As cidades mais baratas para mochileiros na América do Sul em 2019


Desde 2010 o site americano Price of Travel divulga seu ‘Backpacker Index’, uma pesquisa com as cidades mais baratas para mochileiros.
Abaixo você confere as cidades da América do Sul.
Para chegar ao resultado o índice considera que o viajante, diariamente:
– hospede-se em dormitório (quarto compartilhado) em um hostel considerado bom e barato;
– consuma 3 refeições;
– pague 1 atração cultural (exemplo: entrada em museu);
– compre 2 passagens em transporte público;
– consuma 3 cervejas baratas (o que eles chamam de “fundo de entretenimento”).
Os preços são levantados em moeda local e convertidos para dólares americanos, neste caso em janeiro de 2019.
Dá para gastar mais do que os valores apresentados aqui diariamente? Dá, sempre dá. Dá para gastar menos? (Que é o que nos interessa) Dá também, mas o índice serve de boa base para se ter ideia de quanto se gastaria (juntando os itens acima) em cada cidade da lista.

Cidade (com interesse turístico), país e gasto por dia, respectivamente:

1- Quito, Equador: US$ 21,90. (Aproveite e confira o post sobre o que fazer em Quito e arredores)
2- La Paz, Bolívia: US$ 26,29.
3- Cartagena, Colômbia: US$ 29,37.
4- Cusco, Peru: US$ 30,24.
5- Lima, Peru: US$ 34,05.
6- Santiago, Chile: US$ 34,77.
7- Buenos Aires, Argentina: US$ 40,66. (Confira dicas sobre o que fazer em Buenos Aires)
8- Montevidéu, Uruguai: US$ 40,66.
9- Rio de Janeiro, Brasil: US$ 45,08.

Ao fundo, vulcão Cotopaxi visto a partir de Quito | Foto: Danny Arte/pxhere

México e América Central

O post do Backpacker Index que fala da América do Sul traz também 7 cidades da América Central e a Ciudad de México:
Granada (Nicarágua): US$ 20,95; San José (Costa Rica): US$ 30,49; Ciudad de México (México): US$ 32,05; Santa Ana (El Salvador): US$ 32,24; Ilha de Roatán (Honduras): US$ 33,82; Antigua (Guatemala); Ciudad de Panamá (Panamá): US$ 41,10 e San Pedro/Amberguris Caye (Belize): US$ 54,73.

Vista da cidade de Granada. Em destaque a Catedral de Nuestra Señora de la Asunción | Foto: Silnei L Andrade/Mochileiros.com

Nota: o Price of travel diz que os totais de gastos apresentados são recalculados pela taxa de câmbio e reclassificados diariamente. O post original (publicado por eles em 16 de janeiro) está aqui.
Para conversão de Dólar americano para Real você pode utilizar o Conversor de moedas do Banco Central.

Vai fazer um mochilão pela América do Sul?

– Se você vai viajar por estas ou outras cidades pode precisar de um Seguro Viagem América do Sul. Vale conferir o post que fizemos com dicas sobre os melhores e mais baratos.
– Sobre vacina contra a Febre Amarela e o comprovante necessário para entrar em alguns países, você pode conferir no post sobre Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), nele tem tudo sobre.
– Além dos posts de Quito e Buenos Aires (que linkamos acima), você pode conferir vários relatos de viagem pela América do Sul no nosso fórum (destas e de outras cidades).

Mochileiros.com

Comunidade de ajuda mútua entre viajantes independentes e mochileiros. No ar desde 1999, tem dicas e informações e mais de 10.000 relatos de viagens publicados. Ganhador do Prêmio 'Influenciadores Digitais' por dois anos consecutivos.
Aqui no blog traz histórias inspiradoras e notícias relacionadas ao universo viajante.
Mochileiros.com

1 comentário em “As cidades mais baratas para mochileiros na América do Sul em 2019”

  1. Não sei de onde vcs tirararam essa pesquisa,estive em Quito e lá é tudo muito caro,exeto o transporte público (ônibus e Taxi),lá uma banana nos Camelôs custa um Dolar e o almoço,vc não come nada abaixo de 5 dólares!
    A cidade em vale a pena conhecer,mais barata ñ está!

Deixe um comentário