Ir para conteúdo
Li Rodrigues

BsAs - Ushuaia - El Calafate com full day a Torres del Paine, com preços e dica maneira de câmbio

Posts Recomendados

Viagem feita entre 10 e 17 de maio de 2014 - Fotos no final

Comecei a planejar essa viagem (e outras) há uns 2 anos. Apaixonada pela América do Sul, foi difícil decidir qual seria o destino e roteiro. Na lista estavam Uyuni+Atacama e Machu Picchu, por exemplo, mas decidimos por essa por um motivo: 14 de maio de 2011 nos casamos e fomos para Bariloche e essa viagem seria uma comemoração voltando à Patagônia pelos 3 anos de casamento ::love:: . Vamos ao que interessa!

 

O roteiro era o seguinte:

10/05 - São Paulo - Buenos Aires (conhecer um pouco a cidade)

11/05 - Buenos Aires - Ushuaia (Passeio Canal de Beagle a tarde)

12/05 - Ushuaia (PN Tierra del Fuego)

13/05 - Ushuaia (Lago Fagnano e Escondido 4x4 e Cerro Martial)

14/05 - Ushuaia - El Calafate (Laguna Nimez no final da tarde)

15/05 - El Calafate (Mini trekking Perito Moreno e Cerro Huyliche a tarde)

16/05 - El Calafate (Full day Torres del Paine)

17/05 - El Calafate - São Paulo

 

Mas ficou assim:

[/b]10/05 - São Paulo - Buenos Aires (conhecer um pouco a cidade)

11/05 - Buenos Aires - Ushuaia (conhecer a cidade, tava um tempo ruim)

12/05 - Ushuaia (PN Tierra del Fuego)

13/05 - Ushuaia (Canal de Beagle e Cerro Martial, sem subida)

14/05 - Ushuaia - El Calafate (conhecer a cidade e comprar passeios)

15/05 - El Calafate (Mini trekking Perito Moreno)

16/05 - El Calafate (Full day Torres del Paine)

17/05 - El Calafate - São Paulo

 

Voos:

Compramos em janeiro pela Agarre.com - antiga Atrápalo Brasil (eu trabalhava lá na época e não paguei taxa de serviço). O total foi de R$2.620,76. Esse preço tá incluso todos os voos e para nós dois. Mas nos aeroportos de Ushuaia e Calafate tivemos que pagar taxas de aeroporto.

TAXAS AEROPORTUÁRIAS:

Ushuaia - Calafate AR$57

Calafate - BsAs AR$152

 

Câmbio:

Planejamos trocar reais no câmbio paralelo (que é eufemismo para clandestino) em BsAs, que tava numa média de AR$4,15 na época, mas depois de fazer umas contas decidimos trocar nossos reais na SP Mundi por dólares e só em Bue trocar por pesos. Pagamos R$2,34 cada dólar e vendemos por AR$10,50 na Calle Lavalle. Se fossemos trocar os reais, cada R$2,34 dariam AR$9,70. Se você começar a andar pelas ruas aos arredores da Florida várias pessoas vão te oferecer câmbio. Chore. O cara ofereceu AR$10,40 no inicio. Não tivemos nenhum problema com as notas ::otemo:: .

Trocamos tudo, mas quando chegamos em Ushuaia achamos uma loja de roupas que aceitava dólar por AR$11. Na Masmuska do aeroporto de El Calafate também. Só não sei se fazem câmbio além do gasto nas lojas.

 

Hospedagem:

Reservamos tudo por e-mail e sem pagar nada antes. Na semana antes da viagem confirmei minhas reservas e tava tudo ok.

 

Em BsAs: Hostel fiesta. Pagamos AR$300 a diária por um quarto duplo com banheiro privado. Fica bem localizado, perto da Av. 9 de Julio e perto dos arredores da Florida. Se chega a pé na Casa Rosada, Praça de Maio e Obelisco. O lugar é legalzinho. Quarto e banheiros pequenos, mas sossegados. Não tomamos o café porque quando partimos ainda estavam preparando. Rola umas baladas lá de vez em quando, mas não quando estávamos lá.

 

Em Ushuaia: Hostel Yakush. Pagamos AR$420 a diária por um quarto de casal sem banheiro privado. Muito bem localizado. Esquina da Piedra Buena com a San Martín, que é a principal. Foi a primeira vez que usamos banheiro compartilhado e foi uma boa experiência. Não cruzei com NENHUMA criatura em NENHUMA das vezes que usei o banheiro. Tinham 2 banheiros (fem e mas) com 3 chuveiros, 4 vasos e 4 pias. Tudo limpo e organizado. A cozinha também ótima. Espaçosa e arrumada. Vendem passeios por lá.

 

Em Calafate: Amancay Hostal. Pagamos AR$350 a diária por quarto de casal com banheiro privado. Bem localizado, perto da rua principal (Libertador). Os donos que trabalham lá e são dois amores. Juan e Flor. Ele morou no Brasil por 5 anos, então entende bem o português. Falaram muito bem do Brasil, inclusive do Bom Prato. Uns fofos. Atenciosos e dão toda a informação que precisamos. O hostel parece uma pousada, com os quartos separados da recepção. No nosso quarto ainda tinha uma beliche. Só não se tem acesso à cozinha porque é a política de B&B (bed and breakfast).

 

Passeios:

Já tinha planejado tudo com antecedência, mas não comprei nada antes, já que maio não é alta temporada. Sabia os preços de todos e mudaram pouca coisa (pra mais e pra menos).

 

Em Bue tínhamos planejado visitar o estádio do Boca, mas depois de tanto perrengue por causa de busão (leia em Transportes), o Rodrigo ficou irritado e não quis fazer o tour, mas seria AR$70 cada.

Quando chegamos ao Caminito havia um casal dançando Tango e eu fui fotografar. O cara perguntou se eu queria fotografar com ele e eu disse que sim. No meio das poses ele disse que era R$20 ou AR$80, mas ele não me falou antes ::vapapu:: . Dei AR$50 e disse que não tinha mais. Depois vi que várias pessoas oferecem fotos assim. A bestona não sabia e caiu nessa. Isso não é passeio, mas to contando pra ninguém cair.

 

Em Ushuaia:

Parque Nacional Tierra Del Fuego – Compramos o transfer no hostel mesmo por AR$200 cada. Achei caro, mas pelo que vimos era o preço. Estávamos contando em pagar AR$90 de entrada, mas não. Acho que tava incluso nos AR$200. Fizemos a Senda Costeira, que leva 3 horas e eu levei 5 pra terminar. Vergonhoso, mas terminei! Ainda morremos de rir com um casal composto por um argentino e uma holandesa que resolveram transar no meio da trilha. Fui tirar uma foto em cima de um morrinho e quando olhei pro lado vi a cena. Claro que chamei o Rodrigo pra ver. Ainda encontramos esse casal mais 3 vezes, incluindo avião pra Calafate (eles tavam indo pra Bue) :lol: . O bus nos pegou no hostel às 9h30 e nos traria de volta ou às 15h ou às 17h em dois pontos de encontro. Como demorei pra terminar a trilha que começou às 11h, fui na van das 17h.

 

Canal de Beagle – Compramos no hostel também porque era o mesmo valor fora. Pagamos AR$400 cada pela Canoeiro. A taxa do porto foi de AR$15 cada. O pessoal do catamarã é muito legal e atencioso. Fizemos paradas nas Islas de los Lobos e de los Pajaros, no Farol e desembarcamos por 30 min na Isla Bridge pra um passeio. O passeio começa às 10h, mas tem que chegar antes no porto pra pagar a taxa. Retornamos ao cais às 13h30 mais ou menos.

 

Cerro Martial – Tínhamos intenção de pagar AR$50 para subir de teleférico, mas tava fechado. Acabamos não subindo a pé porque não tinha ninguém por lá e deu medo de se ferrar sozinhos. Mas valeu a pena, porque tinha muita neve por lá e nunca tínhamos visto neve na vida.

 

Íamos fazer o 4x4 nos lagos Fagnano e Escondido, mas não deu tempo, por causa do tempo ruim que pegamos assim que chegamos, impossibilitando qualquer passeio. Tinha pesquisado e vi que tava AR$650 cada.

 

Em Calafate:

Glaciar Perito Moreno - Compramos o Minitrekking na Hielo y Aventura por AR$800 cada + a entrada do parque por AR$150 para cada brasileiro (leve seu passaporte ou RG). O transfer tá incluso. No busão do tranfer sentei no lado esquerdo e fiquei chateada quando vi que o caminho mais bonito era do lado direito, mas o que eu não sabia é que a primeira vista do Glacial é do esquerdo =). Chorei quando vi, principalmente porque o motorista colocou uma ópera emocionante antes da vista. Fizemos uma parada de 10 min e depois desembarcamos para entrar no barco que leva a gente até o inicio da trilha do trekking. A vista é linda em todos os ângulos. Colocamos os grampones, o guia ensinou como andar e partimos pro Moreno. Foi muito legal e é fácil depois de uns minutos. Tomamos um uísque servido com o gelo do glacial e retornamos à trilha de terra pra fazer um lanche (que levamos). Embarcamos novamente no barco e depois no bus, que nos levou até as passarelas por 1 hora. Achei pouco tempo, mas valeu a pena. Dura o dia todo.

 

Full Day Torres Del Paine – Pagamos AR$920 com um almoço-lanche incluso na South Road. A Flor (do hostel) é amiga da menina que trabalha lá e ligou pra pré-reservar nossos lugares. Quando chegamos só havia 3 vagas: 2 já eram nossas! A entrada do parque custou USD25 cada. Vi um casal pagando AR$250 cada, então a cotação da South Road é boa. Tem que desembarcar ainda na Argentina pra o visto de saída e depois no Chile para o de entrada. O mesmo é feito na volta. Não se pode entrar no Chile com alimentos frescos (como frutas), mas um lanchinho tipo presunto cozido e queijo passa. O passeio dura o dia todo mesmo e é lindo. Pra quem não tem tempo de se hospedar por lá é uma boa opção. Achei que valeu a pena. São umas 3horas de viagem (pra ir e pra voltar), mas a gente dorme o caminho todo e nem percebe. Adorei!

 

Queríamos visitar a Laguna Nimez, mas não deu tempo. A entrada é AR$35 por pessoa. Também iríamos ao cerro Huyliche pagando AR$85 o teleférico, mas também não deu tempo.

 

Transportes:

Em Bue:

Não somos de andar de táxi, então decidimos pegar um busão na frente do Aeroparque até o hostel. Havia lido que era AR$3,20 a passagem. Já tinha AR$100 de outra viagem em casa e seria o suficiente antes de fazer o câmbio.

Fui trocar e comprei um chocolate. Minha surpresa foi pagar AR$60. Fui burra porque nem perguntei o preço ::putz:: .

Ao subir na linha 45 descobrimos que não aceitavam notas (em Bariloche andamos de ônibus com notas, por isso nem cogitei o contrário). Descemos e fomos atrás de moedas. Só no Banco de La Nacion trocam e apenas AR$5. Cada um de nós trocou uma vez e fomos pegar o busão de novo. Nossa surpresa foi descobrir que eram AR$7 cada e só tínhamos AR$10. Sorte que um argentino também vindo do aeroporto se ofereceu para pagar uma das passagens.

Depois disso corremos a cidade toda para achar um lugar que trocassem moedas e nada. Foi um custo danado. Conseguimos o suficiente para chegar ao bairro La Boca (AR$5 cada). Para voltar fomos até o final da linha 64 (se não me engano) e compramos os tickets com notas (AR$5,50 cada). Pedimos troco em moedas, mas o ônibus que só aceita moedas disse que não tinha. Moeda na argentina é ouro! Tinha lugar que sua moeda valia mais que o valor dela.

Pra voltar ao Aeroparque na manhã seguinte usamos táxi (AR$85) por dois motivos: 1 – não tínhamos moedas. 2 – era cedo demais pra esperar um busão (6h).

 

Em Ushuaia nos hospedamos perto da rua principal e só usamos táxis ou remix para sair do aeroporto (táxi AR$53), para chegar ao Cerro Martial (taxi AR$60), para partir de lá (Remix AR$66) e para voltar ao aeroporto (remix AR$88).

 

Em Calafate não usamos táxi ou busão público, porque era tudo feito de vans ou bus que nos pegavam no hostel. Como havia lido, o aero é bem longe da cidade, então compramos transfer na Ves Patagônia ainda no aeroporto. Ida e volta custou um total de AR$120 cada pessoa.

 

Alimentação:

Em Bue

Almoço no restaurante Poker na 9 de Julio perto do Hostel sentido Florida = AR$259. Eu comi bife de chorizo com batata frita e suco de laranja e o Rodrigo, costela com batata frita e refri. Atendimento ok, comida boa, ambiente legal, mas a faca tava mais cega que Stevie Wonder e até doeu meu dedo pra cortar a carne.

Jantamos no El Tablón na 9 de Julio em frente a estação de metrô 9 de Julio = AR$119. Comemos uma pizza grande meia mussarela com meia presunto e queijo e tomamos cada um, um refri. A grande é bem grande e sobrou. Tem a versão chica, que talvez seja suficiente para duas pessoas. O rest é bem legal, tudo enfeitado com camisas de times de todo o mundo.

No Hostel Fiesta o Digo tomou uma cerveja Isenbeck de 1 litro por AR$25.

Churros ruim, duro e gelado no Bairro La Boca por AR$5

Café da manhã no aeroporto por AR$65. Comemos uma baguete de presunto e queijo. Para beber compramos uma Coca 600ml na máquina de refri por AR$15.

Volta: comemos em frente ao Aeroparque, naquele trailer que tem lá. Hamburguer, sanduiche de linguiça e refri de 600ml deu AR$57.

Depois comemos dentro do portão de embarque 2 empanadas e uma lata de refri por AR$67

 

Em Ushuaia –

Almoço (rola a siesta de 13h ás 17h, então só tinham 2 opções de comida e as duas eram lanches. Fomos na mais cheia)na Gélido Icebar = AR$176. Fica na San Martín 1207. Comi hamburger com batata e refri e o Rodrigo, super Pancho (hot dog) com batata e refri + 2 empanadas.

Churros delicinha na ‘Churros’, que fica na San Martín = 2 por AR$7.

Para jantar compramos no mercado La Anônima 4 pães de hamburger, 4 carnes de hambúrguer, queijo cheddar + uma garrafa de 1,5 de Coca por AR$62,50.

Chocolate quente maravilhoso e viciante na Del Turista por AR$16 a xícara grande. Voltei lá mais 2 vezes.

Para levar no passeio ao parque fomos ao La Anônima e compramos pão de forma, presunto e queijo + uma garrafa de 500ml de Coca, bolacha e salgadinho por AR$92.

Jantamos no La Estancia na Gob. Godoy, 155 = AR$325. Comemos parrilla de chorizo que tava maravilhosa. Foram dois bifões. O Rodrigo também comeu purê de batata. Tomamos 2 refris.

Tomamos 2 chocolates quentes no catamarã durante o passeio e custou AR$35 cada.

Fomos almoçar no Gélido de novo (porque já passava da 13h) = AR$160. 2 empanadas, batata, hamburguer e Pancho. O mesmo da outra vez (temos um problema sério com isso).

Sorvete na Heladeria Gadget = AR$78. O Rodrigo provou o sabor Calafate e gostou. Eu achei que não tinha gosto de nada.

Jantamos no Bar de Pizza = AR$152. Eu comi uma brotinho de mussa e o Digo, 3 empanadas. Tomamos refri. A taxa de serviço foi de AR$7 cada pessoa.

Na chocolateria Laguna Negra compramos 100g de Marroc por AR$44. Maravilhoso!

Almoçamos no Café Bar Banana um pouco antes do 12h porque íamos para o aeroporto e não tinha opção de comida porque só abrem às 12h (pra fechar às 13h pra siesta, vai entender). Deu AR$173. Comemos hambúrguer com batata e refri.

PS.: Não nos juguem por comer mal, é que não gostamos de frutos do mar, peixes... Somos chatos pra comer.

 

Em Calafate:

Jantamos parrillada no Rick’s, na Libertador = AR$300. Era carne demais. Veio chorizo, frango, cordeiro, linguiça, salsicha e outros não identificados. Tomamos refri.

Fomos ao mercado La Anônima comprar lanche pra levar ao passeio do Glaciar. Compramos pão de forma, presunto, queijo e duas cocas de 500ml por AR$79.

Tomamos chocolate quente no parque dos glaciares por AR$50 cada. Compramos um e vieram dois. Não sei se foi sem querer.

Jantamos no Pura Vida, na Libertador 1876 = AR$136. Quem nos indicou foram o Juan e a Flor do hostel. O rest é lindo e muito legal. Comemos 3 empanadas, incluindo de cordeiro e tomamos refri, porque não estávamos com muita fome, mas tem uns pratos bem interessantes lá, tipo coelho. A comida é caseira, inclusive o pão de entrada e a massa da empanada. Amei! A melhor empanada do mundo. A taxa de serviço é de AR$12 cada.

Tomamos um chocolate quente na saída do Chile por 2500 pesos chilenos = AR$50. Achei ruim, porque acho que é feito com leite em pó (não gosto) e tinha pouco chocolate.

Jantamos no La Lechuzitta, na Libertador, 1222 = AR$312. Comemos 2 bifes com batata e vinagrete (eles chamam de salsa) e tomamos refri. A taxa de serviço é de AR$14 cada. É ótimo pra quem tem crianças, porque tem vários brinquedos no fundo.

 

Total de gastos para 2: (vou colocar entre parênteses o valor equivalente em reais tanto do câmbio oficial sem taxas do dia 20/05/2014 quanto do câmbio que eu fiz)

 

PASSAGENS e TAXAS: R$2.620 + AR$209 (oficial = R$57 – paralelo = R$46,45).

HOSPEDAGEM: AR$2.610 (oficial = R$717,50 – paralelo = R$580)

PASSEIOS: AR$4970 (oficial = R$1.365,75 – paralelo = R$1.104,45) + USD50

TRANSPORTES: AR$620 (oficial =R$170,10 – paralelo = R$137,80)

ALIMENTAÇÃO: AR$2.975 (oficial = R$817,85 – paralelo = R$661,15)

TOTAL: AR$11.334 + R$2.620 + USD50

Pelo oficial = R$5.735 + USD50

Pelo paralelo = R$5.138,70 + USD50

Lembrando que esse valor é para 2 pessoas.

 

PN Tierra del Fuego 10338707_724129910963577_1323048502994101198_n.jpg

PN Tierra del Fuego 10308335_724125824297319_6814970943770672299_n.jpg

PN Tierra del Fuego 10295749_724131427630092_2765729231168686653_n.jpg

Canal de Beagle 10325133_724127080963860_4388229512740599501_n.jpg

Canal de Beagle 10372017_724130820963486_7484304911486701948_n.jpg

Canal de Beagle 10363654_724132497629985_1063804170150800922_n.jpg

Cerro Martial10157253_724133177629917_2982778368207640096_n.jpg

Cerro Martial10339589_724134537629781_8785124026154337932_n.jpg

Glacial Perito Moreno1901227_724443390932229_7686115866004498482_n.jpg

Glacial Perito Moreno10307370_724447777598457_4676873451339728582_n.jpg

Glacial Perito Moreno10352835_722805294429372_8921715829473123714_n.jpg

PN Torres del Paine10273865_724457057597529_2829509904194857684_n.jpg

PN Torres del Paine10325651_724451047598130_4664848707104858595_n.jpg

PN Torres del Paine10402489_724462770930291_7770004646891661527_n.jpg

 

Mais fotos de El Calafate com TDP https://www.facebook.com/media/set/?set=a.724476854262216&type=1&l=53527e154c

Ushuaia https://www.facebook.com/media/set/?set=a.724140784295823&type=1&l=206f74cf12

BsAs https://www.facebook.com/media/set/?set=a.721744514535450.1073741840.100000997255833&type=1&l=0a0e4758a9

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seu relato é praticamente um guia atualizado!! Otimas informações sobre onde e o que comer! Também sou super chato para comida. Frutos do Mar e peixes não me agradam. Tambem não como muita carne. Acho que vou sofrer sem verduras na argentina hahaha.

 

Mas realmente o relato esta de parabéns, todas estas informações irão me ajudar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu, cohelio. A gente também não curte verduras, mas tem vários restaurantes vegetarianos ou que oferecem saladas, só não que tipo é. Se você come frango, também está em todos os cardápios. Tem 'pollo' de tudo quanto é jeito. Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal suas dicas, muito boas mesmo, eu pretendo fazer um roteiro bem parecido com o seu, até em relação em quantidade de dias, porém não ficarei em Buenos Aires, pois já conhecemos.... irei a Ushuaia e depois a El Calafate... Pretendo fazer o Full Day em Torres del Paine e o restante tbm bem parecido... mas sem nenhum tipo de treking, pois estarei com minha filha de 2 anos e meio...

 

Você acha tranquilo ir com criança? Eu irei em Janeiro, verão...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como é feito a compra de passagens de BsA para Ushuaia?

Eu gostaria de fazer esse passeio mas queria mais informações...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Legal suas dicas, muito boas mesmo, eu pretendo fazer um roteiro bem parecido com o seu, até em relação em quantidade de dias, porém não ficarei em Buenos Aires, pois já conhecemos.... irei a Ushuaia e depois a El Calafate... Pretendo fazer o Full Day em Torres del Paine e o restante tbm bem parecido... mas sem nenhum tipo de treking, pois estarei com minha filha de 2 anos e meio...

 

Você acha tranquilo ir com criança? Eu irei em Janeiro, verão...

 

Oi! É super tranquilo. Só agasalhar a princesinha e tudo certo. No parque em Ushuaia não vai rolar a Senda Costera, mas tem muitas outras alternativas, incluindo o passeio de trem.

O treking realmente não rola, mas ver o glaciar da passarela ou de barco já vale muito a pena.

Em relação ao full day a TDP, a viagem é longa (umas 3 horas). É bom perguntar na South Road se é comum crianças pequenas irem a este passeio e tals.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Como é feito a compra de passagens de BsA para Ushuaia?

Eu gostaria de fazer esse passeio mas queria mais informações...

Eu comprei ainda no Brasil de SP para Ushuaia com escala longa em BsAs, mas no site da Aerolíneas Argentina ou na loja em BsAs você consegue comprar facinho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ótimo relato me ajudou bastante, mas tenho uma dúvida, eu vou no verão chegarei em el calafate por volta das 17:30 por ai, será que as agências de passeios e aluguel de carros ainda estarão abertas? tipo ali prlas 18 a 19 horas...obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Li Rodrigues, no passeio do Parque Nacional Tierra Del Fuego (vc fez sem guia, certo?) vc escolhe o ponto em que a van vai te deixar/buscar? vc começou por onde? obrigada =)

 

Parque Nacional dá pra ser feito sem guia tranquilamente, foi meu caso em agosto deste ano. Eles deixam você num ponto e combinam onde vão te buscar. Esteja lá no horário, são bem apressadinhos na hora de ir embora.

 

Eles te deixam no fim do parque e te pegam no inicio dele.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal seu relato, Li. Mas, antes de tudo, legal seu empenho em sair de casa e fazer uma viagem.

 

Bom, gostaria de tirar uma dúvida com todos que visitarem aqui, quem puder me ajudar... aí vai: a maioria das pessoas aqui pegam transfer para fazer os passeios, ou alugam carro. Mas, gostaria de saber: é (im)possível fazer os passeios de Ushuaia e El Calafate a pé? Ou alugar uma bike? E acampar, lógico. Não estou falando de fazer as trilhas em si, mas sim sobre o transporte até local para começar a trilha. Digamos que sou um cara que teria tempo, heheh.

 

É que minha intenção é aproveitar tudo mesmo. Não gosto de me prender a horários, regrinhas, etc. Sei que é frio e tal, mas teria como!?

 

Bom, é isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

muito obrigada pelas informações, Cohelio!

decidimos fazer por conta própria msmo e como vamos em um grupo de 4 pessoas to achando que compensa alugar um carro pra fazer laguna esmeralda e parque nacional.. ouvi dizer que a diária é por volta de 600 pesos.. o taxi só de ida à entrada da trilha para laguna esmerala é 300 pesos..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ótimo relato me ajudou bastante, mas tenho uma dúvida, eu vou no verão chegarei em el calafate por volta das 17:30 por ai, será que as agências de passeios e aluguel de carros ainda estarão abertas? tipo ali prlas 18 a 19 horas...obrigado

 

Oi! Que bom ter ajudado. Olha, com certeza estarão abertos. Como fecham pra ciesta por 1 ou 2 horas as lojas e agências costumam ficar abertas até tarde. Devem fechar perto de 20h.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Legal seu relato, Li. Mas, antes de tudo, legal seu empenho em sair de casa e fazer uma viagem.

 

Bom, gostaria de tirar uma dúvida com todos que visitarem aqui, quem puder me ajudar... aí vai: a maioria das pessoas aqui pegam transfer para fazer os passeios, ou alugam carro. Mas, gostaria de saber: é (im)possível fazer os passeios de Ushuaia e El Calafate a pé? Ou alugar uma bike? E acampar, lógico. Não estou falando de fazer as trilhas em si, mas sim sobre o transporte até local para começar a trilha. Digamos que sou um cara que teria tempo, heheh.

 

É que minha intenção é aproveitar tudo mesmo. Não gosto de me prender a horários, regrinhas, etc. Sei que é frio e tal, mas teria como!?

 

Bom, é isso.

 

A pé é impossível porque é longe. Pra se ter uma noção, a viagem de El Calafate até o parque onde está o Perito Moreno leva 2 horas. De bike acho que dá pra ir ao Parque Tierra del Fuego, que é mais perto e, tirando o passa-passa em hostels e hotéis, deve ter levado uns 30 min. Ouvi dizer que há ônibus de linha que chega ao parque saindo do molhe turístico, mas como não tinha muito tempo preferi fazer com van.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hola Li, como vai? Planejando a próxima?rs

 

Vocês realmente gostam de neve né?rs Adorei o relato e os detalhes, pena que não consegui abrir alguns fotos =/ acho que estão com problema ou é meu pc.

 

Sempre viajo sozinho e desta vez também vou com minha companheira, iamos para o Caribe mas o dólar nos fez recuar e aproveitar o peso fraco ::hãã2:: , acho um bom momento para passar um pouco de frio. Vou em Julho, em Maio alguns passeios já estavam fechados?

 

A minha grande duvida é ir ou não para Punta Arenas e Torres del Paine, e ficar ou não alguns dias la...acho que o full day para o TDP fica bem corrido ne? Vc ficou com aquela sensação de querer ficar mais la né? Vou ter bastante dias, então estou querendo explorar estes lados também.

 

Sobre o cambio de dolar para depois cambiar por peso, vcs fizeram uma boa jogada, tambem estou pensando nisso se valer a pena.

 

Bom é isso

 

Bons Ventos Li, manda um abraço pro Maridão.

::Cold::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, Helderzito. Tudo bem e com vc? Já estou planejando a próxima antes mesmo de ir nessa que vc comentou rsrs.

Bom, sobre o full Day, ficou essa vontade de ficar mais lá sim. O parque é grande demais e tem muito pra ver. Vimos quase nada, mas que valeu por tudo.

Não sei sobre Punta Arenas, mas se vc tem a intenção de ficar em TDP pode ir de Calafate. Eu ouvi falar que a temporada volta em agosto, que em junho/julho fica tudo fechado (quase tudo: alguns restaurantes e passeios não funcionam, até hostels e hotéis chegam a fechar). Em maio consegui fazer alguns passeios que tinha medo de não conseguir, mas a caça aos hostels foi mais demorada, porque muitos estavam de férias.

O câmbio valeu pra gente. Antes de ir faça bem as contas pra não sair perdendo.

No meu blog dou o depoimento completo de como fiz esse esquema. Acessa lá e busca por câmbio. Grande abraço e ótima viagem pra vcs!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×