Ir para conteúdo
Vivajando

MORRO DA IGREJA: ❉ O LUGAR MAIS FRIO DO BRASIL EM URUBICI, SC ❉

Posts Recomendados

É bem provável que você já tenha ouvido falar dos pequenos municípios de Urubici Bom Jardim da Serra durante a previsão do tempo. E é mais provável ainda é que as duas tenham sido associadas à gélidas temperaturas negativas em pleno Brasil, país tropical!

Quando isso ocorre, saiba que a medição desta baixa temperatura foi realizada exatamente no ponto turístico que falarei neste post: no alto do Morro da Igreja.

Nos seus 1.822  metros de altitude, o Morro da Igreja é o segundo cume mais alto de Santa Catarina e leva o título de “O lugar mais frio do Brasil“, já tendo atingido em 1996 a incrível mínima de -17,8º Celsius. Não é incrível?

5a049f7130cac_Morro-da-Igreja-Urubici-BlogVivajando.thumb.jpg.af7e56f6857cb92d8675ca39f2283506.jpg

Inegavelmente, o Morro da Igreja é um dos maiores cartões postais da Serra Catarinense.

Mas você sabia que apesar de Urubici levar a fama pelo local, o ponto turístico que faz parte do Parque Nacional de São Joaquim, está na realidade localizado dentro do território de Bom Jardim da Serra? Já a Pedra Furada, o alvo das fotografias tiradas no topo do Morro, pertence a outro município – Orleans. E pra complicar ainda mais, boa parte desta área é controlada pela Força Aérea Brasileira!

Confuso, né?  Mas o que importa mesmo é que o acesso para subida ao Morro fica em Urubici, portanto o Morro da Igreja entra como número 1 na lista do que se fazer na cidade!


MAS ANTES DE SUBIR O MORRO DA IGREJA…

Primeiro, a boa notícia: você não paga nada para subir no Morro da Igreja!

Mas… (por que toda boa notícia tem que ser seguida de um “mas“? ), para subí-lo você deverá pegar uma autorização de acesso na ICMBio – sede do Parque Nacional de São Joaquim que fica localizada no centrinho de Urubici (é só descer a rua lateral ao Banco do Brasil que fica na avenida principal).

5a049fabd9004_Autorizaes-Morro-Da-Igreja.thumb.JPG.5cecc51a88227d5338134e1ef5c77269.JPG

Existe um limite diário para concessão das autorizações, e elas são dadas para visitas em períodos específicos (manhã ou tarde). Comigo, em um passeio que fiz durante um feriado, já aconteceu de eu só conseguir a autorização para subir no dia seguinte.

Portanto, se você vai para a Serra em um período considerado baixa temporada e quiser tentar a sorte, meu conselho é que você passe na sede do parque bem cedo, logo no primeiro horário.

Agora, se você prefere garantir a subida para determinado dia, você pode pedir a autorização com antecedência via e-mail. Saiba porém que mesmo tendo feito isso, ainda assim você terá que passar na sede em Urubici para buscar o papel de autorização (mas com a vantagem extra de não precisar pegar fila!). 

 

  • Endereço da Sede: Av Felicíssimo Rodrigues Sobrinho, 1542 – Bairro Esquina – Urubici
  • Horário de Atendimento: Das 08:00 as 12:00 / Das 13:00 as 16:30.
  • Agendamento antecipado por e-mail: [email protected] – Informe a data de visita, a placa do veículo, e o nome do responsável.
  • Horário de Acesso ao Parque: Das 8 às 17 horas.

SUBINDO O MORRO DA IGREJA

Se você está achando que o tal morro é uma reles subidinha rápida com uma encantadora igrejinha tradicional em seu topo, você está totalmente enganado!

O morro é ENORME  (tá mais pra uma montanha!) e  apesar da estrada possuir cerca de 18 quilômetros de extensão, quanto mais você sobe, mais fica com a impressão de que ela é infindável!

Quando você achar que já está chegando, pode apostar que não está ainda nem na metade! 

Mas prossiga… a gasolina e a paciência valerão a pena!

E não… não existe nenhuma igreja no topo…  O morro leva este nome porque visto de algum ângulo, ele tem um formato que lembra uma igreja jesuíta missioneira.

A estrada é boa e um tanto sinuosa. É asfaltada em concreto, embora em alguns trechos contenha buracos consideráveis na pista. Em geral é bastante segura, sem aqueles abismos emocionantes que te forçam a desafiar a morte! 

Subida-no-Morro-da-Igreja-Urubici.thumb.jpg.aa0702fcf287206a39f7a0b9ed79d25d.jpg

Lá pela metade da subida você terá que apresentar a sua autorização à um guarda.

Neste local pode haver fila, já que os guardas monitoram a quantidade de veículos no topo, liberando a subida apenas quando algum carro descer, isso porque os lugares para estacionamento lá em cima são bem restritos.

Neste caso, é necessário exercer a sua paciência desde aqui – afinal de contas você precisará dela logo em seguida quando no topo você tiver que encarar as manobras demoradas dos outros veículos, uma vez que não há uma área de estacionamento propriamente dita… 

Enfim… uma vez que a sua subida foi autorizada, o guarda recomenda um período de visita de até 20 minutos, embora não haja controle algum no local. Mas este é um tempo bem plausível e suficiente para você curtir todo o visual, tirar muitas fotos e então descer para dar lugar ao  amiguinho que está lá na fila só aguardando você descer! Area-Militar-Morro-da-Igreja-Urubici.jpg.f141a0334881909537d8c1dcf6565f1e.jpg

Agora, atenção: em determinado momento, você vai se deparar com a entrada para a Base da Aeronáutica e verá uma placa que lhe colocará um ponto de interrogação na cabeça: “Propriedade da União Comando da Aeronáutica: ÁREA MILITAR – NÃO ENTRE. Da primeira vez que fui, fiquei bem cabreira com essa informação, mas resolvemos seguir adiante e correr o risco de sermos presos por invasão. Mas não tem neura! Pode seguir sem medo que a passagem neste ponto é permitida (se o portão estiver aberto, é claro!).

PS: Uma curiosidade: a “bolinha” que você enxerga de longe quando começa a subir o morro (e que no final do trajeto fica bem próxima!) é uma estação de radar meteorológico que faz vigilância constante das condições climáticas no Estado!

Mas enfim, chegamos! Uma vez lá em cima, a Pedra Furada disputa a atenção – ou melhor, compõem a paisagem da natureza abundante do lugar! É um visual arrebatador!

A Pedra Furada é praticamente o símbolo da cidade. Trata-se de uma formação rochosa natural com cerca de 10 metros de diâmetro e a altura do furo é de 5 metros. Dá pra chegar lá pertinho, mas isso requere uma autorização da aeronáutica, o acompanhamento de um guia e, claro um excelente preparo físico para se fazer a trilha que é considerada bem pesada.

Já eu me conformei em apenas vê-la do topo do morro mesmo! 

E a visão estonteante só não te tira o fôlego porque o ar por aqui é superabundante!

Pedra-Furada-Morro-da-Igreja-Urubici.thumb.jpg.f5ce6fbb09f895c52dde5497c712054e.jpg

Meditando-na-Pedra-Furada.thumb.jpg.6596ab6370f97c9f71a99bf52a95c23c.jpg

Alto-do-Morro-da-Igreja-em-Urubici.thumb.jpg.cefee1aa3a8b60456f1126980be45630.jpg

Pode ser que você pegue muito vento e neblina lá em cima e com isso, você não consiga ver muita coisa. Eu não cheguei a pegar o tempo completamente fechado , mas teve um dia em que me senti literalmente “nas nuvens”.

5a04a12fc59b5_Caldeiro-de-Nuvens-Morro-da-Igreja-Urubici.thumb.jpg.c64bb43b07f720485b9323f7805871f3.jpg

Subia um caldeirão de “fumaça” por lá que não nos permitiu enxergar o horizonte, mas que ainda assim tinha uma beleza distinta!

Alto-do-Morro-da-Igreja-Urubici-Vivajando.thumb.jpg.0e268bdb0310738469318e9ae90e2697.jpg

O parque eólico também pode ser observado beeeeeem de longe, desafiando o zoom da máquina… Os geradores ficam bem distante, forçando o zoom da máquina fotográfica ao limite máximo!

5a04a1741c62c_Parque-Elico-Visto-do-Morro-da-Igreja-Urubici.thumb.jpg.24c90d4ab9a634e9d26503b83cb5c08b.jpg

Dizem também que lá de cima, em um dia super hiper mega aberto, você consegue enxergar até 100 quilômetros de distância e inclusive ver o mar… Não sei, não, mas enfim… #EnxergadoresEnxergarão

Ah! E se você é um motociclista de carteirinha, nota-se que aqui é um roteiro perfeito para uma road-trip!

Adesivos-Motociclistas-Morro-da-Igreja-Urubici.thumb.jpg.cacb3e79abbf0acefea4d7307a7fe9dd.jpg

PS2: Mais uma curiosidade: o posto que fica ao lado do mirante é da Cindacta, órgão responsável pelo controle do tráfego aéreo de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

SE FOR PRA VER NEVE, É PRA LÁ QUE EU VOU!

É até estranho associar o BRASIL à palavra ❉NEVE❉! Mas quando o fenômeno acontece no país, aqui é o local para se estar já que o Morro da Igreja tem o maior registro de neve do país.

Portanto, se você estiver visitando a Serra durante o inverno, fique atento à esses dias mais frios: a estrada poderá conter geada ou neve, deixando a pista bastante escorregadia a um nível que ninguém aqui está acostumado!

AH, JÁ EU PREFIRO SUBIR O MORRO NO VERÃO E PEGAR UM BRONZEADO!

Ledo engano! Mesmo no verão, as temperaturas no alto do Morro da Igreja são baixas, portanto, não deixe de levar um casaco, porque aquele vento de rachar os beiços geralmente não dá trégua!

Neve-na-Serra-Catarinense-2010.jpg.12165e26127945f12f425bc6f8327980.jpg

Se você gostou do meu relato, dá uma passadinha lá no meu blog e deixe um comentário!

❉ O Lugar Mais Frio do Brasil ❉ O Morro da Igreja, em Urubici, Santa Catarina ❉ Blog Vivajando

 

  • Curti 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Adorei seu relato! Com seu relação à trilha para ver a Pedra Furada de perto, você sabe como conseguir guia e a autorização para visitar?

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, rodrigoacs disse:

Adorei seu relato! Com seu relação à trilha para ver a Pedra Furada de perto, você sabe como conseguir guia e a autorização para visitar?

Olá Rodrigo! Que bom que você gostou! Muito obrigada!

Por exigência do parque, você obrigatoriamente terá que fazer a trilha com um guia, mas a parte boa é que eles mesmos solicitam esta autorização à ICMBio - você não precisa se preocupar com isso! Fora o fato de que um guia com certeza enriquecerá o seu passeio compartilhando os conhecimentos do local, né?

A trilha tem uma distância de 8,5 km (ida e volta) e dura cerca de 5 horas considerando as paradas! :-) 

E eu posso lhe indicar a agência Serra Sul Ecoturismo.

Um abraço! -- Cris

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Vivajando disse:

Por exigência do parque, você obrigatoriamente terá que fazer a trilha com um guia, mas a parte boa é que eles mesmos solicitam esta autorização à ICMBio - você não precisa se preocupar com isso! Fora o fato de que um guia com certeza enriquecerá o seu passeio compartilhando os conhecimentos do local, né?

Com certeza!

3 horas atrás, Vivajando disse:

A trilha tem uma distância de 8,5 km (ida e volta) e dura cerca de 5 horas considerando as paradas! :-) 

E eu posso lhe indicar a agência Serra Sul Ecoturismo.

Muito obrigado Cris! Vou deixar anotado aqui pra quando der para ir lá.

Abraços!

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, irei fazer este passeio em Dezembro, última semana. Sabe me dizer como estará o clima por lá? As previsões, como normalmente fica este tempo por lá?

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, RITINHA AQUINO disse:

Oi, irei fazer este passeio em Dezembro, última semana. Sabe me dizer como estará o clima por lá? As previsões, como normalmente fica este tempo por lá?

Olá Ritinha @RITINHA AQUINO !

Que legal! As chances de você pegar tempo bom são altas! Minha irmã mora em Urubici e por experiência, ela diz que nessa época de final de ano o dia geralmente amanhece bem fresquinho, por volta de 15º e vai esquentando no decorrer do dia até atingir mais ou menos 25º. Mas quando você for subir no Morro da Igreja, não esqueça de levar um casaquinho, porque lá venta bastante! :-)

Em breve vou postar no meu blog mais dicas de passeios pela Serra Catarinense! Mas te antecipando, especificamente em Urubici eu te indico subir o Morro do Campestre, visitar o paredão da Serra do Corvo Branco e conhecer a Cascata do Avencal!

Abraço! - Cris - www.vivajando.com

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou fazer Serra Gaúcha - NOVA PETROPÓLIS, GRAMADO, CANELA, Serra Catarinense, LAGES, URUBICI, SÃO JOAQUIM, FLORIANOPÓLIS, CAMBURIÚ, CURITIBA e FOZ

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, RITINHA AQUINO disse:

Vou fazer Serra Gaúcha - NOVA PETROPÓLIS, GRAMADO, CANELA, Serra Catarinense, LAGES, URUBICI, SÃO JOAQUIM, FLORIANOPÓLIS, CAMBURIÚ, CURITIBA e FOZ

@RITINHA AQUINO Que legal Ritinha! Em Nova Petrópolis, não deixe de conhecer o café colonial Opa's Kaffeehaus - só de me lembrar daquela fartura já chego a salivar! rs
E eu sou e moro em Balneário Camboriú - se precisar de alguma dica é só me falar lá no blog, apesar de que é impossível não amar BC! Sempre tem algo legal pra fazer! :-)  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, Vivajando disse:

@RITINHA AQUINO Que legal Ritinha! Em Nova Petrópolis, não deixe de conhecer o café colonial Opa's Kaffeehaus - só de me lembrar daquela fartura já chego a salivar! rs
E eu sou e moro em Balneário Camboriú - se precisar de alguma dica é só me falar lá no blog, apesar de que é impossível não amar BC! Sempre tem algo legal pra fazer! :-)  

Que maravilha. Para Balneário Camboriú programamos apenas praia. Maravilha morar em um paraíso...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lugar sensacional, estive lá ano passado num dos dias mais frios do ano, o vento quase carregou a gente, deixou meu pitico com medo!

IMG_20160705_171309137.jpg

  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 24/11/2017 em 00:25, Juliana Champi disse:

Lugar sensacional, estive lá ano passado num dos dias mais frios do ano, o vento quase carregou a gente, deixou meu pitico com medo!

IMG_20160705_171309137.jpg

Que fofo e que dózinho dele ao mesmo tempo! :-)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×