Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
val.nascimento

Jeri, Fortaleza ... do Paraíso as novas aventuras que o destino vai me reservar ...

Posts Recomendados

Faz tempo que não apareço por aqui, mas vou tentar lembrar todos os momentos da minha ultima viagem, fui pra Jeri sozinha, nossa que lugar incrível, achei meio cansativo ate lá, mas depois que cheguei valeu todo sacrifício.

Sai da minha cidade no dia 20 de Fevereiro, às 5 da manhã, fiz uma escala em Guarulhos, mas foi rápido, antes das 11:30 já estava em Fortaleza, assim que cheguei chamei um Uber e fui para pousada, agora não vou lembrar o nome, mas era perto da praia de Iracema. Fiz meu check-in, deixei as malas no quarto e sai para almoçar,  fui caminhando até a praia, almocei em um quiosque perto da praia e fiquei admirando a beleza do local, uma praia urbana, mas estava bem vazia, caminhei pelo calçadão e voltei pra pousada.

38728914_260517438098480_1715930591137890304_n.thumb.jpg.d5fa27d5f354459223c6405e7f5db99f.jpg

À noite resolvi ir conhecer a feirinha, famosa no calçadão, mas preferi ir de uber, em um lugar estranho, melhor não arriscar,  olhei as barraquinhas, comprei umas coisinhas, até que fui abordada por uma moça, para ir assistir um show de piadas, resolvi ir, afinal eu estava no Ceara, dizem que os melhores comediantes são daqui, dei risada, comi, incluía pizza no show de comedia, assim que acabou de novo chamei um uber e fui pra pousada, precisava dormir, tive um dia cansativo.

No dia seguinte bem cedinho, segui viagem para Jeri, de van já tinha contratado junto com a hospedagem de Jeri, o transfer para lá, nossa foi o dia todo praticamente, fomos até Jijoca, às vans só podem ir até esse ponto, descemos almoçamos, ha tem que pagar uma taxa por dia para ficar em Jeri, fizemos tudo isso na parada, e seguimos em uma caminhonete 4x4, pensei que nunca mais ia chegar muita areia, já na pousada mesmo procedimento, check-in, ir para o quarto deixar as malas e fazer reconhecimento do local, andei bastante, achando tudo muito diferente, as ruas todas de areias, com famosos "becos" que atravessam de uma rua para outra tudo meio que perto, mas eu confesso que me perdi. Na praia sentei na areia, fiquei observando até o por do sol, eu estava pertinho das dunas do Por do sol  onde todos sobem até la para ver melhor atração, mas não me animei para fazer isso.  Voltando para a pousada fiquei mais admirada ainda, com lugar que não existe iluminação publica,  que a luz das pousadas, bares é o que ilumina as ruas, de volta em "casa" fui curtir a noite quietinha no meu canto, essas viagens que eu faço, eu gosto muito de passear conhecer novos lugares, mas as noites eu prefiro ficar mais de boa, mas como toda regra a uma exceção, uma ou outra eu ainda saio.

Acordei cedo pra ir conhecer Jeri, já que estava por la, vamos conhecer tudo, que der tempo, tomei café e na pousada mesmo peguei um buggy para conhecer o  litoral leste dividi o mesmo com duas paulistas ,foram ótimas companhias, nos divertimos, rimos, valeu a pena cada minuto. Acredito eu que é o lado mais conhecido, onde passamos os principais pontos turísticos, como a Pedra furada, mas só observamos de longe, resolvemos não parar,  combinamos com o guia onde iríamos parar mais tempo, ai seguimos para a Árvore da Preguiça, com muita aventura nas dunas de areia, tem esse nome devido  a  dificuldade que árvore teve em se erguer, parece até que está se rastejando, seus galhos se estendem por cerca de 4 metros e isso aconteceu devido aos fortes ventos que tem em Preá, não se vê nada ao lado a não ser dunas, o mar e a Árvore da Preguiça.

38831419_1678671978912060_9141155651160899584_n.thumb.jpg.0aa9b023f13a1a5c15f6b3e0b3157532.jpg

Em seguida passamos pela praia do Preá, apenas para fotos e seguimos para a Lagoa Azul, uma lagoa simples, tem redinha na água tiramos fotos, ficamos  por um tempo e continuamos,  mas não se compara com a lagoa do Paraíso, que  é realmente um paraíso,  onde existe dois pontos de apoio o  The Alchymist Beach Club, esse você paga para entrar, há estudante paga meia, e um outro um pouco mais a frente onde nós ficamos, sensacional valeu a pena cada minuto da aventura de buggy até la, tomar caipirinha nas redes sobre as águas não tem como explicar, eu estava no paraíso.

38808223_239554573563695_6356384102945390592_n.thumb.jpg.e351231d56a2b71578405d6bae28c298.jpg

No próximo dia não tinha nada marcado pra fazer, então o que fazer, uma das meninas do dia anterior me ligou e me chamou para ir caminhando até a famosa Pedra furada, eu tinha que ir, pensa em uma caminhada exaustiva, debaixo do sol quente, pedras, gramas, mas nós fomos, nossa que sensacional, esculpida pela natureza via ondas do mar, a Pedra Furada fica na praia de Jericoacoara, e é o cartão postal do Ceará, dizem que no mês de julho dá pra ver o sol se pôr pelo buraco da pedra, deve ser lindo, fomos pela estrada e voltamos pelo mar com a maré baixa da para fazer isso, foi cansativo mas valeu muito a pena.

38725307_670377209986308_7399733625962364928_n.thumb.jpg.665bb60be4b8972b5d828b388b2189f8.jpg

À tarde voltamos para a lagoa do Paraíso, pegamos uma caminhonete 4x4 e rumo ao paraíso dessa vez ficamos no ponto de apoio The Alchymist Beach Club,  nossa valeu muito a pena voltar, é lindo de mais, a estrutura é sensacional, as redes, só indo pra saber. De volta na vila paramos  para um lanchinho e refrescar com uma gelada,  já à noite peguei um dos "becos" e fui dormir, teria uma nova aventura no dia seguinte.

Passeio de Buggy logo cedo litoral Oeste agora da vila,  fomos com dois buggy, eu uma família que não me recordo da onde era,  mas muito legais, pessoas que conhecemos assim são os melhores, não te julgam, e acabam fazendo com que sua viagem se torne incrível, esse passeio inclui uma parada no delta do Guriú, onde você pega um barquinho de madeira para ver cavalos marinhos, eu não fui ver, devia ter ido pois eu  já estava la mesmo, mas não acho graça nisso, depois disso, o buggy atravessa o delta numa balsa, passa pelo mangue seco até chegar na velha Tatajuba (vila que foi soterrada pelas dunas) e pela nova Tatajuba, que tem uma vista deslumbrante do mar, que passeio sensacional, fiquei admirada pelos mangue seco.

828530894_38770598_227204627978509_291956788561969152_n(1).thumb.jpg.5d89776fd7d71899c7107ab7beba5865.jpg

 Curti cada momento,  logo em seguida, está a duna do funil, onde é possível fazer sandboard e esquibunda e, por fim, o passeio termina na lagoa Torta, onde há um ponto de apoio para comer e beber com os pés na água, lugar bacana, redinhas sobre água com uma caipirinha não tinha coisa melhor naquele momento.

38864667_638054543243214_2019976196514643968_n.thumb.jpg.bbd7be4ec4d40a8f13931afe54e1b068.jpg

À noite tive que sair da minha zona de conforto fui conhecer a vila, era minha ultima noite por lá, aproveitei pra fazer umas comprinhas, tirar fotos, beber uma caipirinha, tinha uma rua com tantos quiosques de caipirinha, nunca tinha visto nada igual,  aproveitei também e fui no forro da Dona Amélia, ponto de encontro em Jeri, para quem curte uma boa musica vale muito a pena, e na hora de ir embora começou a chover, muita chuva e pra ir  não tinha como,  parei para comer um lanche e a chuva caia legal, era até bonito de ver as areias das ruas tudo sendo carregada pela fortes correntezas de água, o jeito foi encarar a chuva, tirar o chinelo e seguir, chuva no Ceara, tava uma delicia, valeu cada momento nesse lugar, posso dizer que aproveitei, eu fui feliz nesses dias, só um detalhe vai de chinelo, nada de muito luxo, as ruas de areias, nada melhor que o bom e velho havaianas.

Continuando a minha aventura pelo Ceara, logo cedo o meu carro chegou, mas uma vez rumo a Lagoa do Paraíso, dessa vez para almoçar e seguir para fortaleza, nossa a volta foi mais cansativa, o dia todo até chegar na pousada, o que eu fiz quando cheguei deitei e dormi,  quem lê pode achar estranho que eu não curto as noites, mas eu prefiro assim.

Como eu ia ter poucos dias em Fortaleza então optei em fazer logo no primeiro dia o passeio três praias, conhecido assim pelas agencias, para quem tem pouco tempo, mas bom para conhecer três praias em um dia a de Morro Branco, das Fontes e Canoa Quebrada. Este Tour tem duração de um  dia inteiro, inicia pelo litoral leste às três principais praias da região onde a primeira parada foi em (Morro Branco) distante cerca de 85Km de Fortaleza, de buggy, eu fiz o passeio onde conheci as principais características de Morro Branco, as falésias abertas pela erosão do vento e da chuva nas quais surgem as areias coloridas, ainda com o buggy já passei também na segunda praia (Praia das Fontes) eu tive sorte nesse passeio como tava todos em grupos eu fiquei sozinha no buggy, pela praia foi sensacional,  logo em seguida voltamos para o ônibus e seguimos para a terceira praia  (Canoa Quebrada), adorei o passeio meio cansativo mas vale a pena para quem ta com o tempo "apertado", Canoa quebrada é bonito, quem sabe em um futuro próximo eu volto com mais tempo, enquanto espera no ponto de apoio meu almoço, conheci um menino que faz aquelas garrafinhas com areias coloridas, ele fez uma copo bem bacana para mim, foi bem legal, super simpático ainda me levou para tirar foto no famoso letreiro de Canoa Quebrada.

38770634_427198831103893_1699563578874396672_n.thumb.png.79cab292ab58d9e4780dfb416e300c08.png

E meu passeio continua hoje, será para onde? Não podia deixar de ir ao Beach Park é um complexo turístico na praia de Porto das Dunas, município de Aquiraz, a 26 quilômetros de Fortaleza, foi sensacional, a infraestrutura do parque é de primeiro mundo, e a praia nem se fala é linda e os brinquedos muito divertidos, o parque não é muito barato não $220 a entrada, ainda bem que consegui usar minha carteirinha, detalhe não é todas que eles aceitam, nesse passeio conheci um pessoal de BH foi de mais, andamos em todos os brinquedos, ainda bem que eu fui em baixa temporada, conseguir andar em todos, e ate repetir os que mais gostei, mas um dia de férias e viajem que segue.

2145340786_38753029_820396725016105_1191455281171660800_n(1).thumb.jpg.09a77d550d9f298abd1d148e9f1cc469.jpg

Praia de Lagoinha, meu ultimo passeio em Fortaleza, fica a 130km da capital do Ceará, a praia é muito bonita e conta com um ponto de apoio bem estruturado, com ótimas opções de almoço, é opcional mas tem que fazer um passeio que inclui buggy, catamarã e “pau de arara”, que vale muito a pena, pois mostra outros lugares tão bonitos quanto a praia, como esse passeio acontece na parte da manhã, é possível aproveitar a bela praia a tarde toda, tem uma duração aproximadamente de duas horas passeando pela cidade e conhecendo outros locais próximos a Lagoinha com esses três meios de transporte, o ônibus de turismo vai até a praia e de lá  fizemos  a primeira parte do trajeto de "pau de arara" até um ponto de apoio que fica na Lagoa das Almécegas onde eles fazem uma parada de cerca de meia hora pra banho, de la seguimos de catamarã e atravessa a lagoa, ao chegar do outro lado você continua o restante do passeio de buggy que te leva pra algumas paradas e fotos em diversos locais, dunas, praias e o local do famoso cartão postal da Praia de Lagoinha.

38788502_1755615181154885_4031890851083845632_n.thumb.jpg.e5c41e0f7ce58ab088fa66a92dd426a1.jpg

De volta em Fortaleza, à noite fui novamente à feirinha, comprar umas lembrancinhas, inclusive comprei um vinho de caju, que até hoje eu não experimentei para ver se é bom, isso porque deu trabalho para eu trazer, no aeroporto não queria me deixar despachar, mas eu dei meu jeitinho de brasileiro.

Despedindo-me de Fortaleza, fui para o aeroporto, mas as minhas ferias, ainda não tinha terminado, ia seguir para Recife, de lá seguiria para Porto de Galinhas, mas Porto era mais para descansar mesmo, nada de passeios, só ficar de boa curtindo a linda praia de Porto de galinhas,  me sinto bem lá por isso todo ano eu volto, voltei para casa no dia 07 de março, com escala em Viracopos, a volta foi mais demorada sai de Recife as 13:00 cheguei em casa as 19:30.

451087078_38745593_284742775438681_5500569864437235712_n(1).thumb.jpg.4d7899277ae0404e6e11b23e45f40663.jpg

O que dizer da minha viagem, sem muitos detalhes, porque eu demorei muito para resolver escrever, espero que eu tenha conseguido transparecer como foi a minha aventura pelo Ceara, eu sempre viajo sozinha, não sei se é por escolha ou por falta de opção, mas o que eu posso dizer que não me arrependo nenhum momento das minhas decisões, eu sou/fui feliz assim. Às vezes somos julgados, mas nem tudo que aparenta ser é o que realmente é,  espero que as pessoas que me julga, um dia consiga perceber, que eu sou apenas uma menina que quer ser feliz.

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Seja [email protected] ao Mochileiros.com

    Faça parte da maior comunidade de mochileiros e viajantes independentes do Brasil! O cadastro é fácil e rápido! 😉 

×