Ir para conteúdo

Duas Amigas em Buenos Aires - Carnaval 2012


Posts Recomendados

  • Membros

Dia 1

 

Então...Em dezembro do ano passado eu e Paula (sempre ela...rs) estávamos decidindo onde passaríamos o nosso carnaval. Para muitas pessoas pensar em Carnaval antes do Reveillon está fora de cogitação, mas como não tínhamos nada melhor pra fazer, começamos a viajar (literalmente).

 

A Paula já tinha ido pra Buenos Aires uma vez, mas ela tinha muita vontade de voltar e explorar um pouco mais a cidade. Eu sempre tive vontade de conhecer a cidade, mas ainda não tinha tido oportunidade. Como eu tinha acabado de passar por alguns acontecimentos na minha vida, resolvi embarcar nessa.

 

Aí já viu né? Me empolguei! Seria a minha primeira viagem internacional, então queria que as coisas dessem certo. Foi aí que descobri a Gaby Organizada que existe dentro de mim...rs.

 

Planilhas, roteiros, pesquisas, enfim, um planejamento perfeito (disponibilizarei a planilha aqui depois). Fechamos um pacote numa agência de viagem (passagens aéreas, hospedagem, translado e city tour) e fomos felizes.

 

Bom, o nosso vôo estava marcado para 20:00 do dia 17-Fev (sexta-feira). Mas como era véspera de carnaval, não quisemos arriscar e saímos de casa 16:00...Jesus...Nunca cheguei tão cedo num aeroporto...rs. 16:30 nós já estávamos no Galeão fazendo check-in. Aí começam as nossas histórias...Nas nossas bagagens de mão tínhamos perfume, shampoo, cremes e etc...Tudo com mais de 100ml. Tivemos que despachar tudo porque simplesmente não pode conter nada com mais de 100ml na sua bagagem de mão. Olhamos uma pra cara da outra e começamos a colocar as coisas dentro da mala que seria despachada. Jogamos tudo lá dentro e seja o que Deus quiser.

 

Saímos do check-in e fomos para o paraíso...Free Shop...Quase fiz uma reverência ao entrar naquele lugar...huahauhauhauhau....Acho que melhor que aquilo ali, só indo pra Miami mesmo (next stop?? rsrs...quem sabe?). Cremes, Perfumes, chocolates suíços, maquiagens...Ai meu Deus...que perdição...Me segurei para não gastar os dólares que levei...

 

Bom, embarcamos já eram 21:00h, o nosso vôo atrasou (normal). Fizemos conexão em SP e nem deu tempo de fazer reverência no freeshop de lá. O nosso próximo vôo já estava quase saindo. Fizemos uma viagem relativamente tranquila para Buenos Aires.

 

Chegamos lá já eram quase 00:00, mas chegamos no hotel só umas 02:00...Até pegar as malas, passar no freeshop de lá, encontrar com o pessoal do translado e chegar no hotel...Demorou. Chegamos mortas com farofa e só queríamos dormir...Mas eis que ao abrir a mala o que eu vejo: Os cremes, shampoos e etc...vazaram (os caras que colocam sua mala no avião não são nada cuidadosos) e lá foi eu quase 03:00am lavando (literalmente) as minhas roupas numa pia minúscula de hotel...Eu sei que fomos dormir naquele dia já eram quase 04:00am...Ah! Aconteceu a mesma coisa com a Paula. A única coisa boa é que minha mala tem cheiro de Dove até hoje...rs

 

To be continued...

 

Post retirado do meu blog de viagens: www.gabypelomundo.blogspot.com.br

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Dia 2

 

Calle Florida

 

Depois de dar uma de "empreguete" lavando a própria roupa na pia do banheiro do hotel e de ter dormido umas 4 horas...Acordamos às 08 pra começar o dia...

 

Vamos combinar o seguinte...Dormir mais de 5 horas em uma viagem nas suas férias...É terminantemente proibido...Aquele lema "dormir é para os fracos" cabe perfeitamente aqui...Combinamos assim então? Podemos seguir...rs

 

Depois de ter tomado um café da manhã reforçado...Sim, reforçado, pq a nossa ideia era se alimentar super bem no café (tipo uma hora comendo...rs) e depois só sentir fome na hora do lanche...Turista brasileiro é assim mesmo...Mesmo quando ele está num país que o dinheiro dele vale mais, alguns hábitos não mudam...rs.

 

Saímos do hotel e fomos andando para a Calle Florida...O nosso hotel era bem localizado...na Av. de Mayo, era praticamente esquina com a Av. 9 de Julio (Uma das maiores Avs. de Buenos Aires...Tipo a nossa Presidente Vargas aqui no Rio de Janeiro).

 

Durante a nossa andança passamos pelo Café Tortoni, uma das mais antigas cafeterias de Buenos Aires...Super famosa. Alguns dizem que não vale a pena, outros dizem que é imperdível...Bom, às 10 da manhã tinha uma filinha pra entrar e eu e Paula não queríamos perder tanto tempo...Só tínhamos até terça-feira pra fazer um monte de coisa...Caminhamos um pouco mais, vimos uma loja Havana (melhor alfajor de Buenos Aires) e quem diria...Uma StarBucks (Cafeteria famosa americana).

 

Um parênteses...Viajar com a Paula é a coisa mais engraçada...Ela vai andando e tirando foto de absolutamente de tudo...de uma banca de jornal até uma folha caída no chão...E por mais que você pense: "Meu Deus, nesse ritmo não vamos chegar a lugar nenhum", depois você agradece a ela por ter tirado fotos tão bacanas e que você ficou com preguiça de tirar...No final sempre dá tudo certo...rs.

 

Bom, chegamos na famosa Calle Florida...Pra quem mora no RJ vai entender o que eu vou falar agora: Imaginem uma rua da alfandega misturada com a rua uruguaina...Imaginou? Agora imagina isso um pouco mais arrumadinho com alguns artistas de rua...Então...é basicamente isso! Tem váááárias lojinhas algumas não tão baratas assim...É uma rua bem gostosa de andar e você perde fácil a noção do tempo ali.

 

Achamos que o forte da Calle Florida são as farmácias...É isso mesmo...Farmácias que vendem maquiagens das marcas Maybeline, Revlon, Lâncome e por um preço bem atrativo...A Paula é simplesmente fanática por maquiagem e ficou simplesmente louca com os preços. Tem também uma loja de departamentos (Falabella) que tem preços muito bons...Perfumes, Maquiagens e etc...Nessa loja tem um stand da M.A.C que você pode sair de lá simplesmente tooooda trabalhada na maquiagem...rs. Você não é obrigada a comprar nada, mas vamos combinar que sair maquiada da loja da M.A.C não tem preço. Ok meninos...podem voltar a ler o post...O momento patricinha acabou.

 

Quase no final da Calle Florida tem um shopping (Galerias Pacífico). O shopping é lindo, mas é caro toda a vida...Vale a pena para visitar e tirar umas fotinhos.



Recoleta

 

Depois de andar bastante e gastar uns pesos argentinos, seguimos o planejamento e fomos para a Recoleta...Onde abriga o cemitério mais famoso de Buenos Aires e onde estão enterrados alguns nomes famosos da história da Argentina...Como Eva Perón (Foi a primeira presidente da Argentina...e ficou um pouco mais "conhecida" depois que a Madona interpretou-a no cinema...cantando a famosa música Don't Cry for me Argentina). Ok, ok. cemitério é um troço meio mórbido, mas o lugar é tão famoso que não tinha como deixar de ir.

 

Pegamos um táxi da Calle Florida direto para lá e deu uns 20 pesos. O Bairro da Recoleta é bem fofo e um dos mais caros tb...Entramos no cemitério, ficamos meio perdidas no início, mas acabamos achando o tal túmulo da Eva Perón...Tiramos fotos (algumas meio toscas, não é Paula Maia?? rs), andamos mais um pouco por ali e decidimos acabar com o momento mórbido da viagem...Saímos de lá e decidimos andar por uma feirinha que estava tendo em frente ao cemitério...Eu não sei vcs, mas eu simplesmente adoro feirinhas...São pessoas locais vendendo artesanatos, quadros, roupas, tudo....Decidimos parar numa barraquinha de um senhor que estava vendendo uns quadros bem legais, alguns até engraçados...Ficamos ali conversando com ele no nosso portunhol cheio de sotaque...rs. Muitas vezes não entendíamos nada do que ele falava...mas ele era tão simpático que acabamos comprando 3 quadrinhos...rs.

 

Saímos da feirinha pq começou a chover e fomos andando...A nossa próxima parada seria a Livraria Ateneu, mas antes tivemos que parar pra tomar um sorvete na famosa (e cara) sorverteria Fredo...Todo mundo fala que o sorvete de "Dulce de Leche" é delicioso...Mas como não sou fã de coisas muuuuuito doces preferi um de maracujá com manga (combinação exótica, é eu sei...). CARACA...Perfeito...

 

Livraria Ateneu

 

Tivemos a "brilhante" ideia de ir andando até a Livraria Ateneu...Eu coloquei aqui no Google Maps e deu mais ou menos 20 minutos andando...Mas não foi isso não...Foi mais...Fato!!!!!!

Mas compensou, a livraria é simplesmente linda...Era um teatro que foi todo reformado e se transformou numa das maiores livrarias da América Latina...Simplesmente linda!!! Eu que nem gosto de livros, fiquei como? "As turistas "pira"..."...rsrsr

 

PUB Gibraltar

 

Saímos da livraria e pegamos um táxi...Estávamos meio podres e precisando comer e carregar a pilha...rs. Na primeira vez que a Paula foi para Buenos Aires ela foi num pub que ela simplesmente amou...E lá fomos nós. O pub fica no bairro de San Telmo, conhecido como um bairro mais bohêmio de BA. Como era cedo ainda, quase 18:00 o pub estava vazio, mas o lugar é bem aconchegante. A Paula já conhecia o barman e tomamos duas Quilmes de graça..Perfeito...A caneca tinha uns 500ml...hahahah. Pedimos um prato de Frango empanado com batatas fritas e comemos felizes...Ficamos um pouco por lá, conversamos e fomos embora...

 

Puerto Madero

 

Voltamos para o hotel, mortas com farofa e combinamos: "Vamos descansar um pouquinho e colocar o celular pra despertar umas 20:00 pra podermos sair a noite.".Tínhamos em mente fazer um Pub Crawl (explico melhor depois...rs)...Eu coloquei o meu celular pra despertar (ou pelo menos achei que fiz isso), mas só acordamos às 23:00...Olhei pro celular e pensei: "Caraca, a Paula vai me matar pq meu celular não tocou"...Paula acordou, contei a história triste pra ela...Ela ficou meio bolada (claro, quem não ficaria...rs), mas não nos deixamos abater...Nos arrumamos e partimos para Puerto Madero...Esse é um lugar lindo, tanto de dia quanto a noite...Mas não sei o que acontece parece que os nossos "hermanos" dormem cedo...Chegamos lá já era 00:00...Sempre chegamos nesse horário na Lapa e achamos que ia ser tudo igual (doce ilusão...rs). Tinham algumas pessoas por ali, crianças até (Meu Deus, essas crianças não dormem não?? Pensei...), caminhamos um pouco, mas as coisas já estavam começando a fechar. Estávamos com fome já e resolvemos comer um pizza...Não tinha mais, estava tudo fechando...Então...resolvemos pegar um táxi e procurar uma pizzaria aberta...Paula conhecia uma, mas estava fechada...Acabamos voltando para o hotel (volta o cão arrependido) e vimos que tinha tipo um bar arrumadinho do lado do nosso hotel mesmo...Ficamos por ali, pq a fome era grande...Pedimos uma pizza e duas gaseosas (refrigerante em espanhol)...A pizza até que não tava ruim não....deu pra matar a fome!!!

 

E assim fechamos a nossa noite...

 

Lições Aprendidas:

 

- A água na Argentina tem um gosto meio esquisito...Não adianta procurar muito que o gosto não é o mesmo do Brasil...Uma das 3 características da água é ser insípida (não ter gosto)...Aprendi isso no primário, mas acho que eles faltaram essa aula por lá...rs. A água não é muito barata, então vale a pena comprar uma garrafa grande e distribuir em garrafinhas pequenas.

 

- O Táxi é super barato, mas fique esperto...Veja no google maps o trajeto ou ande com um mapa...Não tenha vergonha e abra o mapão dentro do táxi...O taxista tem que saber que não está lidando com qualquer turista..."Nois é carioca mermão..."...rsrs

 

- Os lugares fechados normalmente cobram o famoso "cobierto" uma taxa (além dos 10% do garçom), simplesmente por você estar num lugar fechado...Eu hein...Melhor levar pra viagem..huahauhau

 

- Nunca, mas nunca...Deixe somente um celular pra despertar...rsrs.

 

To be continued...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Dia 3

 

Casa Rosada

 

Era um dia de domingo e estava meio chuvoso. Depois de tomarmos aquele café da manhã reforçado e de termos dormido relativamente cedo (03:00am), saímos do hotel e fomos andando para a Casa Rosada (principal cartão postal de Buenos Aires).

 

Antes de continuar, queria abrir um parênteses. Eu e Paula andávamos na rua e éramos automaticamente reconhecidas como brasileiras. Não sei se era o modo que a gente se vestia ou o All Star que estávamos usando (os argentinos quase não usam all star porque é muito caro...rsrs), só sei que chamávamos atenção. Então eu dou a dica. Pra você que está lendo esse blog e tomou um pé na bunda recentemente, vai pra Buenos Aires querida(o), você vai voltar muito melhor, ou pelo menos com o ego inflado...rsrs.

Voltando...Fomos andando do nosso hotel para a Casa Rosada, caía uma chuva torrencial, mas não desistimos. Turista é assim mesmo. Faça chuva ou faça sol sempre está tudo bom. Estava tendo uma exposição de fotos em frente à Casa, demos uma passeada por ali, admiramos um pouco as fotos e resolvemos entrar na casa, já que era de graça. Tudo que é de graça fica melhor, fala sério...rs. Lá dentro é bem interessante, você pode conhecer um pouco mais a história daquele país e até de personagens importantes na história da América Latina, como Getulio Vargas e Che Guevara. Depois do momento cultural e de tirarmos fotos com os soldadinhos (eles tiram foto de boa...) partimos para o bairro de La Boca.

 

Inicialmente nosso planejamento era: Casa Rosada / Feira de San Telmo e La Boca, mas resolvemos inverter a ordem e fomos para La Boca primeiro.E foi uma decisão super acertada!



La Boca

 

Esse bairro é mais conhecido pelo estádio do maior time de Buenos Aires (Boca Juniors) e pelo famoso bairro do Caminito, onde, de acordo com a história, os imigrantes ao chegarem naquele local contruiram casas feitas com os restos de navios. Em um determinado momento o governo argentino quis dar uma revitalizada no local e pintou essas casas com cores vivas. O bairro é bem legal, mas é bom vc ficar de olho na carteira...Sabe como é né?

 

No Bairro de La Boca fomos primeiro para o estádio do Boca Juniors, lá você pode fazer uma visita pelo museu e ter acesso ao estádio. Eu e Paula fizemos uma visita expressa...Onde você tem acesso ao museu, mas somente uma parte da arquibancada do estádio. Pra gente já estava de bom tamanho, mas quem é fã de futebol vale a pena comprar o combo museu + estádio (a parte das cadeiras...mais legal). O museu é bem interativo, lembra um pouco o Museu do Futebol em São Paulo (Estádio do Pacaembu), ou será que o Museu do Futebol que lembra o Museo de La Passion Boquense?? Enfim...Mesmo eu, que sou uma negação em futebol e até hoje não sei o que é impedimento, curti! Imagina quem gosta mesmo de futebol? Vai ficar igual pinto no lixo!!

 

Na entrada do museu e antes de sair você vai passar por uma lojinha onde vende absolutamente TUDO do Boca Juniors: Camisas, casacos, canecas, bolsas...tudo...E claro, como sempre...CARO!!!! Uma dica: Fora do estádio você vai ver um monte de loja vendendo as mesmas coisas e por um preço bem mais acessível. Se a procedência é a mesma, eu não sei...Mas se vc compra coisas na Uruguaiana aqui no Rio de Janeiro não vem querer pagar geral com as lojinhas de Buenos Aires com procedência duvidosa...rs. E tenho dito!!!! rsrsrs

 

Saímos dali e fomos andando para o Caminito (super perto) mas como eu disse antes, fica esperto. Nada de tirar a sua câmera digital da Nikon da bolsa e sair clicando tudo. Espera chegar lá...rs.

 

Chegamos lá e fiquei encantanda com as cores, com os dançarinos de tango na rua, com tanta gente diferente. Ali os preços são super em conta. Andamos um pouco, tiramos algumas fotos e confesso que fiquei com vontade de tirar uma foto com o dançarino de tango (não, ele não era gato), mas pô...20 pesos pra tirar uma foto?? Desencantei...rs. Queria tirar uma foto também naqueles paineis que você coloca a cabeça e o seu corpo é feito de desenho. Também desanimei, 20 pesos...Jesus...Que que é isso?? Bom, fomos andando um pouco mais, Paula como sempre tirando fotos de tudo e de todos e eis que paramos numa lojinha que tinha o tal painel pra você colocar a cara...Ok, ok, o desenho não era tão perfeito quanto o outro, mas por 3 pesos, vocês queriam o que também? Na hora me animei pra tirar a foto, mas não queria tirar com a Paula. O painel era um homem e uma mulher dançando tango...Pô, mó queimação. Então falei com o carinha, que estava em frente à loja, se ele poderia tirar a foto comigo...O carinha (peruano) aceitou de bom grado! Lá foi eu né...coloquei meu rosto ali e o peruano colocou o dele, CARACA...Eu já estava ficando tensa naquela situação...Pensei: "Maluco, o peruano tá me dando mole, mas ele é feio pra caraca...". Pensei mais: "Paula, bate logo a porcaria dessa foto...quero sair daqui"...Paula bateu a foto e eis que o Peruano vira pra mim e fala: "Tu es muy guapa, posso sacar una foto contigo?"....Caraculis, o peruano quer tirar uma foto comigo??? Primeiro eu ri pra caraca e depois aceitei, pq o peruano foi gente fina...Agora eu não sei até hoje se essa foto foi parar na internet...Se vc ver uma foto minha na internet com um peruano...Já sabe o que aconteceu né??

 

Feira de San Telmo

 

Saímos de La Boca, pegamos um táxi e fomos direto para a feira de San Telmo. Pedimos para o motorista nos deixar no início da Feira para aproveitarmos bem...

 

A feira de San Telmo acontece somente aos domingos...E é simplesmente imperdível. Você encontra de tudo naquele lugar: antiguidades, couro, roupas, comida, arte...enfim...tudo! Saí de lá com carregando algumas sacolas...Você meio que perde a noção do tempo ali. Nós andamos, andamos, andamos e a fome apertou...encontramos um restaurante não muito bom, estava super vazio mas a comida não era ruim não e era bem servido. Conhecemos um casal de brasileiros ali e demos algumas dicas pra eles...Tadinhos, tavam viajando no estilo caí de para-quedas...rsrs.

 

Depois da feira resolvemos ir novamente à Puerto Madero...fomos andando...e cara, andamos pra caramba a beça...tipo uns 30 min pra chegar em Puerto Madero e mais uns 40 passeando por lá...Queríamos ir lá de novo pra tirar algumas fotos de dia!

 

Voltamos podre para o hotel (normal) e dessa vez tínhamos que sair a noite e conhecer a "night" de Buenos Aires. Tiramos aquele cochilinho básico de 30min e fomos nos arrumar para o Pub Crawl.

 

Pub Crawl - Palermo

 

Eu prometi explicar o que é Pub Crawl e vou cumprir...Pub Crawl é um tour por pubs famosos (ou não) do local e sempre termina numa baladinha. Eu não sou muito de balada não, mas como ficar a noite trancada no hotel não era minha intenção, fui com tudo!

 

O Pub Crawl de Buenos Aires tem um site onde você pode ver o local do dia e onde o pessoal se reúne para começar o tour. Naquele domingo era no bairro de Palermo. O pessoal se encontrava às 22:00 numa praça (que agora eu esqueci o nome), pagava 50 pesos ou 25 reais ou 20 dólares (vale tudo) para alguém do staff, você ganha uma pulseirinha e começa a brincadeira. Rola Quilmes e Pizza pra galera até às 23:00 e aí o pessoal vai para o primeiro pub. Quando você chega lá você ganha um shot, brinda com a galera e começa a se entrosar...Conhecemos um casal de baianos (muito engraçados) e um casal de mineiros (mais engraçados ainda)...O ambiente é super descontraído. Se você estiver viajando sozinho é um ótimo lugar para se enturmar...O Staff conversa com você e te deixa super a vontade.

 

O Segundo e o terceiro Pubs foram bem legais tb e a baladinha foi ótima. Não lembro o nome da boate agora, mas adorei! Tocava de tudo, literalmente...Desde "Nossa, nossa, assim você me mata" até pop atual. Enfim, a noite foi ótima...Chegamos em casa já eram 06:00am...Dormimos até às 11:00 naquele dia, perdemos o café da manhã do hotel, mas perdemos felizes...rs.

 

Ah! O legal (ou não, depende do seu ponto de vista e o quanto você "curtiu" a noite) é que o pessoal do Pub Crawl disponibiliza TODAS as fotos da noite na página deles do facebook. Então, se você se esquecer de levar a sua máquina, fica tranquilo que com certeza você será clicado pelos paparazzi...rs.

 

Lições Aprendidas:

 

- Deixe para comprar os souvenirs do Boca Juniors fora do Museu...Muito mais barato;

- Quer economizar nas fotos dos paineis no Caminito? Ande um pouquinho mais...Mas cuidado com os peruanos!

- Se quiser comer um churros (gostoso) nem pense em comprar no mercado de San Telmo...1000 vezes os churros vendidos nas carrocinhas aqui no Rio!

 

To be continued...

 

Fotos disponíveis no meu blog de viagens: http://gabypelomundo.blogspot.com.br/search/label/Buenos%20Aires

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Parque 3 de Febrero

 

E eis que após uma noite de balada e de termos dormido somente 4 horas, acordamos após o café da manhã (normal) e fomos bater perna...

 

Estávamos mortas com farofa e fritas, mas seguimos firmes e fortes no planejamento.

Para aquele dia planejamos algo mais light: Parques com muito verde...rs.

 

Pegamos um táxi e fomos direto para o parque 3 de Febrero, onde tem o planetário. Nós não chegamos a entrar porque achamos que não valeria a pena, mas se você tiver mais tempo, talvez seja interessante dar uma olhada. Andamos um pouco pelo parque e depois fomos andando para o Rosedal. Deu mais ou menos uns 20 minutos andando.

 

Rosedal

 

O Rosedal é lindo. Como o próprio nome já diz, cheio de rosas. Tem rosa pra dar e vender, mas não me vem com o espírito de porco de arrancar uma rosa pra levar de lembrança pra sua mãe...Na, na, ni, na, não...Coisa feia...rsrsrs. Somos pobres, porém honradas...rsrs

 

Saímos do Rosedal, aquele clima sereno e tranquilo e fomos andando para o Jardim Japonês...Dessa vez andamos bem, pelo menos uns 30 minutos. Mas acho que a gente andou mais porque parece que Argentino não sabe dar informação...Sei lá, eles não possuem aquele GPS interior que todo o jornaleiro aqui no Rio tem...rsrsrsrs. Enfim, depois de nos perder e nos achar encontramos o jardim japonês

 

Jardim Japonês

 

Para a nossa sorte (ou azar), depende do ponto de vista, neste dia estava tendo um evento de Cosplay. Pra que não sabe o que é, Cosplay são aquelas pessoas que se vestem como os personagens de desenho japonês e/ou videogames (se eu tiver falando besteira, me corrijam...rs). Então neste dia encontramos, o Mario, a Princesa do Mario, o Power Ranger verde e até o Jack Sparrow...Cara, tinha um pessoal muito louco naquele lugar.

 

O Jardim estava super cheio. O preço não é dos mais baratos (16 pesos), mas eu acho que é um bom passeio. Dentro do jardim tem um restaurante japonês. Não comemos nada lá então não sei se é bom e se vale a pena...Mas vamos combinar, que ir pra Argentina e comer japonês é sacanagem né?? rs

 

O Jardim em si é bem bonitinho, laguinho com carpas, pontezinha no estilo japa, estátuas japonêses...Rende umas fotos bacanas.

 

Flor de Metal

 

Para finalizar o momento "verde" da viagem pegamos um táxi e fomos conhecer a Floralis Generica, é uma flor de metal que fica no pátio da faculdade de Direito de Buenos Aires. Nada mais é que uma flor...de metal...rsrs. Se vc ficar num ângulo legal (de preferência melhor do que o meu), dá pra fazer umas fotinhos bacanas.



Pub Crawl - San Telmo

 

Como estávamos meio podres ainda do dia anterior, resolvemos comer alguma coisa mais cedo e tirar aquele cochilinho básico antes de encarar mais um PubCrawl.

 

Comemos o famoso Bife de Chorizo com Papas Fritas (muuuuito bom, que tamanho de carne era aquele minha gente?? Se a carne era daquele tamanho, imagina a vaca?? huahauhauha). Fomos andando para o hotel (sim, a gente gosta mesmo de andar) e desmaiamos na cama.

 

Confesso que nesse dia não tava muito afim de night não, mas como não queria ficar no hotel e como eu não iria convencer a Paula a fazer outra coisa, encarei a night.

 

Bom, o esquema era o mesmo do Pub Crawl anterior. 3 Pubs e uma baladinha no final. Não curti muito os pubs de San Telmo não, acheio meio caído, comparando com os Palermo. Bom, mas foi...até que a noite não foi das piores...Começou meio ruim, mas depois deu uma animada...rs.

 

E esse foi o nosso penúltimo dia em Buenos Aires...

 

Lições Aprendidas:

- Pubs em San Telmo??? Só gostei do Gibraltar...rs

 

To be continued...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Último Dia...

 

No nosso último dia em Buenos Aires, acordamos por volta de 10:00, arrumamos nossa mala (ou pelo menos tentamos), fizemos o chek-out e deixamos nossa mala no hotel para dar uma última andada.

 

Resolvemos ir até à Calle Florida mais uma vez para comprar alguns alfajores na loja da Havana. Chegamos lá e aproveitamos pra tomar café da manhã, já que tínhamos perdido mais uma vez o café do hotel. Eu pedi um chocolate quente (com chocolate de verdade) e um croisant. O leite veio meio frio e pedi para aquecer novamente (fiquei observando o atendente pra ver se ele não ia cuspir no meu leite...Argentino é fogo...rs). A Paula também pediu um chocolate quente, porém pediu um misto quente pra acompanhar. O dela veio suuuuuper quente. O chocolate é delicioso, vale a pena!!

 

Devidamente alimentadas, fomos comprar os alfajores, comprei 2 caixas de alfajor tradicional (chocolate com doce de leite), mais uma de um cone (que agora esqueci o nome). Comprei duas caixas porque eu queria trazer para os amigos e família. Nunca comi tanto alfajor na minha vida!!!!

 

Saímos da Calle Florida e voltamos para o hotel devidamente abastecidas.

 

Esperamos pelo menos uns 30 minutos até o pessoal do translado chegar. Eles chegaram no horário certinho, conforme combinado e seguimos rumo ao aeroporto!

 

Fizemos o check-in e fomos aproveitar o free shop de Buenos Aires.

 

Free Shop BA

 

Se eu não comprei quase nada no freeshop da ida, no freeshop da volta eu precisava comprar...Não tem como!!! Perfumes, maquiagens e creminhos por um preço que não tem como perder. Na época o dólar estava em torno de 1,90 e resolvi aproveitar. O freeshop de lá é enoooooorme e acabei me separando da Paula. Eu ia e vinha vááárias vezes. Fazendo contas, vendo as embalagens...Enfim...Perdi totalmente a noção e quando eu me lembrei de olhar o relógio: "Caraaaaaaca, meu vôo sai em 20 minutos, tô ferrada". Eu paguei e saí pra procurar o portão de embarque. E eis que me deparo com a seguinte situação: O trajeto Free Shop - Portão de Embarque levava em torno de uns 10 min...Era longe pra caramba...E a Paula?? Eu não a tinha visto na loja e achei que talvez ela já estivesse embarcado. E lá vai eu, cheia de sacola, com bolsa de mão e correndo desesperadamente pelo aeroporto...De vez em quando aparecia uma tela com os vôos...Eu olhava o meu vôo e dizia: ÚLTIMA CHAMADA...AHHHHHHHHHHHHHHHHHHH...Me desesperei mais ainda. Fiquei com vontade de chorar, mas não podia...Ou eu chorava, ou eu corria e preferi a segunda opção!!!

 

E eis que consigo chegar ao avião e me deparo com a Paula, toda chorosa, com um copo de água na mão e simplesmente desesperada por que eu ainda não havia chegado...A cara de alívio dela, foi reconfortante!!! Tudo bem que ela quase me xingou, mas gente, não foi culpa minha...O freeshop simplesmente não é de Deus...huahauhauhauhau.

 

Fizemos um vôo tranquilo de volta, era um vôo direto e graças a Deus por isso. Estávamos tão cansadas que só queríamos dormir um pouquinho, mas eu não consegui dormir. O avião da TAM é simplesmente muito bom na parte de entretenimento. Tinha vários filmes e séries de TV. Acabei vedo um filminho até chegar ao Rio.

 

E tudo o que é bom dura pouco né? E assim também acontece com uma viagem. Não importa se é uma viagem de final de semana, feriado prolongado, um mês ou um ano. Sempre acaba! Mas o que fica são momentos vividos e inesquecíveis. Que um dia você lembra, ri ou chora. Momentos esses que não voltam mais, mesmo que você visite aquele lugar novamente, você sempre vai ver algo novo e experimentar sensações diferentes.

 

Lições Aprendidas:

Não se deslumbre com o free shop...fique de olho no horário do seu vôo e pergunte se o portão de embarque é muito longe dali!!!

O freeshop de Buenos Aires é mais barato que o da volta do Rio de Janeiro, mais ou menos uma diferença de 3 dólares.

Ande sempre com o dinheiro em uma doleira (uma bolsinha que vc esconde por dentro da calça), assim não corre risco roubarem o seu precioso dim dim.

Para Argentina não é necessário visto, basta apresentar o seu documento de RG (não vale carteira de motorista) dentro do prazo de validade ou um passaporte válido.

Você não precisa levar pesos argentinos daqui do Brasil. Você pode levar reais e trocar pela moeda local em Bancos ou Casas de Câmbio. Bancos sempre tem a melhor cotação, mas como era feriado (Carnaval), os bancos não estavam abertos e tivemos que trocar em casa de câmbio.

Ande com reais na carteira também. Às vezes é mais vantajoso você pagar com real. Tem muitas lojas que aceitam a nossa moeda. É só perguntar se aceitam e qual a cotação do dia.

No mais, Buenos Aires é uma cidade deslumbrate. Quero muito voltar e fazer coisas que não fiz, como ir à um show de tango, por exemplo.

 

Espero que tenham gostado do meu relato!!!

Continuem viajando comigo no blog www.gabypelomundo.blogspot.com.br

 

 

Quem quiser a planilha com o roteiro de Buenos Aires, me mande um e-mail que eu envio!!

[email protected]

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...