Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

erikagmelo

Jalapão/ Taquarussu/ Natividade / Palmas - Tocantins

Posts Recomendados

20100628104033.jpg

 

Voltei de uma viagem de sete dias no Tocantins e além de Taquarussu, Natividade e Palmas, passei três dias inesquecíveis no deserto do Jalapão e digo sim, vale à pena conhecer, é um lugar de beleza rara: Cerrado, caatinga, Dunas, é ver "in loco" tudo aquilo que nossos professores de geografia falaram durante uns bons anos..rs

 

Decidi conhecer a região depois de visitar a 5° feira do turismo aqui em São Paulo e com foco na região norte, identifiquei no Jalapão uma oportunidade diferente e fui atrás de outras informações.

 

Gosto de viajar sozinha e minha fonte de pesquisa é sempre o site mochileiros. Assim que digitei "Jalapão" na busca, vi os depoimentos do Marcos, Bruna e Gabi e ai me apaixonei de vez. Além de descreverem a viajem de maneira incrível, a dica sobre a NorteTur foi achado.

Ressalto que, fechar um pacote através de agências em São Paulo, não costuma ser uma boa alternativa, pois, os preços são elevadíssimos.

Com isso, liguei na NorteTur, fui atendida pela pessoa mais prestativa que eu poderia encontrar, a Dona Telma. Ela é um verdadeiro "bombril" além de ser mãe do Flávio, que falarei mais a frente, é responsável por entender nossas necessidades, responder aos e-mail, atender os telefonemas,tirar dúvidas e negociar valores (o melhor que eu encontrei).

 

Bom, quanto aos serviços da agência, fui surpreendida desde a saída do aeroporto, quando o meu grande companheiro de viagem e proprietário da empresa, “Mister” Flávio, fez meu transfer. Recebi uma aula, até chegar no hotel, sobre Palmas. Ele sabe tudo de tudo: História, Geografia, Business...kkkkk.....

 

No dia seguinte a minha chegada, fui para Natividade com a NorteTur,vale a pena pois algumas atrações só conheci por causa do Flávio, são lugares especiais que, provavelmente, até os nativos tem dificuldade em chegar. Natividade é uma cidade tombada pelo Iphan, tem tradição em ourivesaria e tem um quitute maravilhoso, os biscoitos “amor perfeito” feitos pela Dna Naninha e sua equipe. Ah, procurem conhecer, também, a Dna Romana. Antes de chegar em Natividade, tive o prazer de conhecer Porto Nacional é também uma cidade histórica com tradição em extração de ouro.

 

Fui a Taquarussu, no meu terceiro dia em Tocantins, fiquei meio dia no local e conheci três cachoeiras: Taquarussu, Escorrega macaco e Roncadeira é nesta que a galera faz rapel, são 70 metros. E olha, o lugar é lindo. O trecho para chegar na Escorrega macaco e Roncadeira, não é recomendado para idosos, pois a trilha é bem puxada. Em Taquarussu existem mais de 80 cachoeiras, por isso, é importante selecionar bem contratando uma agência ou indo ao centro de apoio ao turista, lá, com toda certeza, eles darão as informações necessárias.

 

No dia seguinte passei o dia na Praia do Prata, é uma praia de rio, aonde vc consegue esquecer o restinho dos problemas que vc tinha. Realmente muito gostoso. Almocei na praia no dia anterior e comi um delicioso tucunaré. O almoço saiu por R$ 50,00, como dividi o prato, não saiu um absurdo. Neste valor está incluso os acompanhamentos e bebidas (dois refris e 1 cerveja), detalhe, este foi o Tucunaré menor, o maior obviamente é mais caro. Não comi o surubim no espeto, mas é obrigatório a quem vai a Palmas.

 

Enfim, chegou o grande dia, num domingo, dia de jogo do Brasil, fui eu e mais 4 doidos, incluindo o guia, para o Jalapão. Encontrei na agência meus companheiros de viagem e logo de cara vi que viagem daria mais que certo, Verinha, Clarissa e João Paulo, pessoas especiais e que fizeram a diferença, cariocada show. Começamos uma viagem bruta, poeira comendo solta, mas a paisagem sem igual.

Já conhecemos algumas atrações neste primeiro dia, mas sensação de entrar em um fervedouro é indescritível, só indo para entender. Conhecemos o fervedouro do Alecrim, em São Félix, fora o morro do Gorgulho, etc...

No 2° dia mais um monte de atrações. O meu começou bem cedo, antes do galo pensar em querer cantar..rs, mas fui recompensada com o nascer do sol, depois de uma trilha bruta, na serra do Espirito Santo, maravilhoso. Este segundo dia foi um dos mais intensos, é quando vc agradece a Deus por ele ter colocado o Jalapão no seu caminho.

Nas cidades que fazem parte do parque estadual, existem excelentes hospedarias, mas se vc não for um navegador de primeira e não tiver habituado a dirigir em estradas utilizadas pela galera que vai ao Rally dos sertões, e não tiverem um bom 4x4, não ousem ir sem agência, como foi dito no depoimento anterior, não há placas, orientações, as atrações ficam distantes uma da outra e a única coisa que vc vai encontrar no meio do caminho é vegetação, pois os moradores, realmente, não ficam passeando “por ai”.

O 3° dia foi mais “light”, mas não menos emocionante e gratificante, é que depois de muitas atrações podemos usufruir das prainhas que existem na região de mateiros.

 

Em suma: Fiquei muito feliz em ter contratado a Nortetur. Uma empresa que tem missão e valor, para mim, já ganhou 1.000 ponto. O nosso guia, o Flávio, conhece tudo de tudo, como eu já disse: os nativos, os lugares, os atalhos, a história enfim, aqui é só elogios. O grupo que foi comigo, tinha uma disposição ímpar, com isso o passeios ficaram perfeitos.

 

PS: Realmente o rádio não pega, este foi o único problema da viagem e pelo jeito já está virando lenda hein..kk...na verdade, como a estrada é “de rally” o rádio fica prejudicado, e o cd acaba pulando mais do que pipoca, mas o Flávio já fez uma pesquisa de satisfação do cliente e mudará isso em breve né?

Ah, o guia gosta de contar piadas, mas não vou entrar em detalhes aqui...kkkk

 

Bom, vou colocar o ponto final no depoimento, mas estou à disposição se tiverem dúvidas.

 

Erika - SP

 

Alguns sites:

http://www.nortetur.com.br/index.php

http://turismo.to.gov.br/adtur.html

http://vitrinedotocantins.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=55210:espaco-historico-e-cultural&catid=56&Itemid=37

http://jalapao.to.gov.br/

Compartilhar este post


Link para o post

Erika,

 

::otemo::::otemo::::otemo::

 

Parabens pela trip, o Tocantins realmente é belo.

 

Agora falta você conhecer as praias de rios da região.

 

Maria Emilia

Compartilhar este post


Link para o post

Erika,

 

Realmente o Jalapão é sensacional, nada comparado no mundo ainda mais com boa companhia.

Fico feliz que meu depoimento possa ter ajudado você, o Flávio é uma pessoa sem palavras, gente boa demais.

 

E quem vai pro Jalapão, volta BRUTO!

 

Abraços.

Marcos Koji

Compartilhar este post


Link para o post
Erika,

 

Realmente o Jalapão é sensacional, nada comparado no mundo ainda mais com boa companhia.

Fico feliz que meu depoimento possa ter ajudado você, o Flávio é uma pessoa sem palavras, gente boa demais.

 

E quem vai pro Jalapão, volta BRUTO!

 

Abraços.

Marcos Koji

 

Olá Marcos,

Nossa, o seu relato ajudou muito mesmo e ainda assim, fiquei surpreendida com tudo que encontrei por lá, desde a paisagem até o tratamento da galera da Nortetur.

Estou encantada, renovada e Bruta de verdade...rs

Abraço

Erika

Compartilhar este post


Link para o post

Erika,

 

::otemo::::otemo::::otemo::

 

Parabens pela trip, o Tocantins realmente é belo.

 

Agora falta você conhecer as praias de rios da região.

 

Maria Emilia

 

Olá Maria Emilia,

É verdade, voltarei com certeza ao Tocantins. Quero fazer a ilha do Bananal. Sobre as praias de rio da região, fui somente a praia do Prata, em Palmas mesmo, vc tem mais algumas sugestões?

Boa noite e Obrigada por responder ao tópico

Compartilhar este post


Link para o post

maria emilia e visitantes, estou indo nessa excursao do jalapao..mas queria ir alguns dias antes p conhecer alguma coisa da regiao....e q seja viavel de ir, ja q sou do rio, devo pegar o aviao ate palmas e de la ir nos arredores e dos voltar p palmas no dia 14....o q vcs me indicam?

agradecidamente

violeta

Compartilhar este post


Link para o post

Erika, muito legal o seu relato, mas, gostaria de dizer que é possível sim ir ao Jalapão e conhecer tudo, mais alguma coisa e ainda deixar algo para a próxima, sem agência. Eu e minha mulher fomos sozinhos (de 4x4 claro - primeira vêz em estrada de areia)e, sem guia, ficamos 7 dias rodando por uns 700 km. Minha fonte de pesquisas foi o mochileiros.com e o google earth. Aliás, no google earth vc observa todas as estradas com as saídas para as cachoeiras,etc....e consegue ver até o fervedouro do Alecrim. Nas pousadas acabamos pegando umas dicas com os moradores, o que facilitou conhecer muita coisa fora do tradicional. Veja o relato de nossa viagem em....De São Paulo ao Jalapão (sem guia), Serra das Confusões e Serra da Capivara - parte 1. Fiz questão de mapear todos os atrativos com kilometragem para facilitar quem for de carro próprio.

Violeta, você pode conhecer a Ilha do Bananal que não fica muito longe de Palmas.

Compartilhar este post


Link para o post

Maria Emília

Gostaria de saber se vc recebeu meu relato sobre a viagem que fiz ao Jalapão porque constava que tinha poucos caracteres.

Vc poderia me ajudar?

Grata

Stela

Compartilhar este post


Link para o post

Muito bom seu relato... parabéns ...Tocantins está nos meus planos faz tempo... e agora fiquei mais curioso ainda... se tu gostas de praia de água doce um dia tem que conhecer a Ilha de Cotijuba em Belém-PA e Alter do Chão em Santarém-PA, realmente o restinho dos problemas vão embora.

 

20101224073037.JPG

Ilha de Cotijuba em Belém-PA, praia Vai Quem Quer (volta quem pode, rs)

 

 

Abraço e otimas viagens.

Compartilhar este post


Link para o post

Gostaria de relatar os dias incríveis que passei no Jalapão no início de dezembro de 2010.

Em primeiro lugar gostaria de falar a respeito do turismólogo Flávio Ribeiro da agência Norte Tur. É um profissional empenhadíssimo em tudo: organização da viagem, atenção, pontualidade, e principalmente quanto aos seus conhecimentos, sempre procurando explicar tudo sobre o Parque Estadual do Jalapão e suas peculiaridades.

O ideal é optar pelo roteiro de 4 dias, assim dá pra curtir e conhecer melhor este lugar fantástico. Com a Norte Tur tudo fica prático, pois o roteiro é muito bem organizado pelo Flávio, incluindo reservas de pousadas, refeições, lanches, etc.... E ainda têm mais: no planejamento da viagem, foram inúmeros os e-mails enviados sobre as dúvidas de marinheiro de 1ª viagem, que o Flávio sempre me respondia com muita atenção e rapidez.

Quando cheguei em Palmas, o Flávio já estava me esperando no aeroporto. De lá fomos para Taquarussu, que têm lindas cachoeiras, em especial a do Evilson, onde já no 1º dia pude sentir a natureza tão próxima, após tomar um banho refrescante em suas águas.

No 2° dia, conheci Morro Vermelho, que após caminhada, me deparei com uma vista muito linda me sentindo realmente em um Cânion. E depois, para compensar um almoço delicioso preparado pelo Sr. Camilo, um surubim, que só de pensar dá água na boca.....

Depois pé na estrada, passamos pelo Rio do Sono, e depois avistamos a Serra da Catedral, que têm formato de uma igreja mesmo. Para refrescar só indo para lá sentir a sensação de flutuar, entrando no Fervedouro do Alecrim.

No 3° dia, visitamos o Povoado Quilombola da Mumbuca, onde têm vários objetos feitos de Capim Dourado, que aliás são de muito bom gosto. Fui recebida com muito carinho pelas pessoas do povoado e também fiquei observando como as peças são feitas. Depois senti novamente a sensação de flutuar no Fervedouro de Mateiros e para completar um banho delicioso na Cachoeira do Formiga. E depois........ conheci as Dunas do Jalapão, de cor laranja, com veredas e vegetação, ou seja, um perfeito oásis. É demais a vista panorâmica.

No 4º dia, avistei O Morro Dedo de Deus, conheci a Prainha do Rio Novo, e depois a Cachoeira da Velha que lembra muito as Cataratas do Iguaçu. Estes 2 lugares são fantásticos e de belezas contrastantes.

E no 5° dia, conheci o monumento natural de arenito, Pedra Furada, com sua beleza peculiar, que só quem conhece sabe avaliar, as 2 cachoeiras do Rio do Sono, e por fim a Cachoeira de Sussaapara, no meio de estreitos cânions.

E têm mais, não se esqueça de comer a galinha caipira do Seu Vicente, que delíciaaaa...

No último dia, o Flávio me levou para fazer um city-tour por Palmas, onde conheci os principais pontos turísticos e culturais.

Bem pessoal, deu para perceber o quanto achei demais a minha viagem para o Jalapão, vale a pena mesmo, e principalmente com o Flávio, um guia gente boa demais.

Um abraço

Stela Eid

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...