Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Giovanna Quintao

Cuba-RELATO Havana-Vinales-Cayo Jutias-Cayo Levisa-Soroa-e Las Terrazas

Posts Recomendados

Acabamos de voltar de Cuba e ficamos ENCANTADAS com o país! Vale muito a pena conhecer, é muito diferente de todos os países que já fomos

 

Ficamos somente uma semana, portanto não percorremos toda a ilha, mas isso é um motivo para voltar. Antes de viajar, tentamos reservar casas particulares pela internet. As casas particulares são a melhor forma de aproveitar cuba: é barato, se conhece as pessoas da casa, cria-se amigos, e aprende-se muito sobre o modo como os cubanos vivem. Existem muitas casas com quartos para alugar, e a maioria delas tem quartos com banheiro privativo, ar condicionado e/ou ventilador.

 

HAVANA

Para Havana reservamos uma casa particular com o Senhor Luis Castaneda ([email protected]). Como ele não tinha habitação disponível, indicou um amigo (isso é muito comum lá, os cubanos sempre indicam outras pessoas caso não possam receber). Ficamos na casa do Marcelino, fomos muito bem-recebidas. A casa dele não fica em Habana Vieja, mas num bairro próximo chamado Vedado, considerado uma área mais residencial.

Ficamos em Havana duas noites somente, mas foi o suficiente. No primeiro dia andamos pela Malecon , avenida beira-mar, até Habana Vieja. Foi uma boa caminhada, passamos pela embaixada dos Estados Unidos, a Plaza Tribuna Anti-Imperialista, Edificio Focsa e o Parque Maceo antes de chegar em Habana Vieja. Em Habana vieja fomos ao Parque Central, ao Parque da Fraternidad –em frente ao Capitólio Nacional (que estava fechado), a noite tentamos ir no famoso bar El Floridita (estava tão lotado que desistimos) e acabamos comendo algo na rua Obispo mesmo (essa rua é cheia de restaurantes e bares).

Já no primeiro dia ficamos impressionadas com o país: as construções de habana vieja decadentes, os carros antigos, os supermercados que não são supermercados, mas apenas mercados, as pessoas nas ruas estreitas do centro bebendo e conversando, pessoas reunidas em determinados pontos da cidade para entrar na internet e etc.

 

IMG_2319.JPG.237449a736d5cd1131d618179f68f27a.JPG

 

No dia seguinte acordamos cedo e fomos andando até a famosa Plaza de La Revolucion (não pudemos subir na torre Memorial a Jose Marti porque era feriado). Resolvemos pegar o ônibus hip on hip off (5CUCS) para poder ir até Habana Vieja e aproveitar melhor o tempo. O ônibus passou pelo bairro Miramar e depois seguiu até Habana vieja. No centro fomos no Museu da Revolução (é legal, mas falta um pouco de infra-estrutura), ficamos andando pelas ruas estreitas de habana vieja: fomos na Plaza de Armas, na Plaza Vieja e almoçamos no centro mesmo. Comemos uma lagosta em um paladar chamado Gonella (na San Ignacio com O´Relly), gostamos muito da comida e do ambiente amigável de uma casa.

No fim da tarde pegamos um taxi e fomos ao Parque Histórico Militar Morro Cabana, a vista da cidade e o pôr do sol de lá é lindo ! Valeu a pena! Ficamos até as 21 horas para ver a celebração do canonazo, em que atores se vestem de soldados e encenam um lançamento de um canhao, fechando o dia.

No terceiro dia acordamos cedo para ir na missa na Catedral de San Cristobal de Habana e fomos na câmara escura na Plaza Vieja (muito legal, é como um google Earth primitivo) . Voltamos para a casa em que estávamos hospedadas, arrumamos as coisas e pegamos um taxi até a estação de ônibus Viazul (que fica no novo vedado)

 

VINALES

Saímos de Havana as 14 horas e chegamos em Vinales às 17 horas. Não tínhamos reservado casa pois sabíamos que tinha muitas opções lá disponíveis. Quando saímos do ônibus veio uma multidão oferecendo casas para ficar. Mas tínhamos lido aqui no fórum uma recomendação da casa do senhor Carlos, então resolvi procura-la.

Sabíamos que a casa do Carlos era 10 minutos do centro da cidade e fomos andando até encontrar uma placa com o nome da sua casa (Villa Flores-Km 27 carretera Puerto Esperanza, [email protected]). Chegando lá eu vi porque o recomendaram, muito simpático e amigável ! Foi logo oferecendo suco natural e conversando com a gente! A sua esposa e sua filha também são super boas de conversar e tals...

Infelizmente ele não tinha quarto disponível então nos recomendou a casa de um amigo um pouco mais adiante da casa dele. Ficamos lá e simplesmente amamos! Chama Villa Willians. É um casal -Willian e Anye- com dois filhos, super simpáticos, atenciosos e a comida era uma delícia!

Acabamos que ficamos amigas da família de Willians e da família do Carlos! Recomendo ficar em qualquer uma das casas, em ambas serão MUITO bem recebidas! E o legal é que as duas famílias contam muito de como é a vida lá , da história deles e tals.

Depois de nos acomodar na casa do Willian, (Villa Williams – Km 27 carretera a Pto Esperanza [email protected]) já estava no final da tarde e fomos ao centro da cidade (que é bem pequena), andamos um pouco e voltamos. A estrada para a casa é bem tranquila, uma delícia de caminhar e não tem perigo! Voltamos para jantar o que a mulher Anye preparou: lagosta !

No dia seguinte tomamos café na casa e saímos cedo da casa para pegar o taxi (15CUC ida e volta) para Cayo Jutias. (as pessoas da casa que te hospedam geralmente sempre conseguem arrumar como ir para os lugares e os passeios, tanto o Willian quanto o Carlos sempre nos ajudou na logística dos passeios)

 

IMG_2457.JPG.12ccf576a20b3a26b0a3d54e5a0368fe.JPG

 

CAYO JUTIAS

Simplesmente esplêndido! A praia é maravilhosa (caribe é caribe né...)! Como não tem hotel para ficar nem nada, é mais tranquilo... Apenas poucos turistas! Ficamos o dia inteiro na praia e fizemos um passeio de lancha com Snorkel. Também RECOMENDO muito fazer esse passeio ! Foi 15 CUCs por pessoa, e foi só eu e minha mãe. O cara que fez o passeio era super gente boa, mergulhou com a gente com snorkel, explicou os nomes dos peixes, dos corais e das algas ! Depois ainda fomos em uma praia com muitas estrelas do mar, super legal!

Lá pelas 17 horas voltamos para Vinales. Dessa vez jantamos em um restaurante, o que na minha opinião, não vale a pena, visto que as comidas das casas de família são melhores e talvez até mais baratas.

 

PASSEIO A CAVALO E DE BICICLETA POR VINALES

Acordamos cedo, tomamos café da manhã e fomos fazer o passeio a cavalo com o guia que o Willian tinha arranjado para gente. Mais uma vez, o guia era super gente boa, foi só ele para nós duas. A gente pagou 5 CUCs por pessoa por hora (parece que o preço é tabelado, já que parece que o cavalo é do governo). O passeio durou 4 horas e visitamos fincas de tabaco, café e cavernas.

De tarde fizemos o passeio mais bonito na região. Alugamos bicicleta e fomos para a Cueva del Indio, e depois para os murais de Diego Riviera. É lindo andar pelos vales de bicicleta, vale muito a pena a sensação !

Voltamos mortas para a casa e fomos jantar na casa do Carlos. Ele fez um super jantar para a gente, com direito a lagosta e peixe! E foi super agradável ficar conversando com ele e sua esposa.

 

IMG_2382.JPG.41b0980e04059a7bcc07805eef569971.JPG

CAYO LEVISA

Tomamos café da manhã e pegamos um ônibus da Cubanacan para o cayo levisa. Para lá só tem como ir com a empresa de turismo, que já inclui o ônibus e o barco para a ilha. Lá também é lindo! Mas é mais agitado que Cayo Jutias, já que tem um hotel-resort do Cubanacan. Talvez valha a pena ficar uma noite no hotel para aproveitar mais a praia! De qualquer forma, voltamos de tardezinha para vinales e tivemos nosso último jantar com o Willian e a família.

 

SOROA

No dia seguinte tomamos nosso último café da manhã em Vinales pois íamos para uma vila chamada: Soroa. Passamos para despedir da família de Carlos, e despedimos da Anye! Foi triste a despedida, gostamos muito deles!

A ida para Soroa foi uma aventura: queríamos fazer da forma mais barata. O Willian nos acompanhou até Pinar del Rio , pagamos somente 1 CUC por pessoa até lá (porque fomos nos taxis para cubanos e não para turistas, já que o Willian acompanhou a gente).

De la pegamos um taxi coletivo (6 CUC por pessoa) em direção a Havana e pedimos para parar em baixo da ponte da Candelária (no meio da estrada hahahah). Lá já tinha o cara da casa em que íamos ficar nos esperando! O Carlos (que ficamos amigos em vinales) que arranjou essa casa para gente, combinou o horário de chegada com o moço, e tudo saiu direitinho!

A casa chama Vila Virginia ([email protected]), fomos super bem recebidos ! Chegando lá, deixamos nossas coisas, e o cara da casa foi até o ponto de ônibus com a gente para a gente pegar o ônibus para ir na cachoeira e nas trilhas. Ele nos deu moedas para pagar o ônibus e nos ensinou certinho.

Soroa é uma vila bem pequena, e parece que vive em função do hotel-resort que tem lá. Fomos na cachoeira, e fizemos uma trilha para subir uma montanha que durou 1 hora mais ou menos, e a vista é linda!

Voltamos de ônibus, tomamos banho e jantamos na casa!

 

LAS TERRAZAS

Nosso último dia de Cuba foi também aventureiro. Tomamos café da manhã e pegamos um taxi para ir em Las terrazas e no aeroporto. O cara da casa arranjou o taxista para a gente, que foi super simpático... A gente ficou o dia inteiro rodando com ele. Primeiro fomos em Las terrazas , uma vila maior perto de Soroa, que vive em função do seu Eco-resort. Depois o taxista nos levou (sem a gente pedir) para conhecer uma ruinas de uma plantação de café. Muito legal, vista do lugar magnifica! (tem que subir muito com o carro para chegar até lá).

Depois fomos em direção ao aeroporto de Havana! No caminho ainda paramos em dois lugares para comprar rum de lembrança de Cuba...

 

 

Agora dito isso tudo, só restarão saudades desse país lindo com pessoas tão agradáveis ! Agradecemos a todos que conhecemos por fazer nossa viagem inesquecível!

IMG_2468.JPG.aad42f22c74e3dab5011aca6f2f9b37b.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito legal o seu relato!!

Só uma pergunta, quanto vocês pagaram pela diária e pelo café (se forem pagos separadamente) nas casas em que ficaram em Havana e em Viñales?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Muito legal o seu relato!!

Só uma pergunta, quanto vocês pagaram pela diária e pelo café (se forem pagos separadamente) nas casas em que ficaram em Havana e em Viñales?

 

Thaís, a diária na alta temporada (agora) fica entre 25 e 30 CUC (dolares). O café da manhã, geralmente é cobrado à parte, 5 CUC, mas até dá pra negociar isso aí, pero no mucho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mochileiros, tudo bem?

 

Gostaria da opinião de vocês: entre Cayo Jutias e Cayo Levisa, se pudessem ir a só um, qual seria?! Em termos de beleza de praia mesmo...

 

Obrigada!

E continuem sempre viajando!

 

Mariana

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...