Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
fernandos

Museu Sueco. Um pedacinho da Suécia na Serra gaúcha. Farroupilha.RS.Nov/2017 

Posts Recomendados

20171119_164959.jpg

Você sabia que a Suécia além de eliminar a Itália da Copa do Mundo, também deixou sua marca no Brasil? Pois é, até pouco tempo atrás eu também não. Até que entre buscas na internet, descobri o Museu Sueco, localizado em Farroupilha-RS, mesma cidade do Centro de Compras e Salto Ventoso (destinos já visitados e descritos aqui no blog). Apesar da grande curiosidade, e vontade, a oportunidade de conhecer o local não aparecia, até pelo fato da localização ser um tanto difícil (pelo menos pra mim), pois fica no interior do município, na Linha Jensen. Até que comentando com o Luiz Fernando, do blog Viciados em Estrada, ele disse saber onde ficava o local, e marcamos de ir juntos. Eis chegada a data, domingo dia 19.11.17, nos encontramos na saída de Farroupilha e partimos rumo a mais essa aventura, desbravando a história do Rio Grande. Para chegar ao museu, se pega a saída para RS 448, sentido Nova Roma do Sul. Chegamos a localidade de Linha Jensen, dali passa a Casa de Bona (outro ponto turístico do local), e segue por estradas de chão, com belas paisagens típicas da Serra Gaúcha, múltiplos vales e vinhedos. Existe uma que outra placa, mas realmente achei a localização um pouco difícil, mas vale muito a pena. Uns 10 km, da rodovia, e chegamos ao Museu Sueco. 

20171119_172201.jpgUma bela edificação em madeira, de vermelho encarnado que se destaca na paisagem. Quem nos recepciona é a proprietária Dona Wilma. Uma pessoa realmente sensacional, que acolhe o visitante com muita simpatia, e com sua fala suave vai nos dando uma aula de história e cultura. Onde nos relata vários aspectos interessantes da cultura e da saga Sueca pelos pagos gaúchos. Dentre as curiosidades nos conta, que a cor vermelha da edificação, se dá devido a Suécia ser um país muito úmido, e tinta da cor vermelha, fabricada no país possui propriedades que protegem contra a umidade. Conta que os Suecos quando vierem para o Brasil no começo do século XX, já possuíam uma sociedade desenvolvida. Sua família por exemplo trabalhava com a a fabricação de linho, e possuíam até caminhões e uma boa infraestrutura. E vieram desbravar o mato na Serra Gaúcha, tempos difíceis, pois as novas terras, não eram bem o que o governo brasileiro havia prometido, o clima era totalmente diferente da Suécia, e as terras escolhidas eram bastante isoladas, o que fez com que muitos Suecos retornassem ao país de origem, deixando poucos descendentes. O que não foi o caso da Família Bohn, da Dona Wilma, que perseverou na nova terra. 
20171119_170712.jpg
O local é repleto de artefatos como fotos, jornais, e outros tantos doados por pessoas da comunidade, por visitantes Suecos, e das viagens de Dona Wilma fez ao país, para conhecer a terra de seus ancestrais. Dona Wilma formada em história e geografia nos da uma verdadeira aula, e não da vontade de ir embora, com suas histórias e relatos. O lugar é muito bonito e cuidado a capricho, e na parte de baixo, existe o Museu do
Linho, onde a família fabricava o fio. Onde Dona Wilma 
20171119_181005.jpg
nos explica o processo de Fabricação. Ficamos mais de 2 horas no local, sem vontade de ir embora. Então o que dizer do Museu Sueco, e de sua curiosa história: Visite-o, vale muito a pena mesmo, ainda mais agora que se aproxima a copa do mundo. As visitas tem que ser agendadas, e a entrada custa R$ 5,00 (cinco reais), também existe a possibilidade de se degustar um café tipico da suécia, mas somente para grupos acima de 15 pessoas.  
 
 
Outras Fotos:
20171119_210549-1.jpg
 
20171119_165529.jpg
 
 
 
 
 
20171119_165536.jpg
 
20171119_165548.jpg
 
20171119_165554.jpg
 
20171119_165601.jpg
 
20171119_165612.jpg
 
20171119_165709.jpg
 
20171119_172152.jpg
 
20171119_172210.jpg
 
20171119_172220.jpg
 
20171119_172500.jpg
 
20171119_175628.jpg
 
20171119_180328.jpg
 
20171119_180346.jpg
 
 
 
20171119_180912.jpg
 
20171119_180923.jpg
 
 
Rota e Contato:
 
20171119_210609-1.jpg
 
  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

Entre para seguir isso  

×