Ir para conteúdo

Viajando para o Marrocos - mulher sozinha. É seguro?


ana_guertz

Posts Recomendados

  • Membros

Estarei na França no final do ano e, pela proximidade, pensei em viajar para o Marrocos, pois sempre tive muito interesse no país! No entanto, fico receiosa com relação à segurança, sendo mulher e estando sozinha no país, e ao tratamento que nós recebemos lá. Se alguém tiver algum relato ou dica ficaria muito grata! 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Ana, 

Com certeza alguma menina daqui, que já teve a experiência, vai te responder com mais propriedade.

Mas se você estiver considerando Marrakesh e outras cidades mais conhecidas, acho que é mais tranquilo. Agora se quiser explorar mais o país, ir até cidades menos turísticas, seria interessante se juntar a algum grupo, por exemplo.

Na breve experiência que tive por lá, quando fiquei sozinho por Marrakesh, senti que o pessoal na rua as vezes é um pouco inconveniente. Digo os vendedores, "guias turísticos". Eu mesmo caí numa conversa lá, para conhecer aqueles curtumes. No final do "tour" fui praticamente obrigado a comprar algum produto da loja deles. Quando agradeci e falei que não compraria porque estava com a grana contada, fui literalmente empurrado pra fora da loja. Quando achei que tinha me livrado da situação, me cercaram na rua e me extorquiram. Fizeram dar o dinheiro que eu tinha na carteira.

Acho que foi um caso a parte, mas enfim, o negócio é sempre ficar em locais bem movimentados e falar não em 99% das vezes que irão te abordar 😆

 

 

 

 

 

  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

Pode ir tranquila!

Mas vista-se de acordo para não ser desrespeitosa com a cultura local. Não precisa usar véu, mas cubra o corpo o máximo possível.

Por mais que você se cubra todo mundo vai ficar te olhando, não tem jeito, mesmo em locais muito turísticos onde já esperado encontrar estrangeiros, eles encaram muito.

A maior parte do assédio é tentando vender alguma coisa, e acontece tanto com viajantes mulheres como homens. O assédio com a mulheres existe, como em qualquer lugar do mundo, mas não passa do verbal. Nenhum homem vai encostar em você.

O maior perigo lá é cair em algum golpe de alguém tentando te vender alguma coisa, seja um passeio guiado pela mesquita, ou algum artesanato supervalorizado já que lá é tudo na base da barganha.

Eu fui sozinha, fiquei 2 semanas. Fui a Tangier só de passagem, Chefchouen, Fez, Marrakech e o tour do deserto. Foi tudo muito tranquilo. Fiz muitas amizades lá então muitas vezes estava acompanhada, mas mesmo quando saía sozinha na rua não sentia insegurança nenhuma.

Dica: tenha um bom gps offline no celular, como o maps.me, pois as medinas são extremamente difíceis de se orientar

  • Gostei! 3
  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 meses depois...
  • Membros

Pode ir tranquila.

Na área turística, já estão acostumados com viajantes solitárias. 

Se for sair da zona turística, basta usar roupas comportadas e priorizar buscar informações na rua com as mulheres. Lá, eles levam a sério o afastamento social entre gêneros opostos. São gestos simples, que demonstra que vc respeita a cultura deles e em troca, conhecerá marroquinos extremamente gentis, dispostos a te orientar nos mínimos detalhes. 

Editado por bra_carioca
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Minha mulher viajou sozinha ao Marrocos alguns anos atrás, passando por Tangier, Fez, Rabat e Marrakesh, sendo parte de trem, parte de ônibus e parte de avião. Não teve problemas, exceto pela falta de falantes em Inglês. Como ela fala o básico de Francês, ficou mais fácil.

O detalhe de @bra_carioca é fato. O respeito com a questão de vestimenta é importante mas, de resto, ela só tem boas lembranças.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Eu falo francês básico. Deu tudo certo. Teve um episódio do meu cartão ser engolido pelo caixa do banco. Regressei no dia útil seguinte para recuperá-lo, a bancária se recusou. Depois inventou que não estava entendendo meu francês para poder me despachar. Foi caso isolado, de uma mal amada miserável, que se perdeu o emprego, melhor para o banco e clientes porque aí dá a vaga para alguém de bom caráter. Não sei se foi racismo, se é raiva de turista, se é raiva de mulher, se é apenas uma desequilibrada, até hoje não entendi o que foi aquilo. Nisto descobri que em Marrocos é impossível chamar a polícia. Nenhum morador sabia onde ficava a delegacia, ninguém sabia qual o telefone ligar para alguma ocorrência. Isso em Marraquexe. Se eu não tivesse outro recurso (o amigo bondoso), estaria lascada. 

Fora isso, achei tudo tranquilo durante o dia. Fui com um amigo. Quando tinha que perguntar algo a uma mulher, eu abordava. Quando homem, ele fazia ou eu perguntava com ele ao lado. Eles são tão gentis, que até para pedir carona, eles que paravam os carros. A-hahaha! Fomos perguntar como chegaríamos ao hotel no deserto, fecharam a rua, pararam um carro que nos despachou em  meio ao deserto. Minutos depois uma luz do além surgia, era o dono do hotel numa picape nos rebocando. A-hahaha! Muita doideira.

Montei todo roteiro online. Os marroquinos são muito detalhistas, me deram horário do bus, qual melhor meio de transporte para chegar, tarifa, o ponto de ônibus mais indicado, os pontos de referência para que não errasse o ponto. Fui a Marrocos com uma imagem muito boa dos marroquinos por causa desse apoio deles e chegando lá, só confirmei. Extremamente hospitaleiros. Em Rabat, teve um caso isolado de um cara bem vestido num carro de luxo, cuspindo no chão para nos ofender. Talvez seja o mesmo pensamento da bancária, raiva de quem não é árabe porque estariam levando cultura estranha ao local. Pode ser algum religioso radical. Mas nada que atrapalhe a viagem. São apenas informações e uma manifestação pacífica de um incomodado cuspindo no chão.

Dos mais jovens, conhecemos alguns que estudaram na Europa, mas preferiram viver de forma bucólica em Marrocos. 

Dos mais humildes, na zona do mercado de Marraquexe, precisa ter paciência e estar ciente de que a prestatividade é para receber dinheiro em troca. Não sei como lá está pós-Covid, visto que a pobreza aumentou em muitos países. Há muitos pedintes na zona do mercado popular de Marraquexe, no entanto, não vi maldade neles. Estão ali para ganhar uma esmola dos turistas, que assim desejarem contribuir em troca de informação. É quase um emprego informal, atendimento ao turista. Ganham o pão prestando esse serviço, dando informações, te guiando até a porta do hotel, que realmente ficam escondidos. 

O que me leva a considerar Marrocos como seguro é o fato de ter muitas famílias circulando pelas ruas, exceto em Rabat e Marraquexe que são correria total padrão SP. Pois bem, nas demais cidades, eu interpreto que se o marido leva a esposa e filhos é porque o local é seguro. Dá uma outra atmosfera ao local. Eu me senti em casa. E vi muito disso nas cidades menores, famílias separando um momento para se curtirem e conversarem. Dava vontade, de estender minha toalha e me infiltrar kkkkk.

Em Rabat, que considero grande cidade, vi mulheres jovens andando sozinhas e as ruas eram movimentadas. Assim como no Brasil, mesmo de burca, os babões ficam olhando as mulheres, porém apenas acompanhavam com os olhos. Não vi ninguém mexendo ou falando bobagem.

Na área nobre de Marraquexe, que achei tudo muito ermo. E na zona do mercado, por ser muito cheio, eu tomaria o mesmo cuidado que em qualquer outro lugar turístico do mundo.

Tudo isso de dia. Como não sou noturna, não posso opinar sobre isso.

Editado por bra_carioca
  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...
  • Colaboradores
21 horas atrás, Elizabethw disse:

Mas em se tratando de país árabe, eu tomaria cuidado sim. 

O que tem um país árabe (além dos árabes) que outros não tem e qual o motivo de se tomar cuidado em um país árabe e não em outros?

Fiquei curioso com a frase.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...