Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
filosofiadeviajante

Como assistir a uma missa do Papa no Vaticano

Posts Recomendados

Passamos 8 dias em Roma durante nossa última viagem à Europa, de 31/12/16 a 08/01/17. Sim, passamos o capodanno (ano novo) na Città Eterna, mas isso é papo pra outro post! Continuando: já sabíamos de antemão que haveria a tradicional missa do dia 1º na Basílica de São Pedro, mas, infelizmente, o período para requerer os ingressos (que são GRÁTIS, pedidos apenas para fins organizacionais) já havia se esgotado. Já havíamos nos conformado de que não seria possível ver o Papa de pertinho. Só que a vida nos prega surpresas (nesse caso, boa)!

 

No nosso terceiro dia em Roma descobrimos que haveria uma outra missa, no dia 6 de Janeiro (Dia da Epifania). Não pensamos duas vezes. Decidimos que íamos pessoalmente ao Vaticano e tentaríamos conversar com os responsáveis pela missa ou com qualquer pessoa que trabalhasse lá. E foi isso que fizemos! Após visitar o (maravilhoso) complexo Foro Romano - Palatino, disparamos em direção à micro-nação da Igreja Católica. Lá, fomos na Poste Vaticane (“Correio do Vaticano”), onde conversamos com um funcionário. Ele, então, disse que não tinha informações sobre a missa, e que deveríamos conversar com alguém da Guarda Suíça (sim, os famosos guardas que usam roupas coloridas e que protegem o Papa desde 1506). Já estávamos apreensivos. Será que vai dar pra ver a missa? E se não der? Quando será a próxima vez que estaremos em Roma justo no dia de uma missa papal? Não saberíamos se não tentássemos!

 

Achamos um guarda suíço (não é muito difícil, o Vaticano é minúsculo) e perguntamos a ele. Os ingressos já haviam se esgotado. Sabíamos que isso era provável, mas quando ele falou aquilo ficamos muito desapontados. É aí que entra o famoso ditado: “a esperança é a última que morre”. Não estava tudo acabado! O guarda nos disse que o número de ingressos geralmente é subestimado, e que geralmente sobram lugares, os quais podem ser preenchidos por quem chega mais cedo. Amigo(a) viajante, havia esperança! Não sossegaríamos enquanto não víssemos o Pontífice perto da gente.

 

A missa era às 10h, mas já sabíamos que o Vaticano começava a encher após as 8h (encher não, lotar! Mesmo quando não há eventos papais na Praça São Pedro é assim). Acordamos bem cedo e pegamos o metrô de Cavour para Ottaviano-San Pietro. Estávamos esperançosos. Se o Papa é argentino, Deus é brasileiro. E os brasileiros tinham de assistir à missa! Quando chegamos ao Vaticano, perto das 8:15, não havia muita movimentação. Passamos pelo esquema de segurança (de praxe para entrar na Basílica) e fomos entrando despretensiosamente. Havia dois seguranças na entrada, mas quase ninguém mostrava o ingresso. Até que um segurança chegou perto de mim. “Ah não, vão nos expulsar!”, pensamos. “Senhor, tire a touca por favor”. Ufaaaa, era só isso. Olha que eu sempre tiro a touca para entrar em igrejas, mas o nervosismo era tanto que até esqueci!

 

Leia mais em: http://filosofiadeviajante.com.br/2017/04/14/como-assistir-uma-missa-do-papa-no-vaticano/

Blog: http://www.filosofiadeviajante.com.br

Facebook: http://www.facebook.com/filosofiadeviajante

Instagram: @blogfilosofiadeviajante (postamos fotos diariamente)

IMG_1082.JPG.d12f619cd7062f947640ad17ac69573a.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Seja [email protected] ao Mochileiros.com

    Faça parte da maior comunidade de mochileiros e viajantes independentes do Brasil! O cadastro é fácil e rápido! 😉 

×