Ir para conteúdo

Inka Jungle Trek e Machu Picchu Fevereiro 2013 - Relato dia a dia - Fotos e Vídeos


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Bom galera, estive no Peru e na Bolívia em fevereiro deste ano e resolvi deixar minha contribuição por aqui, já que também utilizei muito o fórum para preparar a minha viagem.

 

Antes de partir para o relato de cada dia, queria deixar algumas informações que julgo importantes:

 

Fevereiro é a época de chuvas no Peru e a trilha inca clássica é inclusive fechada. Li muitos relatos por aqui e fiquei assustado, inclusive. Mas não foi tão mal. Choveu em alguns dias, sim, mas nenhuma tormenta capaz de impedir que alguma atividade fosse feita.

 

É verdade, sim, que temos que estar preparados, e isso significa uma jaqueta e calçados impermeáveis, no mínimo, além de capa de chuva para a mochila.

 

Contratei a trilha com a agência de viagem do Loki. O link é esse aqui: http://www.lokihostel.com/en/travel/tour/inka-jungle-trek-machu-picchu. Lá consta a listagem de preço de cada atividade opcional que é cobrada a parte (transcrevo abaixo para facilitar):

 

Preço:

US$152 adultos

US$132 com carteira de estudante ISIC

VALOR NÃO INCLUI O TREM DE VOLTA DE ÁGUAS CALIENTES A CUSCO

ATIVIDADES OPCIONAIS:

- Rafting (day 1): US$38

- Zip Line (day 3): US$30

- Huayna Picchu: US$10

- Machu Picchu Mountain: US$6

- 4.22pm TREM DE VOLTA: US$70

- 6.45pm TREM DE VOLTA: US$65

- 9.30pm TREM DE VOLTA: US$58

 

Não tenho absolutamente nenhuma reclamação para fazer. Nosso guia era realmente muito bom, todos os lugares que ficamos tinham ótimas condições (dentro do esperado para a situação), todas as refeições foram muito boas (inclusive superando o que eu esperava para a trilha) e nosso grupo era excelente.

 

Mas enfim, vamos ao relato. Eu incluí algumas fotos para ilustrar o relato, mas para quem tiver interesse em ver todas as fotos que tirei na trilha e em Machu Picchu, além dos vídeos que fiz das atividades na trilha, sugiro uma visita ao meu blog. As fotos estão nesse link aqui http://www.getoutside.com.br/?page_id=433 e os vídeos nesse aqui http://getoutside.com.br/?page_id=655.

 

Dia 1 – Cusco à Santa Maria – Downhill Bike e Trilha

 

O primeiro dia da Inka Jungle Trek inicia cedo, com uma viagem de van de Cusco até Abra Malaga, um local situado a aproximadamente 4.300 metros de altitude. De lá, partimos para um trajeto de bike até Santa Maria. O trajeto todo tem aproximadamente 70 km, praticamente todo “ladeira abaixo”. Em razão da altitude, o início do trajeto é frio, em um clima de montanha. Conforme se desce, você nitidamente sente a troca de clima, para uma temperatura mais tropical, entrando no clima de floresta.

 

O trajeto é todo feito no asfalto, e por inúmeras vezes você cruzará cursos d’água que transcorrem por cima do asfalto. É certeza que você terminará o dia encharcado. Então, se possível, leve um par de tênis extra.

 

[googlemap]https://maps.google.com.br/maps?saddr=Cusco,+Peru&daddr=Abra+Malaga,+Urubamba,+Cuzco,+Peru+to:Trajeto+28B+to:Estrada+desconhecida&hl=pt-BR&ll=-13.173097,-72.355957&spn=1.056338,1.234589&sll=-13.052724,-72.612762&sspn=0.066054,0.077162&geocode=FfifMf8dgsq1-ykxhFkm2NVtkTFdMRgjzJapKg%3BFWiTN_8d77qw-yntEgJ7F-1tkTEhb2kwf1nT5w%3BFSKLOf8d_z2s-w%3BFbMUOf8d1sar-w&t=h&mra=mi&mrsp=3&sz=14&z=10[/googlemap]

A: Cusco

B: Início da Bike

C: Parada do almoço

D: local aproximado de onde inicia a trilha para se chegar ao local da primeira noite

 

As paisagens no caminho são indescritíveis. Veja aqui um vídeo que fiz do trajeto de bike:

 

Após o trajeto de bike é servido um almoço em um restaurante local. Comida muito boa:

DSC_0054.jpg

 

De lá, seguimos de van até o trecho onde se inicia a trilha para o local da nossa primeira noite. A trilha é curta, de aproximadamente meia hora.

 

O local da primeira noite é espetacular, fica situado no meio da floresta, com instalações bem simples. Todo o grupo dorme no mesmo cômodo, que possui algo em torno de 20 beliches.

DSC_0099.jpg

 

Destaque fica para o mongoose “domesticado” que vive lá:

DSC_0082.jpg

 

Algumas outras fotos do primeiro dia:

DSC_0026.jpg

DSC_0040.jpg

DSC_0067.jpg

 

Dia 2 – Santa Maria à Santa Tereza – Trilha

 

O segundo dia é inteiro de trilhas, uma caminhada longa, exaustiva, e que me causou um sério problema no joelho. Verdade seja dita, o problema não foi culpa da trilha, e sim de uma pré-condição já existente minha. O resto do grupo, além do cansaço, não sentiu absolutamente nada.

 

Resumindo, do segundo dia em diante eu só conseguia mancar, e com muita dor. Mas isso tornou a viagem ainda mais desafiadora, e não arruinou em absolutamente nada toda a aventura.

 

Mas falando da trilha em si, mais uma vez paisagens lindas, algumas paradas para descanso/conversa/fotos. Esse dia rendeu fotos lindas. Depois de mancar muito e ficar para trás no grupo, enfim chegamos, ao fim do dia, às águas termais de Santa Tereza.

 

Algumas fotos do segundo dia:

IMG_0685.jpg

Águas Termais de Santa Tereza

DSC_0135.jpg

DSC_0177.jpg

DSC_0138.jpg

DSC_0154.jpg

DSC_0171.jpg

 

Uma das principais razões que fizeram essa experiência ser tão marcante foi a forma como todo nosso grupo (aproximadamente 15 pessoas) se deu bem. Isso rendeu boas conversas, novas amizades e um desafio de futebol ao fim do segundo dia entre os 3 escoceses do grupo mais um australiano contra 2 brasileiros e 2 argentinos. O jogo terminou 2 a 2 e sim, mesmo sem conseguir andar, eu joguei.

 

Dia 3 – Santa Tereza à Águas Calientes – Trilha e Tirolesa

 

Nem todos do grupo fizeram a tirolesa, mas os que fizeram certamente não se arrependeram. Essa foi a primeira atividade do dia, e eu não poderia ter feito escolha melhor, não só pela diversão em si, mas também por ter poupado algumas horas de caminhada com o meu joelho ruim.

 

O maior trecho da tirolesa fica situado a 150 metros do chão, e percorre uma distância de aproximadamente 400 metros.

 

Aqui segue um vídeo que fiz:

 

Algumas fotos da tirolesa:

IMG_0696.jpg

IMG_0699.jpg

IMG_0702.jpg

 

Depois da tirolesa, o grupo todo se encontra para o almoço, na hidrelétrica de Santa Tereza. De lá, parte a trilha até Águas Calientes.

 

Essa trilha é feita praticamente toda sobre os trilhos do trem, em superfície plana. É uma caminhada leve, apesar de longa, e com paisagens também deslumbrantes.

 

Algumas fotos da trilha da hidrelétrica até Aguas Calientes:

IMG_0726.jpg

DSC_0248.jpg

DSC_0258.jpg

DSC_0266.jpg

 

Em Águas Calientes há também um local para banhos em águas termais. Sinceramente, fiquei decepcionado ao chegar até o local e decidi nem entrar na água, que tinha cor turva e muita gente. Optamos por conhecer melhor a cidade e descansar, já que no dia seguinte subiríamos muito cedo para Machu Picchu.

 

Dia 4 – Machu Picchu

 

O 4º dia inicia com uma subida íngreme e cansativa até Machu Picchu. Infelizmente, não pude fazer esse trecho, já que meu joelho não aguentaria.

 

Decidi, então, pegar o primeiro ônibus que sai de Águas Calientes até Machu Picchu. É um trajeto rápido, que me poupou das dores que certamente eu teria se encarasse a subida a pé.

 

Ao chegar em Machu Picchu, temos um tour de aproximadamente 2 horas com nosso guia pelo complexo. Após, pode-se explorar a cidade livremente, ou subir a montanha de Huayna Picchu (a famosa montanha que fica ao fundo das tradicionais fotos de Machu Picchu) ou a montanha de Machu Picchu, no lado oposto.

 

A opção é feita quando se contrata o pacote, e nós havíamos optado por Huayna Picchu. Mesmo com muitas dores, encarei a subida íngreme, mas fui recompensado com uma vista incrível de Machu Picchu.

DSC_0388.jpg

 

Descrever Machu Picchu é certamente um exercício difícil, que prefiro deixar para as fotos que tirei por lá. O link para o álbum está aqui: http://getoutside.com.br/?page_id=659#!prettyPhoto.

 

Após a visita iniciamos o retorno à Águas Calientes, que pode ser por ônibus ou pela trilha. Em Águas Calientes pegamos o trem de volta até Ollantaytambo, de onde sairia a van que nos levaria de volta à Cusco.

 

Todo o problema no joelho e as dores que senti me renderam o sentimento de ter conquistado Machu Picchu. Além de uma experiência diferente e marcante, a Inka Jungle Trek me rendeu novas amizades, que embalaram alguns drinks e boas conversas na volta à Cusco e depois em La Paz.

 

Mais do que chegar à Machu Picchu, todo o caminho que percorri até lá, com as dificuldades que tive, foi o que realmente me marcou. E decidi, ao final, registrar isso de uma forma especial:

DSC_0480.jpg

Tatuagem que fiz em Cusco.

 

Outras fotos de Machu Picchu:

DSC_0273.jpg

DSC_0309.jpg

DSC_03631.jpg

DSC_0365.jpg

DSC_0370.jpg

 

Qualquer dúvida que tiverem, fiquem à vontade para perguntar!

 

Abraço!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Cara, sensacional! Uma viagem pelo relato e pelas fotos, ótimo trabalho. Tô dando um saque nas fotos do seu blog e são realmente muito boas... Cheguei aqui através do outro post, falando sobre coisas essenciais a serem feitas em Cusco, também muito irado. Agora fica impossível não querer ir e voltar com um relato fotográfico tão bom quanto. Uma dúvida: usou qual equipamento?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Cara, sensacional! Uma viagem pelo relato e pelas fotos, ótimo trabalho. Tô dando um saque nas fotos do seu blog e são realmente muito boas... Cheguei aqui através do outro post, falando sobre coisas essenciais a serem feitas em Cusco, também muito irado. Agora fica impossível não querer ir e voltar com um relato fotográfico tão bom quanto. Uma dúvida: usou qual equipamento?

Obrigado, Fernando!! Fico feliz que tenhas gostado!

 

Tirei a maioria das fotos com uma Nikon D5000 e fiz os vídeos com uma GoPro Hero1.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Que trilha incrível!! Eu fui pra lá esse mês e não fiz nenhuma trilha, mas quando voltar lá vou fazer esse com certeza! Adorei os videos. Só fiquei com um pouco de medo da tirolesa.. huahauha

Obrigado, Be_diniz!

Se tiveres a oportunidade de voltar e fazer alguma trilha, aproveita! Eu gostei bastante!

E sobre a tirolesa, tenta não olhar pra baixo só hehe

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá, muito legal seu roteiro! Estou programando para fazer essa viagem em 2014 e o que vc fez era exatamente o que eu tava procurando :D

Você pode me ajudar em duas dúvidas? Essa bike que vc pegou lá é tipo um pacote em agência ou vc com seu grupo resolveu alugar e ir?

E outra coisa, as trilhas são muito pesadas? Não tenho muita experiência hehe

 

Obrigada! Bjss

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Sensacional a Tiroleza! Mas um cabo tão fino, q dá medo...rs

CaLordello, hehe verdade! Mas é bem seguro, pelo menos essa que eu fiz. Existem outras empresas que fazem essa atividade na região, é bom pesquisar bem.

 

A que eu usei se chama Cola de Mono (http://www.canopyperu.com/) e parecia bem estruturada!

 

Abs!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Olá, muito legal seu roteiro! Estou programando para fazer essa viagem em 2014 e o que vc fez era exatamente o que eu tava procurando :D

Você pode me ajudar em duas dúvidas? Essa bike que vc pegou lá é tipo um pacote em agência ou vc com seu grupo resolveu alugar e ir?

E outra coisa, as trilhas são muito pesadas? Não tenho muita experiência hehe

 

Obrigada! Bjss

 

Licabdala, obrigado!!! Tenho mais fotos da trilha no blog, o link para o álbum é http://getoutside.com.br/?page_id=659.

 

A bike fazia parte do pacote todo, que contratamos com a Loki Travel (http://www.lokihostel.com/en/travel/tour/inka-jungle-trek-machu-picchu). Se você não fizer a Inka Jungle Trek ou qualquer outra trilha, mas mesmo assim quer curtir o downhill, é possível contratar como um passeio independente.

 

Eu não achei as trilhas pesadas, sinceramente. É claro que você caminha bastante, mas existem inúmeras paradas ao longo do caminho. É bom estar preparado fisicamente, sem dúvida, mas não é preciso ter muita experiência em trilha ou um preparo físico impecável.

 

bjs!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Eu e meu esposo optamos pela trilha! eee... Graças a este tópico... e vc, claro... ::otemo::

Pergunta: vc não fez reserva de MP? Fez o pacote já com o ingresso e guia no local...??? Ou comprou ingresso e descontou o valor... fico preocupada de fazer tudo na hora, uma vez que a reserva é nominal...

bjos

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...