Ir para conteúdo
juliamanzi

Leste Europeu - qual a sequência?

Posts Recomendados

Em março de 2015, vou ao Leste europeu com mais três amigos. Comprei as passagens de ida e volta para Munique, 16 dias.

 

No entanto, estou tendo muuuuuita dificuldade de encontrar uma boa forma de viajar entre os países. Não sei também se a minha sequência está correta, talvez o deslocamento entre outra ordem de cidades seja mais fácil.

 

MUNIQUE - 4 dias

ZURICH - 2 dias (quero subir os alpes no glacier express)

PRAGA - 3 dias

CRACÓVIA - 2 dias

BUDAPESTE - 2 dias

VIENA - 3 dias

MUNIQUE - mais um dia na volta

 

Achei as viagens de trem muito demoradas; poucas rotas de ônibus e avião extremamente caro.

Quem fez, por favor, ajude-me a montar uma boa sequência e indique qual a melhor forma de fazer cada trecho. Pesquisei, pesquisei, pesquisei...e já estou quase achando mais fácil ir pra França e Itália, hehehe. Mas, agora estou apaixonada pelo que já pesquisei do leste europeu.

 

Obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá,

 

O problema é que você escolheu algumas cidades que apesar de próximas, deixam as coisas complicadas para ir a cidade seguinte...

 

Zurich é a cidade que fica mais fora de mão, e se fizer questão de andar no Glacier Express, complica ainda mais, vai ficar ainda mais fora de mão. Pois a rota do Glacier Express não passa nem perto de Zurich, você teria que ir a Chur, St Moritz, ou Zermat para pegar o Glacier Express, locais estes que ficam bem distantes de Zurich, saindo de Munique você vai gastar 1 dia inteiro só para chegar no começo do passeio do Glacier Express, e outro dia inteiro só para sair da Suíça.

 

Ou seja, você perde 2 dias inteiros só para chegar lá, então se você fizer questão de ir a Suíça e andar no Glacier Express, você teria que alocar no mínimo uns 5 dias para a Suíça, e mesmo assim eu acho que ficaria meio corrido.

 

Cracóvia também fica muito fora de mão e meio caro para só ficar 2 dias lá. Só dá para ir de trem noturno para Cracóvia e a passagem é meio cara e o trem desconfortável.

 

Budapeste, depois de descontados os tempo gasto nos deslocamentos, acho que também ficaria com muito pouco tempo.

 

Então para o roteiro ficar viável, só tem um jeito, cortar 1 ou 2 locais. Minha sugestão seria cortar a Suíça, pois é a parte mais complicada e cara da sua viagem, é esta parte que está deixando o roteiro inviável. Cortando Zurich, eu passaria estes dias para Budapeste e Cracóvia, 1 dia para cada.

 

O roteiro ficaria mais ou menos assim:

 

Munique > Viena: Trem/ônibus diurno normal

Viena > Budapeste: Trem/ônibus diurno normal

Budapeste > Cracóvia: Trem/ônibus noturno

Cracóvia > Praga: Trem/ônibus noturno

Praga > Munique: : Trem/ônibus diurno normal

 

Já se fizer questão de ir a Suíça, teria que cortar 2 outros locais, no caso minha sugestão seria cortar Budapeste e Cracóvia, pois seriam os locais mais fora de mão e complicados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigada! Tirando a Suíça e rconhecendo que a Cracóvia está fora de mão, que outras cidades nos arredores você sugeriria.

 

Salvastes a viagem, obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cracóvia fica meio fora de mão, mas se você cortar a Suíça e não se importar em passar 2 noites no trem noturno, dá sim para encaixar neste roteiro.

 

Ma caso resolva cortar Cracóvia, eu concordo com o Davi, as principais opções seriam estas que ele citou, mas depende do seu estilo e do que você estão querendo fazer nesta viagem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigada, eu já cortei Cracovia e suíça. Troquei o trem por

Aluguel de carro e acrescentei algumas daquelas cidades.

 

Agradeço muito, porque agora estou felicíssima com meu roteiro. Cidades maravilhosas essas citadas.

Nada como a experiência, obrigada por dividi-la!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cada um tem as suas preferências, mas eu não faria um roteiro destes de carro, pois nas cidades grandes o transito é um inferno, os hotéis não tem estacionamento e mesmo para deixar na rua o preço do estacionamento é um absurdo de caro, ou seja um carro mais atrapalha do que ajuda nas cidades maiores.

 

Não sei se você ou seus amigos gostam de tomar uma cerveja, mas a região que vocês vão é o berço da cerveja, e com um carro, alguém sempre tem que ficar de fora como o motorista da rodada, coisa que não precisa indo de trem, você simplesmente senta no trem, relaxa e tira uma soneca até próxima cidade, não precisa ficar se estressando com transito, prestar atenção na estrada e chegar quebrado no destino depois de 5 ou 6 horas dirigindo sem parar.

 

Ou seja, eu alugaria um carro somente em trechos pontuais, como por exemplo para fazer o interior da Áustria ou Alemanha, onde a maioria das cidades é pequena e as opções de trem não são muito boas, mas para deslocamentos entre cidades grandes, eu iria de trem mesmo. E caso seja necessário, alugaria um novo carro na próxima cidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×