Ir para conteúdo

Serra Gaúcha (Gramado, Canela, Cambará do Sul, Bento Gonçalves e Nova Petrópolis) - 16 à 23/10/13 - Com Fotos e Gastos


Posts Recomendados

  • Membros

Caros amigos...

 

Que a Graça e a Paz do Senhor Jesus Cristo estejam com todos vocês neste ano de 2014.

 

Gostaria primeiramente de agradecer a todos que fazem o Mochileiros e a todos que participam com as suas postagens e com a ajuda de todos que contribuíram com a viagem que eu realizei com a minha esposa. Graças a Deus a nossa viagem não mudou muito com relação ao que foi planejado, já que as mudanças climáticas não foram tão grandes durante o período que estivemos por lá.

 

Várias coisas conseguimos antecipar até o dia da viagem. As Passagens Aéreas para 02 (duas) pessoas (casal) = 28.000 pontos (7.000 pts por trecho) THE - POA - THE. As Tarifas Aeroportuárias = R$ 33,90 (ida) + 43,14 (volta) = R$ 77,04

 

A Hospedagem foi reservada através do BOOKING na Pousada Zermatt no valor de R$ 888,00, dos dias 16 à 23/10/13 + uma caixa de chocolates e um buquê de flores para fazer uma surpresa à minha esposa no valor de R$ 80,00. E que depois descobri que eles abusaram da minha boa vontade, pois depois de alguns passeios na cidade, descobri que os chocolates custavam R$ 23,00 e o buquê de flores em vários locais saía ao valor de no máximo R$ 8,00. Um absurdo! Mas não o suficiente para estragar a minha viagem. Deixei para lá isso!

 

DSC07934.JPG.f05d63756ef0826e2ea16b84b3fe238b.JPG

 

Foram vários cupons de compra coletiva no Laçador de Ofertas e no Tchê Ofertas utilizados durante a nossa viagem e que com certeza valeram a pena cada um deles. Vão desde a almoço, jantar, até passeios em parques da cidade. Serão todos relatados. Aguarde!

 

O aluguel do carro foi reservado antecipadamente também através do site http://www.rentcars.com.br. O mesmo disponibiliza várias locadoras de todo o Brasil e com os melhores preços. É o BOOKING do aluguel de carros. Hehe! Conseguimos a reserva de um Fiat Palio 2013 com ar-condicionado, direção hidráulica e vidros elétricos durante os dias que estivemos lá (16 à 23/10) ao valor de R$ 561,02 na MOVIDA Rent a Car e que no final ainda podemos dividir em até 6x no cartão de crédito. o Caução ficou no valor de R$ 700,00 que ficam retidos no cartão de crédito e o sinistro por acidente de fica no valor de R$ 1.500,00 e no caso de roubo no valor de R$ 3.000,00. Graças a Deus não aconteceu nada disso. Recomendado a todos. Só soubemos que era um Fiat Palio quando chegamos lá!

 

Existem alguns cupons de descontos disponíveis no Programa KM DE VANTAGENS que servem para o Super Carros, Museu de Cera e Harley Davidson com 60% de desconto, o que faz uma grande diferença, já que cada um custava R$ 30,00 e no final saiu por R$ 12,00 cada um.

 

16/10/2013 (Quarta-feira)

 

A nossa saída da cidade de Teresina-PI foi no dia 16/10/2013 às 02:10h aproveitando uma promoção de milhagens pela TAM e que nós acumulamos através do programa KM DE VANTAGENS. Chegamos no Aeroporto de Curitiba pela manhã e tomamos um café no Rapidin Lanches, pois a comida é barata e custou para nós dois o valor de R$ 12,00. Após isso, almoçamos no Giraffas no valor de R$ 38,20 (duas pessoas). Depois de muita espera, pegamos o vôo para a cidade de Porto Alegre, pois estávamos em conexão e por isso tivemos que esperar no Aeroporto de Curitiba. Chegamos em Porto Alegre às 14:00h.

 

Como já tínhamos reservado o carro, fomos ao guichê da MOVIDA e retiramos o carro lá às 14:45h e nos direcionamos para a cidade de Nova Petrópolis, pois a minha esposa estava doida para comprar uma bota para ela.. Hehe. Levamos o nosso GPS que nos ajudou muito durante a nossa navegação na região da Serra Gaúcha e nos dava até mesmo a posição dos radares do local. Essa é a melhor... Rs.

 

Recebemos o carro com o tanque cheio e passamos pelas cidades de Ivoti-RS, Presidente Lucena-RS e Picada Café-RS, até chegarmos à cidade de Nova Petrópolis, por volta das 18:00h, pois havíamos parado em Novo Hamburgo em um Shopping de roupas que não recordo o nome para verificarmos os preços praticados por lá. Não gostamos muito e seguimos para Nova Petrópolis. Chegando lá, fomos ao Shopping Aldeia dos Imigrantes e por lá compramos uma bota da Dakota (R$ 99,00), uma blusa de Tricot + Polainas (R$ 69,00), duas segundas peles (R$ 44,89) e um Blusão e uma Jaqueta (167,00). Como não tínhamos levado quase nenhuma roupa de frio, até mesmo porque não temos, resolvemos comprar por lá, pelas opções e pelo preço que é melhor que os praticados aqui em Teresina-PI.

 

DSC07912.JPG.b6c59f3c3ffaabe299ee7cc1d9fe8d2a.JPG

 

DSC07908.JPG.355468667ca600eb9ffc9a29e9ccac8e.JPG

 

Após as compras seguimos para a cidade de Gramado, mas antes passamos por um pedágio e deixamos o valor de R$ 7,90, que se repetiu várias vezes e que serão postados no decorrer do relato.

 

DSC07930.JPG.fe8f32bd34b7fb4c4d9c0fc5a427e61f.JPG

 

Chegando na cidade de Gramado fomos direto para a Pousada Zermatt e nos alojamos por lá, e apesar do cansaço da viagem de avião e de carro, não poderíamos perder o que já estava reservado para a noite. Um Fondue de carne e chocolate no Le Petit Clos (R$ 89,90 - LAÇADOR DE OFERTAS) que, de acordo com o GUIA QUATRO RODAS, está entre os 06 (seis) melhores restaurantes de Fondue do Brasil. Chegamos por volta das 20:00h no restaurante e por incrível que pareça nós éramos os únicos clientes da noite. Fomos muito bem recebidos por um garçon de origem angolana e que vive e trabalha em Gramado. Ele nos ofereceu uma entrada, mas recusamos, pois já tinham relatado que era caro e, para nossa surpresa, quando vimos no cardápio, sairia no valor de R$ 12,00 por pessoa. Um absurdo! Escapamos dessa pegadinha e fomos nos deliciar do Fondue à beira da lareira que foi acendida pelo garçom, apesar de estar somente nós dois no restaurante.

02 (dois) refrigerantes + taxas = R$ 11,00

 

DSC07958.JPG.db5bff3bca7c09f38693857ba6e71277.JPG

 

Após o nosso jantar fomos realizar um passeio pela noite na cidade de Gramado para ver o movimento e conhecer alguns locais, mas retornamos logo por causa do cansaço da viagem. A temperatura estava por volta de 14º C.

 

DSC07974.JPG.e4ebc2b0ec983372ef02db2f95a26748.JPG

 

TOTAL DO DIA = R$ 449,98

OBS: Não postarei os valores dos cupons junto com os gastos do dia na cidade, pois os mesmos já haviam sido pagos. Mesmo assim, colocarei os valores de cada cupom.

 

Daqui a pouco mais...

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 23
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

17/10/2013 (Quinta-feira)

 

Acordamos por volta das 08:00h e fomos tomar o café da manhã. A Pousada Zermatt oferece um café bem variável e bom. Estava prevista a viagem para Cambará do Sul, mas como o tempo não contribuiu por causa da chuva, resolvemos ficar em Gramado e adiantar os roteiros de Parques de Gramado e Canela. Pela manhã nós nos direcionamos para a Fábrica de Chocolates Florybal, onde tínhamos uma visita à fábrica e um brinde com 600g de chocolates sortidos (R$ 15,00 p/pessoa). O que eu pensava que era uma visitação guiada, na verdade era somente para fazermos comprar o chocolate deles, que mesmo assim valeu a pena, pois foram 1,2Kg de chocolates que nos serviram muito de lanche durante o período que estivemos por lá. Lanche melhor que esse só se for dobrado... Rs. Mesmo assim ainda compramos alguns chocolates para levarmos de lembrança para a família (R$ 38,00).

 

DSC08000.JPG.313ed765e79c1d00fba9b0f13f6bf14a.JPG

 

Depois disso, seguimos para o Museu de Cera e Museu das motos Harley Davidson. O valor de cada uma saía por R$ 30,00 p/ pessoa, mas como tínhamos um cupom impresso de um desconto de 60% em cada ingresso pelo KM DE VANTAGENS, pagamos pelos dois museus o total de R$ 40,00 para o casal, ou seja, ganhamos mais de 60% de desconto.

Como não tinha praticamente ninguém para tirar fotos para nós, aproveitamos alguns anteparos para realizar as fotos juntos.

 

DSC08087.JPG.a5453f9526cc70452c4ec040c519b7e3.JPG

::mmm:

DSC08145.JPG.3809c97265386a71b86500decde44753.JPG

 

Após esses dois passeios que ficam no mesmo prédio, um no térreo e o outro no subsolo, seguimos para conhecer o Museu dos Super Carros. Não sou tão apaixonado por carros, mesmo assim eu fui. Aproveitamos novamente o desconto e pagamos o valor de R$ 24,00 o casal. Dessa vez eles foram rigorosos com o desconto de 60%. Lembrando que esses passeios ficam entre Gramado e Canela, na rodovia que liga as duas cidades.

 

DSC08240.JPG.083ebbf9d38afd1c173ff381e025f285.JPG

 

E caso você tenha algum dinheiro sobrando, que no meu caso eu não tinha e mesmo que tivesse não pagaria, você ainda pode dar uma volta em um desses carros disponíveis para passeio.

 

DSC08231.JPG.47e0304e3f264fe0f2b19824e9763dbe.JPG

 

Após isso, seguimos para o Parque Mundo a Vapor (R$ 15,90 p/ pessoa - LAÇADOR DE OFERTAS), com direito à passeio no Trenzinho, que na minha opinião é um dos mais recomendados que eu posso dizer, pois além de você conhecer tudo que tem por lá, você também aprende muito, já que existem vários monitores à disposição e que te dão explicação de tudo que existe por lá. Desde a forma de fabricação de uma usina de papel e celulose até a formação da energia elétrica, seja por hidrelétrica, eólica, solar, os moinhos e outros meios de trabalho disponíveis no local.

 

DSC08339.JPG.9266d096f03e47999f0fb912a6c53835.JPG

 

DSC08303.JPG.cf6cb65847da189d22e7b09d8ef6c14c.JPG

 

Após mais um Parque conhecido, seguimos para a cidade de Canela-RS que fica somente a 7km de distância de Gramado-RS. Fomos conhecer um pouco a cidade e seguimos para a Catedral, que é uma igreja bastante conhecida como ponto turístico da cidade. Tiramos umas fotos e fomos atrás de informações acerca de onde ficavam os parques da cidade.

 

DSC08350.JPG.afaeca6776a710141a4d73bc81effcdf.JPG

 

De lá seguimos para o Parque das Sequóias. Estava chovendo o dia todo e por isso que estávamos realizando os passeios de Parques cobertos. O Parque das Sequóias é um lugar bonito, mas dispensável para se conhecer. Estava chovendo neste dia e a minha esposa usou até um guarda-chuva emprestado da moça da recepção para que pudéssemos conhecer o parque. Valor R$ 5,00 p/ pessoa. Conhecemos o parque que possuem várias plantas exóticas e nativas da região, com destaque para o Ginko Biloba.

 

DSC08406.JPG.e8eacf907ea0d8d9de0032151c598560.JPG

 

Estávamos tão empolgados com os passeios que esquecemos até mesmo de almoçar. Resultado: Muito chocolate para comer... Hehe.

Seguimos então para o não tão famoso Parque da Ferradura, que fica depois do Parque do Caracol. Após chegar no Parque do Caracol, você ainda segue uns 7km de estrada de terra para chegar lá. Mas não se preocupe que dá para chegar tranquilo de carro pequeno. Paramos a entrada no valor de R$ 8,00 por pessoa e seguimos para conhecer os mirantes do Parque, já que as trilhas não estavam mais disponíveis para passeio devido ao horário. A última saída pela trilha deve ocorrer até no máximo às 15:00h e já passava disso. Além do mais, devido à chuva não era recomendado o passeio por causa dos riscos de queda durante o trajeto. Ficamos por lá, tiramos umas fotos e retornamos.

 

DSC08423.JPG.bdc968df6bcdaaaf5602f93a60dbd17a.JPG

 

DSC08434.JPG.ea2cd7d4773af1e7028b2f6314eee211.JPG

 

DSC08493.JPG.48bf0b76f60507b16f233a4bfe15760d.JPG

 

Depois do passeio retornamos para a cidade de Canela, mas no meio do caminho nos deparamos com um outro parque que havíamos comprado um cupom no LAÇADOR DE OFERTAS - R$ 15,00 p/ pessoa (Parque Mundo Gelado). Como já estávamos no local, aproveitamos para conhecer também. Você recebe um casaco com luvas pois terá que enfrentar um frio de - 10º C e por isso tem que estar bem agasalhado. Fiquei até com medo da minha velha câmera fotográfica de guerra dar problema, mas deu conta do recado, apesar de depois ficar um pouco embaçado a lente da mesma. São várias estátuas de gelo que ficam no local. É um lugar bem interessante para se conhecer. Quando saí de lá, nos disseram que iriam dobrar o tamanho para receberem mais turistas. Acho que está fazendo sucesso por lá!

 

DSC08513.JPG.f4289a11d5775131d929eda23aae02fe.JPG

 

DSC08540.JPG.9aae4d3e8fa45feea6b9c218a5914a52.JPG

 

Ainda no retorno para a cidade de Canela-RS, passamos pelo Castelinho do Caracol e também aproveitamos para conhecer o local. Entrada no valor de R$ 10,00 por pessoa. É uma residência que abriga um museu que conta a história da família que viveu lá e da cidade também.

 

DSC08554.JPG.4a5044cfd42e2d71c16461ddbe195e99.JPG

 

De lá, retornamos para a cidade de Canela-RS, onde passamos por um mercado e compramos duas garrafas de 1,5L e algumas bananas por R$ 5,00.

Como as coisas por lá só fecham por volta das 19:00h ainda deu tempo para conhecer o Hollywood Dreams Car. Achei muito melhor que o Super Carros. Pagamos o valor de R$ 20,00 p/ pessoa, pois não tinha promoção para lá, mas ainda choramos e conseguimos um desconto, pois o valor é de R$ 30,00 p/ pessoa.

 

DSC08681.JPG.41ba9242f0968df40bf3169079b18ad6.JPG

 

Após um longo dia conhecendo os Parques de Gramado e Canela, retornamos para a hospedagem para nos prepararmos para o nosso jantar. Por volta das 20:00h saímos para o Texas Saloon para nos deliciarmos de um rodízio de pizza acompanhado de um fondue de chocolate, tudo pelo LAÇADOR DE OFERTAS - R$ (20,90 p/ pessoa). Não tinha quase ninguém no início. As pessoas só começam a chegar mesmo a partir das 21:00h. Comemos, nos fartamos e retornamos para descansar para o dia seguinte. Pagamos ainda o valor de R$ 22,00, pois ainda tinha Couvert. Destino: Cambará do Sul-RS.

 

DSC08691.JPG.47107114c9e8b99f89d501cae97cadf0.JPG

 

TOTAL DO DIA: R$ 260,00

 

Continue...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

18/10/2013 (Sexta-feira)

 

Esse dia era muito esperado, pois iríamos para Cambará do Sul conhecer os canyons Fortaleza e Itaimbezinho e eu te digo que dá tempo de fazer os dois em um só dia. Mesmo que seja um pouco apertado. Saímos tarde de Gramado, por volta das 08:30h e deixamos R$ 7,90 de pedágio para seguirmos em frente. Chegamos por volta das 09:30h em Cambará do Sul-RS. Fomos pegar algumas informações com uma agência de turismo que nos explicou tudo e disse para corrermos senão ficaria difícil conhecer os dois canyons. Seguimos direto para o Canyon Fortaleza que faz parte do Parque Nacional da Serra Geral. A estrada é cheia de curvas e estava molhada por causa do tempo, pois estava chovendo, mas foi bastante esparso. Pegamos ainda uma estrada de chão para chegar lá. Falamos com um cara na entrada que só deu um OK e seguimos em frente, ou seja, "vai e te vira"! Não pagamos nada, mas também não tivemos informações de nada. Seguimos em frente e encontramos uma placa com o nome (Trilha do Rio Tigre). Vamos nessa aqui! Seguimos pela trilha até chegarmos no topo de uma cachoeira onde tinha mais uma trilha para a Pedra do Segredo, mas que não seguimos por causa do Rio que estava cheio devido à chuva, sendo impossível passar naquele momento. A altitude local é de mais ou menos 1100m acima do nível do mar e bem frio. Vimos pouca coisa da paisagem por causa da neblina que estava cobrindo tudo.

 

DSC08771.JPG.195839a79b718a45ea041ae89dccf83a.JPG

 

DSC08773.JPG.cf28a8b3f767dad5c69ff8f50119e9b4.JPG

 

DSC08781.JPG.125a148ea9ade0614825fdb19026565e.JPG

 

Retornamos a trilha e fomos conhecer a borda do Canyon Fortaleza. Resultado: Visibilidade ZERO! Não dava para ver nada por causa da neblina.

 

DSC08822.JPG.2bf03c59fc7a21af19a9cb482a3a7373.JPG

 

Apesar de um pouco tristes com a pouca visibilidade, seguimos para o Mirante do Fortaleza. O caminho é um pouco longo e bastante íngreme. Minha esposa quase desiste no meio do caminho, mas eu lhe dei alguns incentivos e fomos até o final. Hehe. Quando chegamos lá, encontramos um senhor de mais ou menos uns 70 anos lá. Andava devagar, mas chegou no topo onde poucos tem a disposição de ir. No mirante, a mesma coisa, nada de visibilidade. Muitos turistas que foram lá estavam decepcionados por causa da baixa visibilidade. Enquanto subíamos, eles desciam.

 

DSC08867.JPG.ff5250e6f63a1a16216496646b8d716f.JPG

 

Pensei e comecei a orar ao meu Deus para que Ele deixasse vermos pelo menos um pouco da natureza que Ele fez. Permaneci quase meia hora por lá e nada da neblina se dispersar. Então resolvemos descer tudo e voltarmos para o nosso meio de transporte para seguirmos o nosso roteiro. De repente, quando ainda descíamos do mirante, a neblina começa a se dispersar e eu começo a ver um milagre acontecendo. Obrigado Senhor por ter me permitido contemplar a tua beleza perante essa natureza.

 

DSC08894.JPG.6665a8733e16f4fb2d9cb51be34aae2c.JPG

 

DSC08897.JPG.be4acc5be140e508c9754764b1c0245d.JPG

 

DSC08899.JPG.f0994f452b96313ed8ad7c0bc442625b.JPG

 

DSC08925.JPG.e22c65f41ad913c78d46086a5b840c91.JPG

 

DSC08944.JPG.e0803e395126bfa03dfffe3f7b313ad0.JPG

 

Após ver as belezas do Canyon Fortaleza, retornamos à cidade de Cambará do Sul e fomos almoçar no Restaurante Galpão Costanera, por recomendação dos nossos colegas mochileiros. Disseram que custava R$ 18,00 p/ pessoa, por isso fui empolgado, mas quando cheguei havia aumentado para R$ 22,00 p/ pessoa. Afff. E ainda tem a opção com outras carnes, como picanha que pode chegar até R$ 35,00 p/ pessoa. Melhor ficar com o mais barato mesmo. Valor R$ 50,00, pois ainda teve uma garrafa de suco de uva.

 

DSC08980.JPG.20185deed2d0cd92187d55d2d1bafcb7.JPG

 

Após o almoço, seguimos para o Canyon Itaimbezinho que faz parte do Parque Nacional Aparados da Serra. Pegamos um pouco de asfalta e um pouco de terra batida. Chegamos no local, que tem uma estrutura muito melhor que a do Canyon Fortaleza. Em compensação tem que pagar para entrar. R$ 6,50 p/ pessoa, reajustado recentemente (Julho/2013). Como chegamos já por volta das 15:00h, não era mais permitido realizar a trilha de maior percurso. Então fizemos somente a Trilha do Vértice para vermos a Cascata Véu da Noiva. Apesar de termos sido avisado que dificilmente iríamos ver alguma coisa por causa da visibilidade. Fizemos a trilha e fomos para um local onde pudéssemos avistar o Canyon e a cachoeira. A visibilidade estava ZERO, mas eu disse, só saio quando ver pelo menos alguma coisa! Ficamos esperando por mais de uma hora. Minha esposa sentou. Estava cansada por causa do dia que foi corrido mesmo, por isso, aproveitamos para descansar um pouco. De repente a neblina começa a dispersar um pouco e... Vimos um pouco da cachoeira!

 

DSC09087.JPG.d9778660c30400fb1ac242518b4c03d9.JPG

 

Não foi aquela visão totalmente limpa de neblinas, mas para mim, que sabe que o tempo não estava contribuindo por causa do próprio período que dificulta a visibilidade, valeu a pena cada um dos passeios. Feliz eu estava até o guarda do parque aparecer dizendo que o Parque estava fechando. Hehe. Esperei um tempão, mas pelo menos deu certo. Retornamos para Gramado-RS. Na volta, minha esposa retornou dormindo de tão cansada. Mas valeu a pena. Quando estava voltando, percebi que o combustível de uma hora para outra diminuiu drasticamente. Então pensei, só tinha rodado 400km, o tanque estava cheio e já está na reserva. Foi então que eu entendi que as pessoas recebem o carro e devolvem com ÁLCOOL porque é mais barato que gasolina. Como eu ainda iria rodar muito. Enchi o tanque com Gasolina (R$ 100,00) mesmo para render mais. Seguimos para Gramado, passamos mais uma vez pelo pedágio. Perguntei se pagava na volta, mas não tinha jeito. Mais R$ 7,90. Chegando em Gramado-RS, fomos descansar para aproveitarmos mais um cupom da compra coletiva (RESTAURANTE TUCANO - R$ 69,00 - Sequência de Fondue - queijo, carne e chocolate). Esse aqui deu para renovar as energias. Pagamos ainda mais R$ 16,61 pelos refrigerantes e taxas de serviços. Comemos, nos fartamos e retornamos para o nosso berço.

 

DSC09130.JPG.2f71306a9c5fe330ee787801f7f4792b.JPG

 

TOTAL DO DIA = R$ 204,91

 

E não para... continue...

Outro dia postarei o restante...

Obrigado!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Dando continuidade...

 

19/10/2013 (Sábado)

 

Esse foi o primeiro dia ensolarado, nenhuma nuvem e todo o clima a nosso favor para passeios ao ar livre.Para este dia estava programada a viagem para Bento Gonçalves-RS. Acordamos por volta das 08:00h e depois do café da manhã, seguimos viagem. Passamos pela cidade de Caxias do Sul e nos dirigimos para uma estrada na serra que tinha tanta curva e era tão íngreme que até para chegar ao destino demorou bastante. Chegamos por volta das 10:00h e ainda fomos atrás de informações acerca dos passeios pelos Vale dos Vinhedos e pelo Caminho de Pedras.

Aproveitei as dicas do mochileiros para conhecer melhor o Caminho de Pedras, pois você tem a oportunidade de conhecer as riquezas culturais da região, bem como as formas de fabricação de alguns produtos, como o salame, o queijo, o cultivo da uva, cogumelos e a produção de vinho também. Primeiramente fomos pegar algumas informações sobre o Caminho de Pedras em um posto de combustível que tinha todas as informações além de um folder do local. Depois disso fomos no Centro de Informações Turísticas de Bento Gonçalves que fica no Pórtico com forma de Barril de Carvalho, pois as informações que recebemos eram limitados somente ao Caminho de Pedras. Chegando lá, pegamos todas as informações possíveis e seguimos direto para o Vale dos Vinhedos. Como não somos enólogos e muito menos apreciadores do vinho, fizemos o percurso do Vale dos Vinhedos de forma rápida, mas que foi o suficiente para nós. Conhecemos a fabricação de cogumelos, que fica no caminho do Vale dos Vinhedos, paramos em algumas vinícolas, como a Peculiare, Terragnolo, Mario e Luigi, Casa Valduga, que está entre as maiores e mais estruturadas para recepção de turistas, onde perguntamos sobre a visitação guiada, mas a próxima só seria no horário da tarde. Como não tínhamos tempo à perder, seguimos em frente. Durante o percurso você vê os parreirais de uva, mas essa época (Outubro) não é a estação de produção da uva, somente nos meses de fevereiro e março, segundo as informações que nos foram repassadas no local. Todo o percurso do Vale dos Vinhedos é autoguiado e não há dificuldades em fazê-lo. Em cada local que você visita, se tem a opção de comprar os produtos do local ou apenas visitá-lo. A estrada é de chão batido e uma outra parte de asfalto. Seguimos em frente e nos direcionamos para a Fábrica da Miolo, que talvez seja a mais visitada por turistas. Chegando lá, uma visita guiada iria começar e participamos da mesma que dura cerca de 1h. No local, conhecemos desde a extração, o armazenamento até a produção final do vinho. Em seguida participamos de uma degustação de cerca de três tipos de vinho, e ao final, você tem a oportunidade de comprar produtos da fábrica com direito ao desconto de R$ 5,00 devido ao preço pago pela visita guiada que custou R$ 10,00 por pessoa. Compramos algumas garrafas de suco de uva e uma de vinho ( R$ 51,90).

 

DSC09270.JPG.76630a2347c434e2c9472f959eec0755.JPG

 

A maioria das vinícolas lhe cobra uma taxa que varia de R$ 5,00 à R$ 10,00. Outros não lhe cobram nada.

Quando saímos da Vinícola Miolo, nos dirigimos para o Caminho de Pedras, mas antes disso, passamos em frente à Maria Fumaça que coincidentemente estava de saída. Tiramos algumas fotos, mas não fomos porque, segundo alguns relatos é dispensável e também porque eu estava de carro e teria que voltar de Garibaldi para pegar novamente o carro.

Realmente é impressionante conhecer cada CASA do Caminho de Pedras, ou pelo menos boa parte delas. Primeiramente passamos pela Casa de Doces Priberan. Uma senhora nos atendeu e explicou como acontecia a fabricação de doces. Não compramos nada e também não foi cobrado nada. Achei ela um pouco cansada, parecia que tinha acabado de acordar. Partimos para a casa seguinte que fabricava Salames e Queijos. Lá fizemos a degustação do queijo e do salame no local. Conhecemos a casa e a história da família.

 

DSC09371.JPG.4c2187ae639ba71e39f0b82fb5800977.JPG

 

A essa hora, já tínhamos passado do horário de almoço, mas como ainda tinha muita degustação pela frente, resolvemos não almoçar de novo e continuarmos o nosso roteiro, até para não perdermos tempo e aproveitarmos o máximo as casas que ainda tinham pela frente. Logo à frente há um restaurante chamado Nona Ludia. É bastante conhecido na região e tem uma árvore com um aspecto peculiar. De acordo com as informações colhidas no local, essa árvore possui um tronco com um espaço entre as raízes que serviram de abrigo das chuvas para os imigrantes que vieram para cá no passado, enquanto os mesmos construíam as casas. A maioria das casas são feitas de pedra, por isso o nome, Caminho de Pedras, e as arquiteturas são variadas, mas predomina a italiana.

 

DSC09385.JPG.22bdada4b0d215bd5ffe00e45d5dcab8.JPG

 

Seguindo em frente, nos deparamos com a Casa do Tomate, lá você faz uma série de degustações com o tomate. São os mais variados tipos como: Extrato temperado de tomate, Pesto de Pinhão, Molho Chutney Indiano, Molho Bruschetta, Geléia de Tomate, Molho com Tomate Seco, todos eles feitos com o tomate. Além disso, eles fabricam um refrigerante caseiro nos sabores abacaxi e laranja. Lógico que não pude deixar de experimentar uma garrafinha de refrigerante (R$ 3,00).

 

DSC09397.JPG.e7905ceef6d365ba64619409434539cf.JPG

 

Depois nos deparamos com a Casa da Ovelha. É uma casa muito bonita com visitações guiadas e que, em cada horário, há uma atividade diferente. Eles explicam como acontece o processo de tosquia, como tirar leite, a criação, etc. Infelizmente só entramos e conhecemos o local, pois a próxima visita guiada estava prevista para as 16:30h e teríamos que perder mais de 1h esperando, fora que a visita demorava mais de 1h e ainda tínhamos muitas casas para conhecer, por isso, seguimos em frente.

Em seguida visitamos a Casa de Massas, com variadas massas e biscoitos de fabricação própria. Mais degustação, totalmente grátis. Um dos biscoitos (Biscoito Amanteigado) era tão gostoso que acabamos levando (R$ 5,00). Depois vimos a Casa da Tecelagem com algumas peças de fabricação própria, mas que somente avistamos e seguimos em frente. À frente nos deparamos com a Casa das Pequenas Frutas. Pensei que iria conhecer o famoso mirtilo, mas infelizmente não estava em sua época de produção. Havia somente o sorvete de mirtilo à disposição. Além disso existem outras frutas como o morango que eles produzem no local, mas essa época não estava disponível para conhecer, por isso, seguimos em frente.

Chegamos em uma casa chamada Cantina Strapazzon que foi cenário do filme: O Quatrilho. Lotada de turistas. Assim que chegamos somos logo abordados por uma moça que nos cobra R$ 2,00 p/ pessoa para conhecer a casa, degustar vinho, suco de uva, queijo e salame. Achei bom e barato. Há uma rápida visita guiada explicando como foram as cenas do filme e as gravações no local. Além desse filme, mais duas novelas da Globo foram gravadas aqui. Não recordo o nome. É uma casa interessante para conhecer. A casa é de pedra, datada do ano de 1880.

 

DSC09444.JPG.3b98b4513ef2106a9775c2e53814751c.JPG

 

Visitamos mais uma Casa que produzia vinho. Não fomos muito bem atendidos no local, mas degustamos do suco de uva que tinha lá e depois saímos. Pelo menos não cobraram nada, já que havia uma placa com o valor da degustação de R$ 5,00 p/ pessoa.

Passamos por mais uma Casa que tinha Cuca fresca de Uva, mas já tinha acabado tudo. Fomos muito bem recebidos, lá existe quase tudo de uva. Perfume de uva, hidratante para a pele de uva, geléia de uva e óleo da semente de uva e outras coisas de uva. Em seguida fomos à Casa da Erva Mate. Não chegamos a ver a produção. Talvez eles já tivessem fechado. Estava aberto somente o local de vendas de produtos de erva mate.

Logo depois chegamos à uma Casa com forma de Barril gigante e que tinha uma produção de vestuário. Minha esposa gostou muito de um chapéu e acabou levando ele (R$ 38,00).

 

DSC09498.JPG.1b09b332bb80b6559887cba0c6e48678.JPG

 

Quando terminamos de conhecer as principais casas, pelo menos, já eram quase 18:00h, estávamos muito cansados, mas tínhamos que seguir viagem para Gramado. O trânsito até que estava um pouco movimentado no retorno, mas deu para chegar tranquilo. Eu dirigindo e a minha esposa dormindo por causa do cansaço. Passamos por mais um pedágio R$ 7,90.

À noite, depois de descansarmos um pouco, fomos sair para comer no Restaurante Mestre Cuca Mix (LAÇADOR DE OFERTAS – R$ 19,90 – Dois beirutes e duas tortas alemãs). Muito gostoso. Deu para renovar as energias. Gastamos ainda mais R$ 13,75 com o suco e as taxas. Depois disso fomos para casa descansar e nos prepararmos para mais um dia.

 

DSC09508.JPG.253528f4e233fbcaf1872b26dfdaa425.JPG

 

TOTAL DO DIA= R$ 160,55

 

 

20/10/2013 (Domingo)

 

Acordamos esse dia um pouco mais tarde. A minha esposa pensou: “Acho que fizemos a parte pesada de toda a viagem, agora vamos só passear sem pressa e conhecer melhor Gramado e Canela”. O problema é que eu ainda não tinha avisado à ela que iríamos para o Parque do Caracol e que tinha mais de 700 degraus para ela descer e a mesma quantidade para subir! Fomos para o Parque do Caracol (Entrada R$ 12,00 p/ pessoa). Assim que você entra que vai querer conhecer a Cascata do Caracol, há um elevador panorâmico que você pode utilizar para visualizar melhor a cachoeira, mas é pago por fora, se não me engano custa uns R$ 15,00 p/ pessoa. Achei caro, já basta a entrada. Seguimos em frente e aí eu apresentei as escadas para minha esposa e perguntei: Vamos descer? Ela toda empolgada disse: Vamos! Então os exatos 730 degraus, equivalente à um prédio de 44 andares. Disso eu gosto! Descemos, descemos, descemos e chegamos na base. Existem vários pontos de descanso com algumas placas informativas se referindo à quantidade de degraus que você desceu e quantos ainda faltam para chegar na base. A cachoeira é muito bonita vista lá de baixo, pois você tem uma melhor proximidade dela.

 

DSC09536.JPG.8becfcd9c5ae323895abb720a91ab3f9.JPG

 

DSC09546.JPG.338fa40949b083ac8a524a218c359935.JPG

 

Descansamos um pouco e fomos encarar a subida. Aí, meu colega, prepare as pernas, porque uma coisa é descer e outra totalmente antagônica é subir. Foi cansativo para mim, imagine para minha esposa! No meio do caminho você vê gente passando mal, sentando nos degraus, só não vi gente vomitando, mas já vi postagens relatando isso. Se algum dia você descer, vá realmente preparado! Depois de conhecer a cascata fomos fazer as demais trilhas que ainda existiam. Dá para conhecer tranquilo, sem tanto cansaço, mas você sente depois que desce e sobe tanto degrau. Após isso, passamos em algumas barracas e achamos duas jaquetas que pechinchamos ao preço de R$ 300,00 as duas. Levamos!

Gosto de dividir essa viagem em AVENTURA e FARTURA. Por aqui encerramos a parte da AVENTURA e iniciamos a parte da FARTURA, porque a partir de agora aproveitaremos os demais cupons de compra coletiva que adquirimos.

Almoço, La Famille de Gazon – LAÇADOR DE OFERTAS – R$ 20,90 p/ pessoa. Buffet livre. Comida muito boa, o problema era o tamanho da fila para esperar uma mesa, para se servir e para preparo da massa. Demoramos um pouco por lá, mas o almoço é muito bom. São vários tipos de massa à sua disposição. R$ 8,80 pela garrafa de suco de uva. Pelo menos não havia taxas extras!

De lá seguimos para utilizar mais um cupom do LAÇADOR DE OFERTAS (Mundo Encantado – R$ 15,00 p/ duas pessoas). Digo-lhe que é um passeio dispensável porque começa a ficar um pouco repetitiva as coisas que você vê. São miniaturas de vários locais conhecidos da região. É um local bonito para se conhecer, até mesmo porque as miniaturas são diferentes dos demais locais, mas parece um pouco com algumas miniaturas do Parque Mini Mundo que falaremos mais adiante. A diferença no Mundo Encantado é que ele valoriza as miniaturas de paisagens da região, enquanto que no Mini Mundo as paisagens e prédios são de vários países. Em Gramado as pessoas gostam muito de miniaturas e parques com réplicas é só o que não falta!

Seguimos para o Museu de Pedras Preciosas. R$ 10,00 p/ pessoa. Perguntei logo sobre a Opala, que tem mina somente em Pedro II-PI e na Austrália. Eles disseram que tinha somente um anel que valia cerca de R$ 280,00. Comprei esse mesmo anel aqui em Pedro II-PI no meu Estado ao valor de R$ 40,00 a uns 4 anos atrás, mas que eu tenho quase certeza que não chega a R$ 100,00 hoje. É um local bonito para se conhecer, principalmente se você gosta de pedras preciosas. Existem uma enorme variedade, além de seus locais de origem e produção.

 

DSC09778.JPG.0ead5e13badb524baa9fa50e9151db86.JPG

 

Fomos à Aldeia do Papai Noel, mas somente para conhecer a fachada e seguimos para o famoso Mini Mundo. Entrada: R$ 18,00 p/ pessoa. Quase não conseguimos aproveitar bem o parque, pois já eram 16:00h e o Parque fecha às 17:00h. É um dos parques mais famosos e com um dos preços mais caros. O local é realmente lindo e as réplicas são quase idênticas às originais.

 

DSC09815.JPG.c0064f60490c1bcabf66e6efd77a5a4f.JPG

 

Conhecemos, tiramos algumas fotos e fomos ao Lago Negro. Pagamos R$ 20,00 por vinte minutos de pedalinho pelo Lago. Como era horário já estava vigorando, a noite só chegava por volta das 20:00h. Aproveitamos bem o passeio no pedalinho e fomos dar uma volta ao redor do Lago. Passeamos, brincamos com os gansos que tinham no local, um deles atacou a minha perna, mas como estava de calça, não causou danos maiores.

 

DSC09962.JPG.dbf4245b5dbab1126180525a495c1461.JPG

 

Após todos os passeios, nos dirigimos para o Café Coelho Colonial – LAÇADOR DE OFERTAS – R$ 51,90 p/ duas pessoas. Nunca vi na minha vida tanta fartura de comida. Ainda hoje eu penso como eu deixei tanta comida assim. Tomamos mais de dois litros de suco de uva e comemos bastante, mas não deu nem para começar, pois toda vez que a gente terminava algo, o garçom trazia mais! Essa noite eu dormi triste, pois não gosto de ver comida sobrando e infelizmente sobrou e muito! Valeu a pena!

 

DSC00041.JPG.98692a468ccac14c8ffbe3797df238f2.JPG

 

TOTAL DO DIA = R$ 408,80

 

Daqui a pouco mais...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

21/10/2013 (Segunda-feira)

 

Esse é um dia que geralmente alguns estabelecimentos fecham, assim como a quarta-feira também. O dia amanheceu com muita chuva. A manhã toda ficou chovendo e não conseguimos passear, por isso fomos ao Território do Sapato comprar algumas sapatilhas e sandálias para minha esposa e uns dois tênis para mim. Promoção tarja vermelha (três sandálias por R$ 99,00). Achei barato e pedi para ela levar 06 (seis). O preço das três compra somente uma aqui em Teresina-PI. Pelo menos não comprarei mais sandálias tão cedo! Compras: R$ 589,80.

Já era meio-dia, hora do almoço e nada da chuva parar. Restaurante Costelão Gramado (R$ 38,00 p/ pessoa). Buffet livre com rodízio de carne. Fartura com tudo que tinha lá. Nunca tinha comido Costelão na Vala, mas pense numa carne gostosa e gordurosa! Eles cozinham a carne por até 14 horas. Quando é servida a carne é bom mole e boa para se mastigar. Boa demais. Valor R$ 15,00 pelo suco e demais taxas.

 

DSC00065.JPG.1071fc255dd0a2ca9f4a1be7dd0d9e65.JPG

 

Depois de um farto almoço, seguimos para conhecer melhor a cidade de Gramado-RS. Passamos pela Catedral de Pedra, depois fomos à Rua Coberta, Festival de Cinema de Gramado, Largo da Borges, depois fomos à Rótula das Bandeiras, passamos por cada um dos pórticos de entrada de Gramado-RS para tirarmos algumas fotos, algumas praças, parques, enfim, a cidade não é grande para demorar a conhecer.

 

DSC00097.JPG.58ff06ed636e97db47bf3bce99b193eb.JPG

 

Pagamos o valor de R$ 3,00 para deixarmos o carro estacionado na Zona Azul e para não levarmos multa é claro! Passamos na Lagoa Joaquina Bíer, onde já estavam os preparativos para o Natal Luz, fomos novamente no Lago Negro. Não tinha quase ninguém por que era segunda-feira e por isso estava melhor para passear. Depois fomos tomar um café na Rua Coberta (R$ 19,36) no Caracol Chocolates.

 

DSC00166.JPG.8d8991f42d1b6ff228774515c146e00e.JPG

 

Após isso, passamos em um Mercadinho que fica na Avenida Borges de Medeiros e compramos mais duas garrafas de água de 1,5L (R$ 3,90), abastecemos o carro (R$ 104,00) e depois de todo o passeio, fomos para o hotel descansarmos.

 

TOTAL DO DIA = R$ 733,06

 

22/10/2013 (Terça-feira)

 

Esse dia nós programamos para conhecer o Gramado Zoo que cobrou a pequena bagatela de R$ 84,00 pela entrada de duas pessoas + o estacionamento do carro e de brinde você conhece o Parque Gaúcho. Caro demais, já que o Zoológico aqui em Teresina-PI só nos cobra R$ 5,00 para conhece-lo. Lógico que não tem a estrutura existente no Gramado Zoo, mas a diferença é grotesca, mesmo assim fomos conhecer.

O Zoológico abre às 10:00h e nós estávamos na entrada quando abriu. Fomos praticamente os primeiros a chegar no local. O Zoo trabalha somente com espécies nativas da fauna brasileira, além de alguns exemplares de flora também. Apesar de caro é muito bonito o local, mas acho que o preço poderia ser melhor. Novidade para mim foram os Pinguins de Magalhães que nem imaginaria que iria vê-los por aqui.

 

DSC00408.JPG.32b1079edd8896029a5a25aec826c5a4.JPG

 

Gostei das réplicas de algumas pinturas rupestres, como as da Serra da Capivara em São Raimundo Nonato-PI e que tinha conhecido um mês antes da viagem. Depois que você conhece toda o Zoo, que não é muito grande, você pode ir conhecer o Parque Gaúcho que é como se fosse um Centro de Tradições da região, com a história, com as formas de vida no passado, as vestimentas, os utensílios, as armas e alguns animais que são utilizados pelos gaúchos, como o cavalo, ovelhas e algumas raças de cães, como o Cimarrón Uruguayo. Parece um pouco com o Nordestino, mas cada um com as suas particularidades.

 

DSC00491.JPG.a76f3e94cbcf00e812eec9356034a7d7.JPG

 

Depois que terminamos de fomos para um almoço de sequência alemã no Fritz Haus – LAÇADOR DE OFERTAS – R$ 54,00 p/ duas pessoas. Nunca nem tinha comido essas iguarias, mas gostei bastante. Comida pesada, te dá um cansaço depois do almoço. Me lembrei da nossa velha e famosa Mão de Vaca, Panelada e Sarapatel. Qual é a comida que eu não gosto mesmo? A comida estava muito boa, e quanto eu mais comia, mais eles traziam. Parecia uma guerra! Mas fui vencido novamente. Joelho de porco, chucrute, Bolinho de peito de marreco, nunca tinha comido nada disso, mas pelo menos pude aproveitar! Valor R$ 11,00 pelos sucos de uva e pêssego (outra novidade para mim!).

 

DSC00624.JPG.c24e629ef8ffd1c14112c14a93dc25cb.JPG

 

Após esse belo banquete, seguimos viagem para Nova Petrópolis-RS. Essa é pertinho, a cerca de 40km de Gramado-RS. Pagamos mais um pedágio – R$ 7,90, mas antes de chegar na cidade, paramos no Pórtico para tirarmos algumas e fotos e seguimos para a lá. Durante o pequena viagem bateu um cansaço, quando olhei para o lado a minha esposa estava dormindo. Então pensei: “Agora que são 14:20h e já estou cansado assim porque?” Foi quando lembrei da comida alemã que é pesada e tava querendo nos derrubar!

Chegando em Nova Petrópolis-RS fomos para a Aldeia do Imigrante (Entrada – R$ 5,00 p/ pessoa). Já estava cansado de pagar tanto parque, mas infelizmente o turismo é cruel! No Parque você conhece um pouco da cultura alemã, além de algumas residências, todas ao estilo alemão. Assim que chegamos vimos um grupo de pessoas dançando em um salão ao som de uma banda de músicos alemães que estavam vestidos à caráter e com instrumentos de sopro.

 

DSC00663.JPG.902394ef8fd200e905a389193406c24f.JPG

 

Seguimos pelo passeio por dentro da Aldeia os prédios são todos originais da época de 1875 à 1910 no estilo Enxaimel. Há um pedalinho desativado, duas lagoas, algumas lojas, um museu com peças históricas, uma igreja, a escola da comunidade, engenho e outros locais. O passeio começa a tornar-se um pouco repetitivo no quesito histórico, pois os museus são semelhantes. O mesmo que há na Aldeia do Imigrante é semelhante à que existe no Castelinho do Caracol e a algumas casa antigas visitadas durante a viagem. A cidade é considerada a Capital Nacional do Cooperativismo de Crédito, possui uma praça com um monumento que representa esse nome. Nesta mesma praça, que se chama Praça das Flores, encontramos o Labirinto Verde, que é muito conhecido e bem interessante para conhecer, entrar e encontrar a saída depois.

 

DSC00842.JPG.268c6d6c390159223c07981d5141141b.JPG

 

Passeamos pela praça que possui bastante flores no local e depois seguimos para a Torre do Vigia que fica localizado no Centro de Informações Turísticas da cidade e que já é um ponto turístico. Do alto da torre, você tem uma vista privilegiada de grande parte da cidade. Após o passeio pela cidade, retornamos para a cidade de Gramado-RS, mas antes disso, ainda passamos por uma praça que fica fora da cidade e fomos conhecer também, o Pinheiro Multissecular. Demorou para encontrar, deu um pouco de trabalho, mas achamos. Minha esposa quase desiste, mas estou sempre lá para lhe incentivar. O problema é que não uma sinalização adequada para encontrarmos o Pinheiro, por isso foi um pouco difícil encontrá-lo.

 

DSC00937.JPG.15caa5f2f8ceb77199d019009dfeb414.JPG

 

Já eram mais de 19:00h e seguimos para Gramado-RS.

 

Para esta noite tínhamos reservado um jantar no Garfo e Bombacha. É um jantar à parte, pois além da comida, há uma apresentação cultural com músicas e oportunidade de interagir com as pessoas e com o palco. Só achei muito salgado o preço (R$ 100,00 por pessoa) + R$ 12,00 dos sucos de uva.

 

DSC01012.JPG.51a4af8e106ba3e172049d9e865919cf.JPG

 

Para alguns é caro e não vale a pena. Achei bem diferente das demais atrações vistas e acredito que fica a critério de cada um. Só sei que comida tem e muita!

 

TOTAL DO DIA = R$ 325,65

 

Daqui a pouco o final...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

23/10/13 (Quarta-feira)

 

Último dia na cidade e como já tínhamos cumprido com o nosso roteiro, fomos visitar os locais que ainda faltaram em Gramado - RS. Fizemos o check-out na Pousada. Foi pago R$ 962,00 pela hospedagem mais os chocolates e as flores. Organizamos as nossas coisas e fomos ainda à Igreja do Relógio e à Prefeitura de Gramado. De lá, fomos para o Restaurante Tagliarini - LAÇADOR DE OFERTAS - R$ 20,90 por pessoa. Buffet Livre com Filés no rodízio. Fechamos muito bem, pois a comida é excelente.

 

DSC01105.JPG.3a86b218c776682d452a8f7fc07c04c6.JPG

 

Depois do almoço, seguimos viagem para Porto Alegre, passamos por mais dois pedágios. Um de R$ 7,90 e outro de R$ 2,40. Passamos pela cidade de Três Coroas, onde fica o templo budista, mas não era de nosso interesse, por isso seguimos em frente. Completamos o combustível do carro com R$ 56,00 depois que chegamos em Porto Alegre. Compramos água e sorvete por R$ 7,00 e pagamos o aluguel do carro - R$ 561,02. Nosso vôo era somente às 18:40h. Tivemos tempo suficiente para retornarmos depois do almoço, sem pressa.

 

TOTAL DO DIA = R$ 1.606,32

 

TOTAL DA VIAGEM = R$ 4.169,68

TOTAL DA VIAGEM (Sem vestuário) = 2.859,59 + 580,00 (compra coletiva) = R$ 3.439,59

 

Para nós a viagem foi excelente. Aproveitamos bem a cidade. O carro nos ajudou e muito nos deslocamentos para outras cidades, ficamos independentes de roteiros turísticos e de termos que ficar esperando ou pelo tempo limitado para tirar fotos. A compra coletiva foi muito bem vinda, pois conseguimos economizar e muito com alimentação, fato que seria mais dispendioso se tivéssemos que comer todos os dias com os preços normais que são praticados na cidade. Gasta-se muito com alimentação e principalmente por ter que conhecer os mais variados parques que cobram taxas, que ao final de tudo, você percebe que gastou bastante com isso. Dá para se aproveitar as promoções existentes e mencionadas anteriormente, como as compras coletivas e para quem é cadastrado no KM DE VANTAGENS. O que gastamos, levando em consideração o aluguel do veículo e à quantidade de lugares que conhecemos, creio que tenha sido uma viagem econômica, pois não perdemos tanto tempo devido à mobilidade, o que deu para aproveitar melhor. Me deu até vontade de colocar mais fotos, mas é um pouco demorado e o relato ficaria muito grande, com mais fotos do que texto. Espero que nós tenhamos ajudado às pessoas que pretendem ir para Serra Gaúcha. Qualquer dúvida nos encontramos à disposição.

 

Um abraço e que Deus abençoe a todos.

 

Júlio César & Ronicelani

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Olá Júlio,

primeiramente, parabéns pela viagem e pelo relato.

O que vcs acharam da pousada Zermatt? Ela é uma das mais baratas, pelo booking, mas vale a pena? Ela fica distante do centro? Daria pra ir a pé? Pois estarei em Gramado mas não vou alugar carro, por isso a preocupação.

 

Desde logo, agradeço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

A Pousada Zermatt é bem localizado, você vai caminhar um pouco, mas fica próximo do Centro, localizada no bairro Bavária.

O café da manhã é bem variado e bom, o quarto é grande o suficiente para duas pessoas, o que eu achei que eles pecaram foi com relação à calefação, que só liga depois que a temperatura chega aos 6º C e eles não podem mudar isso, pois é automático. Não possui um ar-condicionado para que você possa controlar a temperatura, ou seja, se você não gosta de muito frio vai sofrer um pouco, mas nada que um conjunto de roupa de cama não resolva. Outro detalhe, foi com relação à calça que a minha esposa tinha levado para lá e que sumiu do quarto. Como era o último dia, nós deixamos o nosso endereço e contato para que eles nos comunicassem alguma coisa. Até agora nem informaram se a calça apareceu e muito menos nos comunicaram alguma coisa. Pelo menos não era uma calça cara a que a minha esposa deu conta de ter sumido. Acredito que eles tenham pego junto com a toalha de banho e não perceberam na hora da limpeza, mas podiam pelo menos terem informado alguma coisa até o momento.

 

Júlio César.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Membros

Júlio, parabéns a vocês pela viagem e pelo relato, ficou bem didático.

 

Iremos (eu e minha esposa) fazer um roteiro muito parecido com o de vocês, a difereneça é que pretendemos fazer a seguinte rota: Porto Alegre, Três Coroas, Cambará do Sul (conhecer os Canions), Canela, Gramado, Bento Gonçalves (caminho das Pedras e Vale dos vinhedos - Rota do Vinho), Garibalde e voltar para Porto Alegre.

 

Desta forma acho que ganharemos tempo sem repertir o caminho de ida e volta partindo Gramado, pois ficaremos hospedados nas cidades por onde passarmos. Você acha que dá certo fazer os passeios desta forma? Temos ainda a opição de afzer o caminho inverso (no sentido anti-horário)

 

Desde já agradeço a atenção.

 

João Marcos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...