Ir para conteúdo

Compra de moedas escandinavas (Suécia, Noruega, Islândia, Dinamarca). Onde compensa?


Posts Recomendados

  • Membros

Olá, pessoal

 

Farei um mochilão por todos os países da Escandinávia e, tirando Finlândia, onde a moeda é o Euro, os demais países tem suas "coroas". Já tenho 500 EUR (vou passar por Amsterdã e interior alemão também) e estou em dúvidas sobre o próximo passo:

 

1) Vou com reais e compro nos países? O real tem liquidez lá?

2) Compro mais EUR no Brasil e faço duas conversões?

3) Compro moedas escandinavas diretamente no Brasil?

 

Alguém sabe dizer se os parâmetros dados nos sites forex (forex.no / forex.se / forexbank.dk) são similares aos valores de conversão lá fora?

 

Valeu pela ajuda!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

A melhor solução é usar o cartão de débito do seu banco para fazer saques direto na moeda do país. Mas só irá funcionar bem com cartões de débito Mastercard.

 

Comprar Euros e fazer duas conversões você perde muito dinheiro, a cada conversão você perde entre 5% ou 10% do valor do seu dinheiro. Comprar moedas escandinavas aqui no Brasil, provavelmente vai ter uma cotação muito ruim devido a baixa liquidez, o mesmo acontece se levar Reais e trocar lá, devido a baixa liquidez você conseguirá cotações bem ruins.

 

Então eu levaria alguns euros para as despesas de primeiro hora, como pagar o táxi do aeroporto, algum lanche, etc, e usaria o cartão de débito para fazer saques em caixa automático na moeda local.

 

Ahhh, só um detalhe, leve um cartão de crédito internacional, pois em muitos países escandinavos eles não aceitam pagamento em dinheiro em muitos locais, como no metrô, alguns restaurantes, etc, onde o único meio de pagamento aceito é o cartão de crédito ou cartão de débito emitido na Escandinávia.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
A melhor solução é usar o cartão de débito do seu banco para fazer saques direto na moeda do país. Mas só irá funcionar bem com cartões de débito Mastercard.

 

Obrigado pela resposta, Adriano. Então... já fiz várias viagens pra fora e só uma vez, devido a um imprevisto, usei diretamente meu cartão de débito (Itaú Mastercard). Foi no Chile.

 

Não sei muito bem como utilizar essa função. Sempre que estive na Europa usei euros, crédito, VTM ou moedas locais (Hungria, Rep. Tcheca, Inglaterra, Dinamarca...).

 

Na prática, como é? Simplesmente peço a liberação no meu banco e estarei apto a fazer saques em qualquer ATM com bandeira CIRRUS? As taxas (de saque e conversão) são mais vantajosas do que qlqr outro tipo de operação?

 

Mais uma vez, obrigado!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

Eu sempre uso o meu cartão de debito Mastercard do Itaú quando vou ao exterior, já usei sem problemas na Argentina, Inglaterra, França, Holanda, Alemanha, Áustria e Republica Tcheca. Basta desbloquear a opção saques internacionais no próprio site do Itau e sacar em qualquer ATM da rede Mastercard/Cirrus.

 

O Itaú atualmente cobra uma taxa fixa de R$ 9,00 por saque, bem semelhante a taxa do VTM, a taxa de conversão é fechada no dia em que você faz o saque, e costuma ser um pouquinho melhor do que a taxa no VTM. Mas acho que o VTM tem uma taxa adicional de 3 EUR para saques em moeda diferente da carregada no cartão.

 

Eu prefiro esta modalidade por não preciso me preocupar em carregar um valor alto no VTM e depois sobrarem um monte de euros e quando for revender, me pagarem uma miséria. Como geralmente gasto pouco no exterior, no máximo uns 700 ou 1.000 Euros, o resto costuma já estar pago antes de viajar, uma eventual flutuação na cotação do Euro não me afeta muito, e compenso isto economizando na taxa de revenda das sobras e nas taxas menores.

 

Mas se você for gastar muito dinheiro no exterior, isto pode ser uma estratégia arriscada, pois qualquer flutuação na cotação irá gerar uma diferença grande no valor final. Neste caso seria melhor usar um VTM mesmo, e ir carregando ele aos poucos, por exemplo todo mês carregar uns 500 Euros, para conseguir assim uma cotação média boa no final.

 

Mas independente disto, sempre tenha um plano B e C, se uma não der certo, use a outra e assim por diante. Por exemplo, eu uso preferencial o cartão de débito do Itau, mas também levo junto o meu cartão de crédito e um outro cartão pré-pago do Itau que eu posso recarregar pela internet a partir de qualquer lugar do mundo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
  • Membros

Adriano,

 

Depois de ligar para o Itaú e ser informado que além dos 9,00 eu teria que pagar 6,38% de IOF, não sei se é uma boa opção... Pesquisei cotações em sites escandinavos e estou praticamente decidido a ir com reais e comprar por lá (claro, estarei com euros também).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

E você já pensou que pode ser assaltado ou perder o dinheiro? Pessoalmente eu não me sentiria nenhum pouco confortável andando por ai com R$ 10.000 ou 15.000 no bolso, nem aqui no Brasil nem na escandinavia.

 

Alem disto, você já se atentou ao fato de pegara taxas de câmbio não muito boas, e que no final das contas, a cotação pior acaba dando praticamente no mesmo valor do IOF.

 

Ou seja, a economia que você consegue levando tudo em especie na prática é muito pequena para valer a pena o stress.

 

Pessoalmente eu prefiro gastar R$ 200 a mais, mas viajar tranquilo e relaxado do que ficar meio paranoico por causa do bolso cheio de dinheiro, mas a escolha é sua, faça o que você achar melhor e mais confortável para você.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Se estivermos falando em 10 mil são 640 reais em imposto. Se tiver de usar cartão, eu usaria a função crédito, o IOF é o mesmo e você pelo menos ganha minhas.

 

A minha maneira de viajar: um bom valor em papel moeda e cartão de crédito.

 

Se for viajar com valor acima de 10 mil, é necessário fazer uma declaração informando (não tem nenhum desconto, é uma medida anti-corrupção/terrorismo)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

OE você já fez a conta o quanto pagará mais caro no câmbio paralelo? O Cambio paralelo costuma ser 3% ou 4% mais caro do que você consegue no cartão, então na pratica a "economia" no imposto se reduza a 2% ou 3%, que em R$ 10.000 representam somente R$ 200 ou R$ 300.

 

Vou postar um exemplo que fiz usando Euros comparando VTM e moeda em espécie, no exemplo dá para ver que a cotação da Moeda em especie é mais cara do que no cartão. E quando você fizer esta conta usando as moedas escandinavas a diferença entre moeda em especie e cartão vai ser maior aindo devido a baixa liquidez do Real e das Moedas em espécie:

 

13549575865_182f8b7c2e_o.png

 

 

Ou seja, é pura ilusão de que você vai economizar 6,38% levando tudo em espécie, pois a cotação da moeda em espécie é bem mais cara, a maioria das casas de câmbio ainda cobra taxas, para diminuir o risco de ser assaltado, você tem que comprar a moeda estrangeira por partes, indo várias vezes a casa de câmbio, gastando tempo, gasolina e estacionamento toda vez, no final das contas é uma economia irrisória perante o valor total da sua viagem.

 

Eu estou expondo minha opinião pessoal, pois pessoalmente eu acho que para quem vai gastar R$ 15.000 ou R$ 20.000 numa viagem de 30 dias pela Europa, ficar correndo riscos desnecessários e se estressar por causa de R$ 300 ou R$ 400 de economia é besteira, isto não vai deixar a viagem mais cara ou inviável.

 

Eu prefiro pagar R$ 300 ou 400 a mais, mas viajar tranquilo e não ficar paranoico achando que vão me assaltar a cada esquina. Mas como falei antes, se você acha que vale o risco, tudo bem.

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...