Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
mariaar

DÚVIDA SOBRE CARTA CONVITE

Posts Recomendados

Olá. Anteriormente mandei uma pergunta e relatando que irei para Europa, para visitar o meu namorado, e porém, quem me enviará a carta convite é a sua irmã.

Ela assinou e me enviou por Email.

Eu havia enviado um modelo em inglês, e neste modelo da carta, não diz sobre assumir nenhuma responsabilidade (durante a minha estádia lá)

Diz que eu ficarei em sua casa, mas que eu estarei financiando minha viagem por mim mesma. A minha preocupação é que a maioria dos modelos que eu vi, diziam que estavam financiando e se responsabilizando por esta pessoa.

Eu compreendo que como é a irmã dele, e certamente ficarei mais tempo com ele, está certo a forma da carta?

Creio que está certo, não é? Eu estarei financiando a minha viagem, minha preocupação é se está certo dizer isto na carta... Fico com receio porque parece que não terei nenhum 'amparo' por lá, e os agentes podem implicar comigo. Há problema se a carta não foi registrada em cartório?

Estou levando 1200 euro para 1 mês, seria suficiente? Eles não vão achar pouco?

Compartilhar este post


Link para o post

Alem de servir como comprovante de que você tem alguma reserva de hospedagem, a carta-convite também serve para que você justifique o motivo de não estar levando dinheiro suficiente para financiar os custos da viagem.

 

Pegando o seu exemplo:

 

Dividindo 1.200 Euros por 30 dias, seriam 40 Euros por dia, se você fosse pagar hospedagem, uma diária num hostel custa em média 25 Euros, ou seja, sobrariam somente uns 15 Euros para você pagar alimentação, metrô e passeios, o que seria muito pouco dinheiro, pois um almoço num restaurante simples já vai lhe custar uns 15 Euros, e ainda faltam gastos com metrô, passeios, etc...

 

Esta situação já levantaria suspeitas do agente de imigração, caso ele pergunte quanto dinheiro você tem, pois ele veria que tem algo errado, que você não teria dinheiro suficiente para se sustentar lá como turista.

 

Você tendo a carta convite, você não terá gastos com hospedagem, estes 40 Euros por dia seriam somente para gastar com alimentação, metrô e passeios. 40 Euros por dia para gastar com comida, metrô e passeios já é uma quantia um pouco mais realista e condizente com a realidade de gastos de um turista.

 

Quando a carta-convite fala que o anfitrião estará financiando a viagem, é para os casos onde ele realmente vai financiar tudo, assumindo custos de hospedagem e alimentação, e o hospede geralmente viaja com muito pouco dinheiro ou sem dinheiro nenhum.

 

Apesar de eu achar que 40 Euros por dia é meio apertado, pessoalmente eu acho que não teria problemas no seu caso, desde que na carta convite fique claro que a irmã do seu namorado vai ser responsável pela sua hospedagem e que você consiga comprovar que realmente tem estes 1.200 Euros a disposição.

 

Mas não se pode dar certeza de nada, tudo vai depender do que o agente de imigração decidir e entender lá na hora que você desembarcar na Europa.

 

Eu não sei como é na Bélgica, mas em Portugal, Espanha, França e Alemanha o ideal é que a carta-convite seja registrada na prefeitura da cidade do seu anfitrião, pois quanto mais "oficial" o documento parecer, menores as chances de o agente de imigração criar problemas.

 

Mas também tem um um monte de pessoas que vai só com uma simples, nem é a original, mas sim uma cópia digitalizada, e não tem problemas. Pois como falei antes, a sua admissão no Espaço Schengen vai depender muito mais do que você falar para o policial e da impressão que ele terá de você baseada nas suas respostas, do que de uma carta-convite.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×