Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
angourakis

Mudar para Peru: Algumas questões sobre burocracia

Posts Recomendados

Olá pessoal , tudo bem?

Estou planejando me mudar para Lima até o final do ano para trabalhar e melhorar meu espanhol. Vou dividir a casa com um amigo então os custos serão bem mais tranquilos, até que eu consiga me estabelecer e arrumar emprego.
Já pesquisei bastante sobre o que é necessário para trabalhar e residir legalmente por lá (em anexo um arquivo sobre o "Visto Mercosul"), mas estou com algumas dúvidas quanto a entrada:

1) Estou tentando economizar o máximo possível e como a intenção é permanecer por lá, e pelos preços das passagens, creio que faça mais sentido comprar apenas ida (só ida -> R$1000. ida e volta -> R$1500). A dúvida é: terei problemas na imigração se não apresentar ida e volta ou nunca perguntam isso? Ainda não me decidi se vou por ar ou por terra (apesar dos péssimos feedbacks em outro tópico), mas posso considerar caso o preço da passagem seja sensivelmente mais em conta (já contando com os gastos durante a viagem).

2) E no caso do seguro saúde, é obrigatório? Pelo que entendi, a pessoa só terá direito a usar os serviços públicos quando for, de fato, um residente no pais.

3) Por fim, alguma outra coisa que me esqueci? Algum conselho?

 

Muito obrigado!

 

VISA MERCOSUR (ATUALIZADO ABRIL 2017).docx

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você entra com visto de turista, não precisa de seguro nem nada contratado. Isso você terá depois que alguma empresa de contratar. Depois que você chegar recomendo que já dê entrada entrada no seu processo para solicitar seu carnet de extranjeria, que é uma identidade para estrangeiro, válida por 2 anos (renováveis) que te dá o direito de viver e trabalhar legalmente no Perú. O processo é simples. Eu fiz quase tudo em Cusco (então não sei indicar os locais exatos que você deve ir) e aproveitei uma viagem que tinha a Lima pra adiantar algumas coisas na embaixada e ministério de relações exteriores. Vou dar o passo-a-passo resumido e qualquer dúvida entra em contato comigo por inbox que te explico mais detalhes: 

1 - Ir no escritório de Migraciones, falar que quer fazer seu Carnet de Extranjeria por acordo Mercosul, e pedir a lista de documentos e endereços dos locais que você vai precisar emitir cada um deles. Já aproveita e pede o FORMULARIO F-004 que eles podem imprimir pra você (este formulario tem disponível online, mas quando a gente imprime em duas páginas eles não aceitam, então é melhor pedir que eles imprimam lá mesmo as duas partes em uma só folha pra vc não perder tempo).

Os documentos que você vai precisar são: antecedentes judiciales, antecedentes penales e antecedentes policiales. Para emitir cada documento você vai ter que pagar um boleto (mas este boleto não existe fisicamente, ninguém te dá um boleto pra pagar). Pra isso você tem que ir no Banco de La Nacion e falar "vim fazer um pagamento de antecedentes tal" aí eles conferem o valor no sistema, você paga e eles te dão um comprovante. Aí com esse comprovante você vai no local indicado pra emitir o determinado documento. Tem un de 70 e poucos, um de 40 e poucos e outro de 30 e poucos. Tenha sempre o passaporte original e cópias, comprovante de pagamento de cada antecedente e fotos 3x4 quando for nesses lugares.

2 - Baixar seu certificado de antecedentes penais no site da PRF e enviar por e-mail para a Embaixada Brasileira autenticar (ou levar até lá pessoalmente). Eles fazem isso no mesmo dia ou de um dia pro outro. Depois de pronto você precisa ir até a embaixada retirar este documento (sem custos) e de lá você vai precisar ir até o centro de Lima, no Ministério das Relações Exteriores, onde será autenticado por este ministério. Esta autenticação sim vai ter um custo de uns 30-40 soles e não é feita na mesma hora. Você deixa o documento lá de manhã e retorna a tarde pra pegar de volta. 

3 - Depois de todos os documentos reunidos, aquele formulário F-004 preenchido, você também precisa assinar um pedido de permanência pelo acordo mercosul (tenho um modelo se precisar). Com todos esses documentos reunidos você precisa fazer mais um pagamento de uns 110 soles (algo assim) e com o comprovante disso você já pode levar toda a documentação para Migraciones que eles vão dar entrada no seu pedido e você terá a resposta de 1 a 2 meses se o seu pedido de permanência foi aceito. Se sim (o que deve ser o caso), você só precisa pagar mais um boleto, pro seu carnet, que deve ser uns 50 soles, e tirar a foto oficial lá mesmo em migraciones. 
 

Depois disso é só aguardar o carnet ficar pronto (20 dias em média) e você já estará regularizada no país, com quase todos os direitos (saúde, educação, contrato de trabalho, pagar preços de nacionais em serviços/museus/tours, etc). 

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@henriquefarage não existe, agora, outra pessoa no mundo mais grata a você do que eu haha. Muito obrigado, mesmo!

Vamos as dúvidas:

1) Levar, do Brasil, cópias de passaporte e fotos 3x4, certo? Vou imprimir também os formulários que pedem pra já tentar adiantar o preenchimento.

2) Essa autenticação dos documentos da PF seria o mesmo que a apostila de haia? Isso é algo que me deixou super em dúvida porque alguns falam que precisam emitir as certidões aqui no Brasil e fazer a apostila de haia e outros dizem que dá pra fazer tudo no Peru . Preciso fazer algo enquanto estou no Brasil e levar já pronto ou consigo fazer tudo por aí ?

3) Esse pedido de permanência é algo de próprio punho? Eu ainda tô fechando tudo direitinho com meu amigo, mas devo entrar em contato contigo nas próximas semanas sim.

Agora, as novas dúvidas:

- Pelo que eu entendi, posso ficar tranquilo com relação a passagem só de ida, né? Eu fico meio assim porque tem histórias macabras de outras imigrações (em especial nos EUA) e porque alguém, quando vai pra algum lugar, vai ida e volta. Mas, economizar está sendo a palavra-chave agora rs;

- Pelas minhas contas, os processos todos irão custar, aproximadamente, 400 soles ~ R$500? E o tempo variará entre algumas semanas até 3 meses (considerando que eu de entrada em tudo no prazo de uma semana)?

 

Novamente, gratidão eterna a você!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1) Na verdade só me pediram foto e cópia do passaporte aqui pros antecedentes judiciales, mas por precaução tenha para todos. Se você achar mais cômodo leva do Brasil já prontas.  Eu tirei fotos e cópias aqui mesmo, e o formulário se for imprimir antes lembre-se de imprimir frente e verso da folha. 

2) A autenticação é só baixar pelo site da PRF, enviar pra embaixada do Brasil em Lima por e-mail e ir lá buscar no outro dia. Simples, sem mistério. Na embaixada eles vão te dar o endereço do Ministério de Relações Exteriores pra você autenticar lá a sua certidão de antecedentes da PRF. Não se preocupe em fazer nada antes, muito menos em traduzir porque todos os documentos são aceitos em português graças ao acordo MERCOSUL entre os países. 

3) O pedido é um modelinho pronto de docx Word. Só precisa editar com seus dados e endereço no Peru. Não vou anexar aqui porque tá com os dados do meu amigo e não tenho word pra editar. Mas assim que precisar me avisa que te envio por e-mail. 

Lembre-se que você é membro do Mercusul e o Perú apesar de não ser membro oficial, tem uma série de acordos com os demais países do Mercosul o que facilita muito a nossa vida tanto pra viajar quanto para pedir residência. Então esqueça tudo que você sabe sobre demais imigrações (EUA, EU, etc). Aqui é tudo mais simples. 

O processo todo deve ter me custado uns S/350. Demorou cerca de 4-5 meses porque eu fiz pouco a pouco e esperei até a minha viagem pra Lima pra autenticar minha certidão da PRF e só depois dar entrada no processo. Além disso eu tô em Cusco e tudo vem de Lima (autorizações, carnet, etc).

Acredito que estando em Lima dá pra fazer todo o processo de forma mais rápida porque tudo é centralizado em Lima (por isso que aqui a gente aguarda aceites, carnets, etc chegarem desde lá. Por outro lado toda a imigração Venezuelana (que é enorme, você vai ver) e de fora do acordo Mercosul precisam obrigatoriamente resolver todos seus tramites em Lima (não é igual a gente que consegue fazer tudo de Cusco, Arequipa, etc) então talvez isso atrase um pouco seu processo. 

Mas vou ser otimista e acho que com 2-3 meses você resolve tudo. 

 

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×