Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

chinaf

Ushuaia 2007/2008

Posts Recomendados

Ah, vale lembrar que existe um banheiro público, limpo em Puerto Pirámides.

 

DSC05422.jpg

 

DSC05426.jpg

 

DSC05427.jpg

 

DSC05429.jpg

 

DSC05431.jpg

 

DSC05432.jpg

 

DSC05433.jpg

 

DSC05434.jpg

 

DSC05435.jpg

 

DSC05438.jpg

 

DSC05439.jpg

 

DSC05440.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No final acabamos indo para o lado oposto da cidade, ou seja, onde achamos que era a tal pirâmide, só que descobrimos que a pirâmide, aparentemente ficava em outro canto da cidade, próximo da La Loberia.

 

E lá fomos nós, enfrentar o rípio, pela primeira vez.

 

O grande problema do rípio nessa região, não é o rípio, mas para nós, é quando encontramos a areia da praia, a Fazer, estava muito carregada, o peso na traseira, não permitia que a frente "rodasse" em determinados lugares, ou seja, fica inviável seguir assim.

 

A patroa teve que descer em alguns trechos e andar a pé.

 

DSC05446.jpg

 

Olha a tal pirâmide aí.....hehehehehe

 

DSC05443.jpg

 

DSC05447.jpg

 

Pois é e num canto que estava observando, de repente me dei conta de que havia algo no oceano, mas não esperava que fosse tão fácil encontrar, saí correndo com a filmadora e deixei o tripé arrumado para uma foto, que acabamos nem fazendo.

 

A patroa saiu correndo na trilha, pois a avisei pelo intercomunicador.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vejam só, achei até que era ilusão de ótica ou uma espécie de "monumento", pois a ballena ficou assim parada uma enormidade de tempo, só nos demos conta que era de verdade, quando desapareceu no mar.

 

DSC05448.jpg

 

DSC05450.jpg

 

DSC05451.jpg

 

DSC05452.jpg

 

DSC05453.jpg

Olha a tal pirâmide de outro ângulo....hehehehe

 

DSC05454.jpg

 

DSC05456.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Foi aí que percebemos que não era "monumento", nem ilusão de ótica.....heheheheh

 

DSC05457.jpg

 

DSC05459.jpg

 

DSC05460.jpg

 

DSC05461.jpg

 

DSC05463.jpg

 

Estávamos naquela casa que aparece num dos tópicos anteriores(foto abaixo).

 

DSC05438.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui aparentemente tem muitos ninhos desse pássaro, achamos que era uma gaivota (Por causa do livro Fernão Capelo Gaivota), mas posso estar falando uma baita besteira....hehehehehehehehe

 

DSC05466.jpg

 

DSC05467.jpg

 

DSC05472.jpg

 

DSC05475.jpg

Eles fazem muitos rasantes e nos olham curiosos, tirei muitas fotos do céu vazio, já que tinha que mirar com o zoom acionado....hehehehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse foi mais fácil de fotografar, estava há uns 10 metros e com o zoom, nem deu bola pra gente....hehehehehehe

 

DSC05489.jpg

 

DSC05490.jpg

 

DSC05491.jpg

 

Intercalamos fotos dos "lobitos" com a nossa amiga lá atrás, que aqui se avistava num ângulo melhor.

 

DSC05494.jpg

 

DSC05497.jpg

 

DSC05498.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha só a altura de onde ficam os "lobitos"

 

DSC05501.jpg

 

DSC05505.jpg

 

DSC05510.jpg

Um casal a fêmea é bem menor e tem o tom mais claro.

 

DSC05529.jpg

 

DSC05528.jpg

 

Estavamos nos despedindo do lugar, quando um casal de argentinos, num carro, nos chamou para vermos a Ballena, e foi uma conversa longa, de cerca de 1 h, nos falou sobre um caminho melhor para vir para cá, menos caminhões, menor distância do que a Ruta 3, falou da Ruta 40, nos perguntou do Brasil, a esposa queria muito conhecer o Brasil, já que só conhecia via novelas, viu Rad, lá passa as novelas da Globo....heheheheheh

 

Foram muitos simpáticos e nos falaram do passeio para avistar as ballenas de barco, nos contou do preço e que saiam agorinha, que valia a pena, bom eu sou muito fã de baleias, nunca trabalhei/pesquisei por pura falta de tempo, tive até uma pré conversa com um prof. amigo que trabalha com ecologia marinha, enfim, oportunidade tive.

 

Mas, faltou/falta alguns detalhes, tempo é um dos centrais, falta de apoio, Einsteins já dizia, a ciência é ótima, desde que vc não tenha que viver dela, pois é. Einstein disse isso, agora imagine um graduando, tentando fazer pesquisa com baleias no Brasil........

 

Enfim, fui realizar um "sonho", estar próximo das ballenas.

 

Corremos até o P. Pirámides novamente, onde ficam as agências que fazem o passeio até as Ballenas.

 

Chegamos lá no primeiro mesmo, um que tem formato de barco, a agência parece um barco ocêanico, um barato a construção, pena não ter achado fotos aqui, devemos ter tirado, mas não sei se ficaram boas, ou sumiram.

 

Enfim, já tinha uma turma se aprontando, colocando coletes e nós aparecemos de intrusos.

 

A patroa desceu correndo e foi até o escritório, tinha sim vagas e teríamos que nos aprontar naquele instante.

 

Largamos os capacetes e a mala tanque, no porão do escritório, lugar que fica trancado com cadeados e seja o que Deus quiser.

 

Ainda me lembro de um carinha indo olhar "muito" a moto que ficou estacionada em frente ao escritório, enquanto íamos até a praia, lá o barco nos esperava.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sai ali mesmo da praia, é rebocado por um "trator" que entra na água e libera o bicho da sua plataforma.

 

Atendendo a pedidos:

 

DSC05534.jpg

 

DSC05535.jpg

 

DSC05537.jpg

 

O barco era composto por 3 tripulantes, um falava inglês e para nossa surpresa Português, mas só quando conversava conosco, e outro só no Castelhano, fora esses dois tinha o Capitão do barco.

 

O bacana é que tinham muitos estrangeiros, muitos europeus, tinha um casal ao nosso lado que era, na minha opinião, de um daqueles países do Norte da Europa, pois não era alemão, a língua que eles falavam, mas lembrava as pronúncias em alemão.

 

Enfim, o legal é que tinha a tecla SAP(tradução posterior para o inglês) que nos deixou bem por dentro do que estavam falando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A patroa depois de um tempinho de fotografias, ficou assim

 

DSC05544.jpg

 

A nossa preocupação era que eu mareava, na verdade só aconteceu uma vez, quando fui pelo IO num estágio na Marinha Mercante no RJ, fomos de lancha da marinha até a Ilha do Farol, o problema é que a lancha que era enorme, estava afundando a proa inteira no mar, de tão agitado que estava, enfim, teve um momento que quase afundou, dado a agitação do mar.

 

Ficamos naquele dia mareados, eu e o rapaz que eu acompanhava e mais 3 marinheiros da Marinha, gente que faz isso todo o dia....hehehehe

 

Enfim, a preocupação era que eu marease, mas a patroa toda confiante, falou que já sabia que não ia marear, enfim, tem algumas fotos dela, antes dela marear.....heheheheh

 

DSC05545.jpg

 

DSC05546.jpg

 

O legal foi o pronto atendimento, o SAP (que falava português), chamava-se Fernando veio correndo prestar ajuda e convenceu a patroa a ficar com um saquinho plástico ....heheheheheheheheheheheeheh... no caso de emergência, falou para ela olhar as montanhas, já que elas não se "moviam", tiramos o colete salva vida dela e ela tirou a jaqueta, assim tomou um ar frio.

 

DSC05549.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...