Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''haiti''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
  • Companhia para Viajar
  • Trilhas e Travessias
  • Equipamentos
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 1 registro

  1. Olá amigos, sempre peguei várias contribuições por aqui, e me ajudaram muito em viagens por aí, resolvi contribuir agora. Estou a trabalho no Haiti e neste meio tempo, em alguns dias de folga, pude viajar para a Republica Dominicana, já que é muito caro retornar ao Brasil, e são apenas poucos dias por mês. Haiti A situação neste país é crítica, definitivamente não recomendo que você venha para cá a passeio ainda. O país é muito pobre, o mais das Américas. Abalado pelo terremoto de 2010. Está sob intervenção de tropas da ONU. A capital Port Au Prince é muito desorganizada, com um transito infernal, bairros violentos, e sem qualquer infra-estrutura. Exceto que você seja aqueles mochileiros malucos, que querem visitar todos os países do mundo. 80% da capital ainda não possui sequer saneamento básico. Há porém, lugares bonitos aqui sim. O litoral é banhado pelo mar do Caribe e Antilhas, muitas belas praias. Há uma cidade chamada Cap Haitien que possui alguns resorts, geralmente acessados por Cruzeiros. Voce pode chegar até lá saindo aqui da capital num voô da Tortug Air (USS 80,00). A capital Port Au Prince não possui táxis regularesl. Somente moto-taxi (sem capacetes, obvio) e carros particulares de "taxis" não credenciados. É dificil circular aqui. É interessante que você tenha um guia. Se deseja mesmo conhecer a Capital, 2 dias seriam suficiente. Próximo a capital há resorts, o litoral é muito bonito, como na Rep Dom. Pude conhecer o Kaliko Beach Club e Indigo Club, praias fechadas. Costumam servir exclusivamente estrangeiros que por algum motivo têm de trabalhar aqui (como o pessoal da ONU por exemplo). ãã2::'> Para chegar a Port Au Prince, você pode sair de Santo Domingo de ônibus, a viagem dura cerca de 08h a 10h. A empresa se chama Capital Coach Line, com saídas diárias as 08h e as 10h. O ônibus deixa você no terminal ao lado da Embaixada Norte Americana, ou noutro "terminal" no bairro "nobre" de Pettion Ville, onde há alguns hotéis razoáveis. Curtindo um mar do Caribe. Só que não. Santo Domingo É a capital da Rep Dom. Com 2 milhoes de habitantes. Nos lembra muito o Rio de Janeiro misturado com São Luís. Foi a antiga capital do "mundo novo" descoberto por Colombo. O ideal é passar 2 a 3 dias apenas por aqui. Não há praias, é banhado apenas pelo litoral com pedras. Você pode conhecer a Zona Colonial por exemplo, em apenas 1 dia, caminhando. Há construções antigas, fortes, igrejas, etc. Para quem gosta de História, um prato cheio. Há ainda de interessante na capital o Acuario Nacional e o Parque Dos Ojos, cujo é mais fácil acessar de táxi. Dois lugares interessantes para se visitar. Os táxis não possuem taximetro, muitas vezes nem estáo identificados como táxi. Combine sempre antes o preço da corrida. A vida noturna é pouco agitada. Na Zona Colonial é relativamente seguro caminhar a noite. Melhor se for em grupo. Há uns poucos restaurantes, pizzarias. Há um bar com DJ chamado Onno`s. Único lugar agitado que eu vi. O Hard Rock Café localizado lá, não apresentou movimento. Me disseram que o bom é de sábado. Não pude conferir. As boates de fato, e agitos ficam na Avenida Venezuela, também não tive tempo de conferir. Forte de Santo Domingo. Calçadão da Zona Colonial Hospedagem: Fiquei hospedado no hostel Bettys Guest House, muito bem recomendado no Hostelworld.com, porém não curti muito o local. Um sobrado na zona colonial que foi transformado em hostel, apenas o segundo andar, onde fica "tudão" num cômodo. As camas, o fogão, a geladeira, imagine. USS 18,00. Não curti. Numa outra oportunidade fiquei no Hostel Casa Grande, esse sim com jeito de hostel, com 3 andares, porem poucos hospedes. Fica também na Zona Colonial, ao lado do calçadão. USS 15,00. Seguindo para Punta Cana: destino mor dos turistas aqui, você deve pegar o Ônibus da Empresa Bávaro Express. No site estão os horários. O preço são RDS 400,00 (USS 10,00). Não vendem a passagem antecipado, portanto chegue pelo menos 1h antes do horário desejado. O ônibus não sai da rodoviária, e sim do escritório da própria empresa. Solicite ao taxista ir até até. Um táxi da Zona Colonial até o ponto da saída custou RDS 300,00. O ônibus para no Aeroporto Internacional de Punta Cana (PUJ) e depois segue parando defronte os principais resorts, até o ponto final. Certifique-se onde você deseja descer, e peça informações. Os pontos são "no meio do nada" e costuma ser dificil conseguir um táxi na rua. Há porem muitos moto-táxi. O pessoal é mau-encarado, mas você que é normal usarem esses moto-taxi aqui. Você muitos gringos na garupa de motos. As corridas costumam ser RDS 100,00. Há uma espécie de mini-onibus que circula nas principais avenidas, sempre cheio, e o preço é RDS 150,00. Hospedagem: Punta Cana é conhecido pelos resorts all inclusive. Há vários por lá, praia principal das russas (ah, as russas, lindas! ), canadenses e norte americanos. Muitos brasileiros também. Dependendo a época do ano, você pode conseguir um bom preço num desses resorts. Vale a pena! O hostel por lá custa USS 22,00. Em dezembro conseguimos um resort por USS 54,00 a diaria por pessoa, do quarto triplo. Nos resorts all inclusive, a comida e bebida são liberadas 24h, há shows, boate, bar na praia, na priscina, cadeiras de praia, enfim, você não gastará mais nada. Vale a pena dependendo a época do ano. Considerando que no Hostel voce tem que comprar comida, bebida, e pagar para curtir algo a noite. Faça as contas. Ifa Vilas Bavaro: o que apresentou melhor custo beneficio. Resort 4 estrelas, boate bacana, piscinas, shows noturnos, restaurantes temáticos a la carte, buffet, os quartos eram modestos, mas quem se importa. Confortáveis. Foi lá que paguei USS 54,00. Alguns grupos de brasileiros por la. Mar do Caribe, sem igual. Occidental Grand Punta Cana: Resort 5 estrelas, bem compacto tambem, com as piscinas, praia e restaurantes proximos. Os show a noite lá eram otimos. Os quartos muito bons. Não vi nenhum brasileiro por lá exceto eu. Há uma boate anexo de entrada free, porem bebidas a parte. O agito fica no saguao do hall de entrada, onde costuma ficar um DJ, e é ao lado dos bares free. Em janeiro paguei USS 110,00 a diária lá, quarto sozinho. Occidental Bávaro Princess: quase ao lado do Occidental, 5 estrelas. Ganhei uma diária lá grátis. Costuma ser mais caro que o Occidental É um resort enorme, é cansativo andar por lá, e você se perde. Andava com um mapa no bolso. Alguns carrinhos de golf passam pelas estradinhas, mas pode demorar. Porem a comida é muito boa nos restaurantes a la carte e nos tematicos. Mais recomendado para casais este aqui, Quarto enorme, com direito a banheira de hidromassagem. Bar na piscina e tudo mais. Bavaro Princess Bavaro Hostel: voltando nossas origens de mochileiro, fiquei num albergue la. Quarto compartilhado USS 22,00. Fica na praia de Bavaro. Voce tem que achar uma fresta entre os diversos resorts, para ter acesso a praia. Mas fica 2 quarteiroes de lá. Nada de mais, fica no quarto andar de um predio, há 3 quartos compartilhados, 2 banheiros e cozinha coletiva. Praia de Bavaro. Isla Saona: é um passeio que vale a pena, você pode contratar por diversas agencias. Cerca de USS 80,00. É a ilha onde foi filmado o filme lagoa azul, piratas do caribe. Os barcos saem pela manha, com open bar, e almoço. Na volta, se der sorte, você poderá voltar com os golfinhos ao lado do barco. Juan Dolio e Boca Chica São as primeiras cidades com praia, próximo a Santo Domingo. Possuem belas praias, mas são mais conhecidas pelo turismo sexual. Fiquei 1 noite no Resort Coral Costa Caribe. Muito barato por sinal, porém era uma Vila Mimosa (RJ) ou Rua Augusta (SP) ou Fuso Horário (RN) com open bar. Não recomendo. Para voltar a Santo Domingo, pegue o mesmo ônibus, Bavaro Express, vá até o Cruce de Friusa (o terminal fica ali bem escondido, tem que perguntar). Chegue com antecedëncia, o ônibus para proximo ao Aeroporto de Las Americas em Santo Domingo. Mais duvidas só perguntar ai. Valeu. USS 1 = 42 RDS em média. Ambos são facilmente aceitos em qualquer lugar. Procure sacar no Banco Popular que não cobra taxa de saque. Mulheres viajando sozinhas, cuidado. Aqui você vê muitas gringas que vêm pelo turismo sexual também. Se os dominicanos lhe insinuarem algo, diga que seus maridos ficaram no hotel dormindo. O país é muito machista também. Há um agente de turismo na Rep Dom, que presta serviços aqui para os militares há alguns anos já. Ele consegue bons preços nos resorts de Punta Cana ou Hoteis de Santo Domingo. Boa parte do pessoal compra os pacotes aqui com ele. Senhor Efrain Beras ([email protected]) solicite a ele um orçamento, diga que é do Exército Brasileiro. Ele também agencia transportes (do aeroporto em SDQ para Punta Cana por ex, etc). Viajei uma vez por um pacote agendado por ele. Sem problemas. Peguei o voucher da reserva no escritório dele em Santo Domingo e só paguei na volta.
×
×
  • Criar Novo...