Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

1 Motorhome, 1 trailer, 6 pessoas + 2 Fridas - em Perrengues pela Europa


Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Otávio

 

Fica frio que depois que terminar o relato da viagem , vou escrever sobre motorhomes e campings europeus, dicas, ideias, coisas que podem ser feitas e que não devem ser feitas.

Já fiz um guia sobre isso ,mas fica dificil sanar todas as dúvidas em um guia de informações , fica mais facil nas perguntas e respostas.

Aqui mesmo nesse relato! :wink:

 

Ah minhas viagens são sempre engraçadas, eu é que não tenho muita paciência para escrever relatos. ::lol4::

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 83
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros de Honra

[align=justify]Finalmente Paris, ou quase.

Depois de algumas voltas pela vila , debaixo de outro filhote de tsunami, nem uma pessoa na rua.

Claro né só os trouxas aqui.

 

Já estávamos pensando em ir direto ao Carrefour que vimos pelo caminho.Iupiiiiii, comprar outro GPS, quando encontramos um senhor e perguntei, mostrei o endereço ele quase levantou vôo para me indicar o caminho, sim porque a comunicação era toda em gestos.

Jappp achamos. Caramba tínhamos passado direto na rotatória do camping umas 4 vezes.

 

Nossa meta era desengatar o Piccolo e cair matando no Carrefour , tanto para achar o GPS quanto para comprar comida , porque rango na França é só para franceses, mais tarde eu conto.

 

Voltemos agora ao camping e aqui abro um parenteses para falar a respeito deste tipo de hospedagem em Paris.

Na cidade luz com certeza independente da época do ano deve fazer reserva, pois as opções mais próximas da cidade são poucas.

 

Já haviámos ficado em um ha uns 4 anos atrás , entre o aeroporto CDG e Paris, não era ruim , mas o transporte até a cidade era complicado , acabamos por ir de motorhome todos os dias para Paris o que não é recomendável se vc nao tem paciencia em rodar um par de horas para achar local para estacionar e muito menos a fim de enfrentar o trânsito nas periféricas, sem falar o trânsito sem noção da cidade.

 

Aprendi a lição e apartir daí comecei a selecionar apenas aqueles campings mais próximos ou com acesso próximo aos centros das cidades.

 

Há uns dois anos atras ficamos em um , que oferecia o básico , mas com a vantagem da localização , fica na região 16 , oferecem navettes que são ônibus coletivos que fazem os transfers até a estação de metro mais próxima usando bilhete integrado .

Liguei para lá ( camping Bois de Boulogne ) estavam cobrando um absurdo ,quase o valor de um hotel Formule 1, ficou de stand by caso não achasse outro.

 

Continuei procurando e achei um que era antes do mesmo grupo, liguei e estavam em reforma e só reabririam em junho. Paris Camping Est .

 

Maison Laffitte um pouco mais afastado mas com acesso legal também ao RER( trem que vai aos arredores da cidade) , lotado.

 

Até que por fim achei esse em que passamos a primeira noite. Lille Demoiselle. Liguei , tinha vaga.[/align]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

[align=justify]Voltemos à viagem.

 

Enfim achamos o camping , antes não tivessemos achado, a mulher nos cobrou a bagatela de 50 € para o pernoite.

Fazer o quê , já estávamos cansados e tensos.

 

Com a chuva , tivemos que parar no caminho entre as vagas reservadas para os motorhomes. Como estava bem vazio , nao teve problema.

Comecei então a desconfiar que havia algo estranho.

Normalmente onde os carros ficam parados é com pedra tipo brita , asfaltado, ou chão batido, nesse era grama.Claro que atolaria né! Dã! ::dãã2::ãã2::'>

Mas enfim desengatamos o Piccolo e fomos para o Carrefour , não era longe e achamos fácil.

 

Entramos no paraíso, achamos um modelo mais novo do Garmin Nüvi compramos e continuamos as compras, frango de televisão de cachorro e muitas baguetes, tomates , voltamos ao camping. E a chuva lá firme, mas estávamos mais tranquilos em seguir até Paris.

 

Foi então que conseguimos comer decentemente, sim porque come-se muito mal na França . ::lol3:: Não estou louca não, a comida lá é horrível , tanto é que os franceses são magros , nem eles suportam a propria comida. :mrgreen:

A comida deles não tem gosto, não tem quantidade mas tem preço, por isso evitamos restaurantes franceses.

Após nosso banquete, fomos fazer o reconhecimento do camping.

Susto e terror. ::ahhhh::

Os banheiros não eram limpos ha uma década.

Os chuveiros com azulejos verdes de lodo, o chão dava medo de pisar de tanta sujeira, folhas , restos mortais de alguns ratos.

 

Andando por lá ,nesta altura a chuva tinha estiado, vimos uma plaquinha na árvore.

"Área sujeita a inundação , em caso de excesso de chuva , procure abrigo fora da area do camping."

Entendi então porque tanta grama! :D

Caramba aí apavoramos, principalmente porque pouco tempo depois a chuva voltou , aí que a tensão foi forte. ::ahhhh::

 

E cadê a mulher do camping? ::toma::::toma::::toma:: Sumiu , ninguém lá, só nós e um pobre coitado que chegou para acampar.Fiquei com pena dele , armar barraca na grama molhada e na chuva.

 

O jeito era tomarmos umas, dormir e tratar de partir o mais cedo possível.

Dia seguinte o sol apareceu timidamente.

 

Este foi o primeiro dia em que não precisamos colocar banda de música para acordar o pessoal.

 

07:00horas estavam todos prontos para sumir dalí.A cancela só seria aberta às 08:00 ,na noite anterior descobrimos que ela abria manualmente .

Saímos sem olhar pra trás. ::lol4::

 

Procurei um camping no GPS e ele nos levou ao Camping Est, aquele em reforma. ::dãã2::ãã2::'>

 

Mas isso eu conto depois[/align]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Marcos

Não precisa ter medo nao, mas tem que ter consciência que imprevistos acontecem. :mrgreen:

Este é mais um dos motivos pelo qual resolvi escrever este relato.

Vejo aqui as pessoas montando roteiros em seus mínimos detalhes sem contarem com os imprevistos ou perrengues.

Principalmente que a maioria depende transporte público , trem , avião ou ônibus e se acontecer um contratempo com um desses meios de transportes o viajante fica de pés e mão atadas, acaba por perder tempo, dinheiro e passeio.

 

Não foi a nossa primeira viagem com motorhome.

A primeira vez que viajamos alugamos um para teste.

Passamos 1 ano pensando, procurando informações ,lendo a respeito , conversando com proprietários de motorhomes até decidirmos comprar.

Este comprar demorou mais uns 3 meses até acharmos o que queríamos.

Portanto nossa experiência já passou da fase teste e este é um dos motivos que sempre deixo no mínimo 1 dia de stand by entre locais, just in case.

Para ter uma idéia , com todos esses contratempos a viagem em si não atrasou nem um dia , pois os possíveis imprevistos já estavam computados no roteiro.

::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

[align=justify]Como disse anteriormente Frida III achou um camping, mas só ficamos sabendo que era o camping Est, o da reforma, quando lá chegamos.

O camping havia sido vendido recente para um outro grupo e mudado de nome, no GPs ainda mantinha o nome antigo era Bois de Vincennes.

 

Tanto contratempo assim numa viagem é ser muito azarado, mas desta vez nos demos bem. ::cool:::'>

 

Comentei com o recepcionista a informação da reforma, o que ele confirmou ,porém as intalações básicas já estavam funcionando e não teria problema em ficarmos lá.

Ufa , já estava partindo para o plano C.

 

Instalados , uns pequenos desacertos na hora do banho , o que foi resolvido imediatamente pelo pessoal do camping e passear.

Em Paris felizmente não houve mais contratempos, perrengues ou imprevistos .

 

Em uma semana inteira , fomos ao trivial , torre, Champs Elisées , Louvre, Notre Dame,D’orsay, Sacre Couer,Moulin Rouge, Invalides

Versailles, Disney,passeio de barco pelo Sena, notre Dame, tudo isso já tem informação suficiente aqui no forum.

 

Prefiro sair da mesmice e falar sobre uma Paris alternativa.

 

Logicamente a primeira vez que se vai a Paris, o viajante é induzido a ver o mais famoso e popular da cidade, nada mais correto, pois todas as atrações turísticas da cidade são magníficas.

 

Neste aspecto um relato de viagem leva vantagem sobre um guia de informações , onde somos imparciais e no relato é facultada a emissão de opinião.

 

É uma questão de gosto, claro , mas se tiverem oportunidade visitem pelo menos um dos locais abaixo.[/align]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

[align=justify]Apesar de achar que poderiam ter liberado um pouco mais de túneis , nos esgotos, é interessante se tiver paciencia em ler a história ao passar pelos quadros .

A entrada é baratinha , coisa de 5 € e fica na ponte d’Alma, bem pertinho do museu D’Orsay.

 

Uma cripta em baixo da igreja de Notre Dame , conta a história de Paris, com fragmentos arqueológicos de bairros, locais da cidade.

A entrada fica exatamente em frente a igreja , bem proxima à rua. A igreja fica em um quarteirão fechado.

 

O prédio da Sourbone no quartier latin é muito bonito, só vi por for a, apesar de achar o tal quartier latin uma bobagem.

 

A igreja Madeleine, linda por for a e por dentro, parece um temple grego localizada na praça com o mesmo nome fica atrás da Place de la Concorde.

 

Place de la Concorde magnífico obelisco de luxor , um presente do Egito com 3300 anos no meio de imponentes construções.

A place de la concorde é magnífica e facílima de achar .

Se seguir arco do triunfo pela Champs Elisées(sentido lojas de marcas) é uma reta só , e vai acabar caindo no Louvre.

 

O cemitério Pére Lachaise é um labirinto bem cuidado , onde estão enterradas pessoas mundialmente famosas, mas os túmulos mais bonitos são dos asiáticos.O mapa custa 2 € e a entrada é gratuita. Aproveitar para comer pelo bairro , os restaurantes são mais baratos o local não é tão turístico .

Lá houve uma passagem engraçada.[/align]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

[align=justify]Neste dia separamos o grupo, os 3 mais jovens foram para a Disney , e os velhos para o cemitério. ::ahhhh::

Visitar o cemitério gente, este não é um relato psicografado.

::lol4::

Visitamos o cemitério , passamos lá boas 3 horas procurando túmulos de famosos, logicamente não tem uma plaquinha indicando caminho e o mapa é bem duvidoso.

 

Após essa visita , dispostos a tomar um café , avistamos uma frutaria e de lá .. .

 

-Entre um túmulo e outro minha meia desfiou de cima em baixo, decidi então comprar outra numa lojinha , tipo venda do interior,com bancas na calçada. Comprei e aí onde trocar?

 

Nenhum toalete por perto, troquei na rua mesmo, fui para um canto onde tinha um enorme jardim com arbustos generosos e lá mesmo fiz a troca.Tirar a meia foi fácil ,mas calçar foi roots e gozadíssimo, pois apesar de estar entre os arbustos as pessoas que por lá passavam logicamente me viam.

 

A vantagem em não ser uma celebridade é poder fazer essas extravagâncias sem sair na manchete do jornal! :mrgreen:

 

De lá fomos para os jardins de luxemburgo , onde assistimos a uma parada que ainda não defini se era um protesto irônico, uma parada gay ou uma comemoração de trabalhadores, só sei que estavam animadíssimos.

 

Do jardim de luxemburgo , seguimos para almoçar e de lá dar um perdido por ruas e vielas da região.

 

O bom de se perder em Paris é que tem sempre uma estação de metrô para vc se achar.

 

Voltando ao roteiro alternativo.

 

As catacumbas , visita fantastica , apesar de muita gente achar mórbido eu não achei.

Fica numa pracinha que ninguém dá nada por ela ,Place Denfert Rochereau, parada do metro com o mesmo nome , não há como errar.

 

Mas o que foi sem sombra de dúvida o local mais apreciado , superou todas as espectativas foi o Parque Asterix.

 

Mas esse conto na segunda feira.[/align]

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...