Ir para conteúdo

Passeio rápido a Fortaleza


Mochila da Juli

Posts Recomendados

  • Membros

Sempre quis conhecer Fortaleza... essa capital tão nordestina... Demorou mas foi!

 

Fui com uma amiga para um Congresso de Pós-Graduação em Psicologia na UNIFOR. Pudemos conhecer alguns lugares interessantes e aprender um pouquinho sobre essa cidade e esse povo pra lá de hospitaleiro e peculiar. Também conseguimos aprender sobre o que não fazer, onde não ir e onde não se hospedar. Pra não deixar esse post muito extenso, vou trazer algumas dicas, úteis aos mochileiros que desejarem visitar a ‘Cidade da Luz’.

 

 

Praias

Conhecemos algumas praias legais, outras nem tanto. Por falta de tempo não pudemos ir para Jeri e Canoa Quebrada (que são os cartões de visita do CE). Ficamos pelas praias mais próximas. Via de regra, as do centro são sujas e poluídas. Nem pense em arriscar um banho de mar ou um ‘lagarteio’ nas areias de Iracema, Mucuripe ou Meireles, por exemplo. Você corre o risco de pegar doenças e isso, definitivamente, não é legal.

Opte pelas praias mais afastadas, como é o caso da Praia do Futuro - super movimentada e com boa infra-estrutura. Já Ponta das Dunas (município de Aquiraz), está em pleno crescimento, com muitos resorts e condomínios de luxo sendo erguidos em todo o canto. A praia é bonita, o mar azulzinho... mas me causou um certo desconforto ver tanta construção ao redor... triste saber que, em pleno século XXI, as pessoas insistem em destruir e privatizar a paisagem natural que deveria ser de todos.

Definitivamente, a Praia do Cumbuco, no município de Caucaia, é a mais legal que conheci. Se você puder andar um pouquinho mais, vá até lá. Mais afastada que as anteriores, Cumbuco preserva a essência das prainhas mais roots do Nordeste. Lá é possível fazer passeios radicais de buggy pelas dunas, praticar o sandboard, se aventurar nos passeios de quadriciclo e de jegue (!!!) ao longo da praia.

 

 

Transporte

Transporte público não é muito eficaz e para se deslocar de ônibus ou lotação você precisa dar muitas voltas e desprender muito tempo. Para quem pode, vale a dica: negocie com um taxista a corrida de ida e volta. Costuma ser bem em conta, além de ser seguro. Nos aventuramos a ir até a Praia do Futuro de lotação e não recomendamos... é perigoso, desconfortável e demorado. Quando você chega, já está na hora de voltar (não esqueçam que lá anoitece cedo). Precisa de um táxi e de um taxista super gente boa? Chame pelo Seu Gomes (cel + 55 8599742811).

 

Comer

Ao contrário das outras capitais nordestinas, Fortaleza não é uma cidade onde se come barato. Além disso, acredite, custei a encontrar um local onde pudesse comer tapioca. Fiquei frustrada, pois acreditava que lá também poderia me deliciar com as maravilhas típicas da culinária nordestina. Que nada! Para terem uma ideia, nem sucos naturais eu encontrei: Cajá, Graviola, Caju... só de polpa! Será que cortaram todas as árvores do Ceará?

Uma dica para comer bem (mas também gastar um pouquinho) é o Restaurante Coco Bambu, no bairro Meireles. Ali você come os melhores frutos do mar... para quem não está a fim de gastar muito, Fortaleza oferece alternativas mais baratas, como os barzinhos e restaurantes da beira da praia de Meireles e Iracema.

 

Visitar

Alguns lugares legais que conheci, para além das praias, foi o Centro Cultural Dragão do Mar, o Centro Histórico, o Teatro José de Alencar, a Feirinha de Artesanato, a casa onde nasceu José de Alencar.

O Centro Cultural Dragão do Mar compila exposições, lazer, música, teatro, cinema e botecos, em um espaço arquitetônico interessante e pluralizado. O Centro Histórico conta com igrejas, prédios e museus antigos, como é caso do Teatro José de Alencar, inaugurado em 1910 e que apresenta arquitetura estilo art noveau. A Feirinha de Artesanato da Beira-Mar é uma atração a parte. Funciona diariamente, sempre à noite, e traz as maravilhas do artesanato cearense como as rendas, bordados, trabalhos em couro e madeira e as tradicionais garrafinhas de areia. Vale a pena, sobretudo, pelas castanhas, encontradas em dezenas de banquinhas, por um preço bem acessível. Uma dica: O comércio lá é algo meio ‘árabe’... por isso, aprenda a arte da barganha. A Casa de José de Alencar é um convite de retorno ao Romantismo. O local é mantido pela UFCE e tombada pelo IPHAN e conta com as ruínas do primeiro engenho a vapor do Ceará, além de museu, pinacoteca, biblioteca e restaurante.

Hospedagem

Bom, sobre onde se hospedar, considerando que fiquei em apenas um hotel, posso aconselhar onde 'Não ficar'. Portanto, aconselho, não fiquem no hotel que fiquei, o La Maison. Como boa farofeira que sou, optei pelo local mais barato. Resultado: Ficamos em um quarto sujo, desconfortável e com um café da manhã péssimo. As roupas de cama cheiravam a cigarro e as toalhas estavam todas manchadas. E se não bastasse, o proprietário, um francês, nos cobrou, indevidamente, uma diária a mais e convidou a gente a se retirar do hotel só porque contestamos a cobrança absurda.

Só depois descobrimos que, pelo preço que pagamos, poderíamos ter ficado em hotéis muito melhores e tão bem localizados quanto. Nem sempre vale a pena a economia. O incômodo não foi pouco, além da humilhação que passamos.

Um outro ponto, é que não encontramos muitos hostels por lá, o que é uma pena. Credenciado pela FBAJ só um.

 

Pessoas

Como diriam os nordestinos: “Pense num povo simpático?” Pois os fortalezenses são o maior patrimônio da cidade. Atenciosos, sorridentes, prestativos... estão sempre dispostos a ajudar, a dar uma informação, a carregar sua mala ou, simplesmente, contar uma (ou várias) piada/s. Demonstram muita preocupação com os turistas, sobretudo no que se refere aos alertas sobre a violência da cidade.

Link para o comentário
  • 3 meses depois...

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...