Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

RELATO AO VIVO (QUASE), E EM DUPLA-DEZ 2012/JAN 2013 - LONDRES-PARIS-BRUXELAS-BRUGES-BARCELONA (36D)


Posts Recomendados

  • Membros

SEXTO DIA - HIDE PARK - IMPERIAL WAR MUSEUM - NATIONAL GALLERIE

 

O sexto dia da viagem e sexta feira prometia ser animada, então resolvemos novamente deixar pra sair só depois da aula, que começa meio dia, como era o ultimo dia letivo do ano na escola, o professor resolveu fazer algo diferente e nos levou ao hide park onde está acontecendo uma espécide de feirinha de inverno com parque de diversões, lindo demais, muito organizado e com muuuuita opção de comida e diversão, fomos andando diretamente da escola e passamos umas 2 horas lá, comemos sanduiche, crepe de nutella com banana que é muito gostoso e então o povo da escola resolveu voltar e nós ficamos, passeamos um pouco mais por lá e fomos para o imperial war museum, entããõ, lá não é muito grande, mas tem muita coisa legal, muitas armas, nada de grande porte, mas ainda sim legal, tem uma nova parte do holocausto lá que é tensa viu, da um certo sentimento de "como assim, que droga é essa que aconteceu" , é revoltante, é bizarro, vale a pena ir lá conhecer e saber um pouco mais dessa parte terrível da história.

Depois do imperial war museum fomos pra national gallery, que fica na trafalgar square, essa por sí só já vale a ida, é uma linda praça, cheia de esculturas, cheia de gente passeando entre as fontes, uma enorme árvore de natal decorada e no dia estava tendo um coral bem legal na porta da national gallery... ficamos na praça por uns momentos, encontramos um bêbado Ingles que conversou um pouco com a gente e entramos, lá é muito grande, estávamos cansadíssimos e não vimos taaanta coisa, mas deu pra curtir bem o lugar, ainda mais que é de graça... fico sempre vendo aqueles quadros de 3...4 metros de altura e tentando imaginar como alguem faz aquilo, é coisa de sentar lá e apreciar por um bom tempo. De lá fomos dormir logo porque no outro dia começa a aventura em Paris!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 58
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

DIA 7 - MADAME TUSSAUDS E IDA PRA PARIS

 

O Dia já começou na expectativa pois logo mais a tarde estariamos indo pra Paris... mas antes resolvemos ir no Museu de cera madame tussauds! queriamos porque queriamos entrar com a promoção 2 por 1 , explicada mais ou menos nesse site: http://www.londresparaprincipiantes.com/tag/2-por-1/

mas tivemos muita dificuldade porque em lugar nenhum explicavam qual tipo de passagem de trem era necessária, nós ja temos o oyster então queriamos qualquer uma só pra entrar, mas não sabiamos nenhuma e ninguem sugeria uma, nesse momento a falta de um ingles melhor atrapalhou, mas depois de muita raiva olhamos a passagem mais barata de trem naqueles terminais de autoatendimento dentro da estação e compramos ela e corremos pro museu, chegando lá tava chovendo fraquinho e tinha umas 6 pessoas lá de fora, já pensamos: opa, demos sorte, tá vazio!! rum , que nada, isso deve ser só pra todo mundo entrar igual a gente lá e depois perceber que a fila é só lá dentro, e é imensa! dá umas 8 a 10 voltas... foi mais ou menos uns 45 minutos, mas como eu vivo dizendo aqui: estamos de férias! o que importa é que chegou nossa vez, a promoção deu certo, entramos os dois por preço de um e voltaremos a repetir essa promoção mais algumas vezes ainda aqui, bom, o museu é aquilo né, um tanto de boneco e você disputa espaço pra tirar foto com eles... o negócio é entrar no clima mesmo e tirar várias fotos, ver o tanto que eles parecem (a maioria) e curtir, ainda tem uma partezinha lá interativa, com passeio pela história de Londres, e um cinema 4 D com os heróis da Marvel! pra nós foi a melhor parte, superou as expectativas. Um fato curioso foi constatar como o mundo é pequeno, como disse antes somos de Goiânia, e na fila pro Museu de cera vi uma camisa familiar, era do VILA NOVA, time que inclusive eu sempre gostei, fiquei espantado, porque é o VILA NOVA, kkkkkk, depois percebemos que o homem junto com o rapaz da camisa foi nosso professor na escola, mas quando fomos conversar com eles, segundos antes eles sairam da fila e foram embora, devem que perceberam que iam ficar um bom tempo lá, mas foi legal ver outros goianos lá, detalhe que tá cheio de Brasileiro em Londres e em Paris.

Saimos do museu, compramos um lanchinho e fomos pegar a mala em casa pra ir pra estação pegar o Eurostar, já tinhamos reservado esses passes a meses por 85 euros ida e volta! tinha acabado de chegar na casa um casal de canadenses, queria até interagir mas não deu tempo! em Kings Cross novamente pegamos o eurostar mas ficamos com uma dúvida, juravamos que iam carimbar nossa entrada na França, ia ter imigração, mas não teve nada, só carimbaram com saida da Inglaterra e pronto, 2 horas e meia depois estavamos em Paris sem passar por lugar nenhum lá. Em Paris compramos um ticket lá pra uma viagem e fomos pra Nova casa, pois já era quase 10 da noite! o metro de Paris já dá aquele baque logo de cara, pois saimos da realidade linda do metro de Londres e já caimos naquele fedor de urina!! metro feio, velho e mau cuidado, e mal sinalizado, mas chegamos na estação e fomos procurar a casa. A parte engraçada ficou quando chegamos no prédio, que é residencial, o dono da casa não estava mas tinha deixado o código pra entrar no prédio e dado instruções pra falar com seu amigo Mike pra pegar as chaves...

Achamos o prédio e quando digitamos o código na entrada... nada aconteceu, porta travada, tentamos de novo e nada, detalhe que não tinha nenhum botão enter ou nada pra confirmar, aí não sabiamos se estavamos fazendo algo errado...depois de uns 20 minutos na porta, ninguem passava na rua e começando a pensar em tudo de ruim eu falei: já sei, vamos gritar o Mike!! dai gritei algumas vezes e nada... a Mariana foi andando pro lado e gritou : MIIIIIIIIIIKKKKKKE, de repente me aparece um senhor no primeiro andar: ela perguntou : MIKE?? ele movimentou a cabeça positivamente! ela disse: FREDERICO E MARIANA , FRANÇOIS ]( Que é quem alugou a casa) e apontou pra porta e gritou em portugues: MIKE , A PORTA NÃO ABRE!! eu morri de rir, ele não entende nada de portugues, mas pelo desespero dela ele desceu na portaria, ensinou como abre a porta (o código tava imcompleto, fdp) e nos apresentou a casa, perfeita, muito barato pelo que pagamos, tem até banheira, tv com record e rede tv e tudo mais, nos acomodamos, voltamos na vendinha aqui em frente, compramos umas comidinhas pra janta e fomos dormir felizes, logo mais na manhã começaria nosso passeio sonhado!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

PARIS - DIA 1 - TORRE EIFFEL - ARCO DO TRIUNFO

 

Decidimos começar Paris pelo que julgavamos inadiável caso algo desse errado nos outros dias, então decidimos terminar logo com a ansiedade e ir pra torre Eiffel, acordamos cedo e ao chegarmos novamente no metrô continuamos estranhando a sujeira e má sinalização, não tinha nenhum atendente na estação e compramos o passe no autoatendimento e não deu pra fazer o Navigo, que é como o oyster de Londres. Quando descemos na estação indicada para a Torre e tivemos a primeira visão ... decepção total, como disse a Mariana: anem amor, vou chorar, quero ir embora, kkkkkkkkkkkkkkk.

Realmente, a primeira impressão foi a pior possível, pois como tinha algumas casas que tampavam a visão da base da torre, só conseguiamos ver do meio pra cima e parecia que estavamos vendo uma torre de rádio! mas seguimos em frente! e quando chegamos embaixo dela mesmo, vendo toda sua extensão, aí sim as coisas melhoraram, ela se tornou bem mais imponente, bem bonita, e tiramos milhares de fotos. Fomos logo pra fila pra subir e realmente aqui em Paris a fila anda viu, foi bemmm rápido, apesar de enorme a fila logo cedo, compramos o ticket e subimos felizes, lá de cima é uma maravilha, só de lá percebemos o quanto Paris pode ser linda ::hãã2::

Ficamos lá um tempão e resolvemos ir para o topo, lá encontramos outros Brasileiros que nos alertaram que nosso passe era só até o segundo andar, anem que raiva ::grr:: , pedimos o ticket e a moça nem comentou nada sobre 2 andar ou topo, comprei jurando que era até o topo, mas por sorte lá no segundo andar tem como comprar o complemento para o topo, e sai no mesmo preço de comprar tudo de uma vez. Lá no topo o vento é muito forte e até desanima um pouco, preferimos a vista do meio mesmo!

Saímos de lá e fomos numa feirinha alí no trocadeiro, legalzinha, mas nada demais tambem, andei reparando que parece que tanto em Londres quanto em Paris, todos os vendedores de banquinhas, lojinhas e vendedores de rua vão no mesmo fornecedor de material, porque tudo é a messsma coisa! mas ok, comemos um baguete bom lá e fomos andando pro arco do triunfo, com um mapa na mão da pra fazer quase tudo, e rapidinho o avistamos, LINDO, muito imponente, chama demais atenção, tiramos foto lá de fora e fomos lá fazer o Paris museum Pass, Fizemos por 4 dias e nessa brincadeira foram 53 euros, mas na hora julgamos ser o certo, pois evita fila e pensei que dava direito aos audio guias, mas nada disso, primeiro fica a dica: no inverno é difícil achar uma fila realmente grande, e audio-guia é por fora mesmo, e no mínimo espanhol ou inglês mesmo! subimos ao topo e lá pra mim é a melhor vista de Paris, pois pegar a champs-elysees e a torre eiffel no mesmo enquadramento é perfeito, esperamos dar cinco horas da tarde pra vermos as luzes se acenderem e aí que o espetáculo fica perfeito, principalmente pelas luzes da rua, que fica sensacional!! a vista vale a viagem viu, e compensa a cidade que tirando o centro não é nada demais , assim como o metrô.

Depois de perder o folego com a vista, fomos fazer compras na champs elysees ( :evil: mentira) ANDAR digo, e olhando do começo parece que ela é pequena, mas não conseguimos andar até o fim, é MUITA GENTE, muito asiático, como disse pra Mariana brincando : me senti na China. Lá também tem uma feirinha, mas tudo igual em outros lugares, compramos uma pêra do amor e fomos embora descansar pois as pernas já estavam matando.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...
  • Membros

Galera, perdããão, não deu mesmo pra fazer o relato durante a viagem, foi virando uma correria e no final do dia ninguém tinha coragem de mexer com relato , foi mal mesmo ::toma:: , mas agora que cheguei vou acelerar isso aqui e colocar toda a viagem em dia, que eu garanto que foi uma experiência de vida incrível!!

 

 

PARIS - DIA 2 - MONTMARTRE - SACRE COEUR - LOUVRE

 

Nosso primeiro dia em Paris já tinha sido mágico, afinal nós conhecemos dois dos lugares mais famosos do mundo, era um sonho e o segundo dia prometia! durante o nosso planejamento lemos muito que o bairro de montmartre era super charmoso, imperdível mesmo, e que nele estava a bela igreja sacre coeur, ou seja, primeira parada: montmartre! fomos para a estação de metro e fizemos o Navigo que é um cartão similar ao oyster de Londres e pagamos por uma semana ilimitado por 19 euros se não me engano, tirando essa semelhança do Navigo com o oyster o metrô de Paris perde feio para o Londrino em todos os aspectos, pois quase todas estações fedem urina, quase não tem funcionários nas estações, não tem fiscalização (ou seja, o pessoal pula a catraca mesmo!!), muitos metrôs estão velhos, e o pior, a sinalização é péssima, tem muita estação que não tem nada escrito falando que é ali, só uma escada mesmo, ai muitas vezes passamos sem notar as paradas, mas uma coisa é certa: Funciona, e funciona bem, dá pra ir pra qualquer lugar sem maiores problemas ::cool:::'> , chegamos no famoso bairro e a primeira impressão foi de um lugar simpático, andamos um pouquinho, meio que seguindo os demais turistas e um pouquinho antes de chegar na igreja me aparecem dois angolanos , tenho até vergonha de falar essa parte mas vamos lá... os Angolanos já chegam falando rápido e pegando sua mão e blablabla, enrolaram uma cordinha no nosso dedo e falaram pra fazer pedido e etc, não deixam voce falar nada e sei que no final das contas os caras queriam 10 euros! 10 EUROS, claro que eu podia falar não, tirar a porcaria da pulseira e ir embora, mas tenho esse defeito e acabei que dei 5 euros por aquela merda e saímos de lá grilados, eu por não conseguir recusar e pagar por aquele lixo e a Mariana por eu ter pagado alguma coisa, mas tá, tentei enfiar na minha cabeça que foi presente de natal antecipado e seguimos pra igreja, novamente o primeiro impacto foi: simpática, ela fica no topo de uma grande escadaria e quando chegamos aos seus pés não achamos lá grande coisa. Entramos e lá dentro é bem sem gracinha mesmo, nada demais... ficamos uns 10 minutos e fomos admirar a vista lá de fora que é bem bonita, na nossa opinião é melhor que a própria igreja, saímos de lá e passeamos pelo bairro que continuou apenas como simpático mesmo, não vimos nada demais lá e partimos para o famoso museu do Louvre, aí sim a expectativa era grande, o metrô nos deixa na porta praticamente e como tinhamos o museum pass tiramos fotos nas pirâmides sem pressa e entramos sem maiores problemas! gente, o louvre é LINDO LINDO, as obras são incríveis, e é MUITO grande, ficamos lá umas 3 horas e não deu pra ver muita coisa não, já que adoro as pinturas e perdi (só jeito de falar, claro) algum tempo lá com elas, naturalmente a primeira visita ao Louvre te empurra para ela, a badaladíssima Monalisa, então chegamos lá na sala e tinha umas 100 pessoas se acotovelando para tirar uma foto com a moça, depois de alguns minutos chegamos mais perto ( o mais perto que se pode chegar é mais ou menos uns 4 metros de distância), tentamos ver alguma coisa e tirar umas fotinhas e feito isso, só deu tempo de ver mais algumas coisinhas do Egito, que eu adoro e do nada os funcionários começaram a expulsar a galera, e isso faltava ainda 50 minutos pra fechar... ficamos até assustados porque tem muita gente que entra só pra dar uma olhadinha na Monalisa jurando que ainda falta uma hora pra fechar e quando entra tem que sair, traíragem deles lá ::vapapu:: , mas tá, saímos de lá e fomos comprar nossa ceia de natal!! resolvemos comprar no carrefour mesmo, e no caminho começou uma chuva forte e chegamos lá ensopados, compramos uma torta de frango e um macarrão, e o mais importante né, uma coca pra acompanhar! ficamos esperando até umas 10 pra preparar a comida, e quando ficou pronta a Mariana provou a massa e falou: Fred, isso aqui que voce comprou não é torta de frango ::grr:: , é uma porcaria doce, com uma massa nojenta, quando provei ela estava certinha, era um lixo, mas deem um desconto pois eu não sei francês, kkkkkkkkkkk, então falei, vou alí na vendinha em frente ver se tem alguma coisa, o que era improvável, pois era 10 da noite do dia 25!! mas por incrível que pareça estava aberta e comprei uma lasanha e mais umas 4 variedades pra tentar me redimir, kkkkkkkk, depois disso tudo correu bem e fomos dormir felizes!!

 

 

 

20130121141459.jpg

20130121141652.jpg

20130121141709.jpg

20130121141818.jpg

20130121141857.jpg

20130121141924.jpg

20130121141944.jpg

20130121142002.jpg

20130121142018.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

PARIS - TERCEIRO DIA - NATALLLLL

 

Já tinhamos feito uma pesquisa prévia para saber se algum dos prédios turísticos de Paris abriam no natal mas não tinhamos encontrado nada muito convincente,só sabiamos que não podiamos perder um dia por nada, nem pelo natal, então acordamos cedo e resolvemos que o programa do dia seria fazer nossas compras na cidade luz! ok, pegamos o metrô e fomos atrás das galerias laffayete e das lojas sephora já que queriamos fazer a festa pras mães , irmãs e parentes (pelo menos a mariana queria, eu mesmo queria só que o dinheiro desse pra comida, kkkkkkk). Chegamos por volta das 14:00 e TUDO FECHADO, tudo tudo tudo, nem uma lojinha pra contar história, ficamos desanimados mas estavamos em París e tinhamos uma rara oportunidade de ver um pouco da cidade sem aquele mundarel de turistas dos dias normais, e foi o que fizemos, caminhamos sem rumo e encontramos vários belos lugares e praças, até que passamos por uma espécie de parque que não sei o nome e saimos em frente a roda gigante! que lindo aquele lugar, ficamos curtindo um pouco o frio lá e passeamos de novo na feirinha da champs-elisses só pra matar o tempo e fomos pra casa, afinal tinhamos andados demaisssssss e tudo que dava pra pensar era em descansar, pois estavamos em Paris e ainda tinhamos muito pra aproveitar nos próximos dias, principalmente o palácio de Versalhes, e digo uma coisa, nem em sonho eu conseguiria imaginar algo tão belo quanto aquele palácio!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

PARIS - 4 DIA - PALÁCIO DE VERSALHES E ESTÁDIO DO PARIS ST. GERMAIN

 

A ansiedade era grande desde cedo, afinal eu sempre quis conhecer o palácio de versalhes, adoro lugares importantes para a humanidade, aqueles bem carregados de história, e sabia que lá era o prato cheio, arrumamos bem rapidinho e partimos pra estação logo de manhã, compramos o ticket de ida e volta na hora e em mais ou menos 1 hora e 15 minutos estavamos em Versalhes, e estando lá não tem como errar, é só esperar os outros turístas irem na frente e seguir o fluxo, não dá 5 minutos de caminhada e se pode avistar os portões dourados belíssimos...dá vontade de correr pra chegar mais rápido, e no caminho deu pra ouvir várias vozes brasileiras, tá cheio na França, se você tem medo de não conseguir falar com ninguém lá caso precise, pode ir de boa que rapidinho você acha um brasileiro!! tinhamos o museum pass e entramos direto e sem frescura, tá certo que não foi uma grande diferença mas tudo bem. O começo da visita no palácio não é lá grande coisa, mas com o passar das acomodações a coisa vai esquentando e de repente você se pega em um lugar tão suntuoso, tão maravilhoso que não dá pra descrever, a sala dos espelhos é fenomenal, coisa de outro mundo aquilo ::essa:: tirei muita foto mas não tem como capturar toda aquela beleza! mais ou menos 1 hora e meia depois terminamos o passeio e passamos rapidinho por um pedacinho dos jardins só pra dar uma olhadinha mesmo porque ainda tinhamos mais dois compromissos no dia, então rumamos de volta pra Paris com destino ao palácio dos inválidos, lá é bem legal e tem muita coisa pra quem gosta de guerra, pena que não tinha muito tempo e nem consegui ver nada da 2° guerra mundial, vimos aonde está enterrado Napoleão e é um baita lugar viu, vale muito ver, mas foi rapidinho afinal ainda tinhamos mais uma parada, o tour pelo estádio do Paris saint germain, eu que sou amante do futebol fiz questão de conhecer melhor o time local que agora tá na moda no mundo e quase não chegamos a tempo do tour, tivemos que correr e pedir informação pros franceses que até foram legais nesse dia!! bom , o tour é legal, o estádio é bem bonito, arrumadinho, o guia fala inglês e francês, mas ainda sim esperava mais de lá, afinal eu estava em um dos clubes mais ricos da atualidade e esperava mais luxo, mas ok, ok, o luxo ainda viria dias depois em outro estádio!!. Saimos do estádio e só passamos pra comprar uma jantinha em um restaurante chinês (uma droga) e fomos nos planejar para o nosso último dia na capital francêsa! ::hãã2::

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...