Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Pedro Furlan

Viajar para suiça

Posts Recomendados

Gente estou pensando em ir para suiça ano que vem no verão, eu não tenho orçamento ainda. Pretendo desembarcar Genebra. Meu roteiro seria o seguinte, Genebra-lausanne-Montreux e de montreux visitar vilarejos de perto. E depois ir para Berna, Lucerna,. Para falar a verdade conhecer muitos lugares na Suíça, mas não tenho tempo certo pra voltar. Eu queria saber a melhor forma de andar la Dentro, com quantos euros,Franco suíço devo gastar. Queria ajuda tbm pra saber o inicio do verão, se vale a pena conhecer isso tudo de uma vez.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Pedro,

Fiz esse roteiro em set/out 2017 e posso dizer que além de ser uma região lindíssima e que vale muito a pena, a Suíça também é caríssima, a menos que você tenha uma grande folga orçamentária, recomendo que pesquise muito os preços de hospedagem, alimentação e transporte! Recomendo que não deixe de visitar os vilarejos e os vinhedos nas encostas do Lac Léman (ou Lac de Genève) entre Montreux e Lausanne.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu pensei nisso tbm, dos valores. Mas eu estou pensando em hospegar em 4 lugares diferentes e através de cada lugar, poder conhecer os vilarejos pertos, ou cidades próximas. Mas muito obrigado pela dica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Reforçando o que o colega gulico falou, a Suíça oferece paisagens e passeio espetaculares, mas é tudo absurdamente caro, não é um roteiro recomendado para você fazer se estiver preocupado com os custos, o seu orçamento precisa estar bem folgado para fazer uma viagem destas.

 

Quanto aos deslocamentos lá, você te basicamente 2 opções: usar o trem ou alugar um carro.

 

Se a ideia é visitar as vinícolas e beber vinho, é recomendável usar trem ou outra forma de transporte para chegar nos locais, pois dirigir depois de alguns goles de vinho, alem de perigoso, pode dar cadeia na Suíça caso seja flagrado dirigindo.

 

Mas dependendo de quais vilarejos você pretenda visitar em cada uma das opções, carro alugado também pode ser a única opção viável de chegar nos locais. Mas ai você teria que avançar um pouco mais no planejamento, para ter uma ideia dos locais que você pretende visitar.

 

A outra opção é fazer tudo de trem, e neste caso, quase sempre costuma ser vantajoso comprar um "Swiss Travel Pass" que lhe permite usar livremente os trens suíços por 3, 4, 8 ou 15 dias.

 

O Swiss Travel Pass é meio caro (458 CHF para o de 15 dias), mas se levar em conta a flexibilidade que ele dá, e os descontos nos passeios de trem panorâmico, teleféricos e trens de montanha, costuma valer a pena. Mas eu ainda acho que a flexibilidade é o mais importante, pois o clima na Suíça é muito instável mesmo no verão, hoje pode estar fazendo um lindo dia de sol, mas amanhã o dia amanhecer todo encoberto, chuvoso e frio, e a maioria dos passeios as montanhas e lagos é furada num dia assim.

 

Quanto aos gastos, é complicado de estimar sem saber o seu perfil de viajante.

 

Por exemplo, você estaria disposto a dividir um quarto e banheiro de hostel com 4 ou 5 estranhos pagando 40 CHF a diária? Ou prefere um quarto privativo num hotel simples custando 100 CHF a noite? Ou faz questão de um hotel 3 ou 4 estrelas, que custa 200 ou 300 CHF a noite?

 

Na hora de comer tudo também é bem caro, lembro que um lanche na rua, um pedaço de pizza ou bratwurst custava uns 6 ou 7 CHF, uma água ou refrigerante na rua 3 CHF, na hora de almoçar ou jantar fora num restaurante, mesmo escolhendo restaurantes simples, não pedindo nada muito elaborado, almoçar ou jantar mais algo para beber, nunca ficou por menos de 30 CHF.

 

Outra coisa que pode pesar bastante no orçamento são os passeios para subir as montanhas, alguns deles são bem caros, coisa de 200 CHF para subir no Jungfraujoch em Interlakken. Mas subir ao menos em uma montanha é passeio "obrigatório" na Suíça! rsss

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se você estiver achando tudo caro demais, não desista da Suíça, mas mude a sua abordagem.

 

Ao invés de passar 12 ou 15 dias na Suíça, faça um roteiro de 4 ou 5 dias, focando nos locais mais importantes(Lucerna, Berna, Montreux, Interlakken ou Zermatt para uma montanha, e Genebra ou Zurich como ponto de partida/chegada), combine o restante da viagem com a Itália ou Alemanha, que tem custo de vida muito menor que a Suíça.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Se você estiver achando tudo caro demais, não desista da Suíça, mas mude a sua abordagem.

 

Ao invés de passar 12 ou 15 dias na Suíça, faça um roteiro de 4 ou 5 dias, focando nos locais mais importantes(Lucerna, Berna, Montreux, Interlakken ou Zermatt para uma montanha, e Genebra ou Zurich como ponto de partida/chegada), combine o restante da viagem com a Itália ou Alemanha, que tem custo de vida muito menor que a Suíça.

Estarei na Itália (Roma, Florença e Veneza) na segunda quinzena de agosto e pretendo subir para Alemanha (Colônia), Amsterdam, Bruxelas, Paris.

Como a suíça está no caminho pensei em Lucerna como ponto de apoio e ficar um dia (só para falar que já estive na suíça) [na verdade minha viagem será toda assim, sem tempo e dinheiro, tirar uma foto para provar que estive e lá e ir embora]

 

De Lucerna para Colônia qual a melhor opção?

 

Ou ir direto para Bruxelas e fazer bate e volta em colônia vale a pena?

 

A ideia é fazer bastante bate volta partindo de Bruxelas ( gante, Bruges, Amsterdã) vale a pena?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Suíça é maravilhosa, mas de fato é tudo bem caro. Você tem que ler bastante pra saber o que esperar e ainda assim tem algumas surpresas. Passei 11 dias lá no início de julho de 2016. Fiquei 2 dias em Zurich, 3 dias em Interlaken, 1 dias em Montreux, 4 dias em Lausanne e mais 1 em Zurich antes de ir embora. Fui principalmente pro Montreux Jazz Festival, mas só consegui hotel bom por um preço bom pra um dia, por isso passei tanto tempo em Lausanne, que era perto. As duas dicas que fizeram mais diferença pra viagem não ter sido uma furada financeiramente foram:

 

1) Planejar mais ou menos quanto você vai gastar com transporte. O Swiss Travel Pass é caro, mas pra mim foi uma economia tremenda. Já que eu já tava lá, ia querer ver tudo, fiz alguns bate e volta. O Travel Pass me deu liberdade para isso e no final eu comprovei que teria gastado muito mais se tivesse comprado cada passagem separada.

 

2) Comer no supermercado. Tem duas redes que são praticamente onipresentes na Suíça: Coop e Migros. Gostava mais da primeira. Tinha uma variedade grande de comida pronta (salada, sanduíche, massas). Eu achei tudo bem gostoso. E barato pros padrões do país. A desvantagem era que poucos tinham microondas pra esquentar. :P

 

A viagem foi maravilhosa, fiz todos os passeios que queria e não passei aperto. Ainda pretendo voltar lá pra passar mais tempo em Montreux aproveitando o festival e passeando de pedalinho no Lago Leman bebendo vinho hahahahahahahah

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ah, e respondendo a sua pergunta sobre o verão: foi justamente a época que eu fui. Apesar de ser meio quente e lotado (se prepare para se ver cercado de asiáticos com paus de selfie), foi uma época bem interessante porque o clima era propício pra mergulhar nos lagos e ao mesmo tempo na Jungfraujoch tem neve o ano todo. Além das cidades que citei, que foram as minhas bases, também fui pra Berna e Zermatt. E tirei o dia todo pra Jungfraujoch, porque assim eu aproveitei os vilarejos no caminho. Recomendo que vc tire uns dias em Interlaken pra fazer esse passeio, que é realmente obrigatório como o Adriano falou. Queria ter ido na parte italiana do país, mas fica mais afastada de tudo e não deu tempo. Não conheci Lucerna nem Genebra porque cheguei e saí por Zurich, mas acho que no teu caso vc pode dispensar Zurich sem perder muito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estarei na Itália (Roma, Florença e Veneza) na segunda quinzena de agosto e pretendo subir para Alemanha (Colônia), Amsterdam, Bruxelas, Paris.

Como a suíça está no caminho pensei em Lucerna como ponto de apoio e ficar um dia (só para falar que já estive na suíça) [na verdade minha viagem será toda assim, sem tempo e dinheiro, tirar uma foto para provar que estive e lá e ir embora]

 

De Lucerna para Colônia qual a melhor opção?

 

Ou ir direto para Bruxelas e fazer bate e volta em colônia vale a pena?

 

A ideia é fazer bastante bate volta partindo de Bruxelas ( gante, Bruges, Amsterdã) vale a pena?

 

Não vale a pena incluir a parada na Suíça por tão pouco tempo.

 

Lucerna fica bem fora de mão para quem está vindo de Veneza, você gasta praticamente um dia inteiro de trem para chegar lá, e depois para seguir até Colônia, você vai gastar praticamente outro dia inteiro no trem, alem de as passagens serem bem caras.

 

Se você está preocupada com os custos, pegue um voo low-cost direto de Veneza para Bruxelas ou Amsterdam, vai ser muito mais barato do que incluir esta parada na Suíça, que só serviria para você gastar um monte de dinheiro, não conseguir ver nada e ficar frustrado por não ter podido fazer os passeios legais de Lucerna por que eles são super caros.

 

Na minha opinião, Colônia fica longe demais para um bate-volta saindo de Bruxelas, para que a passagem de trem não custe uma fortuna, você teria que reservar ela 90 dia antes no trem de alta-velocidade, só que você já pensou que pode ser um dia chuvoso e o seu dia em Colônia ser uma m.... com vocês não conseguindo fazer nada devido a chuva e frio?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×