Ir para conteúdo

Relato de viagem para San Blas e Cidade do Panamá - Panamá


Posts Recomendados

  • Membros

Bom dia gente! gostaria de escrever sobre uma viagem maravilhosa que fiz em Julho deste ano para o Panamá. decidimos por indicação de uma revista ir passar as férias no Panamá. Reservamos as passagens pela Copa Airlines, com um voo direto de Belo Horizonte MG - de aproximadamente 7h.

Nosso objetivo inicial era passar cerca de 4 dia em um conjunto de ilhas chamado San Blas (administrada por Indios da Comarca Kuna Yala) - teriamos que pegar um monomotor de um certo aeroporto no Panamá para chegar as ilhas- e depois, passar mais 3 dias na Cidade do Panamá.

Como deixamos tudo para última hora, não reservamos nada e fomos de mãos vazias: sem hotel no Panamá, sem passagem para San Blas, e sem hospedagem lá.

Quando desembarcamos na Cidade do Panamá, ficamos um pouco apavorados, não sabiamos o que fazer e nem pra onde ir. Enquanto tentavamos conseguir informações para chegar em San Blas, um simpático panamenho, chamado José nos abordou e, falano um pouco de português, nos deu todas as informações que precisávamos - que SORTE! Ele era guia turístico e nos levou até o aeroporto onde pegaríamos um voo para San Blas. Ao chegar lá, obtivemos informações de que esses voos só saiam as 6h da manhã - já eram quase 12h- tinham duração de 50 minutos e o custo da passagem era de 110 dólares para cada pessoa - e nós éramos 5! Ficamos desanimados, até saber que poderímos chegar as ilhas de San Blas por terra, e depois pegar uma barco até determinada ilha. Quem nos levaria para lá seria Jacobo, e por 300 dólares - para todos nós e com ida e volta - e 3h de viagem. José reservou lugar para nós em uma cabana de índios, chamada Cabañas Cartí. Como já sabíamos desde o início, a ilha era administrada por índios, que viviam em tentas, dormiam em redes, o banho era de canequinha, mas não sabíamos que o banheiro era em uma casinha acima do mar. Passamos antes no supermercado para comprar algumas coisas que seriam úteis, além de alguns alimentos, e depois de almoçar em um shopping fomos para San Blas.

 

20101102103631.JPG

Estrada para San Blas

 

Quando chegamos lá, já no final da tarde, nos maravilhamos com a beleza do lugar. Pegamos um bote e nos dirigimos para as Cabañas Cartí. O preço foi cerca de 20 dólares por pessoa a diaria, com 'tudo' incluso: a comida, as acomodações e os deslocamentos de barco. A ilha na qual ela se localizava era muito habitada, então não tinha 'praia', todos os dias de manhã, pegariamos o barco e passariamos o dia em otras ilhas, próprias para o lazer. Arquimédes foi o índio que nos recebeu, muito atencioso. Ficamos um pouco assustados quando chegamos em nossas instalações: não eram muito confortáveis, o ambiente era muito diferente do habitual, pensamos até em nos hospedar em uma outra ilha, com um pouco mais de conforto, mais preferimos arriscar... não sabiamos que no final das contas seria uma EXPERIÊNCIA INCRIVEL! Tomamos banho de canequinha e fomos dar uma volta no 'vilarejo'. Vale lembrar que nas ilhas não tem energia elétrica: cerveja, refrigerante, sucos e água, só a temperatura ambiente - MUITO quente! :shock: nada de carregar celulares, maquinas fotográficas e etc.

 

Os índios prepararam um peixe frito, e esse foi o nosso jantar. Fomos dormir cedo, pois estavamos cansados da viagem e no dia seguinte acordariamos cedo para visitar outras ilhas. A rede para dormir até que é muito confortável, mas o calor, ahhh, esse é insuportável!

 

20101102104351.JPG

 

20101102104513.JPG

Vista da Ilha onde se localizava as Cabañas Cartí

 

20101102104625.JPG

 

20101102104745.JPG

 

20101102104904.JPG

 

20101102105150.JPG

'Acomodações'

 

No dia seguinte quando acordamos e tomamos um café preparado pelos índios, colocando á mesa alguns complementos que haviamos comprado no supermercado na Cidade do Panamá. O pão é preparado pelos próprios índios, e as tortillas também, que por sinal, são muito boas. É um café da manhã muito simples: pão, ovos, café e tortillas de milho.

 

20101102110108.JPG

 

Seguimos de barco para passar o dia nas ilhas turísticas. É SIMPLISMENTE MARAVILHOSO!!! ::otemo::::otemo::::otemo::

 

20101102110331.JPG

 

20101102110447.JPG

 

20101102110548.JPG

 

20101102110723.JPG

 

20101102110831.JPG

 

Nessa última foto, estávamos em uma ilha chamada Isla Perro. Mergulhamos com snorkel nessa embarcação naufragada, é lindo - com tanta vida! Em outras ilhas que estivemos, vimos em baixos de nossos pés com aquela agua tao cristalina cerca de cinco estrelas do mar e um espaço muito pequeno. Tudo lá é fantástico e maravilhoso!

Quando chegávamos, quase ao anoitecer, comíamos peixe e jogávamos conversa fora - conhecemos um casal de colombianos, alguns espanhóis, e um austríaco - que viajava sozinho, por sinal.

 

Depois de 3 dias em San Blas (decidimos voltar mais cedo para aproveitar um pouco mais a cidade do Panamá), voltamos para a urbanização! Na volta, Jacobo, nosso 'piloto', nos levou em uma festa típica que estava tendo na estrada. Fomos SUPER bem recebidos pelos panamenhos! Era a festa de Santa Librada.

 

20101102111809.JPG

 

20101102111905.JPG

 

Chegamos na Cidade do Panamá e José - nosso guia turístico nos arrumou um ótimo Hotel - Toscana Inn - com exelentes acomodações e um bom café da manhã. As despesas com o hotel, para 5 pessoas em 2 quartos para 3 noites, ficou em cerca de 30 dolares por pessoa a diaria - isso depois de 'chorar' muito por descontos.

 

20101102112441.JPG

 

Passamos o final da noite passeando pelas ruas proximas ao hotel. O movimento é grande, muitas pessoas, muitos restaurantes, comidas diversas e deliciosas! Os supermercados lá tem de tudo, sanduiches feitos na hora, tudo de ótima qualidade. A comida em si, em restaurantes, não é tão cara. Com 6 dólares voce faz uma refeição e tanto como esta aqui:

 

20101102112909.JPG

 

Nos outros dias, sempre acompanhados por José - um achado no meio de tamanho medo pelo desconhecido - passeamos pela cidade e conhecemos pontos turísticos importantes. A Cidade do Panamá é muito rica, com muitas histórias, um povo muito bacana, bons preços para compras e uma cultura ímpar! Ah, e pra quem gosta, tem muitos cassinos! A cidade historica tambem é o máximo, lembrando um pouco o estilo colonial brasileiro.

 

20101102113558.JPG

Cidade Histórica

 

20101102113717.JPG

Plaza de Fracia

 

20101102113812.JPG

Plaza de Francia

 

20101102114027.JPG

 

20101102114127.JPG

 

20101102114227.JPG

 

20101102114344.JPG

Puente de las Americas

 

20101102114548.JPG

Mirador de las Americas

 

20101102114651.JPG

Calçada de Amador (muitos restaurantes, com uma comida deliciosa)

 

20101102114822.JPG

Cidade do Panamá

 

20101102114945.JPG

Canal do Panamá

 

Bom, pra quem gosta de fazer compras, os preços lá são muito bons. Na Zona Libre de Colón, pra quem quiser comprar alguma coisa em maior quantidade o preço fica melhor ainda - mas dá também para comprar poucas coisas e quantidades. Os shoppings também oferecem muitas lojas e preços baixos.

 

Depois de conhecer esse país maravilhoso foi hora de voltar pra casa - mas se pudéssemos ficaríamos mais! Conhecer o Panamá foi uma experiência de 'outro mundo' - literalmente. Pude conhecer novas culturas, experimentar outros estilos de vida, conviver com pessoas sensacionais, deslumbrar de paisagens maravilhosas, céus mais estrelados do que o normal, praticar outra língua, conviver com as diferenças. Fica a dica pra vocês, conhecer esse lugar incrível. Queria aproveitar a oportunidade e agradecer todas as pessoas que encontrei por lá e nos ajudaram a tornar essa viagem inesquecível - OBRIGADA - desculpe se tiver deixado passar alguma coisa. Qualquer dúvida, sugestão ou crítica, estarei a disposição. Obrigada!

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...
  • Respostas 31
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Olá defts!

 

Obrigada pelo seu relato, estou embarcando pro Panamá no próximo dia 17 e não sabia coisas como não haver energia elétrica nas ilhas en San Blás. Tenho certeza de que a sua viagem foi incrível assim como a minha será.

 

Ah, e seja bem vinda, espero que você faça outras viagens e volte pra nos contar. =]

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Olá defts!

 

Vou para Cancun, mas farei uma conexão na cidade do panamá por toda a noite. Chegarei 20h e soh irei para Cancun 11h do outro dia. Quais dicas vc pode me dar sobre o que fazer de noite lah, algum shopping, ou restaurante ( barato de preferência), ou bar, boate, sei lah.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

olaa igor =]

 

perto do aeroporto tem um shopping chamado 'Albrook Mall'. É um shopping enorme, tem de tudo lá: muitas lojas e uma praça de alimentação com todo o tipo de comida que imaginar. Deixo a dica do restaurante 'leños e carbón'. os pratos lá são bem fartos e muito baratos, além do que, a comida é sensacional. Mas acontece que os shoppings lá fecham mais cedo, eu nao me lembro a hora exata, mais é antes de 22h, entao seria bom voce conferir o horario que fecha antes de ir.

 

os outros restaurantes que frequentei foram mais pro centro, um pouco mais afastados do aeroporto, perto do hotel onde fiquei. mais pro centro da cidade tem muitos cassinos e restaurantes, tudo muito proximo um do outro, entao se voce preferir pegar um taxi [nao tem preço definido, o taxista que determina o preço, entao é bom negociar] e ficar em uma região mais agitada, voce acha em qualquer lugar boas coisas pra fazer, ai da pra curtir de noite e voltar pro aeroporto. Nomes exatos de restaurantes la no centro eu nao me lembro, mais todos os que eu fui nao deixou ninguem a desejar e os preços são muito bons.

 

se na volta de cancun vc for fazer escala lá de dia, vale conhecer o canal e almoçar no albrook mall. caso so for essa escala a noite, deixo a dica de ir pra perto dos cassinos e restaurantes.

 

espero ter ajudado pelo menos um pouquinho

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Ah, ajudou bastante, mto obrigado. Mas tenho duas perguntinhas:

Como foi dormi naquela cabana com índios ??

Vc lembra se foi no aeroporto de Tocumen ou no outro aeroporto que vc desembarcou ?? ( pq quero ficar perto do aeroporto e os aeroportos que tem lá são mto distantes um do outro, e eu não sei onde vou desembarcar)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

igor, as cabanas sao separadas. as cabanas que nos dormimos foram separadas pra gente, os indios dormiam em outras, mais uma proxima da outra entende? as redes e moveis que tinham lá dentro eram usadas por eles, mais como tinham visitantes la, eles desocupavam o local e ficavam em um outro lugar.

 

eu desembarquei no tocumen sim. eu acho que a maioria dos voos chega é lá. voce vai sair de onde?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 meses depois...

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...