Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Membros

Bucareste, a cidade dos parques



Ciganos, Transilvânia, Conde Drácula. Quando o tema é Romênia, geralmente essas são as referências que nós brasileiros temos sobre o país. No quesito simpatia os romenos são campeões. Notamos a gentileza deles logo de cara, no aeroporto internacional Enri Coanda. Mesmo sem termos pedido, os donos do apartamento que alugamos fizeram questão de mandar seu filho ir nos buscar. Ele foi extremamente solícito, conversou sobre futebol, nos passou várias informações e até deu o próprio número de telefone em caso de qualquer necessidade. É claro que a simpatia de um povo não condiciona a escolha de um lugar... Vamos falar de preços. Na Romênia tudo é realmente muito barato. Tudo mesmo! A nossa hospedagem custou trinta euros por dia e nós estamos falando de um apartamento limpo, bem equipado e bem localizado. Tinha cozinha, banheiro impecável, ar condicionado e salinha de estar. Foi uma grande surpresa para nós que vínhamos da escola russa.

 

www.212dias.blogspot.com

 

Bucareste sempre esteve no nosso roteiro. Elegemos a cidade porque queríamos conhecer mais uma capital do leste europeu, tão distante para nós. A nossa intenção era desfazer ou comprovar a imagem negativa sobre os dois países mais pobres da Europa: Romênia e a vizinha Bulgária. Escutamos muitas opiniões sobre a fraca estrutura para o turismo e a dura realidade do país, considerado o segundo mais pobre do continente europeu. No entanto, na prática, a Romênia é um país seguro, limpo e de povo extremamente amigável. Ainda mais depois de termos passado 12 dias na Rússia onde as coisas são bem mais difíceis. Nós fizemos quase tudo a pé e de metrô, que por sinal funciona muito bem. A Romênia é um país de passado socialista que parece estar em fase de renovação. Ainda há resquícios do antigo regime, mas percebemos que o país de tradição camponesa está se inserindo bem no cenário mundial. Os romenos recebem muito bem os turistas. Quase todo mundo fala inglês.

 

COMER EM BUCARESTE

 

Uma pessoa gasta em média quatro euros por prato, mesmo assim fizemos nossa própria comida em casa algumas vezes. Eles são especialistas em saladas, que são muito bem servidas. Os bares sempre estão cheios e acessíveis, ainda mais no verão, durante a Eurocopa. A Old Town, onde ficam os melhores bares, tem excelentes preços e centenas de opções. Além dos bares, há cafés e restaurantes bons e charmosos. O centro antigo está em fase final de revitalização e já virou o lugar mais disputado por gente jovem de toda cidade. Na abertura da Eurocopa, o bairro ferveu. Quase não conseguimos uma mesa para jantar.

 

A Petit Paris, como a cidade é conhecida, reúne dezenas de fachadas neoclássicas muito bonitas, embora mal conservadas. Talvez seja reflexo da realidade econômica do país. Uma das fachadas que mais gostamos foi a do Ateneu, um tradicional teatro da cidade.

 

Outras construções como o Banco Central da Romênia, o Hotel Boulevard e o Círculo Militar compõem a Avenida Vitorie que corta o centro antigo. Não é muito o nosso estilo de turismo, mas no segundo dia optamos em pegar o City Bus que é barato e passa pelos principais pontos turísticos da cidade. Passamos pelo Arco do Triunfo, uma réplica reduzida do arco do triunfo de Paris. Ele representa as vitórias romenas na Primeira Guerra Mundial.

 

Bucareste tem o maior parlamento do mundo depois do Pentágono. São 350.000 metros quadrados e seis mil aposentos. Ele foi encomendado por Nicolae Ceauşescu na década de 70, durante o período comunista, e só ficou pronto em 1989. Muitas vidas foram perdidas durante a construção deste monstro de concreto.

 

Depois do tour conhecemos o maior parque urbano da Europa, o Herastrau, que tem um lago enorme e abriga o segundo maior museu ao ar livre do mundo, o Village Museum.

 

Vilage Museum

O museu a céu aberto foi fundado na década de 50, quando um grupo de antropólogos começou a reconstruir as casas dos camponeses que viveram em diversas regiões da Romênia últimos 500 anos. É um passeio interessante porque você pode entrar nas casas, igrejas e moinhos reconstruídos exatamente como eram originalmente. A mobília e os itens que compunham as casas dos camponeses compõem o museu. Vale a visita! É um dos pontos turísticos mais visitados da Romênia.

 

Parque Herastau

Dessa vez desencanamos das bicicletas. No parque Herastrau existe um lago enorme, onde alugamos um pedalinho. Foi uma delícia curtir uma tarde de sol navegando por toda a extensão do lago e conhecendo melhor a região. Gostamos tanto do lugar que no dia seguinte voltamos e alugamos um barco a remo. Nesse ritmo, continuamos o turismo pelos parques da cidade.

 

No dia seguinte fomos conhecer o Cismigiu que fica no centro da cidade, bem pertinho de onde ficamos hospedados. É um parque menor e mais simples, com um lago artificial, onde também é possível alugar pedalinhos e barquinhos a remo. Lembra um pouco o Ibirapuera em São Paulo. Nós pedalamos mais uma vez. No Cismigiu há muitos banquinhos de praça com idosos e pessoas jogando xadrez e outros jogos de tabuleiro. É um parque mais urbano e bem florido, assim como toda a cidade.

 

Bucareste é assim...

No verão faz muito muito quente, nós conhecemos o país no começo de junho e já estava um baita calor! Ande sempre com seu protetor solar. Bucareste é uma cidade que oferece um turismo mais tranquilo, relax mesmo. Bom para um descanso das grandes capitais europeias, do metrô e do trânsito. Para quem gosta, a cerveja é baratíssima ( menos de um euro - as mais populares são a Silva e a Ciuc) e os bares oferecem muitos drinks diferentes. Há várias opções de hospedagens com bons preços.

 

Para onde vamos: Brasov, Transilvânia - Romênia

De onde viemos: Moscou - Rússia

 

BUCARESTE - ROMÊNIA

 

Hospedagem: 30 euros - apartamento equipado ( Bucharesty Apartments)- ótimo

Transporte: a pé e metrô - muito bom

Culinária : 4 euros por prato - excelente

Hospitalidade do povo local: excelente

Pontos Turísticos: bom

Preços: excelentes

Clima Local (média 32 graus): junho/12

Fuso Horário: 06 horas a mais em relação ao Brasil

Distância Percorrida desde o último destino: 1.800km

Distância Percorrida desde o ponto de Partida (Lisboa): 9.811km

  • Gostei! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...