Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Mike Weiss

[Exemplo] Roteiro Ida ao Mundo - Mike Weiss

Posts Recomendados

Saudações Mochileiras,

 

No fórum de Relatos de viagem - Volta ao mundo estou criando um pequeno "Guia de Volta ao Mundo", vale a pena dar uma olhada lá!

Aqui quero abrir espaço para discussão dos roteiros, da viabilização de tickets, sentido (leste ou oeste) da viagem, formas de transporte etc etc...

 

Portanto, aqui coloco o meu roteiro de forma simplificada... seria meio enfadonho colocar cada cidade por onde passei, então vou citar os vôos e os principais lugares passados por terra (onde cito overland)

 

Aí vai o roteiro da Ida ao Mundo:

 

Portugal, Lisboa - Brasil, São Paulo (via Amsterdam) - KLM

São Paulo - São Bento do Sul (overland)

São Bento do Sul - Nova Zelândia, Auckland (via São Paulo e Santiago/Pacífico Sul) - Qantas, operado pela LAN

Nova Zelândia, Auckland e viagens pela North Island - ônibus

Nova Zelândia, Auckland - Nova Zelândia, Queenstown (ilha do Sul) - Qantas

Nova Zelândia, Queenstown e viagens pela ilha do Sul - ônibus

Nova Zelândia, Queenstown - Austrália, Sydney - Qantas

Austrália, Sydney e viagens pela costa leste - ônibus

Austrália, Sydney - Indonésia, Jakarta - Qantas

Indonésia, Jakarta - Indonésia, Bali - Air Asia

Indonésia, Bali - Indonésia, Lombok e Gili Islands - ferry

Indonésia, Bali - Malásia, Kuala Lumpur - Air Asia

Malásia, Tailândia (costa leste, costa oeste, centro e norte), Camboja (Siem Reap e Phnom Penh), Vietnam (do extremo sul ao extremo norte) overland

China (extremo sul, Guillin, Yangshuo, Macau e Hong Kong) overland

China, Hong Kong - China, Beijing - Cathay Pacific

China, Beijing (região norte e central, Xian) - Trem cama

China, Beijing - Japão, Tokyo - Japan Airlines

Japão, Tokyo - Kyoto, Nara, Osaka - Trem-bala Shinkansen

Japão, Tokyo - Índia, Nova Delhi - Japan Airlines

Índia, Nova Delhi - Rishkesh, Rajastão (Completo, 7 cidades), Agra, Varanasi - trem e carro

Índia, Varanasi - Nepal, Pokhara - ônibus

Nepal, Pokhara - Nepal, Kathmandu e vale - ônibus

Nepal, Kathmandu - Índia, Mumbai - 3 dias entre ônibus e trens

Índia, Mumbai - Emirados Árabes, Dubai - Cathay Pacific

Emirados Árabes, Dubai - Jordânia, Amman - Royal Jordanian

Jordânia, Amman - Jordânia, Mar Morto, Petra etc - carro

Amman, Jordânia - Siria, Damascus - taxi coletivo

Siria, Damascus - Líbano, Beirute - taxi coletivo

Líbano, Beirute - Norte e sul do país - carro

Líbano, Beirute - Nazareth, Israel/Palestina - taxi coletivo e carro (via Jordan River crossing)

Nazareth, Galiléia, Jerusalém, Ramallah, Belém, Tel Aviv, Eilat - ônibus e carro

Israel, Eilat - Egito, Cairo (via Taba) ônibus

Egito, Cairo - Egito, Aswan (Abu Simbel) trem

Egito, Cairo - Egito, Luxor - felucca e ônibus

Egito, Luxor - Egito, Alexandria, Sharm el Sheikh, Dahab - ônibus

Egito, Dahab - Jordânia, Amman (via Eilat e Aqaba) - ônibus

Jordânia, Amman - Espanha, Madrid - Royal Jordanian

Espanha, Madrid - Portugal, Lisboa - Vueling

 

 

De forma geral, esse foi o meu roteiro...

-é claro que os roteiros são escolhidos de acordo com as preferências pessoais de cada um e demais condições particulares.

-Eu já conheço grande parte da América do Sul e da Europa, portanto os dois continentes não foram explorados durante essa viagem, a não ser por uma semana que passei visitando a família no Brasil. Ficou fora a América do Norte e Central, por questões financeiras e burocráticas... principalmente pelo prazo de validade do visto japonês, ficaria difícil visitar tais continentes antes de partir para a Ásia.

 

-Fiz muitos trechos por terra, procurei voar principalmente quando era necessário, ou seja: atravessar oceanos ou viagens de muito longo percurso.

 

-Comprei um bilhete de volta ao mundo com a www.oneworld.com, 16 vôos com validade de um ano, data flexível e com possível reversão de rota dentro do mesmo continente.

 

-Como podem notar, a viagem foi no sentido leste - oeste

 

Enfim... existem muitos detalhes para esmiuçar aqui, mas prefiro deixar o povo começar a movimentar questionando... fica mais legal.

 

Um abraço,

e desde já, boa viagem!

 

Mike

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito 10 Mike!! ::otemo::::otemo::::otemo::

 

Vou dar o start aqui começando com a dúvida relacionada ao Bilhete Aéreo.

 

Estava olhando no site da OneWorld:

20091008212311.png

 

Esse bilhete oneworld Explorer - 6 continent que custa USD 3,960 por exemplo. Como funciona? Você comprou um desses? Ele é válido por um ano e qual é limite de vôos. O 6 nesse caso do exemplo significa 6 vôos entre continentes. É isso?

 

Exemplo:

Vôo 1 - Do Brasil para Espanha = América para Europa

Vôo 2 - Da Espanha para China = Europa para Ásia

Vôo 3 - Da China para África do Sul = Ásia para África

Vôo 4 - Da África do Sul para Austrália = Ásia para Oceania

Vôo 5 - Da Austrália para França = Da Oceania para Europa

Vôo 6 - Da França para o Brasil = Da Europa para América

 

Seria mais ou menos isso aí ou há mais algo incluso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Silnei,

 

Cada aliança aérea tem uma forma e um tipo de bilhete de volta ao mundo.

A Oneworld já está emitindo bilhetes online... ou seja, é só montar um mapa online, ter um cartão de crédito e voilá: podes dar a volta ao mundo! (quando eu comprei o processo ainda não era online).

 

Eu comprei o Oneworld Explorer 4 Continentes - é engraçado, porque eles contam Oriente Médio e Norte da África como Europa. Assim eu pude voar partindo da América do Sul para Oceania, Ásia, Oriente Médio, Norte da Áfria e Europa... e isso contou como quatro continentes.

 

O bilhete é válido por um ano e o máximo de trechos (tanto no de 3, 4, 5 ou 6 continentes) é de 16 vôos. Essa é uma regra da IATA, desde junho do ano passado o máximo de vôos permitidos num só bilhete é 16, que valem por um ano... que podem ter as datas de vôo alteradas sem nenhuma multa!

São 16 voos no total, com um máximo de 4 vôos dentro de um continente... no bilhete da Oneworld vc pode fazer "backtrack" dentro de um continente, ou seja... pode inverter o sentido da viagem somente se for dentro de um continente: Ex: voar de Amman para Madrid, depois Madrid para Moscou e Moscou para Londres. Zigue-zagues leste-oeste-leste dentro de um continente são permitidos... só não vale repetir um destino (não podes voltar para o mesmo lugar de onde veio).

 

A mudança dos destinos no meio da viagem tem custo, em média 100 dólares.

 

Ah... não Podes fazer como vc citou no Vôo 5 (da Austrália para a França) pois vc já estava na Europa no vôo 2... não podes voltar para um continente depois de deixá-lo. Outra regra é ter que atravessar pelo menos (e no máximo) uma vez o Oceano Atlântico e uma vez o Pacífico!

 

O bom é que acumulas milhas pela aliança :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bah.. muito interessante esta possibilidade, pois se vc fizer algo parecido sem este pacote pode ter que desembolsar no minimo o dobro do valor.

E olha que, de fato, nao eh muito dinheiro... pra alguns, um mes de trabalho, outros alguns anos.. ::lol4::

Ja falei pro Mike que ele é meu heroi e que um dia chego la tmb... ::lol4::::lol4::::lol4::

Tenho uma duvida... qualquer companhia aerea aceita este pacote?? Todas elas possuem contrato, por exemplo, com a Oneworld Explorer?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Michael!

 

Pára com essa rasgação de ceda... a admiração é recíproca, pode ter certeza!

O bilhete é mesmo interessante, mas não recomendaria para alguém que queria visitar somente Ásia e Europa, por exemplo... mas para uma volta ao mundo, é mesmo uma opção muito boa por ser econômica, flexível e que te ajuda (por ter os vôos) na obtenção dos vistos.

 

Sobre a dúvida: não é qualquer companhia... a Oneworld têm as suas aéreas "afiliadas" - como American Airlines, British Airways, Qantas, Japan Air, Cathay etc etc... podes voar somente com as cias aéreas que fazem parte da aliança com a qual compraste o bilhete.

Por exemplo, se compras um bilhete com a Oneworld, não podes escolher vôos da Airfrance... pois a Airfrance faz parte da Aliança Skyteam. Por isso é interessante ver qual aliança tem as melhores conexões para a rota que queres fazer ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mike, td bem?

Uau, q maravilha de viagem!! Parabéns...

Tô começando a pensar na ideia de uma RTW e tenho bastante tempo para planejar pois só em Março/2012 vai poder sair do papel.

Pretendo permanecer de 6 a 8 meses na viagem, e o esqueleto básico é:

SÃO PAULO - LISBOA - LONDRES - ISTAMBUL - CAIRO - DUBAI - MUMBAI - BANGKOK - SHANGAI - LOS ANGELES - MEXICO CITY - SÃO PAULO.

Pretendo fazer roteiros circulares nas cidades próximas às paradas do ticket rtw (q ainda estou por definir, mas pensei no StarAlliance), através de voos low cost ou por trem ou por ônibus.

Algumas pessoas me falaram sobre "AGREGADORES" que 'pescam' passagens lowfare nas companhias mundo afora e acaba ficando mais barato que os tichets rtw das 3 alianças.

Já ouviu falar disso? Tem alguma dica nesse sentido?

Outra dúvida: Começar o planejamento tão antes pode atrapalhar de alguma forma?

Sei que os tickets só posso comprar com, no máximo, 1 ano antes do último trecho.... Isso complica bastante porque, com uma permanência de 8 meses, só teria 4 meses de antecedência para comprar todos os tickets...Não ficaria mais caro por estar mais "em cima" da viagem? Ou não correria o risco de não ter disponibilidade de assentos??

Bem, desculpe...rsrs...isso está virando um questionário...rsrs...É q as dúvidas são muitasssss....rsrs

 

De qualquer forma eu te agradeço desde já.

 

Um grande abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tudo bem? Cara... desculpa pela demora da resposta!

 

Eu conheço os agregadores estilo Bootsnall... eles tem propostas interessantes, mas leia as entrelinhas sempre. Muitas das propostas não são nada flexíveis... Eles oferecem menos vôos e geralmente o preço deles em relação as alianças aéreas não é tão melhor não.

Para o teu roteiro pode fazer sentido comprar um bilhete promocional para Istambul (com uma parada na Europa)... e de Istambul você pode chegar no Cairo via Siria, Jordânia, Israel (que é uma região incrível e imperdível)! Do Cairo você consegue comprar uma ida para Dubai com uma low cost como a Air Arabia e o mesmo vale para Dubai - Mumbai... e de Mumbai para Bangkok você também achará umas pechinchas.

O trecho Shangai - LAX pode ser mais caro que o Hong Kong - LAX...

Vou te dizer que, por incrível que pareça, eu tirei um tempo para fazer essas simulações todas... vi o preço das RTW das Alianças Aéreas, vi o preço do meu itinerário estimado com as agregadoras e simulei trecho por trecho comprado em separado com as low fares e low costs. O meu resultado na época foi: O preço de voar com um bilhete RTW como o da Oneworld era tecnicamente o mesmo de comprar os trechos em separado com antecedência e os trechos das agregadoras ficou muito mais caro.

Preferi comprar com a aliança porque afinal poderia mudar as datas da viagem (sem custo) e destinos (com custo baixo) quando quisesse... enquanto se tivesse decidido por comprar os bilhetes em separado, teria que fazê-lo com antecedência (para conseguir preços bons) e não teria muita flexibilidade.

 

Planejar com antecedência não é um problema... desde que você controle a ansiedade! eheheh

Quando falam em planejar viagem, eu tenho um arrepio... porque eu sei como é, e antes das minhas primeiras mochiladas na Am. Latina eu fazia planilhas com horário de bus/vôos, preços, possíveis hostels, lugares de interesse etc etc... era over!

Acho muito mais importante INVESTIGAR do que planejar. Chegar num lugar sem a mínima noção é uma merda, e chegar num lugar depois de já ter visto fotos, vídeos, lido relatos detalhistas, devorado o Lonely Planet é uma merda pior ainda... porque você já não vê o lugar de uma forma inédita e com a mesma empolgação e surpresa (afinal você já esteve lá virtualmente por tantas horas).

 

Sobre a compra do bilhete com antecedência: com as alianças aéreas como Oneworld, Star Alliance etc... você têm um ano a partir da data da compra para voar todos os trechos. O preço não varia de acordo com a data do seu primeiro vôo... varia de acordo com a cotação do dólar, do fuel surcharge e de outras taxas conforme o dia que você comprou.... você pode perfeitamente comprar o bilhete RTW hoje e voar amanhã pelo mesmo preço de um cara que comprou o bilhete há meses. A disponibilidade de assentos para os bilhetes RTW é interessante... as alianças "reservam" alguns assentos exclusivamente para quem tem este tipo de bilhete, ou seja... eles recomendam que você marque o seu vôo com pelo menos 48 horas de antecedência para não arriscar ter que ficar na lista de espera. Eu cheguei a mudar meus vôos com menos de 24 horas de antecedência e nunca tive problemas... nunca fiquei no chão!

 

os bilhetes avulsos sim... se você comprar com antecedência e para voar fora da alta estação ficarão bem mais em conta do que se você comprar um bilhete no dia 05 de Julho para voar no dia 06 de Julho!

 

Abraaaço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mike, muito obrigado por ter respondido com tanta riqueza de detalhes e com dicas q farão muita diferença pra mim!

 

Nada como falar com quem conhece o caminho das pedras...

 

Vc tem razão em relação ao planejamento... Na minha mochilada pela Am.Sul (Arg/Uru/Chi/Par/Sul Br) eu tbém montei td tão detalhadinho, e depois q me joguei na estrada vi q não dá pra seguir... o q dá pra seguir é o q a gente SENTE do lugar.

 

Com ctz vou ter isso em mente qdo estiver colocando o plano da viagem em prática.

 

Vou pesquisar sobre as alternativas q vc deu e tirar conclusões sobre qual a melhor opção...

 

Novamente agradeço por sua atenção e pelas dicas!!

 

Um grande abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mike (ou quem puder!!!), comecei agora a planejar minha RTW. Já li diversos blogs, aquela loucura, mas muito já está esclarecido. Mas duas dúvidas me deixam insegura: 1) a passagem RTW das alianças, com qual antecedência eu tenho que comprar? é tranquilo? 2) eu quero ir pro Japão, mas ele está no final da viagem. Como estou indo em março, não me pareceu muito bom começar pela ásia, e sim pela Europa, senao corro o risco das monções asiáticas e inverno europeu. E aí, ferrou, não consigo ir pro Japão pq o visto só sai por aqui??? Já ouviu falar de emitir por consulado fora, sei lá? Bom, se conseguir me esclarecer isso já seria de graaande ajuda. Valeu! Obrigada!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...