Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Thaís de Jesus

Imigração no Reino Unido

Posts Recomendados

Estou indo fazer um mochilão na Europa no final do ano sozinha começando pelo Reino Unido. Eu pretendo ficar do dia 10/12 até o dia 02/01 por lá incluindo algumas cidades da Inglaterra, Edimburgo na Escócia e Dublin na Irlanda e depois do dia 02/01 já vou para França e quero saber como tá a situação por lá e alguma dicas de como vai ser.

Eu só passei pela imigração uma vez na vida nos Estados Unidos, mas como fui com meus pais foi bem suave.

Preciso ressaltar que não trabalho com carteira registrada atualmente (faço uns bicos de vez em quando), não estou estudando (vou começar quando voltar de viagem ano que vem) e sei que isso talvez complicaria as coisas. Conheço uma pessoa por lá que pretendo encontrar porém não irei comentar nada.

Vou ficar em hostel então já irei ter a comprovação de hospedagem e já terei todas as passagens compradas, como de Londres > Paris, do resto da viagem e inclusive a passagem de volta para o Brasil do último país que for visitar. Já tenho também um dinheiro guardado pra poder comprovar que tenho como me manter lá.... No que mais eu deveria me preocupar? (Alguém tem alguma ideia de quanto eu deveria levar? Porque levarei tudo em Libra e depois converterei para Euros conforme o caminhar da viagem)

 

Ps: Irei comprar as passagens no final desse mês/começo de Setembro e estou disposta a comprar um SP > Lisboa e Lisboa > Dublin/Edimburgo se a imigração por lá for mais tranquila.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

20 minutos atrás, Thaís de Jesus disse:

No que mais eu deveria me preocupar?

Seguro saúde com cobertura de 30 mil Euros e validade no Espaço Schengen.

No mais, é isto mesmo, o que você é de passagens de volta compradas e marcadas, reservas de hospedagem, seguro saúde, dinheiro suficiente e saber explicar o que você pretende fazer lá.

22 minutos atrás, Thaís de Jesus disse:

Alguém tem alguma ideia de quanto eu deveria levar?

O suficiente para pagar as suas despesas.

Se você for pagar hostel, uma refeição decente por dia e lanche nas demais refeições, entradas e passeios e metrô, você vai gastar em torno de 60 a 70 Euros/Libras por dia, que é a quantidade mínima recomendada, mas sempre é bom ter um pouco mais, para algum imprevisto.

25 minutos atrás, Thaís de Jesus disse:

Porque levarei tudo em Libra e depois converterei para Euros conforme o caminhar da viagem)

quanto dias você vai ficar na França ou outros países que usam Euros?

Toda vez que você troca dinheiro, você perde em torno de 5% do valor do dinheiro, então você já vai perder 5% quando trocar os seus Reais por Libras, e depois quando trocar as Libras por Euros, você perde outros 5%...

Então ao invés de levar só libras, leve também alguns Euros já do Brasil, assim você não perde tanto dinheiro assim nas múltiplas conversões. Dependendo de quantos dias você ficar na França ou outros países que usem Euro, eu recomendaria levar meio a meio, metade libras e outra metade em euros, ou se for ficar menos tempo na França, levar uns 25% a 30% em Euros e o resto em Libras.

E se por acaso sobrarem ou algumas libras você sempre pode trocar os seus Euros por Libras...

 

31 minutos atrás, Thaís de Jesus disse:

Ps: Irei comprar as passagens no final desse mês/começo de Setembro e estou disposta a comprar um SP > Lisboa e Lisboa > Dublin/Edimburgo se a imigração por lá for mais tranquila.

As regras e exigências são exatamente iguais em Londres, Dublin, Edinburgh, Lisboa, Madrid, etc... Se você estiver indo com tudo certo, dificilmente terá problemas com a imigração, independente de por onde você entre, mas se estiver indo fazer coisa errada ou tiver problemas com os comprovantes, provavelmente vai ter problema em qualquer lugar que você entrar.

Só um detalhe, se você comprar uma uma passagem SP x Lisboa e depois Lisboa x Dublin/Edinburgh, você vai ter uma passagem adicional pela imigração para se preocupar.

Por que neste caso, comprando separado até Lisboa, primeiro você teria que passar na imigração de Portugal, registrando a sua entrada no Espaço Schengen, retirar a bagagem, fazer um novo check-in, passar no raio-x e imigração registrando a saída do Espaço Schengen.

E ao chegar em Dublin/Edinburgh, passaria pela imigração novamente, e quando for para a França, passaria novamente pela imigração do Espaço Schengen.

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, Thaís de Jesus disse:

Estou indo fazer um mochilão na Europa no final do ano sozinha começando pelo Reino Unido. Eu pretendo ficar do dia 10/12 até o dia 02/01 por lá incluindo algumas cidades da Inglaterra, Edimburgo na Escócia e Dublin na Irlanda e depois do dia 02/01 já vou para França e quero saber como tá a situação por lá e alguma dicas de como vai ser.

Você está ciente da época que você vai? 

Que vai ser inverno por lá, e que o clima na Escócia e Irlanda que normalmente já é ruim, provavelmente será uma merda, com muito frio, chuva, vento e dias cinzentos, e que por causa disto muitos passeios que por ventura você queira fazer podem não estar funcionando ou serem uma merda?

Então viajando no inverno, seja realista e não criei expectativas demais quanto a Escócia e Irlanda durante o inverno, pois o clima pode não colaborar e estragar quase todos os seus planos.

https://www.e-dublin.com.br/irlanda-em-alerta-vermelho-por-conta-da-tempestade-emma/

 

Outra coisa, cuidado com os dias 25/12 e 01/01, são dias complicados, onde nada abre, em algumas cidades como Londres nem metrô, ônibus e táxi funcionam nestes dias.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, 234234 disse:

Seguro saúde com cobertura de 30 mil Euros e validade no Espaço Schengen.

No mais, é isto mesmo, o que você é de passagens de volta compradas e marcadas, reservas de hospedagem, seguro saúde, dinheiro suficiente e saber explicar o que você pretende fazer lá.

O suficiente para pagar as suas despesas.

Se você for pagar hostel, uma refeição decente por dia e lanche nas demais refeições, entradas e passeios e metrô, você vai gastar em torno de 60 a 70 Euros/Libras por dia, que é a quantidade mínima recomendada, mas sempre é bom ter um pouco mais, para algum imprevisto.

quanto dias você vai ficar na França ou outros países que usam Euros?

Toda vez que você troca dinheiro, você perde em torno de 5% do valor do dinheiro, então você já vai perder 5% quando trocar os seus Reais por Libras, e depois quando trocar as Libras por Euros, você perde outros 5%...

Então ao invés de levar só libras, leve também alguns Euros já do Brasil, assim você não perde tanto dinheiro assim nas múltiplas conversões. Dependendo de quantos dias você ficar na França ou outros países que usem Euro, eu recomendaria levar meio a meio, metade libras e outra metade em euros, ou se for ficar menos tempo na França, levar uns 25% a 30% em Euros e o resto em Libras.

E se por acaso sobrarem ou algumas libras você sempre pode trocar os seus Euros por Libras...

 

As regras e exigências são exatamente iguais em Londres, Dublin, Edinburgh, Lisboa, Madrid, etc... Se você estiver indo com tudo certo, dificilmente terá problemas com a imigração, independente de por onde você entre, mas se estiver indo fazer coisa errada ou tiver problemas com os comprovantes, provavelmente vai ter problema em qualquer lugar que você entrar.

Só um detalhe, se você comprar uma uma passagem SP x Lisboa e depois Lisboa x Dublin/Edinburgh, você vai ter uma passagem adicional pela imigração para se preocupar.

Por que neste caso, comprando separado até Lisboa, primeiro você teria que passar na imigração de Portugal, registrando a sua entrada no Espaço Schengen, retirar a bagagem, fazer um novo check-in, passar no raio-x e imigração registrando a saída do Espaço Schengen.

E ao chegar em Dublin/Edinburgh, passaria pela imigração novamente, e quando for para a França, passaria novamente pela imigração do Espaço Schengen.

 

Bom, eu tava pensando em levar pelo menos £1000 (ficarei 14 dias no RU). Pelo que disse então levarei mais €500, não acredito que tenha condições de levar €3000+ (levando em conta 60 por dia) e ainda pagar pela viagem, isso sairia beeeem mais caro do que eu tô planejando gastar com essa viagem inteira.

Em relação ao fato de não ter nenhum vínculo comprovado com o Brasil (emprego ou estudo já que ainda não terei a comprovação de matrícula) tem como eles implicarem com isso?

Levar em consideração que eu vou levar só uma mochila mesmo já que não quero pagar mais dinheiro só pra despachar e meu Inglês é muito bom, de nível avançado então conversação na hora não vai ser um problema.

Vi também que falaram que em Dezembro sempre tem muita gente indo pra lá e isso faz com que a imigração seja mais “fácil” pois os agentes não possuem o tempo necessário pra “interrogar” todos que passam por ali.

E outra dúvida: Londres vai ser só um pit stop, no mesmo dia vou pegar um vôo para Dublin e de Dublin irei para Edimburgo para então re-entrar na Inglaterra, vou precisar passar por mais alguma imigração nesse caminho?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, 234234 disse:

Você está ciente da época que você vai? 

Que vai ser inverno por lá, e que o clima na Escócia e Irlanda que normalmente já é ruim, provavelmente será uma merda, com muito frio, chuva, vento e dias cinzentos, e que por causa disto muitos passeios que por ventura você queira fazer podem não estar funcionando ou serem uma merda?

Então viajando no inverno, seja realista e não criei expectativas demais quanto a Escócia e Irlanda durante o inverno, pois o clima pode não colaborar e estragar quase todos os seus planos.

https://www.e-dublin.com.br/irlanda-em-alerta-vermelho-por-conta-da-tempestade-emma/

 

Outra coisa, cuidado com os dias 25/12 e 01/01, são dias complicados, onde nada abre, em algumas cidades como Londres nem metrô, ônibus e táxi funcionam nestes dias.

Sim, estou ciente do clima. Eu vou no dia 10/12 e Dublin e Edimburgo são as primeiras cidades que irei. Estou ciente também que muito passeio que queria fazer pelas Terras Altas da Escócia estão fora de cogitação, porém pretendo continuar com esse mochilão de inverno. Dia 25/12 e dia 1/1 irei passar com uma amiga que mora em Londres, então não vou ter que me preocupar com isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Thaís de Jesus disse:

Bom, eu tava pensando em levar pelo menos £1000 (ficarei 14 dias no RU). Pelo que disse então levarei mais €500, não acredito que tenha condições de levar €3000+ (levando em conta 60 por dia) e ainda pagar pela viagem, isso sairia beeeem mais caro do que eu tô planejando gastar com essa viagem inteira.

Você vai ter que pagar hostel lá? Ou vai ficar na casa de amigos? Ou já vai ir com eles pagos daqui?

Uma diária de hostel custa em média 20 a 25 Libras/Euros, um almoço ou jantar num restaurante simples, pedindo um prato simples + algo para beber custa entre 15 e 20 Libras/Euros.

Lanche na rua, custa 2 a 4 Libras/Euros dependendo do que for pedir, um café, chocolate quente, chá, você vai tomar vários por dia devido ao frio, custa 2 ou 3 Libras/euros, metrô/ônibus custa uns 2 Euros/Libras por viagem e você vai usar um monte em Londres e Paris, eu separo pelo menos 5 Euros/Libras para isto.

Você não vai querer atravessar meio mundo para ficar lá do lado de fora das atrações turísticas passando frio e morrendo de vontade de entrar, mas não o poder fazer por se pagar os 15 Euros/Libras de ingresso, você não terá dinheiro para almoçar amanha. Eu separo entre 10 e 15 Euros/Libras por dia para passeios e ingressos...

Somando 20 Libras de hostel + 15 Libras de almoço + 15 Libras de lanches e café na rua, lanches para jantar e café da manhã + 5 Libras para metrô + 15 Libras para ingressos e passeios, dá 70 Libras por dia, já sendo econômico.

Economizando bastante, talvez você consiga reduzir para uns 60 Euros/Libras por dia, mas não tem muito o que fugir deste  valor se você precisar pagar hospedagem, alimentação, metrô e passeios.

Se conseguir ficar hospedada na casa da sua amiga em Londres, você pode reduzir estes custos um pouco, mas você precisa providenciar uma carta convite da sua amiga, com ela assumindo a responsabilidade pela sua estadia, e ela tem que estar legalmente lá, e ter condições de lhe receber, pois os agentes de imigração podem querer verificar a situação da sua amiga...

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, 234234 disse:

Você vai ter que pagar hostel lá? Ou vai ficar na casa de amigos? Ou já vai ir com eles pagos daqui?

Uma diária de hostel custa em média 20 a 25 Libras/Euros, um almoço ou jantar num restaurante simples, pedindo um prato simples + algo para beber custa entre 15 e 20 Libras/Euros.

Lanche na rua, custa 2 a 4 Libras/Euros dependendo do que for pedir, um café, chocolate quente, chá, você vai tomar vários por dia devido ao frio, custa 2 ou 3 Libras/euros, metrô/ônibus custa uns 2 Euros/Libras por viagem e você vai usar um monte em Londres e Paris, eu separo pelo menos 5 Euros/Libras para isto.

Você não vai querer atravessar meio mundo para ficar lá do lado de fora das atrações turísticas passando frio e morrendo de vontade de entrar, mas não o poder fazer por se pagar os 15 Euros/Libras de ingresso, você não terá dinheiro para almoçar amanha. Eu separo entre 10 e 15 Euros/Libras por dia para passeios e ingressos...

Somando 20 Libras de hostel + 15 Libras de almoço + 15 Libras de lanches e café na rua, lanches para jantar e café da manhã + 5 Libras para metrô + 15 Libras para ingressos e passeios, dá 70 Libras por dia, já sendo econômico.

Economizando bastante, talvez você consiga reduzir para uns 60 Euros/Libras por dia, mas não tem muito o que fugir deste  valor se você precisar pagar hospedagem, alimentação, metrô e passeios.

Se conseguir ficar hospedada na casa da sua amiga em Londres, você pode reduzir estes custos um pouco, mas você precisa providenciar uma carta convite da sua amiga, com ela assumindo a responsabilidade pela sua estadia, e ela tem que estar legalmente lá, e ter condições de lhe receber, pois os agentes de imigração podem querer verificar a situação da sua amiga...

Vou ficar em hostel e esse valor que eu comentei é sem contar o dinheiro que eu vou levar para hospedagem (que está separado junto ao dinheiro de transporte entre as cidades que basicamente é o valor que eu tô considerando essa viagem sem contar o que vou gastar com transporte público/ atrações/ alimentação). Pretendo ter todos os hostels reservados com uma taxa, porém o pagamento ser feito no dia da minha entrada pessoalmente, mas novamente, esse dinheiro é um dinheiro que não entra nesses £1000 + €500 (tanto os hostels do RU quanto do resto da Europa), esse seria o dinheiro para transporte público/ atrações/ alimentação. Então em mãos eu levaria mais uns £740 ou €830 só pra pagar os hostels se a conversão que eu acabei de fazer está correta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tirando hostel, que seria uns 20 a 25 Euros/libras por dia, uma estimativa de gastos realista de um turista/mochileiro ainda fica na faixa dos 40 a 50 Euros/Libras por dia.

Dividindo £ 1.000 por 50, daria para uns 20 dias no Reino Unido, e dividindo 500 Euros por 50, daria para uns 10 Dias na França. Como você falou que seriam uns 14 dias no Reino Unido, e uns 10 entre Irlanda e França, a principio seria uma quantia suficiente para não passar aperto, mas sem esbanjar.

Mas independente disto, tenha uma reserva para imprevistos, pode ser um cartão de crédito, pois voos e trens cancelados por mau tempo podem lhe custar uma boa quantidade de dinheiro com despesas não previstas.

 

17 minutos atrás, Thaís de Jesus disse:

se a conversão que eu acabei de fazer está correta.

Não sei qual cotação você usou, mas tem que usar a cotação Turismo e não a comercial, você pode dar uma conferida no valor real neste site, não esqueça de somar 1.1% de IOF para dinheiro em espécie e 6.38% para cartão.

https://www.avscambio.com.br/taxas-de-cambio-curitiba

Estas cotações também podem mudar bastante até o final do ano, podem mudar tanto para baixo e lhe ajudar, ou para cima e lhe prejudicar, então é bom sempre ter uma folga de uns 10% a 15% para acomodar as eventuais flutuações do câmbio.

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Thaís de Jesus disse:

Em relação ao fato de não ter nenhum vínculo comprovado com o Brasil (emprego ou estudo já que ainda não terei a comprovação de matrícula) tem como eles implicarem com isso?

Provavelmente eles perguntem o que você faz no Brasil, fale a verdade, que você juntou o dinheiro com empregos anteriores, e que vai começar a estudar após a viagem.

Afinal, não tem outra coisa que você possa falar, a não ser mentir, mas se por que se eles descobrirem ou desconfiarem que você está mentindo, será bem pior, então sempre fale a verdade.

 

1 hora atrás, Thaís de Jesus disse:

 Vi também que falaram que em Dezembro sempre tem muita gente indo pra lá e isso faz com que a imigração seja mais “fácil” pois os agentes não possuem o tempo necessário pra “interrogar” todos que passam por ali.

Isto é lenda, simplesmente não é verdade, eles não afrouxam a imigração só por que tem mais gente, na verdade acho que é até o contrário, eles até apertam um pouco a fiscalização em épocas de muita gente, pois eles sabem que é justo nestes momentos que o pessoal tenta entrar irregularmente.

Mas se você estiver com tudo certo e não contar uma história sem sentido na imigração, não tem o que temer, dificilmente terá problemas.

1 hora atrás, Thaís de Jesus disse:

E outra dúvida: Londres vai ser só um pit stop, no mesmo dia vou pegar um vôo para Dublin e de Dublin irei para Edimburgo para então re-entrar na Inglaterra, vou precisar passar por mais alguma imigração nesse caminho?

Irlanda, Irlanda do Norte, Escócia, Pais de Gales e Inglaterra formam um espaço comum, onde não existe processo de imigração para circular entre eles.

Você só passa na imigração no primeiro país, e depois pode circular livremente entre eles sem passar na imigração, eventualmente tem alguma fiscalização para reforçar a segurança ou pegar ilegais, mas se estiver com tudo certo, não tem o que temer.

1 hora atrás, Thaís de Jesus disse:

Levar em consideração que eu vou levar só uma mochila mesmo já que não quero pagar mais dinheiro só pra despachar.

Cuidado com esta história, você vai no inverno, vai ficar relativamente bastante tempo, precisa levar mais roupa pesadas para o frio, e uma mochila de 45 Litros (o limite máximo permitido) geralmente é meio pequeno para levar tudo o que você precisa no inverno, ou se couber na mochila, não sobra um espacinho sequer para você comprar uma lembrancinha.

Então valie bem se você vai conseguir virar um mês inteiro durante o inverno só com uma mochila de 45 Litros, para não descobrir em cima da hora que não cabe tudo dentro da mochila, ou ser barrada lá no aeroporto com uma mochila maior, e ter que pagar R$ 300 ou 400 para despachar lá na hora, sendo que se tivesse planejado, e comprado bagagem despachada antes, custaria bem mais barato.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×