Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

cad girl

Gonçalves

Posts Recomendados


Oi, pessoal, vamos a algumas informações mais genéricas sobre esta cidade.

Muita gente tem procurado a cidade serrana por suas temperaturas amenas, por sua tranquilidade, pelo clima romântico das pousadas charmosas , com lareiras e com vistas panorâmicas muito bonitas.

Gonçalves também é uma cidade muito atraente pra quem busca ação e aventura. Trekking, cascading, rapel, cavalgadas são esportes que podem ser encontrados por lá. Bosqyes de araucárias, mirantes de onde pode-se ver até Campos do Jordão nos dias mais claros, as águas do rio Capivari são cenários para aventuras.

Há diversas cachoeiras, como a do Simão (com cerca de 20 metros de altura), a mais popular e cheia nos finais de semana.

A cachoeira do Cruzeiro (50 metros de altura) é de propriedade particular e precisa de guia para entrar. Tem um poço pra banho, ótimo pra crianças e um "escorregador" de pedras.

A cachoeira do retiro ou das 7 quedas se espalha por uma área de uns 700 metros de vale.

Para os mais aventureiros, há a bóia-cross no rio Capivari, uma descida de cerca de 1 quilômetro por corredeiras moderadas e feita com auxílio de monitores.

Há vários tipos de trekking, como o da pedra bonita, pra quem aguenta andar bastante, com muitas subidas. A pedra em si, fica a cerca de 2000 m de altura. O passeio todo leva cerca de 5 horas.

O trekking da pedra do forno passa um bosque de araucárias e por riachos, antes de chegar ao topo da pedra, de onde se vê as pedras do Baú e Chanfrada (outro trekking). Dura derca de 3 horas. Na pedra do forno também há o cascading, descendo a cachoeira de 40 metros.

O trekking da pedra chanfrada é o mais curto, cerca de 2 horas.

E há o rapel na pedra do grotão, que tem mais de 1 quilômetro de altura. Mas o rapel é feito num paredão de cerca de 100 metros de altura.

 

Tem um monte de pousadas e restaurantes, com comidas típicas e muito acolhedoras.

 

Vale muito o passeio.

Compartilhar este post


Link para o post

Muito bom o relato do Robson. Estou voltando a Gonçalves daqui a algumas horas. Na volta, posto infos e impressões atualizadas! Abraço e bom feriado a todos!

Compartilhar este post


Link para o post

Olá Samuel, eu aprovo e recomendo Gonçalves no canaval, esta é uma cidade que frequento ja faz bastante tempo, é linda, pessoal bacana e em relação a hospedagem, acho que compensa mais você tentar alugar uma casinha ou Pousadinha em algum bairro na redondeza, assim como no Distrito dos Costas, um lugarzinho bem pacato, mas bacana, que tem umas posadinha pequenas que cobram baratinho e lhe garantem o maior sossego. Além do mais, Gonçalves no carnaval é mais agitadinho, então se quer sossego acho legal um pouquinho distante. Não tem erro, é só chegar no Distrito dos Costas que fica a 09 km de Gonça que tu arruma algum lugar bacana e barato pra ficar. Sem contar no carnaval delicioso que é o de Gonça. P.S eu irei para o Distrito dos Costas neste fds, caso consiga o telefone da pousada lhe passo, dai você vê se interessa.

 

Abraços, espero que ajude ;)

Compartilhar este post


Link para o post

Pessoal, passei um findi lá em novembro e acabei esquecendo de postar aqui as impressões de ter voltado alguns anos depois da primeira visita. E o resultado é: show! Gonçalves está tão linda quanto 5 anos atrás, com algum acréscimo de restaurantes e pousadas, mas ainda muuuuito pacata, com ótimas trilhas e o povo mais hospitaleiro do que nunca.

 

Dessa vez fiquei na Dona Manoela (http://www.pousadadonamanoela.com.br) cuja vista é espetacular, a estrutura é ótima, cheia de firulas, novinha em folha e com um ótimo custo-benefício. Se forem ficar por lá, batam um bom papo com o Seu José Menino e não deixem de experimentar as cachaças artesananais do cara.

 

Pra comer, fiquei as opções de sempre. Minhas dicas para quem está com falta de cobres e curte uma boa e pesada culinária mineira-caseira é curtir uma ótima cachaça no Alambique da Dona Manoela (o mesmo da pousada, que fica na Estrada São Bento – Gonçalves, Km 4,5, com placas indicativas) e apreciar dois dos melhores self-service rústicos da região: Zé Ovídeo (início da trilha para a Pedra do Forno) e Ao Pé da Pedra (início da trilha para a Pedra Chanfrada). Ambos simples, deliciosos, num ambiente aconchegante e com bela visão para as respectivas atrações. Cobram saudáveis e honestos quinze mangos pela orgia gastronômica. Peça cerveja escura bem gelada no primeiro e suco de amora ou framboesa no segundo. Vale. Demais!

 

Fotos e outras infos postei no blog: http://omochileiro.wordpress.com/2010/11/21/goncalves-mg/

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post

Alguém sabe de camping em Gonçalves? Achei dois telefones num site mas parecia ser algo meio "velho". Pode ser meio afastadinho do centro, sem problemas, só queria saber se tem.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post

Pensei em ir pra lá agora no feriado de Corpus Christi e quase caí das pernas nos preços das pousadas/chalés/apartamentos!!!

 

Intééé

Compartilhar este post


Link para o post

Eu também gostaria de saber se vocês recomendam algum camping em Gonçalves! =]

Além disso, alguém aqui alguém já fez os passeios a cavalo do Refúgio do Marvão? Vi que tem uns roteiros bem longos e gostaria de saber se vocês gostaram e mais detalhes.

Obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post

Oi, pessoal! Estive em Gonçalves este fim de semana e não foi uma visita muito feliz...

 

Conseguimos subir a Pedra do Forno, é bem tranquilo, 40 min. em ritmo mais ou menos. No dia seguinte tentamos subir a Pedra Bonita, mas não conseguimos achar a entrada da trilha, depois de percorrer a estrada da fazenda. Por lá dizem que precisa de guia, mas acho que é só pela dificuldade de achar a entrada mesmo... Na fazenda entra tranquilo, nem precisa pagar nada. Nos cobraram R$65 por pessoa para ir com guia, achei caro. Ah, tem umas vacas e bois no meio do caminho, eu tenho pavor, eles ficam olhando enfezados, demos a maior volta pra conseguir passar!

 

Como a Pedra Bonita não deu certo, partimos para a Pedra do Jair. Trilha fácil, aberta, quase toda com estrada para carro (mas meu 1.0 não subiria). Quando estávamos quase lá em cima, um bicho veio correndo em nossa direção. Não sei dizer a espécie, mas associei a javali. Se não era isso, era algo parecido. Como sei que eles são brabos e fazem um estrago, me desesperei, tentei correr de volta, descendo, e me estabaquei... Estou toda ralada, do joelho ao ombro, mas o estrago maior foi na perna. Sorte que o bicho não veio pra cima, sumiu na mata. O palpite do meu marido é que tinha um buraco na cerca um pouco mais na frente e por isso ele veio descendo (em nossa direção), mas depois passou pelo buraco e foi embora. Sei lá, só sei que a gente deu muita sorte... Juro que não é história de pescador.

 

E agora vou ficar com medo de fazer trilha de novo, como agir numa situação dessa??

 

Fora isso, Gonçalves é uma cidadezinha agradável, mas bem pacata. Domingo à noite não tinha onde comer, só lanchar (ou pagar mais de R$100 em 2 restaurantes arrumadinhos). A lanchonete chamava Carlão Lanches, eu acho. Muuuuuuito bem servido, adoramos! Ficamos na hospedaria Vila Khepri, muito bom também! Não foi barato, estava tendo festival na cidade, mas é uma pousada super bonitinha e as donas são gente finíssima! Me ajudaram no que puderam pós-acidente!

 

Levem remédios, fim de semana não tem onde comprar, nem tem posto de saúde!

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...