Faça perguntas e responda tópicos sobre qualquer tema abordado pela comunidade Mochileiros.com. Uma pergunta por tópico.
Regras do fórum: Fórum Perguntas & Respostas

Esse fórum é exclusivo para o envio de perguntas.

Importante:
- Envie apenas uma pergunta por tópico e não esqueça de escrever a pergunta no campo "título".
- Se você quer postar várias dúvidas sobre um roteiro de viagem por exemplo, o fórum correto é o de Roteiros de Viagem. Clique aqui para saber mais!
- Os tópicos criados que não forem perguntas claras serão renomeados ou movidos para outros fóruns mais adequados dentro do site.

Clique Aqui para postar sua pergunta!
#1140906 por Vitor Botelho
25 Nov 2015, 22:33
Olá mochileiros,
sou um novato e venho tirar algumas dúvidas que tenho e que creio que outras pessoas também a possam ter.

Sempre me interessei em camping, trekkings, viagens, aventuras, momentos únicos, e por isso me propus a fazer meu primeiro mochilão no final do próximo ano. Até este exato momento, em que estou escrevendo este tópico, decidi próximo ano ir a Torres del Paine (Chile). Entretanto, possuo incertezas. Veja bem, já viajei bastante pelo mundo, sei mais duas línguas além do português, tenho resistência física, muito disso por ter um jovem de 19 anos, e, apesar de ter alguns "toques", na hora da fome eu como o que estiver na minha frente e ponto. Acredito que esses sejam características positivas para um mochileiro. Apesar disso, nunca fui "batizado", ou seja, nunca fiz um camping, e muito menos fora da segurança de já conhecer o lugar, de amigos e de família. Sempre que viajava era à hoteis e acompanhado, por mais precários e isolados que fossem. Além disso, não tenho equipamentos, mas tenho um dinheiro gastável para comprar o mínimo necessário e sou interessado no assunto, por isso li minimamente sobre, mas, novamente, ainda não houve a prática, o tal do "batismo". ::essa::

Para finalizar, o que realmente queria não era escrever sobre mim, mas perguntar o que acham melhor. Que se F a vida e a prática, bora logo para o que quero e enfrentar as possíveis dificuldades na trilha O** no Chile ou será que devo me testar antes em alguma trekking mais próxima de casa e mais perto da "civilização", adiando assim em quase 1 ano a trilha a qual realmente desejo ir? Ou seja, começar de pouquinho ou ir à ação que a vida é curta?
**falei em trilha O porque me pareceu a mais emocionante por ser a mais desafiadora, mas, se tiver que mudar, eu mudo né...


Agradeço de antemão

#1140920 por rherr
25 Nov 2015, 23:04
Oi Vitor, vou tentar responder o que você colocou.

Seguinte, não conheço Torres del Paine, é um lugar que também está na minha lista de caminhadas, mas até onde sei, para quem está começando, acredito que seja o lugar ideal para sua primeira aventura.

Embora, como você apenas vai para o Chile no ano que vem, o ideal mesmo é começar fazendo as travessias mais clássicas do Brasil, como a Petrópolis x Teresópolis, por exemplo. Mas não é aconselhável fazê-la no verão. Enquanto que a melhor época para ir ao Chile, seja agora mesmo! entre Dezembro e Abril.

No meu blog, eu postei uma vez um texto sobre o que comer e como preparar os lanches para travessias em montanha. Algo que aprendi com guias profissionais, em expedições que contratei serviços do tipo. Este caminho de se juntar a guias e grupos para travessias, é um excelente começo para se preparar para a vida nas montanhas. A experiência que tive com essa gente me valeu muito.

O link para o que comer numa travessia em montanha, é o seguinte:

o que levar para uma travessia

O relato da minha travessia Petrópolis x Teresopolis , pode ser útil:

Petrópolis x Teresopolis

Agora sobre equipamentos, aconselho você procurar por barracas ultralights

a que eu uso, comprei no ebay, e é de excelente qualidade, pesa apenas 1kg

barraca ultralight

se quiser saber sobre outros equipamentos, só perguntar.
Mas cara, não existe essa de batismo, tem que começar mesmo, a por a mochila nas costas e ir aprendendo a cada expedição.
abraço
Editado pela última vez por rherr em 26 Nov 2015, 10:40, em um total de 2 vezes.
#1140982 por Hélio Jr
26 Nov 2015, 09:31
Rapaz, fazer Torres del Paine pode até ser tranquilo fisicamente, mas acredito que é mais tranquilo pra quem tem experiência em trekkings. Se você for para o Chile no verão do próximo ano (2016/2017), dá pra se preparar tranquilo.

A travessia Petro-Terê também é um pouco puxada pra primeira vez (fisicamente e tecnicamente). Faria o seguinte: primeiro compraria os equipos adequados (barraca, saco de dormir, isolante, botas, vestuário, etc). Depois sairia pra acampar em lugares menos desertos, ou seja, não seria no meio de um parque nacional. Um camping com alguma estrutura serve. Lugares só pra passar a noite mesmo, perto de cachoeiras, etc. Não sei como é na região que vc mora. Tudo isso pra aprender a usar o equipo e aprender mais sobre campismo e trilhas.
Depois faria sim uma travessia como teste pra TdP. Pode ser Petro-Terê, Lapinha-Tabuleiro, Pati, Sete Quedas, Caparaó, Serra da Bocaina, qualquer uma, não importa.

Só depois de experimentar uma travessia assim partiria pra Torres del Paine. Podem me achar um pouco conservador nesse aspecto, mas acho que valeria a pena investir no aprendizado. Daí no Chile vc pode fazer o circuito completo (W+O), que fecha em uns 130km.
#1141005 por rherr
26 Nov 2015, 10:46
a travessia toda é puxada mesmo, e não dá pra fazer sozinho. Mas subir ao brigo do açu , a primeira etapa da travessia já é um objetivo bem ambicioso para quem está começando.

Mas assim, eu acredito que com muita determinação, qualquer um consegue fazer a travessia, mesmo tratando-se de inexperientes. O ideal é ele ir com gente mais experiente para que possa ir aprendendo.
#1141010 por MauroBrandão
26 Nov 2015, 11:09
PARA FORMAR OPINIÃO TEM QUE PESQUISAR BASTANTE AQUI NO SITE, na página principal tem o título GUIA DO MOCHILEIRO, de também uma lida nos relatos de viagem no Fórum do Chile, fórum tem tópicos Perguntas e Respostas TORRE DEL PAINE, vc vai tirar quase todas as dúvidas. Va em frente.
#1141012 por rherr
26 Nov 2015, 11:23
boa Mauro. Só gostaria de ressaltar que para aprender a como se virar na montanha, na minha opinião, é muito importante começar com guias experientes, caso não tenha amigos com experiência. Só de observar o comportamento dos guias de montanha e de grupo todo envolvido numa travessia, a pessoa aprende muito a lhe dar com o cotidiano de uma caminhada, e o uso dos equipamentos. Assim foi pra mim, quando fiz a travessia da serra fina. Não me sentia preparado para fazê-la por mim mesmo, e não duvidei que contratar o serviço de guias profissionais seria a melhor opção para minha segurança e aprendizado.
Pela pesquisa aqui no forum, pode-se aprender muito com respeito à vestimenta adequada, que é essencial para uma viagem à Patagonia.
Mas o maior aprendizado mesmo, se dá na própria montanha. O post do hacheprates foi muito feliz em suas indicações.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 9 visitantes