Relatos de viagem no Peru
#1076350 por Tassia Almeida
08 Abr 2015, 19:54
Pessoal,

Esse é meu primeiro post aqui no mochileiros, pq sou nova nessa vida de viajante...
To morando em Cusco faz um mês e vou aqui mais 3 meses e pensei em criar esse post pra compartilhar um pouco da vivência diária da cidade, e quem sabe ajudar com umas dicas menos turísticas. É uma missão um pouco difícil aqui em Cusco, porque quase tudo gira em torno do turismo, principalmente no centro.

Eu nao moro no centro e por isso também tenho um pouco da vivência do bairro local e dos ÔNIBUS que na minha opiniao sao uma experiencia a parte.

Minha ideia é conforme eu for conhecendo coisas novas que eu achar interessante, ir atualizando o tópico.

Vamos pelo comeco:

Dinheiro ::mmm:
Como voces ja devem saber o dinheiro que rola aqui é o Nuevo Sol. Aquela velha história de quem converte nao se diverte nao vale muito aqui nao, quando estamos falando do dia a dia. Primeiro porque real e soles tao pau a pau. Segundo que a vida aqui nao é tao cara se voce tiver paciencia de procurar.
Os passeios e trilhas sao as coisas mais caras de Cusco, mas o resto dá pra levar até.
Trocando dinheiro: em cusco mesmo tem VARIOS lugares pra trocar dinheiro, especialmente na Av. El Sol. Mas ATENCAO pois eles NAO TROCAM notas RASGADAS!
Além disso, tem VÁRIOS caixas internacionais pra sacar dinheiro aqui. Eu particurlarmente recomendo o BCP da Plaza de Armas - seguro e nao cobra uma taxa TAO absurda (us5).
Os passeios podem ser pagos em soles ou em dolar - se possivel pague em dolar pq vc evita o sobe e desce do cambio.
CARTAO: nao sao todos os lugares que aceitam cartao, principalmente os mais baratos. Nem as baladas aceitam cartao. Taxi e onibus também só dinheiro. Algumas agencias cobram taxas de 5 a 10% para pagar com crédito, por isso vale mais a pena sacar o dinheiro!

Se locomovendo por Cusco: :arrow:
No centro, dá pra fazer tudo a pé.. mas se prepare para muitas ladeiras!!!
Se quiser mudar de regiao da cidade- o que vale se vc tiver mais tempo na cidade:
táxi: os taxis aqui sao bem baratos e abundantes. Recomendo sempre perguntar o preco ANTES de sentar porque nao tem taximetro e também porque o preco é negociável.
Onibus: MUITO barato -0,70 soles. Mas o problema é que você deve se informar sobre o trajeto antes, com alguem local, porque os nomes dos onibus NAO fazem sentido (tem um que chama BATMAN, hahahaha). Andar de onibus aqui é um tanto curioso, porque os cobradores GRITAM o nome do ponto e você também deve GRITAR que vai descer: "BAJO!"

DICA: taxi do AEROPORTO - NAO paguem mais do que 20 soles até o centro e isso já é bastante!

Altitude ::dãã2::
No dia em que eu cheguei nao senti NADA e pensei que era tudo exagero. MAS NO DIA SEGUINTE...
As pessoas reagem de forma DIFERENTE a altitude, mas no geral um cansaco grande e uma vontade louca de dormir é normal. Demorei uns 4 dias pra me acostumar mesmo!
Como eu tinha muitoooo tempo aqui nao me preocupei e me deixei capotar nas tardes, mas se voce nao tem muito tempo, fica dificil fazer isso. O clássico mate de coca ajuda, mas o mais eficaz mesmo, apesar de ter um gosto meio ruim, é mascar a folha de coca - tente nao comprar folhas muito secas porque se nao mascar sera uma missao impossível!
Além disso, comer pouco e comida leve ajuda. Se comer demais toda a sua energia vai pra digestao e ai ferrou de vez.
Se voce for fazer alguma trilha, é melhor deixar para o terceiro ou quarto dia em cusco pra se acostumar mais com a altitude.
Há alguns lugares na regiao que sao mais baixos, é uma boa comecar os passeios por eles.

Comendo e bebendo ::love::
A comida peruana é MUITO boa e com muitas novidades para nós brasileiros.
Clássicos como Aji de Galina (um pouco apimentado), lomo saltado, sopa de quinua e trucha (muito comum aqui por causa do frio) tem de sobra em cusco e POR TODOS OS PRECOS!
O Ceviche aqui infelizmente nao é tao bom, porque como estamos longe da costa o peixe nao é tao fresco. :?
CUIDADO com a comida de rua. Os cusquenhos comem muito, mas nao estamos tao acostumados e podemos sofrer uns revertérios!
NUNCA NUNCA beba agua da TORNEIRA aqui! E por isso cuidado com o GELO nas bebidas (só se vc for MUITO sensível)

bebidas: o CLÁSSICO Pisco Sour você vai encontrar em quase todos os lugares e os precos vairam tbm. Perto da Plaza de Armas tem o Museo do Pisco. Ele é meio carinho, mas lá dentro é beem legal e tem VARIOS sabores diferentes de pisco. Dá pra ir em uma galera e dividir os copos que sai mais barato e da pra pelo menos experimentar.
Cerveja: a mais famosa aqui é a CUSQUENHA. Tem mais de um tipo - se nao me engano 4 - e é bem gostosa. Para os saudosos do Brasil tem Brahma aqui, que por incrivel que pareca é mais barata que as locais!

Por equanto eu vou parar por aqui.... ao poucos vou postanto coisas mais concretas, como nome de lugares, experiencias de passeio e outras sugestoes!

Valeu! AH: PERGUNTAS SAO MAIS DO QUE BEM VINDAS!
ps: desculpem as faltas de acentos e cedilhas, mas to num teclado em espanhol!!
Editado pela última vez por Tassia Almeida em 10 Abr 2015, 19:59, em um total de 1 vez.


#1077087 por Tassia Almeida
10 Abr 2015, 19:56
Continuando a seção comidas:

Aqui é muito comum encontrar pelo centro restaurantes que oferecem "Menus turísticos". Normalmente os menus oferecem duas ou tres opções de entrada+ algumas opções de pratos + suco ou sobremesa. Compensa bastante, além de ser um ótimo jeito de experimentar os clássicos mais comuns do Peru(aji de galina, lomo saltado, carne de alpaca, sopa de quinua, trucha frita), mas também tem sempre opções mais seguras (pra quem nao gosta de se aventurar muito na comida) como macarrão. Os preços variam muito, mas, por escolha, não pago mais do que 15 soles em um menu. Se encontra menus bons por 7 ou 8 soles e ótimos por 12 ou 15 soles. É mais díficil encontrar ceviche nos mais baratos.

Já aviso aos brasileiros adoradores do clássico arroz e feijão, que feijão aqui é artigo raro. As vezes tem nos menus, mas é um tipo diferente do brasileiro e cozinhado de outro jeito também. Aqui é bem mais comum o arroz com lentilha.

Ainda não comi Cuy (porquinho da índia), mas sei que há diversas formas de se comer. Alguns restaurantes mais chiques - e mais caros - no centro, oferecem o Cuy em partes, o que é mais fácil pra quem não gosta de ver o bicho inteiro antes de comer - esse é o jeito tradicional. Há muitos restaurantes locias de cuy em uma província aqui de Cusco, que fica a uns 30 minutos do centro histórico, pra quem tiver tempo de esticar até lá.

Tem um tipo de comida aqui que é MUITO boa. É uma mistura de comida peruana com comida chinesa. Se chama Chifa. Tem muuuitos restaurantes de chifa aqui em Cusco, de todos os precos. Mas é muito importante tomar muito cuidado com as chifas, porque sao famosas por terem muitos problemas de higiene. Fui em uma Chifa perto do centro histórico, numa travessa da Av. El Sol, muito boa e com um preco beeem aceitável, recomendo! (posto o nome logo mais)

Sobre comida de rua, de novo: disse que é importante tomar cuidado, e mantenho minha posição. Porém algumas coisas são imperdíveis e um pouco mais seguras. No centro muitas mulheres vendem Tamales, que lembra muito a nossa pamonha. Eles são recheados e podem ser doces ou salgados. Custam 1 sol!!! Algumas lanchonetes também servem, mas cobram muito mais. Recomendo particularmente as vendedoras da Calle Almagro (travessa da El Sol) e na esquina da Plaza de Armas com a calle Triunfo.
#1078134 por Pedrada
14 Abr 2015, 09:52
olá Tassia, valeu pelas contribuições !!
vc esta fazendo algum trabalho ai? arrumou uma moradia ou fica em hostel mesmo?

esses tamales são uma delícia !! e fizemos uma chicha morada com um amigo ai de cusco que tb ficou ótima...
boas viagens !!
#1078146 por Pedrada
14 Abr 2015, 10:02
Ike Nicotti escreveu:Tu já fostes até Machu Picchu??? vais postar algo sobre isso??? É daí que saem os passeios para lá, né???


Ike, depende a que passeio se refere... tem a trilha inca de um dia até uma semana, tem os trous pelo vale sagrado ai vc pode pegar o trem de ollantaitambo para aguas caliente e subir para Machu Picchu a pé ou de ônibus... tb pode ir pela hidroelétrica e caminhar nos trilhos do trem até lá...
#1078302 por Tassia Almeida
14 Abr 2015, 16:19
Ike,

Como vou ficar aqui por 4 meses to esperando passar a chuva, que esse ano ta particularmente persistente.

To pensando em fazer uma trilha de dois dias para lá. Saindo de Cusco de ônibus até o local onde comeca a trilha. De lá e vai andando até a hidroelétrica, como disse o
Pedrada, e lá se pega o trem ou se anda até Aguas Calientes, onde vou dormir em um Hostel. Na manha seguinte vou a Machu Picchu.

Mas se você tem interesse em trilhas mais longas, existem várias opcoes: A Trilha Inca Clássica (que vc precisa reservar com 4 meses de antecedencia), a Salkantay (beem famosa), a Choquequirao, a Lares e outras. Tem alguns sites de empresas aqui de cusco, que andei funcando, que tem as trilhas detalhadas... se quiser me avise que posto aqui!!!!

Pedrada... eu na verdade vim pra Cusco pra estudar espanhol. Moro em uma residencia estudantil e com algumas voluntárias que vieram trabalhar aqui. To meio em busca de um trabalho.. hahahaha
#1078307 por evanir.morais
14 Abr 2015, 16:43
Olá Tássia, estou programando viagem de sete dias ao Peru, Lima, Cusco (e a Reserva de Machu Picchu). Será minha primeira vez para o Perú. Esta será a 3 viagem que farei sozinha (a primeira foi mais difícil, depois é bom demais, rsrs inclusive sempre fazemos boas amizades), isso se realmente eu for. :) Como é um destino diferenciado e cheio de cuidados, estou indo através de pacote montado em uma operadora de viagem aqui em Fortaleza, segundo minhas pesquisas e roteiros também da empresa. Mas estou bem temerosa pelo chamado Mal da altitude. Há três anos fui ao Chile, e ja sobre os Andes, senti a cabeça pesar, perdi meu primeiro dia em Santiago, não conseguia nem olhar de lado, só sai do Hostel para almoçar. Enfim, ha pouco tempo fui ao clínico que me acompanha, e ele disse que não haveria problema algum, que tenho minha pressão arterial controlada, e que o efeito é o oposto, ou seja, a pressão na alta altitude cai. E também fui a uma consulta com um otorrinolaringologista, a qual acabei de chegar, pois tenho apneia do sono, e é este fator que todos estão a me desestimular. ::Ksimno:: Mas por incrível que possa parecer, ou coincidência, ele conhece Machu Picchu, foi ha dois anos e me deu a maior força para concretizar esse sonho, já que desde adolescente sonho em conhecer esse lugar. rsrs! Me passou alguns medicamentos, viu meus exames e disse que não haveria problema algum. Mesmo assim, os mais chegados rsrs continuam a dizer que é loucura. E tenho que fechar com a agencia, pois posso perder todo o planejamento ja feito, voos, reservas, etc. É isso, rsrs o que me diz? como é mesmo esse negócio? é comum ocorrerem mortes de turistas por conta desse fenômeno? há pessoal preparado nos hotéis para auxiliar turistas que viajam sozinhos? os hospitais de Cusco são preparados? Estarei aqui colada no site para saber tua resposta :wink: e por favor, quem mais puder também auxiliar nestas minhas dúvidas, ficarei grata. rs!
#1078357 por Ike Nicotti
14 Abr 2015, 18:07
Tassia e Pedrada.

Valeu mesmo pelos esclarecimentos preliminares.

A princípio meus planos são de ficar de 2 a 3 dias em Cusco (e Machu Picchu).
Mas já deu pra ter uma enorme noção sobre os passeios e a infraestrutura para isso.

Obrigado, galera!!!

Abs
#1078888 por Tassia Almeida
16 Abr 2015, 01:02
Evanir...

Entendo a sua preocupação. E sei que muitos lugares dizem que o "mal de altitude"é terrível.
Mas pelo menos para mim não foi. No primeiro dia eu nem senti na verdade, comecei a sentir um pouco de dor de cabeça e de tontura no segundo dia, mas nada que me impossiblitasse de fazer nada.
Claro que é importante respeitar seu corpo, por isso que o primeiro dia em Cusco é bom pegar leve na programação. E é beeem fácil de encontrar a folha de coca pra vender, que tem um efeito muito rápido.

Como essa questao da altitude está sempre presente, praticamente todos os Hoteis oferecem PELO MENOS chá de coca (que já ajuda muito).Sei que alguns contam também com cilindros de oxigenio. Nas farmácias aqui eles vendem remédios pra a altitude (eu nao tomei, mas uma das meninas que mora comigo tomou e gostou) e cilindros de gás.

Não posso dizer o que vai acontecer com você porque cada um reage de um jeito. Cada pessoa que mora comigo teve uma reação diferente, alguma piores e outras melhores, mas ninguem passou realmente mal.

Desde que cheguei aqui ninguem me falou nada sobre morte por isso (eu nem sabia que era possível). Mas dei uma pesquisada na net, e parece que o risco só existe mesmo em altitudes muito maiores que as de Cusco.

Ah: mais uma coisa. Machu Picchu é mais baixo que Cusco, então lá você terá menos problema ainda!!!!

Espero que a respota te ajude a decidir sobre a sua viagem! E se vier sei que você vai aproveitar muito porque o Peru é incrível e Cusco é demais!!!!
#1079355 por evanir.morais
17 Abr 2015, 13:07
Tassia, obrigada! bom ter sua resposta.

Menina, voce foi até pesquisar para acalmar minhas dúvidas... rs! que legal! valeu mesmo sua disponibilidade e fico feliz em uma provável estatística negativa de vitimas fatais por esse mal da altitude por aí. :D
E é verdade mesmo, existe um certo terrorismo com o fenômeno. Bom, então decidido. eu vou! :)
Desde ontem estou na batalha para encaixar novamente datas, reservas de hotéis voos, etc. E vi por um aplicativo que tenho no celular que aí anda chovendo, é isso mesmo? Por esse motivo, to tentando a data de chegada em Lima para o dia 29 ou 30 deste.
Tassia, obrigada novamente.
Antes de viajar entro em contato contigo. valeu! :0)
#1079410 por michele.ketruin
17 Abr 2015, 15:48
Adorando as dicas Tassia...
Estou com viagem programada para dia 08/08 ainda não decidimos o que fazer por aí...
Ficaremos 3 dias em Lima e 6 em Cusco...
Espero que eu consiga aproveitar legal...
Sobre o soroche fiquei preocupada...mas pelo que vi aqui no mochileiros...me parece comum...
E assim que eu chegar, eu comprarei as folhas de coca...rsrs
Beijos meninas e boa viagem Evanir...
#1079955 por Tassia Almeida
19 Abr 2015, 21:40
Atualizando um pouquino o fórum!!

Vamos falar de Ruínas...
Aqui em Cusco, para visitar algumas atrações é necessário comprar o BOLETO TURÍSTICO e as atrações que estão inclusas no boleto SÓ PODEM ser vistas com eles, ou seja, você não pode ir até ao lugar e pagar pra entrar só lá, tem que comprar o pacote todo. Existem dois tipos de boleto: o parcial - te dá direito a 4 ou 5 atrações (pré definidas) e você tem 2 dias pra usar e custa 70 soles; e o completo - dá direito a 16 atrações, você tem 10 dias para usar e custa 130 soles (70 para estudante).

Eu estou enrolando pra comprar o meu boleto, principalmente pq quando eu comprar terei que fazer tudo de uma vez - pq passeios conhecidos aqui como Vale Sagrado, City Tour e Moray e Maras precisam do boleto. Sim, eu estou aqui a 1 mes e meio e não fiz nada disso ainda! hahahahhaa... Mas como anda chovendo bastante eu to esperando pra ir sem chuva.

SCSAYHUMAN: Enquanto isso to tentando umas alternativas. Uma amiga minha aqui leu na internet que se você chegar em Scasayhuman (uma das ruínas mais famosas e muuuito perto do centro da cidade - tá no boleto) antes das 7 dava pra entrar sem pagar. E lá fomos nós, em um sábado de manhã,direto da balada (morri) testar a infomação. NAO DEU. hahahahaha. Parece que eles andaram aumentando a segurança, pq antes realmente dava pra fazer isso pq os funcionários chegavam as 7h, mas agora sempre tem alguém lá. MAS não perdemos a viagem e fomos no Cristo Blanco que é do lado e tem uma vista INCRÍVEL pra cusco. No fim o passeio valeu pq vimos o nascer do sol e o parque onde fica as ruinas e o cristo tava vazio.
64.jpg
Vista do Cristo
64.jpg (125.75 KiB) Exibido 3109 vezes


RUÍNAS DE TIPON:
Típon também esta incluso no boleto, mas não é tão visitado por ser do lado oposto ao Vale Sagrado, que é o passeio mais comum. Então normalmente só vsita Tipon quem tem mais tempo, no passeio que eles chamam de Vale Sul. Acontece que Tipon é muito perto de Cusco, e é possível ir lá de onibus de linha e foi o que eu fiz.
Eu faço aulas de espanhol aqui, e combinei com a minha professora de ir lá, a filha dela trabalha lá e por isso eu não precisei do boleto pra entrar. MAS resolvi postar mesmo assim pq normalmente as pessoas pagam um ônibus turístico pra ir lá e como não é necessário, resolvi dar a dica.
No centro de Cusco passa um ônibus que chama LOS LEONES que vai até Tipon e custa 1,50 soles. Leva mais ou menos 1 h pra chegar lá. Chegando em Tipon existem taxis e vans que te levam até as ruínas - eles combram de 8 a 10 soles pra subir, ou seja, so vale a pena se vc tiver com mais pessoas pra divir o taxi, senão ida e volta e mais o onibus sai o mesmo preço que o passeio. Se voce estiver sozinho, existe a opção de ir apé da cidade atá as ruínas. De carro dá uns 10 min, então eu acho que a subida deve dar uns 30 minutos apé. Se tiver pique vale a pena e o caminho é lindo.
Aliás, Tipon é lindo!!!! Vale muito e pena também!

Além disso, Tipon é CIDADE DO CUY. Se você quer comer Cuy esse é o lugar. Você acha Cuy ao Horno (o mais tradicional em Cusco) por 30 ou 40 soles. Ele vem inteiro, mas como não tem muita carne serve 2 pessoas. Por uma questão de logística, não conseguir comer Cuy em Tipon, mas acabei comendo no centro da cidade. Os preços que achamos aqui iam de 55 a 75 soles, acho que se procurassemos mais achariamos mais barato. Acabei comendo em um restaurante na Plaza de Armas, custou 65 soles, mas ganhei pisco ou vinho de graça. A carne é beeem forte, mas é saborosa. Se você tiver disposto a gastar um pouqiunho e provar essa iguaria eu recomendo!!!!

SAM_5516.JPG
Típon
#1079984 por Jessica & Luciano
19 Abr 2015, 22:45
Tássia, adorei as dicas!
Valeu mesmo, principalmente das iguarias típicas daí, procurei todas no google e vi a cara delas, pra ver se é comível ou não..rs
Gostei da dica do gelo e água de torneira! Vlw mesmo.
Espero ler mais coisas daí..
E vai passear menina, com ou sem chuva, tudo vale a pena! ;)

E pra quem for em julho/2015 e estiver procurando companhia, eu e meu namorado chegamos no Peru dia 21/07, só mandar msg que marcamos.
Abraços
Jéssica
#1081281 por evanir.morais
23 Abr 2015, 12:02
Oi Tassia,
realmente não será dessa vez que realizarei meu sonho em conhecer Machu Picchu. Ao voltar à operadora e refazer datas e etc, os vôos estavam terríveis de ruins e os valores mais altos. Na verdade até já sabia disso, quanto mais próximo da viagem as tarifas saltam, e ainda voos com conexões entre várias cidades, com mais de 24 horas era de doer. Também vi no teu post sobre as chuvas, daí foi decisivo também para desistir. Pesquisei um pouco mais sobre as chuvas no país e sobre as previsões meteorológicas, acabei por decidir e desistir no momento. Talvez ano que vem, me preparo melhor e faço meu roteiro e reservas de hotéis e passeios sem ser por operadora. ::otemo:: Agora, estou vendo por aqui mesmo, Sei lá, tipo Rio, Foz, ou Bonito, no Mato Grosso do Sul, este último não conheço.
Enfim! Valeu mesmo pelas dicas, voce estando aí e repassando a realidade é ideal para todos nós que desejamos conhecer o lugar para aproveitar o máximo.

E Michele.ketruin, obrigada pela força. :) boa viagem pra ti também.

abraços viajantes. :)

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 6 visitantes