Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
rafael_santiago

Circuito de 4 dias pela Reserva Nacional Tamango e Parque Patagônia (Chile) - jan/2018

Posts Recomendados

FpIhmIiOFWE01wDSq-jiQDiH7XeqAqOBGMeK7PMG5pqQiKk7D0DfpT3AivwIwgazpBKZA8UDww7OPN6dV3hCqGCUEbsuRadQbVgy5HxwFekElJ_xFf0EltT9DDcGBTIfQ4cp-dkh__QsiQwkalT81vusJmNw7JddMEAhHDrXc8GgIDcO0-16dV_GSD4Q6H4b9WGBOOup9FrldwGb_W0yfhcW0hSxOfbc5F6gKtXRjEvczzpAcr85plX6CcGlJb9nQiMB3pJx_RGdBdU_VSBP02gSuGH6Yyv5BYVS9kqc7kWqI9_vToKUf4_9_SXpP5pgJpjlTVHkuhvidWU6J3OAlIRjp3eHP9-t8rwCTvjuuOhgStelNjELAZuCIs54YbtbtJASpWydPq29BgbU5B3rYRYwLzwqSZT0WYnHOHDdTfcBMGPzNBgX8kXHIN6nYGTPFRH1uaigsLkyRabYul17dy9imVy3nTulO4zVCv09o42nKNEkHHvXz8FyxPQm9Dqmt0rxhg7AQN6LIsaJ5TRE_IpT4SOlzqvCE2jG3BsiINeB9FWW3SOh0-Hp4-d2VV-WqPKMqJKznBuFuSk7ACqhkawvbAm_RdQbr-73AuEz=w839-h629-no

Laguna sem nome com o Cerro Tamanguito ao fundo

Início e final: portaria da Reserva Nacional Tamango 
Duração: 4 dias
Distância: 50,7km (incluída a subida ao Cerro Tamanguito)
Maior altitude: 1501m no Cerro Tamanguito
Menor altitude: 165m
Dificuldade: fácil (para quem está acostumado a caminhadas de vários dias com mochila cargueira)

A Reserva Nacional Tamango fica próxima à cidade de Cochrane e é um dos refúgios do huemul, cervo andino ameaçado de extinção. Situa-se na Patagônia chilena, mais exatamente na região de Aysén, de número XI (as regiões no Chile têm nome e número romano). É administrada pela Conaf, órgão florestal oficial do Chile. A Conaf mantém as trilhas, a sinalização e eventualmente fecha algumas delas se há incêndio florestal ou alto risco de haver algum. 

O Parque Patagônia faz parte do projeto do casal americano Douglas e Kristine  Tompkins de adquirir grandes extensões de terras no Chile (e Argentina), transformá-los em parque particular e posteriormente doá-los ao Estado. Douglas Tompkins foi fundador da marca The North Face e faleceu enquanto remava no Lago General Carrera em 2015, mas Kristine continua com o projeto, que já gerou bastante polêmica no Chile. Os opositores, entre outras coisas, acusavam-nos de se apropriar de importantes reservas de água na Patagônia. Em janeiro deste ano (2018) Kristine Tompkins e a então presidente do Chile, Michelle Bachelet, assinaram a doação das terras do Parque Patagônia (e do Parque Pumalín) ao governo chileno. Com a união à Reserva Nacional Tamango ao sul e à Reserva Nacional Lago Jeinimeni ao norte, será criado um novo Parque Patagônia, um dos maiores das Américas.

aYRviSb8i_f5HY6Qkjz5O61Fc3TRvIgkBvfhFmMr67aE9iRMlY5rW-9n-a-8pAhYH-Qh7VZQzfQUM0Vn25BkgZ0zU5_RuzKNl8eXTeWDHRMspw_WmFK8_AT15T1IjX1-SzJ3AWMxKYh_F3LXHINHhUsWdBvdnSYBuDQD4eOUxc33JxWA4j4eFkgk7WBMfMEGSVH-gRNd1cBIp-XpnRanJjb98Sh9zy4dPQgYwPFMm7dgeKcMy1xPFOe15lj2VzjIcHFBZM3vo_exsMC1yKK8mrRatEy1sU8Oz4Fm12x0kMWAH1N0gyzkZ97kmYUjfI9JvlP8hzxJRtwuf9HRSwRxs83bin_uTVLKz2txaxXHtvnKjrnxLzh2vii3-TvUWnW2ZY9go95wG7Ot5jfQffHfpPMYz64WpE2CV0SEu2J8UozI4J5LS3dtUvoXxOeg9GZjN97a66WlHFPx0NFLgO3VZ8lagndT4G3W4RekRjHS-WtxMiQ0PUNmZUBQAu6PKoutzfYf9VfEdn4E_QlrbiPL05p3TUTkU6pA2TSbV64H_He3V5QJ2vecQONFmPW8ia9cCqfNHAeOrZ7YM9lyFp_pt7sSH3faF5t7yroGt20K=w839-h629-no

Laguna Cangrejo com o Cerro Tamanguito ao fundo

16/01/18 - 1º DIA - da portaria da Reserva Nacional Tamango à Laguna Cangrejo (ou quase)

Duração: 4h50
Distância: 7,2km
Maior altitude: 1028m
Menor altitude: 172m
Dificuldade: fácil (apesar do desnível de 856m não há nenhuma dificuldade)

Saí da Plaza de Armas de Cochrane às 8h42 pela Rua Teniente Merino na direção leste. Uma quadra depois dobrei à esquerda na Rua Rio Colônia/Luis Baez. Entrei na segunda à direita, Rua Vicente Previske. Passei em frente ao mercado municipal e continuei por essa rua, que fez uma curva à esquerda e outra à direita. Na bifurcação sinalizada com "Embarcadero" à esquerda e "Lago Cochrane" à direita fui à esquerda. Uns 150m depois entrei na estradinha de rípio à esquerda, abandonando o asfalto. Segui primeiro as placas de Embarcadero porque a placa de Reserva Nacional Tamango só apareceu bem depois. Continuei sempre pela estradinha principal, às 9h26 cruzei o portão da reserva com placa de boas-vindas e 4 minutos depois estava na guarderia. Distância da Plaza de Armas até a guarderia: 3,8km. Altitude de 172m.

Ali assinei uma declaração de ingresso especificando que trilhas iria percorrer e meu tempo de estadia. Paguei a taxa de entrada de CLP 5000 (R$ 27) mas meus campings seriam todos selvagens (gratuitos). O guardaparque me passou as orientações com base no mapa topográfico. Não há mapa para entregar aos visitantes, é preciso fotografar os mapas que eles têm ali. 

Às 10h06 comecei a caminhada entrando no Sendero Las Águilas (de nº 1), bem em frente à guarderia. E já começa com uma boa subida que logo amplia a visão para o Rio Cochrane, tão largo a leste da guarderia que parece um lago. Quando a visão se abre mais para oeste já se distingue a cidade de Cochrane com montanhas ao fundo. A direção geral nesse primeiro dia é noroeste e depois norte, com variações. Na mata de árvores baixas em que caminho vão aparecendo as rosas-mosquetas com suas flores chamativas e perfumadas. Ao atingir o ponto mais alto às 11h20 tenho à frente um vale e outra montanha a subir.

BiUNPewr6vqEo0YCVgPp43t5nbx7wrW-QSfWySA58_vmTKeCw0AHeQxIA2vorB2lWdGkOx9t0e5dvu33F7xYlIHof1oHWfkIz3n84lRlejX40SiV2HFt6S7vMu8sbNl-DtKBlBpuSu0w2ZctqAsKO__4uozaJ-o3EBOwZBDINKnblg5dOMvB9H7MfC84Nvd_nff_GAsEKF1LQc1_rkZMVKtmxc24CJryGYGpbYtPc2aa7QRemD5Olv1kSK3TvZXw7Y4uTOB3xdPrHqCCr1FuTPUVfcDaLcFRsOeSieE7KVFG5-aYNwnO6Ab00bMyxq0OBFcuzWiE_B67md6BgWtzesvXZ0dpxZkWNYcyEkOR0mM7nWbDFwpCcBGKvRN9ZEWZW5maLgIBmLkm7CrqoAVyzevCM5azcyjwLr7sJav-qMzrimNIgeyhGQF14lxBxMVyL1zV6o8MzVyOIfEdiks20vhVZOjEKks_yT5cJpXvPEV4HU4fROc3bcy4SkZs0lhdK8wa1R5QSueEfaJbt7gHx_pwJlj-HfhcLJAToJAzGHgdZRAd0_jqQqhatpg612jboODkGgNZjk-YDVxONZoO1wxhqD8WECxQStB3Ju9R=w839-h629-no

Laguna sem nome na Reserva Nacional Tamango

Na descida, às 11h33 esbarro numa estradinha. O 1-Sendero Las Águilas continua à esquerda. À direita é o 5-Sendero Los Huemules. Fui para a esquerda e com 40m encontro uma grande cabana à direita. A estradinha continua e logo sai da reserva em direção a Cochrane. A trilha 6-Sendero Las Lengas, que quero tomar, começa atrás da cabana. Ali é o Refúgio El Húngaro e havia na porta um aviso de "peligro - presencia de roedores" para alertar sobre o risco do contágio por hantavírus. 

O hantavírus é altamente mortal e há cartazes sobre o seu risco e prevenção por todo o sul do Chile. É transmitido pela urina e fezes dos roedores que se alojam em casas e galpões que ficam fechados por muito tempo. A recomendação é nunca dormir dentro de lugares fechados pelo risco de inalar o ar contaminado pelos dejetos com o vírus. Por isso não se deve trocar nunca a barraca por refúgios, casas e galpões fechados no meio da mata.

Entrei no 6-Sendero Las Lengas às 12h02 e me deliciei com os calafates que ia encontrando pelo caminho, mas tomando cuidado com os espinhos que ferem os dedos. 

A subida continuou e resolvi parar para almoçar às 12h44. Olhei para trás e vi que vinha a maior chuva. Comi, vesti a roupa impermeável e continuei a subir às 13h32. 

Mais acima pude avistar Cochrane a partir de dois mirantes, mas a chuva foi piorando e no alto havia também vento frio e neblina. Cheguei a uma laguna sem nome às 14h57 e aquele lugar tão bonito era um cenário fantasmagórico. Fui até a Laguna Cangrejo (ou Tamanguito), 12min adiante, e ali o vento era ainda mais forte. Apesar de ter muitas horas de luz resolvi parar pois estava perdendo muito da linda paisagem daquele lugar. E eu fui lá para apreciar e fotografar, não para caminhar feito um louco e não ver beleza nenhuma.

Voltei à laguna sem nome pois era mais protegida do vento. Acampei num gramadinho plano a poucos metros da margem. Mais tarde a chuvarada passou, o tempo melhorou e saiu um belo sol. Estamos mesmo na Patagônia! E então a beleza daquele lugar se revelou por inteiro. Dali podia avistar o Cerro Tamango com muitas manchas de neve.

Não encontrei água corrente nesse dia, só a água das lagunas. O sol se pôs às 21h40. Altitude de 1002m.

kQYk9JjBuKiSBaeNN9Z3VAHdliBjnzt0T1MPGrkt1t7gTFb2JvcY-GM7BX4fYIGIidqy-BzjGJc5NENH9Mwt5yXImoV-c9Q06EyH9SNWF2g4sQi9mE4wuQuqvJ40ownDa4xYLG2-a1TZxXS2ZLrSVT8fOSYyqdEIGE-LKT61PFeoh29JGWs_pvJeDTLEKfWXMQ_fxEKCuImoIXA-b3BgbsCjFIO56kpPS4-flcJFs-gnQ91770jX6vA6yO4qOvi8fLMoQiCp-2EOyLurDZdwguyciI2vryVuLNyupBBuKss8xxwYCbz-dHb--IFJxQipaORKZTvMxpIs3HVPZREc2DT-g9w9L1N9NT7vd_fanCcpjA5FpbuQjtUgCgJBVIHS_VEKrGnsNnzEcW_zR_N-fAlNFtUgCxYL1UJQLcLig1pMcPDb-oILsfeIJnks3LZd4UhVA-7M7GEZVZwHzpbVupGAP-Gw8nRx3FKofqMY8daInfY1w7T8Q0cW_cKeCeNw50EVm88h3t7Vowxy5GTM6kOrr8DXxiqSKMmfxFbiu1BdvdrkJesYisUSHuNvxCF9pso7qEYbkhwQnccP5zusLsZpsbWRTf18vtMB0iIj=w839-h629-no

Vale Chacabuco

17/01/18 - 2º DIA - da Laguna Cangrejo às lagunas altas do Parque Patagônia

Duração: 6h30
Distância: 11,6km
Maior altitude: 1284m
Menor altitude: 979m
Dificuldade: fácil

A temperatura mínima da noite foi -2,6ºC.

Choveu pela manhã, mas depois melhorou e o sol saiu de novo. Desmontei a barraca só depois da chuva e acabei saindo só às 14h14. Direção norte.

Às 14h30 estava de volta à Laguna Cangrejo (ou Tamanguito), agora exibindo toda sua beleza. Era o final do 6-Sendero Las Lengas e eu tinha uma bifurcação à frente: à direita o 7-Sendero Los Valles e à esquerda o 9-Sendero Los Condores. 

O 7-Sendero Los Valles será meu caminho de volta à portaria no último dia. Nesse momento fui para a esquerda parando muitas vezes para fotos da linda laguna. Contornei toda ela de sul a norte pelo lado oeste passando às 15h10 por uma mesa com bancos de madeira e espaço para acampar. Às 15h20 cheguei ao camping oficial pois havia um grande gramado com duas latrinas caindo aos pedaços, sem condições de uso pela sujeira e quantidade de moscas. 

A continuação da trilha ali no gramado não é muito clara mas um pau fincado me deu a direção. Caminhei junto aos arbustos e encontrei a trilha, que logo começa a subir e entra no bosque. A direção geral continua norte e depois noroeste. Três boas fontes de água havia nesse bosque, primeira água corrente desde o início da caminhada ontem. 

Às 16h20 saí definitivamente do bosque e continuei subindo por trilha entre pedras e capim. Havia alcançado o limite das árvores, a 1180m de altitude. Passei a seguir a sinalização com estacas laranja. Às 16h40 alcancei um bonito lago com o Cerro Tamango ao fundo. Tive de me abrigar do vento forte e frio para vestir a roupa impermeável, que também serve como ótimo corta-vento. Larguei ali a mochila, contornei a margem sul do lago e subi um pouco a um mirante para o Cerro Tamango, que também tem uma laguna a seus pés. A subida do cerro me pareceu bem demorada e não vi trilha marcada, pouca gente deve subir. Como estava bem atrasado no meu cronograma não tentei.

1tBnN_Y59kkJPiHLYdjxJR1usB85gw_K_LKpPb_18cR_c8y1-S4O4eDHLHGR-lfKPDNqb5te1OmP9jxuoVzPkLB5uTeKFT8VgH03qMMBq__n5GtT-TUoYxtjhASD2LO5Lp2Fvqwzg0fDx6nTMg5sOuuakUPMJdMY_qJnLtcwJW4_Mtbh0I3fk9pxIRfdJn2rjKZJkXIYgTd8ExSjh_CSulITE8iKicmkldIp9H9GH_hDPTUNM0unR4-onwWWYs7ToeZZYpZyaUcssw9JXRqnq0AtFoYurr5uhWPtIzdDnPvbQ8Z-7Ti77S0d93WSZBPTUb58nTz7f2p18Pi6G-J5UHa6-nkRBGhqncKcqOaxe2OUGrPQCdjxX7IRoSPC0LyAXytTJ_zjnBhDyHG51bECfAto7BEAm9SHSadXnWuw9K9LGMQ4JJ_PQ9X9Xq6PXghy-WKgIAqRnWpPV62lT628awBgQSxewErf3DAFuEdFtVoK2eyFj9Yw9OTRK0mbxc9hbnVv3mBoaBVeay042l2vEZNi-3FBggRfOVynQCTrtsMQtHIAR8MsMLRt19YkUGYGS882RWMW5-xnkytEezSOsTl_akij70dw3SlGFOrI=w839-h629-no

Guanaco

Voltei ao lago, peguei a mochila, cruzei um riacho ao lado dela às 18h06 (última água corrente do dia) e segui inicialmente no rumo norte, logo quebrando para nordeste. Caminhava agora por um ambiente e paisagem completamente diferentes do que caminhei até o limite das árvores. Antes eram bosques e muita vegetação, agora um panorama de colinas nuas, pedras e um pouco de capim. Às 18h19 uma surpresa: a paisagem se abre para um imenso vale ao norte com uma longa serra ao fundo. É o Vale Chacabuco, onde se localiza a sede do Parque Patagônia. 

A trilha continua para nordeste cortando as altas encostas cada vez mais íngremes. Atravessei uma área mais crítica, com muitas pedras que rolaram, torcendo para não rolar mais nenhuma naquele exato momento. Às 18h48 passei pelo início da subida do Cerro Tamanguito, mas ainda não sabia que seria exatamente ali, não há nenhuma sinalização. Tentaria essa subida na volta. 

Às 19h06, sem perceber pois não há nenhuma indicação, passo a caminhar pelo Sendero Lagunas Altas do Parque Patagônia. Mal notei que chegava uma trilha à minha esquerda. Notei mesmo a linda laguna abaixo e os guanacos que pastavam bem perto. Apareceu uma marcação "7k" feita em pedra, num padrão bem diferente da sinalização da Reserva Tamango. A partir daí e por algum tempo caminho pela beirada dessa serra e avisto lá embaixo no vale a sede do Parque Patagônia. Também o camping West Winds com várias barracas. Surge uma parede pequena para escalaminhar, depois outra, e após essa segunda há uma guinada para a direita fácil de passar batido pois o caminho em frente está bastante pisado. 

Nessa guinada para a direita às 19h43 a trilha sobe um pouco e depois desce bastante, passando por um lago à direita e depois contornando a margem sul da Laguna Norita. Aqui o ambiente já mudou de novo e caminho por bosques de lengas. Passo por mais dois lagos à esquerda e às 20h43 surge o último lago à direita. Último porque ele está na borda da serra. Depois dele a serra despenca para o imenso vale. E a panorâmica é espetacular, 180º de pura beleza.

Há um gramado plano perfeito para acampar próximo a essa última laguna.

Altitude de 996m.

EOgtmYBjadIK6Ggzuc2qxbg6PSE87SFKA-dRvRJg4M-Fp1BhYG2ND4mxyMDyzSYhksr8iP8zomcYnH6ruVUvLffqdlZHtjSwu8ALDOzvWM2Z1kvtbq7y_zPesaU9dCp-_ZYquDQWrtHw7l1mCRgNfyYHZIJwNUJpu-6KMXS_B_vHhgwjIsjmQmCb_S8rtNuDQ5vrzqAaJwFX2VQ2_EkPGAzYbYdqbdQa05-_yTSdBhUBY7B-peA9Q8Nzlm8-sEWWHAPf2OGjCRqH7_upS6gY0zBE39UG1muA2I2MAQKIP2rMKNtHBe_kXrg2dUd7kvbFWXCCb53z9IaZKf2NR7bm6qOwccMG1wPF5ZIiDAYx-5FA-_N_Bvu9AnM7I-aidIzAuvSjamQ0UOfrj6kIIqtZrn896pp25UuTUXVyXEyXQxFYn3xKHlqs3c1Ncq_ESomtQzKqv1T697TrziPHPL2ea_hoSChhoaKhQnG0wFOd8gO1N8OKW-oy_H313P09uQYT_o7BmZMKLjx5XrWFE-Q8L4E3bQFJpvAW2vjx80zwe7hL-V4SK5KnCih146j-7jWTpPG9RV2E_W0UVaZOMXgsGuxWPy7y8jhhb8AHiGoV=w839-h629-no

Laguna sem nome no Parque Patagônia

18/01/18 - 3º DIA - das lagunas altas do Parque Patagônia à Laguna Cangrejo com subida do Cerro Tamanguito

(Dados abaixo já descontada a exploração da trilha alternativa de retorno à guarderia)
Duração: 3h50 (mais 1h07 ida e volta ao Cerro Tamanguito)
Distância: 9,7km (mais 1,8km ida e volta ao Cerro Tamanguito)
Maior altitude: 1501m no Cerro Tamanguito
Menor altitude: 982m
Dificuldade: fácil

A temperatura mínima da noite foi 5,2ºC, bem mais "quente" que a noite anterior.

Para esse dia eu cheguei a pensar em descer até a sede do Parque Patagônia, visitar e em seguida subir de volta à laguna dos guanacos para fechar o circuito do Sendero Lagunas Altas. Mas no caminho vi que isso demandaria mais tempo do que eu dispunha, então desci apenas até um ponto onde exploraria uma trilha alternativa de retorno à guarderia passando pelo Lago Cochrane.

Levantei acampamento às 10h49 e contornei a laguna desde a margem oeste até a leste pelo lado norte. Continuei pela trilha que sai da margem sul, desci e subi a um mirante que vale muito a pena visitar pois proporciona visão das lagunas altas e ainda dos cerros Tamango e Tamanguito.

Desci para o outro lado (leste) e passei por outro lago às 11h45. Junto a ele há uma ponte e água corrente. A descida foi se acentuando, saio do bosque e cruzo mais dois riachos com ponte. Um pouco antes e um pouco depois dessas pontes procurei a tal trilha alternativa de retorno à guarderia passando pelo Lago Cochrane, mas não encontrei. Fui até próximo da marcação "16k".

538wFk1zIRlgvoqQBcRc91ACroC6hTsAX5ERHsPuRY0XMkU6fAZU3C87Qc7CRDbVZeQc7LBgmwxSPTmaieAkQlv3BfKKuRuq87kkZtUO1nEwJfuLixuuXbWlciYDO82ZoLmsWaEnbBKLavjXxTxseziqpzjbDCqmo1EjEk92hXa3bIrUdQo3ALltksVJDBSSCPVv8AHLKfLXRbXNSsrYP3vAl-YXBxICnV6ciFHoaf8MSImuhbvDFP71yR2yt1BDVzbTHC-bwz5sA5o7CQb8zS9v75VuALixqkdUzeK_AHkw_YRm9AOM5LiUk58eXVqMRKJp6mTFNddb3xeBFt0mzhs6osk-S-6D1SBOFueeetQSM0tOSiHAzsV-YiJ0PaOrqLWubLeSZwqokdKiNVoxeDY7Tw9h9QCi-rE14ZsvGZDq_aCpbE9xsTR73u9XHsBdv41ny8wcOgDZPrlXGKm4tN5jhfBrrYINc5TQD0v5sGaDmNnLM5dbMwE1wqGnzQYMDFkfsL1HLZ-jhUXnxn_a6q9O1FbKle568dEKw5TkkGqUWJ9tyOS-c50Oh4YEIfxgoLPMTvshBb8sH-7A0Kn4tk1yMzq-knHYVCHW-F6s=w839-h629-no

Lagunas altas do Parque Patagônia

A sede do Parque Patagônia estava muito abaixo ainda. Se eu descesse tudo para subir de volta à laguna dos guanacos atrasaria meu retorno à cidade no dia seguinte, então resolvi voltar pelo mesmo caminho do dia anterior até a Laguna Cangrejo (ou Tamanguito) e acampar lá. Iniciei o retorno às 12h53, subindo. Ao reentrar no bosque cruzei com as primeiras pessoas nessa caminhada: três casais que estavam hospedados/acampados no Vale Chacabuco. Na passagem pela laguna com ponte parei para almoçar. Às 15h09 estava de volta à laguna onde acampei e em vez de contorná-la pelo norte busquei um caminho mais rápido pela margem sul. Uma vez na trilha principal fui para a esquerda (sul) às 15h27. Passei por quatro lagos já conhecidos e subi ao local onde é fácil passar batido. Ali desci à esquerda a primeira parede, depois a segunda parede, subi e desci à bifurcação da laguna dos guanacos às 17h25. Fui para a esquerda subindo. Estudei por onde seria a subida ao Cerro Tamanguito. Às 17h45 resolvi subir à esquerda mesmo sem trilha ou sinalização. Parecia ser o caminho mais direto e rápido, se não desse certo iria tentar subir em zigue-zague. Deixei a mochila no começo da subida. Não havia trilha realmente mas a subida não teve nenhuma dificuldade além das pedras soltas. No alto reencontrei os guanacos. De onde eles estavam já era possível ver as lagunas Cangrejo e Elefantita, mas o cume estava mais acima, à direita. Mais pedra solta e cheguei ao cume às 18h14. Altitude de 1501m e visão 360º dos dois parques, com as lagunas da reserva ao sul e sudeste, o Cerro Tamango a oeste, o Vale Chacabuco ao norte e as lagunas altas a nordeste. Foi mais fácil e rápido do que eu pensava e valeu muito a pena!

Às 18h52 estava de volta à trilha principal, passei pela área de desmoronamento rapidamente e deixei a visão do Vale Chacabuco para trás ao descer pela trilha 9-Sendero Los Condores para a Laguna Cangrejo, aonde cheguei às 20h26. Na descida pelo bosque há três riachos para pegar água boa, como já mencionei. Acampei bem na chegada à laguna, no gramadão onde estão as latrinas (mas bem longe delas!).

Altitude de 985m.

OdtBf77vvSAZ_XR64WakDA7eIgcIONCcHKhDRnL9_6BBSiDxwqugk7desRZuqT3HMfH4NYhbTHteKTmAUP9YwxdOx1DG8j5R-5dWau2Tlowsx7z4tBWRZFib_ji-Xw222LKhSRqush9LjHtMzLT7OTUP3fu34Yfx7VrO98_-nD9qHEl3FnVBK64XI_YCfmCSgQk1b5OxcGo9ZWgaPLjK6Nan0GySzoLP08pUvjloiLLO4R5pmx-b_rhz_7TdJrvKOvFqnIppQVgWDnvYmXT6alWc4nP4I9JXX45wHhBcwXmKEoM9mddtVUvM2Gn_oC0oY2cRj5e60yjDkuXr8DTHhTT2VfyJLGloa1KxGzvhKwbTPaU4_KUfed_2avUgAhbBfFI8N-WH2bRJ3krYAHkDaKEQ6aJg9hAY1bj3jzpsnCULXHrNcDWKTMuThYL5HvJanTcFeF7byO1aULvsKSqAbBSpnm6RXHApPRrSDvHj7BjP-pyvvT3BUPdg5dlscD3ouFctQtKm278ba-VpboQWeFGK4HE27dx2nwKOBnHLSrtxJLO337jV7bBpQLbPzH8oYqu4s_Nv3dzisFRlHmEeWrNHFmpfexND42-44N3l=w839-h629-no

Laguna sem nome no Parque Patagônia

19/01/18 - 4º DIA - da Laguna Cangrejo à portaria da Reserva Nacional Tamango com vista para o Lago Cochrane

Duração: 8h30
Distância: 20,4km
Maior altitude: 998m
Menor altitude: 165m
Dificuldade: fácil

A temperatura mínima da noite foi 1,9ºC.

Amanheceu um dia lindo. Comecei a caminhar às 9h47 contornando a Laguna Cangrejo pela margem oeste até o encontro das trilhas 6-Sendero Las Lengas (dir) e 7-Sendero Los Valles (esq). Eu cheguei ali no primeiro dia pela trilha 6-Las Lengas e agora desceria de volta à guarderia pelas trilhas 7-Los Valles, 8-Los Pumas, 5-Los Huemules, 10-Los Ñirres e 2-Los Carpinteros, num trajeto bem mais longo do que no primeiro dia.

O dia estava perfeito para fotografar a Laguna Cangrejo com os cerros Tamango e Tamanguito ao fundo. Logo depois dela passei por outra laguna à minha esquerda, bem menor que a Cangrejo. Às 11h18 atravessei uma área plana um pouco alagada mas sem afundar a bota. Às 11h30 avisto a Laguna Elefantita e 8 minutos depois caminho por uma praia de pedrinhas às suas margens. Me afasto dessa laguna caminhando em meio às árvores mas menos de 10min depois a reencontro por sua outra ponta já que ela tem um formato aproximado de ferradura. 

Às 12h16 a trilha muda de nome de 7-Sendero Los Valles para 8-Sendero Los Pumas. Às 12h42 a paisagem se abre para vales e montanhas mais distantes a leste. A trilha corta uma encosta íngreme e bem abaixo à esquerda visualizo uma cachoeira, mas a descida até ela é arriscada pela inclinação. Mas logo à frente, quando a paisagem se abre mais e já vejo o Lago Cochrane, encontro um caminho mais seguro para descer à cachoeira (sem trilha). De volta à trilha principal é hora de fotografar o Lago Cochrane, enorme, de águas azuladas e salpicado de ilhas e ilhotas. Daí em diante a trilha vai descer constantemente em direção ao lago. Mas logo no início da descida aparecem outras cachoeiras à esquerda, uma delas muito alta, despencando de um paredão. 

DwpRji4F-wNiuHmeXRSS-YY2bd7ou5PGgcVkwawGbstyqw5cQWG8yNDMPHg7hfGzRkAqVpmgOCKML3l_pbjnPWhI4p8ZTBYQFioGOK8jSHbrJQrveEiHOsmE8DK2ZAmjDxIBKTLcVe7gCOYmNi_UgiShwl85OsGT42jgdLu_1Ru2vWZjNXhE1Z-UnphOMQQ2CLNH-FjwuQC-GowktrP5oUjqzPk7_wzrMtY5DbMdFDRS4uJqyHuFnOZUkiQ8Rr47xztKEg8zqeWHjZSKPL5a9sqUYbVmpQfW0imCGCB_-bF7w0aZEUK2dp02XvCEuxMB2KMnbYP5UzjuTcxU-7VRCaaQcfRr0YyopBRwMsEbv3HpRGxbL6XAwRmch3dS7jF9nzBuOzMSJIxKP6EKYNiPDcl3l0BHnsA0sZduRtEDqoQvZFfSeeeZ3uALE_yJ1Ny-Xh8pn1oE0FCZI6A7akwvPT4saemha3kNdInECBZpSt6h_cpk9RVe4RYAVZw8BBePlCA0ajM9vycKIlrga9HolpTARjnYanC0EaNt_8ybqsvzKwpEGbtCU-aXIsuWK6oE1lcidyOnnuAhD0GzGjHbRaE6CRDcKk9HImr-czgH=w839-h629-no

Cerro Tamango visto do cume do Cerro Tamanguito

A descida em direção ao lago continua e às 14h48 tenho uma bifurcação e o final da trilha 8-Sendero Los Pumas. À esquerda está a trilha 4-Sendero Los Ciruelillos e à direita 5-Sendero Los Huemules, que se dirige ao Refúgio El Húngaro, por onde passei no primeiro dia. Eu podia tomar qualquer um dos dois para voltar à guarderia. A diferença é que o primeiro desceria diretamente às margens do Lago Cochrane e o segundo se manteria na parte mais alta. Optei pelo segundo pela paisagem que me proporcionaria. Nessa bifurcação existia um refúgio segundo os relatos que li, mas encontrei apenas um espaço plano e limpo onde ele devia ficar. 

Continuando pela trilha 5-Los Huemules não me arrepndi da escolha (nem podia!) pois a paisagem do Lago Cochrane lá de cima é espetacular. Mais abaixo passo a ver o Rio Cochrane, desaguadouro do lago e que corre espremido entre altas paredes. Desde a bifurcação do antigo refúgio passei por duas fontes de água e às 16h28 a trilha vira um caminho duplo, uma estradinha. Nela, às 16h37, encontro uma placa à esquerda sinalizando a entrada da trilha 10-Sendero Los Ñirres. A trilha/estradinha 5-Los Huemules, como disse, continua até o Refúgio El Húngaro, mas eu optei por descer à guarderia pela trilha 10-Los Ñirres para conhecer outros caminhos. Entrei portanto à esquerda, passei por uma fonte de água e logo a trilha passou a descer bem forte. Às 17h32 a trilha 10-Sendero Los Ñirres desemboca na trilha 2-Sendero Los Carpinteros, a qual segui para a direita. Essa trilha é bem acidentada, cheia de sobes e desces, e tem inclusive escadarias de madeira com corrimão. Às 18h12 alcanço a área de camping pago da reserva, um lugar bastante agradável, com um grande gramado e até cabanas abertas onde o pessoal arma a barraca de maneira mais protegida. A trilha se converte numa estradinha e com mais 500m chego à guarderia, às 18h21. Altitude de 172m. Dei aviso aos guardaparques da minha saída e descansei um pouco pois a caminhada foi bem longa. Na parede li um informativo do parque dando as recomendações do que fazer em caso de encontrar um puma ou um huemul. Felizmente eu não dei de cara com nenhum puma mas o huemul eu queria muito ter visto já que é um bicho manso e a população é cada vez menor.

Às 18h53, com pouca chance de carona, enfrentei a estrada para Cochrane. Às 19h40 estava de volta à Plaza de Armas.

Altitude de 149m.

tzUx9coffpbvBwY9Q_FRNkBHSmedIO2bb-WnFmdfU8qJ6I96QATx0JezgUVolyaiUj7_INmCfzVfsKIEe1FfAHmySK2yJ9bzTmXhX-Kuj7wZWPYgGChcWiTk27dCUBOgXFqwG8BdKjK4LRpGKpvLh8pTCoX1yi28B9xhZPzhQzTRGt_c1a7_l1OfznVF1rXZbqbNCquzOixKBV_epBXnP__pxCJKboVAD-06d4Nowi0Mq5ogiLyz19vzr42ujq3LuBvuCaZ2X7gyvzH5n_8vyZVc9Skq8Fvh3hE7U0wGoAliKOjBuUAHRHBTt8yebAdoAjMYWed1I7-KzAAb1lOX3rc_59--hZIzpQ4M2-0bdE5pD1wGVBP0gJiz_oaae8ApLRjjG9X0IVGH6C1-0ORbF9V80Okjxh3E2Z9_0BDC7Ic5PnNY48BFQrMIPoFWGq157BoB2Hd5w5rGMAQjfk41eG9Vd4aarte6gRvdCRT7Re6xMyIaoHlNLeWzh4U3MAJCJNWTVZGfw4x7D0f9IiBp4FJCxMVveloVot1r4qeQtuWvfQ6yM35TQjjtlTLLKkce-L3B47Ba64iVRtFsDIZbM4W9BOzm-ShihkUTkuC-=w839-h629-no

Lago Cochrane

Informações adicionais:

A entrada na reserva custa CLP 5000 (R$27) mas os campings nas lagunas são gratuitos (camping selvagem ou com WCs inutilizáveis). Há um camping pago a 500m da guarderia. Ali foi o único lugar que encontrei guardaparque.

Para quem quiser saber mais sobre as trilhas da reserva antes de partir para a caminhada há em Cochrane um escritório da Conaf que fornece todas as informações. Fica na Rua Rio Neff esquina com Doctor Steffens. 

Em Cochrane há pelo menos quatro mercados para compra dos mantimentos para a caminhada. Cartucho de gás não procurei mas deve haver. Há muitos hostais e também campings.

O grau de dificuldade que coloco nos relatos é uma avaliação pessoal e considera que o trilheiro esteja acostumado a caminhadas de vários dias com mochila cargueira. Para um iniciante considere todas as trilhas como difíceis. Para um iniciante que não esteja em boa forma física é melhor procurar trilhas fáceis de um dia para ganhar experiência e condicionamento.

Rafael Santiago
janeiro/2018
https://trekkingnamontanha.blogspot.com.br

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×