25e.JPG

SAM_5800.JPG.240b3448393f207f30d6db136a6c965e.JPG

 

DIA 3: Porta do Sol

Esse dia, pensando agroa, acho que foi o mais bonito e também o mais fácil, pois ele é praticamente só reto e descida.

Comecamos o dia caminhando reto, passando por vários morros e vales, com uma linda vista. Subimos entao por 20 minutos até o topo de um passo, onde pudemos ver a motanha negra, linda!!!

E entao comecou uma descida beeem ingreme, por um vale INCRÍVEL. Nesse momento comecamos a ver um outro tipo de vegetacao. No final da descida chegamos até a Pedreira Inca - Cachicata - que dá nome a trilha. Era desse lugar que os Incas tiravam as pedras para contruir Ollantaytambo - e fizemos apé todo o caminho que eles faziam com as pedras - UAU, QUE TRABALHO.

Após a pedreira, seguimos caminhando até a última ruínas Inca, e na minha opiniao a mais incrível: A Porta do Sol (nao a de Machu Picchu). É uma construcao pequena, mas linda e com uma vista de tirar o folego. De lá se vê Veronica de pertinho - infelzimente tinha muita nuvem nesse dia - e a cidade de Ollantaytambo e o Vale Sagrado. aiaiaia... lindo demais!

De lá, caminhamos por mais 1h20 até o almoco - confesso que essa parte foi difícil, porque já tava bem cansada!

Do lugar de almoco, pegamos a trilha inca até Ollantaytambo - que é uma cidade linda.

De Ollanta pegamos uma van de volta a Cusco.

SAM_5882.JPG.159f33ec8a7950b96d9b168e0a7a4bd6.JPG

 

 

É isso pessoal! Essa foi uma experiência única e insquecível na minha vida! Me apaixonei mias ainda pelo Perú depois disso. As paisagens, as vilas e as pessoas que encontramos no caminho, tudo foi demais.

Mesmo com todo o frio, as subidas e o cansaco do final.. hahahahaha :)

 

Recomendo MUITO a trilha Cachicata como uma alternativa a Trilha Inca Clássica. E também a Inti Sun como operadora, porque foi um trabalho realmente muito bom e decisivo para que eu nao me acabasse de vez na trilha, rs.

 

Valeu e sorte nas suas viagens e trilhas pessoal!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Paulo,

 

Eu paguei US350 por essa trilha. Incluia o guia, as barracas, a comida - 3 refeicoes e lanches, os cavalos pra carrear tudo e o transporte.

Se você fizer com Machu Picchu junto fica mais caro, pq entra o valor da entrada em Machu e dos trens!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Tassia!

 

Parabéns pelo relato. Muito detalhado e preciso.

Fiz a Trilha Salkantay até Machu Picchu e curti muito também. Quem sabe não volto pra fazer essa que vc fez!?

 

Beijos e continue escrevendo.

 

Diego

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×