Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
#1016103 por Koslinsky
28 Out 2014, 21:19
Olá, obrigada pessoal! Espero ajudar principalmente com aquelas dúvidas que eu tinha quando comecei a pesquisar!


@GuiVianBR,

Por sorte não tivemos nenhum problema com a polícia. Estavam sempre atenciosos e fazendo piadinhas sobre a copa do mundo.


@rogerzurc,

A temperatura variou muito. Nos primeiros dias foi bastante quente e conforme decíamos cada vez mais aumentava a amplitude térmica diária. Na Peninsula Valdes, por exemplo, pela manhã eu usei um fleece bem grosso e a tarde usei shorts. Em Ushuaia estava bem frio, mesmo durante o dia. Mas, era mais por causa do vento. Lá pegamos 0 graus em uma manhã. Em El Chalten, na trilha do Fitz, uma garoa que caiu, congelou.

Em relação a chuva, tivemos muita sorte. A única chuva que pegamos de verdade foi no Uruguai. O resto foi uma garoa que pegamos no fim do dia em Rio Gallegos, em Ushuaia e em El Chalten (aquela que congelou). O resto foi sol forte. Mas, pelo que eu saiba é pra chover bastante no verão.

Espero que você tenha a mesma sorte :)

#1016116 por Koslinsky
28 Out 2014, 21:49
Dia 04 - 04/02/2014 – De Bahia Blanca a Puerto Pirámides na Península Valdés

    • Quilometragem do dia: 727
    • Quilometragem acumulada da viagem: 3.114
    • Gasto aproximado do dia: R$ 390,22

Acordamos cedo apesar de o dia anterior ter sido extremamente cansativo. Sabíamos que uma viagem de carro de mais de 10 mil km em aproximadamente 30 dias ia requerer muita determinação e esforço.

Como estávamos ainda nos primeiros dias, não tínhamos muita noção do que nos esperava. E ainda havia um certo receio de como as coisas aconteceriam.

Neste dia, tínhamos em nosso roteiro uns 730 km para fazer, um pouco a mais do que no dia anterior. Mas, com a diferença de termos o dia todo disponível, sem travessias de balsa e procura por câmbio como no dia anterior.

Tomamos café no hotel e descobrimos como seria nosso desayuno (café da manhã) no próximo mês.

No hostel de Colonia del Sacramento e neste, Hotel Brisas, o café da manhã foi basicamente composto por café ou chá de sachê e torradas com manteiga ou geleia. Em alguns hotéis futuros até serviram medialunas (muito parecido com um croissant doce ou salgado). Porém, não há algo muito diferente disto.

Saímos de Bahia Blanca por volta das 8h30 com destino a Puerto Pirámides na Península Valdés.

Saímos pela Ruta Nacional 3, depois fomos pela RN 22 que atravessa o Rio Colorado, marcando nossa entrada na Patagônia! Depois descemos pela RN 251 até San Antonio Oeste, onde voltamos para a RN 3 até a entrada da Península Valdés.


Imagem 059 Dia 04 - Salinas pelo caminho.JPG
Imagem 059 Dia 04 - Salinas pelo caminho


Antes de atravessarmos o Rio Colorado, passamos pela nossa primeira barreira zoofitossanitária. Pagamos 8 pesos de pedágio e uma revista simples foi feita em nosso carro.

Imagem 060 Dia 04 - Rio Colorado.JPG
Imagem 060 Dia 04 - Rio Colorado


Depois de atravessarmos o rio passamos por mais uma barreira, mas dessa vez sem cobrança de pedágio.

Ainda na cidade de Rio Colorado, abastecemos nosso carro e enchemos um pouco um galão de 10 litros que levamos para combustível extra.

Iríamos pegar trechos muito grandes com pouca disponibilidade de postos de combustível e por isso tínhamos medo de ficarmos no meio da estrada. Já tínhamos lido outros relatos de situações difíceis por causa da falta de gasolina. Por isso, compramos um galão para uma reserva.

Sinceramente o galão mais nos incomodou do que ajudou. Durante todo o dia com a mudança de temperatura ele inflava ou encolhia, deixando um cheiro de gasolina dentro do carro. E não é o mesmo cheiro que estamos acostumados (que eu até gosto :D ).

Normalmente abastecíamos com a Nafta Súper (95 Octanos). Esta gasolina é a gasolina comum na Argentina com qualidade melhor do que a Podium brasileira. Há também a gasolina argentina Premium (98 octanos) que é de um nível melhor ainda, mas que ainda assim é mais barata do que a comum brasileira.


Imagem 061 Dia 04 - Nos postos de combustível sempre há água quente para o mate.JPG
Imagem 061 Dia 04 - Nos postos de combustível sempre há água quente para o mate
Imagem 061 Dia 04 - Nos postos de combustível sempre há água quente para o mate.JPG (96.23 KiB) Exibido 1822 vezes


Imagem 062 Dia 04 - Era muito comum pegar fila no posto de combustível.JPG
Imagem 062 Dia 04 - Era muito comum pegar fila no posto de combustível


Passando pela cidade de San Antonio Oeste paramos em outra barreira e mais em frente, em Sierra Grande, paramos pra almoçar. Já passava das 15 horas.

Imagem 063 Dia 04 - Retas.JPG
Imagem 063 Dia 04 - Retas


Imagem 064 Dia 04 - Entrada na província de Chubut - região patagônica.JPG
Imagem 064 Dia 04 - Entrada na província de Chubut - região patagônica


Imagem 065 Dia 04 - Vegetação seca.JPG
Imagem 065 Dia 04 - Vegetação seca


Chegamos na entrada da Península Valdés um pouquinho depois das 17 horas. Para entrar na península é necessário pagar um taxa de 130 pesos por pessoa (~30 reais) que dá direito de permanecer o tempo que desejar. Se sair e quiser entrar novamente, é necessário pagar a entrada de novo.

Imagem 066 Dia 04 - Placa de recepção à Península Valdés.JPG
Imagem 066 Dia 04 - Placa de recepção à Península Valdés


Imagem 067 Dia 04 - Ticket de entrada Península Valdés.JPG
Imagem 067 Dia 04 - Ticket de entrada Península Valdés
Imagem 067 Dia 04 - Ticket de entrada Península Valdés.JPG (79.68 KiB) Exibido 1822 vezes


A Península Valdés é Patrimônio Natural da Humanidade. Ela possui paisagens indescritíveis e uma grande diversidade de colônia de animais, como leões marinhos, pinguins e elefantes marinhos.

Ela foi colonizada com a intenção da extração do sal presente nas salinas do seu interior e, posteriormente, houve grande atividade de caça de leões-marinhos e baleias.

Entramos na península que é ligada ao continente por uma estreita faixa de terra, o istmo Carlos Ameghino, e passamos pela guarita onde compramos nossos ingressos de entrada, e em seguida seguimos para o Centro de Visitantes.

Neste centro de visitantes tem um mirante, diversos animais da região empalhados e muitas informações a respeito da península. Lá uma guia nos ajudou a escolher o roteiro do dia seguinte.


Imagem 068 Dia 04 - Centro de visitantes da Península Valdés.JPG
Imagem 068 Dia 04 - Centro de visitantes da Península Valdés


Imagem 069 Dia 04 - Esqueleto de baleia franca austral morta em 1985 na Caleta Valdés.JPG
Imagem 069 Dia 04 - Esqueleto de baleia franca austral morta em 1985 na Caleta Valdés


Imagem 070 Dia 04 - Troncos petrificados.JPG
Imagem 070 Dia 04 - Troncos petrificados


Imagem 071 Dia 04 - Vista do mirante do centro de visitantes.JPG
Imagem 071 Dia 04 - Vista do mirante do centro de visitantes


Imagem 072 Dia 04 - Primeiros guanacos que vimos.JPG
Imagem 072 Dia 04 - Primeiros guanacos que vimos


Do centro de visitantes fomos para Puerto Pirámides, a única cidade da península. Ela é uma cidade muito pequena com basicamente uma rua e com um pouco mais de 400 habitantes.

Imagem 073 Dia 04 - Estrada com vista para a cidade de Puerto Piramides.JPG
Imagem 073 Dia 04 - Estrada com vista para a cidade de Puerto Pirámides


Lá procuramos o Camping Municipal, onde montamos o acampamento, demos uma volta a pé pela cidade e vimos um pôr-do-sol maravilhoso.

Imagem 074 Dia 04 - Rua para o Camping Municipal.JPG
Imagem 074 Dia 04 - Rua para o Camping Municipal


Imagem 075 Dia 04 - Camping Municipal de Puerto Pirámides.JPG
Imagem 075 Dia 04 - Camping Municipal de Puerto Pirámides
Imagem 075 Dia 04 - Camping Municipal de Puerto Pirámides.JPG (51.46 KiB) Exibido 1822 vezes


Imagem 076 Dia 04 - Panorâmica da praia de Puerto Pirámides.JPG
Imagem 076 Dia 04 - Panorâmica da praia de Puerto Pirámides


Imagem 077 Dia 04 - Água cristalina e congelante.JPG
Imagem 077 Dia 04 - Água cristalina e congelante


Imagem 078 Dia 04 - Linda paisagem em Puerto Pirámides.JPG
Imagem 078 Dia 04 - Linda paisagem em Puerto Pirámides


Imagem 079 Dia 04 - Sol se pondo por trás das falésias em Puerto Pirámides.JPG
Imagem 079 Dia 04 - Sol se pondo por trás das falésias em Puerto Pirámides


Neste dia fizemos nosso jantar no camping.


Mais informações

Atrações e pontos interessantes

    • Centro de Visitantes da Península Valdés: com muitas informações a respeito do lugar
    • Puerto Pirámides: cidade que oferece os serviços básicos aos turistas e que possui falésias que formam uma paisagem indescritível


Hospedagem

Camping Municipal de Puerto Pirámides – Mediano ::cool::
Endereço: Costa del Mar - Puerto Pirámides
Página: http://www.solocampings.com.ar/camping/Municipal/Puerto-Piramides/Chubut/384.html
Preço: 80 pesos por pessoa (~20 reais). A diária inclui banho quente (ducha caliente), porém com horários nada flexíveis.
É possível parar o carro ao lado do local da barraca.
Um ponto que considero negativo é que todo o camping é na areia. Mas acredito que dificilmente conseguiriam ter a grama, que estamos acostumados, com o clima seco da região.


Gastos do dia

Imagem 080 Dia 04 - Tabela de gastos do dia 04.jpg
Imagem 080 Dia 04 - Tabela de gastos do dia 04
Imagem 080 Dia 04 - Tabela de gastos do dia 04.jpg (46.57 KiB) Exibido 1822 vezes
#1018257 por Koslinsky
04 Nov 2014, 11:04
Dia 05 - 05/02/2014 – Dia na Península Valdés e ida a Puerto Madryn

    • Quilometragem do dia: 310
    • Quilometragem acumulada da viagem: 3.424
    • Gasto aproximado do dia: R$ 407,40

Neste dia, tínhamos previsto conhecer a Península Valdés de acordo com a instrução de uma guarda-parque com a qual conversamos no dia anterior no Centro de Visitantes.

Ela sugeriu, conforme o mapa na imagem abaixo, que pela manhã visitássemos Punta Pirámide (um mirante para avistar os leões-marinhos, a 2 km da cidade de Puerto Pirámides); por volta das 11h30 fôssemos em direção a Punta Cantor (a uns 90 km de Puerto Pirámides, para ver pinguins e elefantes marinhos às 13h30); e que estivéssemos às 15h30 em Punta Norte (a 50 km de Punta Cantor, para vermos mais leões-marinhos). Estes, segundo ela, eram os melhores horários para avistar os animais. Então, fizemos este roteiro.

Obs.: Os demais pontos da Península Valdés estavam fechados para visitação em fevereiro de 2014.


Imagem 081 Dia 05 - Mapa Península Valdés.JPG
Imagem 081 Dia 05 - Mapa Península Valdés


Antes de sair da cidade paramos no posto de combustível. Em Puerto Pirámides há somente um posto e há limite de abastecimento de 150 pesos por carro. O litro estava a 7,14 pesos.

Paramos também na padaria da cidade (Panaderia e Confiteria Crocanthi) para comprar nosso café da manhã e almoço.

Saímos da por volta das 11 horas em direção a Punta Pirámide, e no caminho paramos no mirante da cidade.


Imagem 082 Dia 05 - Praia de Puerto Pirámides.JPG
Imagem 082 Dia 05 - Praia de Puerto Pirámides


Imagem 083 Dia 05 - Vista do Mirante da cidade de Puerto Pirámides .JPG
Imagem 083 Dia 05 - Vista do Mirante da cidade de Puerto Pirámides


Imagem 084 Dia 05 - Placa indicando acesso a estrada para a loberia Punta Pirámide.JPG
Imagem 084 Dia 05 - Placa indicando acesso a estrada para a loberia Punta Pirámide


Imagem 085 Dia 05 - Estrada de acesso a loberia Punta Pirámide.JPG
Imagem 085 Dia 05 - Estrada de acesso a loberia Punta Pirámide


Imagem 086 Dia 05 - Vista do mar pela estrada de acesso a loberia Punta Pirámide.JPG
Imagem 086 Dia 05 - Vista do mar pela estrada de acesso a loberia Punta Pirámide


Imagem 087 Dia 05 - Placa indicando a unidade de Punta Pirámide.JPG
Imagem 087 Dia 05 - Placa indicando a unidade de Punta Pirámide


Em Punta Pirámide, existe um local para estacionar o carro e passarelas para avistar os leões-marinhos. Foi muito emocionante ver e ouvir os leões-marinhos em seu habitat, se comportando de forma natural e sem influência humana.

Imagem 088 Dia 05 - Colônia de férias de verão dos leões-marinhos.JPG
Imagem 088 Dia 05 - Colônia de férias de verão dos leões-marinhos


Imagem 089 Dia 05 - Outro lado da loberia Punta Pirámide.JPG
Imagem 089 Dia 05 - Outro lado da loberia Punta Pirámide


Imagem 090 Dia 05 - Loberia Punta Pirámide mais de perto.JPG
Imagem 090 Dia 05 - Loberia Punta Pirámide mais de perto


Imagem 091 Dia 05 - Leões marinhos entrando no mar.JPG
Imagem 091 Dia 05 - Leões marinhos entrando no mar


Apesar de a temperatura não estar tão baixa (estava em torno dos 15° pela manhã), o vento fazia a sensação térmica despencar.

A rodovia de entrada na península até Puerto Pirámides é pavimentada. De Puerto Pirámides a Punta Pirámide, metade é pavimentada (mesma estrada de acesso à cidade) e metade é de rípio. Já o caminho de Punta Pirámide até Punta Cantor e até Punta Norte é todo de rípio, com exceção de um trecho bem pequeno no início. A única coisa que cansa nestas estradas são as costelas de vaca, porque a estrada toda é ampla e quase sem buracos.

É muito importante dirigir devagar e com muita atenção nessas estradas, porque a cada pouco há animais atravessando, principalmente martinetas (espécie endêmica da Argentina, parecida com uma codorna do tamanho de uma galinha d’angola :)). Desde a entrada na península é possível ver inúmeras delas esmagadas na estrada e outras correndo atrapalhadas. Os motoristas argentinos parecem não se importar muito com as pequenas aves.


Imagem 092 Dia 05 - Martineta que conseguimos fotografar.JPG
Imagem 092 Dia 05 - Martineta que conseguimos fotografar


Imagem 093 Dia 05 - Ruta provincial 3 na Península Valdés .JPG
Imagem 093 Dia 05 - Ruta provincial 3 na Península Valdés


Imagem 094 Dia 05 - El Salitral visto da RP 3.JPG
Imagem 094 Dia 05 - El Salitral visto da RP 3


Às 13h30 chegamos ao mirante de observação dos Pinguins de Magalhães. Havia adultos e filhotes e vários deles ficavam bem próximos dos turistas. O primeiro contato com os pinguins também é muito emocionante, pois eles parecem nem se importar com a presença humana enquanto tomam sol e se deliciam tomando um banho de mar.

Imagem 095 Dia 05 - Pinguins de Magalhães na Península Valdés.JPG
Imagem 095 Dia 05 - Pinguins de Magalhães na Península Valdés


Imagem 096 Dia 05 - Panorâmica do lugar.JPG
Imagem 096 Dia 05 - Panorâmica do lugar


Imagem 097 Dia 05 - Pinguins de Magalhães na Península Valdés.JPG
Imagem 097 Dia 05 - Pinguins de Magalhães na Península Valdés


Imagem 098 Dia 05 - Filhote de pinguim na Península Valdés.JPG
Imagem 098 Dia 05 - Filhote de pinguim na Península Valdés


Depois descemos um pouco mais pela Ruta Provincial 47 até Punta Cantor, de onde é possível avistar os elefantes marinhos, percorrer algumas trilhas pequenas e avistar a Caleta Valdés (que é uma entrada do mar paralela à costa, formando uma faixa de terra ao lado da península).

Imagem 099 Dia 05 - Placa de recepção Caleta Valdés.JPG
Imagem 099 Dia 05 - Placa de recepção Caleta Valdés


Imagem 100 Dia 05 - Placa explicando localização de mirantes e trilhas.JPG
Imagem 100 Dia 05 - Placa explicando localização de mirantes e trilhas


Imagem 101 Dia 05 - Paisagem de Punta Cantor com um elefante marinho.JPG
Imagem 101 Dia 05 - Paisagem de Punta Cantor com um elefante marinho


Imagem 102 Dia 05 - Leões marinhos deitados na praia.JPG
Imagem 102 Dia 05 - Leões marinhos deitados na praia


Imagem 103 Dia 05 - Caleta Valdés.JPG
Imagem 103 Dia 05 - Caleta Valdés


Este e outros lugares também são recantos de baleias e orcas. Porém, elas só aparecem de maio a dezembro.

Imagem 104 Dia 05 - Mar calmo na Caleta Valdés.JPG
Imagem 104 Dia 05 - Mar calmo na Caleta Valdés


Chegamos em Punta Norte perto das 16 horas e ficamos admirados com a quantidade de leões-marinhos.

Imagem 105 Dia 05 - Muitos leões marinhos em Punta Norte .JPG
Imagem 105 Dia 05 - Muitos leões marinhos em Punta Norte


Imagem 106 Dia 05 - Leões marinhos mais de perto em Punta Norte .JPG
Imagem 106 Dia 05 - Leões marinhos mais de perto em Punta Norte


Imagem 107 Dia 05 - Eu e os leões marinhos.JPG
Imagem 107 Dia 05 - Eu e os leões marinhos


O plano era voltar para Puerto Pirámides e seguir para Puerto Madryn apenas no dia seguinte, mas como o sol ainda estava alto resolvemos fazer este percurso neste dia mesmo.

Chegamos mais ou menos às 20 horas em Puerto Madryn com o sol ainda bem alto, procuramos um hotel e fizemos nosso jantar lá mesmo.


Imagem 108 Dia 05 - Chegada em Puerto Madryn.JPG
Imagem 108 Dia 05 - Chegada em Puerto Madryn


Mais informações

Atrações e pontos interessantes

    • Mirante de Puerto Pirámides: vista da cidade e das falésias
    • Punta Pirámide: observação de leões-marinhos
    • Punta Cantor e Caleta Valdés: observação de pinguins e elefantes marinhos
    • Punta Norte: observação de leões marinhos

Hospedagem

Hostel Kaló – Bom ::cool:: ::cool::
Endereço: Av. Hipolito Yrigoyen 370, Puerto Madryn
Página: http://kalohostel.com.ar/
Preço: 500 pesos. Quarto com cozinha. Café da manhã não incluso.

Gastos do dia

Imagem 109 Dia 05 - Tabela de gastos do dia 05.jpg
Imagem 109 Dia 05 - Tabela de gastos do dia 05
Imagem 109 Dia 05 - Tabela de gastos do dia 05.jpg (32.7 KiB) Exibido 1748 vezes
#1018866 por Koslinsky
05 Nov 2014, 20:42
Dia 06 - 06/02/2014 – De Puerto Madryn a Caleta Olivia

    • Quilometragem do dia: 522
    • Quilometragem acumulada da viagem: 3.946
    • Gasto aproximado do dia: R$ 267,91
Puerto Madryn é uma cidade portuária grande e bem estruturada para receber turistas, por isso, muitos que querem visitar a Península Valdés se instalam nesta cidade e daqui partem em excursões para a península.

Antes de seguirmos o trajeto do dia, demos uma volta pela orla de Puerto Madryn e tomamos café em uma cafeteria.


Imagem 110 Dia 06 - Praia e trapiche de Puerto Madryn.JPG
Imagem 110 Dia 06 - Praia e trapiche de Puerto Madryn


O objetivo do dia era chegar em Caleta Olivia, cidade ao sul de Comodoro Rivadavia.

Saímos de Puerto Madryn próximo das 11 horas e chegamos em Caleta Olivia às 17 horas. A viagem foi bem tranquila porque a RN 3 é toda pavimentada e quase não há curvas.


Imagem 111 Dia 06 - Cata-ventos (Poderia ter muito mais para aproveitar o vento que é extremamente forte).JPG
Imagem 111 Dia 06 - Cata-ventos (Poderia ter muito mais para aproveitar o vento que é extremamente forte)


Imagem 112 Dia 06 - Marcas dos viajantes em um posto na RN3.JPG
Imagem 112 Dia 06 - Marcas dos viajantes em um posto na RN3


Imagem 113 Dia 06 - Próximo a Comodoro Rivadavia a paisagem começou a mudar um pouco e o relevo ficou menos plano.JPG
Imagem 113 Dia 06 - Próximo a Comodoro Rivadavia a paisagem começou a mudar um pouco e o relevo ficou menos plano


Imagem 114 Dia 06 - A caminho de Comodoro Rivadavia .JPG
Imagem 114 Dia 06 - A caminho de Comodoro Rivadavia


Imagem 115 Dia 06 - A costa.JPG
Imagem 115 Dia 06 - A costa


Imagem 116 Dia 06 - Umidade muito baixa e muita areia no ar em Comodoro Rivadavia.JPG
Imagem 116 Dia 06 - Umidade muito baixa e muita areia no ar em Comodoro Rivadavia


Em Caleta Olivia aproveitamos para dar caminhada pela cidade enquanto não anoitecia.

Imagem 117 Dia 06 - Ao invés de areia, pequenas pedras na costa do mar de Caleta Olivia.JPG
Imagem 117 Dia 06 - Ao invés de areia, pequenas pedras na costa do mar de Caleta Olivia


Neste dia ficamos no hotel Robert, que foi indicação de outros relatos que lemos. Lemos também que apesar de Comodoro Rivadavia ser a maior cidade da região e ter diversos hotéis, os seus valores são altos e normalmente os hotéis lotam fácil por causa da atividade petrolífera da cidade. Por isso resolvemos ficar em Caleta Olivia.

Jantamos na cafeteria de um posto próximo ao hotel e dormimos cedo, como quase todos os dias.


Mais informações

Atrações e pontos interessantes

    • Orla de Puerto Madryn: a cidade possui uma boa estrutura para turistas
Hospedagem

Hotel Robert – Bom ::cool:: ::cool::
Endereço: Av. San Martín, 2151 Caleta Olivia
Página: http://www.hotelrobert.com.ar/
Preço: 445,00 pesos a diária sem café da manhã. Café da manhã 40 pesos por pessoa.


Gastos do dia

Imagem 118 Dia 06 - Tabela de gastos do dia 06.jpg
Imagem 118 Dia 06 - Tabela de gastos do dia 06
Imagem 118 Dia 06 - Tabela de gastos do dia 06.jpg (38.19 KiB) Exibido 1724 vezes
#1019671 por edfine
08 Nov 2014, 09:55
Meus parabens, este é o relato mais completo que encontamos sobre este tema. Tambem estamos adorando a descrição da viagem. Não poderíamos ter encontrado o tópico em hora mais oportuna, vamos para a patagonia em dezembro (em rota muito parecida com a de voces). Estamos ansiosos pela continuação dos relatos. Abracos,
#1020321 por Koslinsky
10 Nov 2014, 13:22
Dia 07 - 07/02/2014 – De Caleta Olivia a Rio Gallegos, passando por Comandante Luis Piedra Buena e Parque Nacional Monte León

    • Quilometragem do dia: 752
    • Quilometragem acumulada da viagem: 4.698
    • Gasto aproximado do dia: R$ 237,91
Neste dia, uma sexta-feira, nosso plano era fazer o trecho de Caleta Olivia a Rio Gallegos. O dia seria parecido com o anterior, mas tivemos ótimas surpresas.

Quando saímos de Caleta Olivia, às 8 horas, a temperatura estava um pouquinho mais baixa: 12°. Todos os dias pela manhã e no fim do dia a temperatura baixava, e como o vento era muito forte, sentíamos bastante frio. Porém, durante o dia e principalmente dentro do carro ficávamos com calor.


Imagem 119 Dia 07 - RN 3 a beira do mar em Caleta Olivia.JPG
Imagem 119 Dia 07 - RN 3 a beira do mar em Caleta Olivia


Imagem 120 Dia 07 - Bomba para extração de petróleo (cavalo de pau).JPG
Imagem 120 Dia 07 - Bomba para extração de petróleo (cavalo de pau)


Imagem 121 Dia 07 - Paisagem começa a ficar plana novamente.JPG
Imagem 121 Dia 07 - Paisagem começa a ficar plana novamente


Imagem 122 Dia 07 - Deserto.JPG
Imagem 122 Dia 07 - Deserto


Imagem 123 Dia 07 - Obras ao longo da RN 3.JPG
Imagem 123 Dia 07 - Obras ao longo da RN 3


Imagem 124 Dia 07 - Guanacos.JPG
Imagem 124 Dia 07 - Guanacos


Imagem 125 Dia 07 - Estrada muito tranquila.JPG
Imagem 125 Dia 07 - Estrada muito tranquila


No caminho para Rio Gallegos passamos por uma cidade que resolvemos conhecer: Comandante Luis Piedra Buena. Uma cidade bem pequena e muito bonita às margens do rio Santa Cruz. Esta cidade servia de base militar para a Guerra das Malvinas, então vimos diversos memoriais e praças homenageando os soldados que lutaram na guerra.

Imagem 126 Dia 07 - Base militar da cidade de Comandante Luis Piedra Buena.JPG
Imagem 126 Dia 07 - Base militar da cidade de Comandante Luis Piedra Buena


Imagem 127 Dia 07 - Nos aproximando do rio Santa Cruz.JPG
Imagem 127 Dia 07 - Nos aproximando do rio Santa Cruz


Imagem 128 Dia 07 - Rio Santa Cruz.JPG
Imagem 128 Dia 07 - Rio Santa Cruz


Imagem 129 Dia 07 - Rio Santa Cruz.JPG
Imagem 129 Dia 07 - Rio Santa Cruz


Imagem 130 Dia 07 - Mais uma linda paisagem criada pelo rio Santa Cruz.JPG
Imagem 130 Dia 07 - Mais uma linda paisagem criada pelo rio Santa Cruz


Um fato interessante é que em vários locais víamos placas, geralmente nas entradas e nas saídas das cidades, dizendo “Las Malvinas son Argentinas”, apesar de eles terem perdido a guerra.

Imagem 131 Dia 07 - Monumento da guerra das Malvinas.JPG
Imagem 131 Dia 07 - Monumento da guerra das Malvinas


Imagem 132 Dia 07 - Monumento da guerra das Malvinas.JPG
Imagem 132 Dia 07 - Monumento da guerra das Malvinas


Almoçamos no restaurante La Terminal da Estação Municipal de Ônibus e voltamos para a estrada.

Imagem 133 Dia 07 - Como sempre, os pratos argentinos muito bem-servidos.JPG
Imagem 133 Dia 07 - Como sempre, os pratos argentinos muito bem-servidos


Uns 30 km depois, passamos por uma placa informando nossa entrada no Parque Nacional Monte León. Já tinha lido alguma coisa a respeito e sabia que neste parque havia uma colônia de pinguins de Magalhães.

Imagem 134 Dia 07 - Placa do Parque Nacional Monte León.JPG
Imagem 134 Dia 07 - Placa do Parque Nacional Monte León


Ficamos indecisos se visitávamos ou não o lugar por causa do tempo, pois ainda tínhamos uma boa quilometragem pela frente. Mas, na administração do parque, que fica à beira da RN 3, os guarda-parques nos passaram as instruções da entrada e o que poderíamos visitar. Ficamos curiosos e decidimos pela visita. Além de tudo, a entrada era gratuita.

A área de visitação fica a 6 km da administração do parque e é composta por uma grande área de estepe e a costa marítima.


Imagem 135 Dia 07 - Portão de acesso a área de visitação ao parque. Ele fica sempre fechado, mas não trancado..JPG
Imagem 135 Dia 07 - Portão de acesso a área de visitação ao parque. Ele fica sempre fechado, mas não trancado


Na estepe há vários animais como guanacos, choiques (um parente menor da ema) e pumas. Ainda bem que este último tem hábitos noturnos e não ficamos lá para vê-lo de perto. De qualquer forma, não é permitida a permanência nas dependências do parque a partir das 19 horas, exceto o local indicado para acampamento (que não chegamos a conhecer).

Imagem 136 Dia 07 - No começo o terreno é plano,....JPG
Imagem 136 Dia 07 - No começo o terreno é plano,...


Imagem 137 Dia 07 - ...depois começam a aparecer colinas e animais,....JPG
Imagem 137 Dia 07 - ...depois começam a aparecer colinas e animais,...


Imagem 138 Dia 07 - ...e depois o relevo fica mais interessante ainda..JPG
Imagem 138 Dia 07 - ...e depois o relevo fica mais interessante ainda.


Imagem 139 Dia 07 - Choiques .JPG
Imagem 139 Dia 07 - Choiques


Imagem 140 Dia 07 - Para refletir.JPG
Imagem 140 Dia 07 - Para refletir


Imagem 141 Dia 07 - Quase Egito.JPG
Imagem 141 Dia 07 - Quase Egito


Existe uma estrada, não pavimentada, que liga a RN 3 aos locais de visitação do parque. Para visitar a costa do parque onde há uma grande colônia de pinguins (a quinta mais importante da Argentina) é necessário estacionar o carro em um determinado ponto da estrada e seguir uma trilha rápida a pé.

Imagem 142 Dia 07 - Local para parar o carro. Início da trilha para a pinguinera.JPG
Imagem 142 Dia 07 - Local para parar o carro. Início da trilha para a pinguinera


Imagem 143 Dia 07 - Placas indicando a presença de pumas.jpg
Imagem 143 Dia 07 - Placas indicando a presença de pumas


A trilha tem cerca de 2,5 km até a pinguineira. Levamos quase 40 minutos porque paramos para tirar muitas fotos. Ela é muito tranquila.

Tracklog disponível em: http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=8187082

No caminho, além de belas paisagens, vimos bastantes animais. Os guanacos deste parque são menos ariscos do que os que vimos na beira das estradas, pois o local é mais pacífico sem o movimento de carros.


Imagem 144 Dia 07 - No início da trilha existem placas referenciando a vegetação.JPG
Imagem 144 Dia 07 - No início da trilha existem placas referenciando a vegetação


Imagem 145 Dia 07 - Trilha.JPG
Imagem 145 Dia 07 - Trilha


Imagem 146 Dia 07 - Mais uma da trilha.JPG
Imagem 146 Dia 07 - Mais uma da trilha


Próximo da pinguineira já era possível ouvir muito barulho, sentir o cheiro e ver alguns pinguins mortos, provavelmente meio comidos pelos pumas. Mais pra frente, onde a trilha era demarcada com uma cerca, já podíamos ver muitos pinguins. E quando chegamos ao mirante que dá vista para a praia nos surpreendemos com a quantidade deles.

Imagem 147 Dia 07 - Pinguim morto.JPG
Imagem 147 Dia 07 - Pinguim morto


Imagem 148 Dia 07 - Pinguins!.JPG
Imagem 148 Dia 07 - Pinguins!


Imagem 149 Dia 07 - Ao fundo o Monte León que dá nome ao parque. Deste ângulo não é possível ver o leão, mas de outros sim..JPG
Imagem 149 Dia 07 - Ao fundo o Monte León que dá nome ao parque. Deste ângulo não é possível ver o leão, mas de outros sim


Imagem 150 Dia 07 - Pinguins também fazem trilha =P.JPG
Imagem 150 Dia 07 - Pinguins também fazem trilha =P


Imagem 151 Dia 07 - Novas amizades.JPG
Imagem 151 Dia 07 - Novas amizades


Imagem 152 Dia 07 - Ninho da minha cara amiga.JPG
Imagem 152 Dia 07 - Ninho da minha cara amiga


Imagem 153 Dia 07 - Overdose de pinguins.JPG
Imagem 153 Dia 07 - Overdose de pinguins


Imagem 154 Dia 07 - Pinguins do outro lado.JPG
Imagem 154 Dia 07 - Pinguins do outro lado


Ao final da trilha, já perto do carro, nos deparamos com uma pegada provavelmente de puma na areia.

Imagem 155 Dia 07 - Pegada suspeita.JPG
Imagem 155 Dia 07 - Pegada suspeita


Deixamos o parque e seguimos para Rio Gallegos, cidade em que pretendíamos dormir.

A partir do parque a estrada começa a ficar cada vez mais florida e a paisagem desértica vai mudando um pouco.


Imagem 156 Dia 07 - Estrada florida e guanacos.JPG
Imagem 156 Dia 07 - Estrada florida e guanacos


Imagem 157 Dia 07 - Ovelhas fazem parte da economia argentina.JPG
Imagem 157 Dia 07 - Ovelhas fazem parte da economia argentina


Ao chegarmos em Rio Gallegos procuramos por um camping que tínhamos visto pela internet, mas infelizmente não conseguimos encontrar. Então, através do GPS, encontramos um hostel chamado Hotel Paris e ficamos por lá.

Neste momento a garoa que tinha começado a cair ficou um pouquinho mais forte e a temperatura estava em 11°. Estava a cada dia um pouco mais frio.

Compramos algumas coisas num mercado próximo e fizemos nosso jantar no hostel.


Mais informações

Atrações e pontos interessantes

    • Cidade de Comandante Luis Piedra Buena: a cidade é muito bonita para passear com muitos monumentos referente a guerra das Malvinas e o rio Santa Cruz oferece uma paisagem estonteante
    • Parque Nacional Monte Leon: Quinta maior pinguineira da Argentina, com paisagens muito bonitas e animais andando livremente

Hospedagem

Hotel Paris - Ruim ::bad::
Endereço: Av. Presidente N Kirchner (Ex Av. Ponte Roca ), 1040 - Río Gallegos
Página: http://www.hotelparisrg.com.ar/
Preço: 340,00 pesos a diária com café da manhã. Não gostamos do lugar porque ele estava bem acabado e não parecia muito limpo. A cama era muito velha e dura, o aquecedor deixava o quarto quente demais (não era possível regular a temperatura) e não havia rede Wi-Fi no quarto. O café da manhã, porém, foi bom (no estilo argentino).


Imagem 158 Dia 07 - Hotel Paris.JPG
Imagem 158 Dia 07 - Hotel Paris
Imagem 158 Dia 07 - Hotel Paris.JPG (81.32 KiB) Exibido 1621 vezes


Gastos do dia

Imagem 159 Dia 07 - Tabela de gastos do dia 07.jpg
Imagem 159 Dia 07 - Tabela de gastos do dia 07
Imagem 159 Dia 07 - Tabela de gastos do dia 07.jpg (32.56 KiB) Exibido 1621 vezes
#1021864 por Roberto Mesch
14 Nov 2014, 15:53
Muito legais seus relatos! Estamos programando uma viagem parecida para este final de ano, vamos eu, minha esposa e nosso garotinho de 3 anos de idade. O roteiro ainda não está definido mas vai ser bem parecido com o roteiro que vocês fizeram (saímos de Jaraguá do Sul e destino final é Ushuaia). Podes passar algumas dicas de lugares imperdíveis e/ou alguma recomendação importante para a viagem?

Roberto
#1021892 por Koslinsky
14 Nov 2014, 17:07
Roberto Mesch escreveu:Muito legais seus relatos! Estamos programando uma viagem parecida para este final de ano, vamos eu, minha esposa e nosso garotinho de 3 anos de idade. O roteiro ainda não está definido mas vai ser bem parecido com o roteiro que vocês fizeram (saímos de Jaraguá do Sul e destino final é Ushuaia). Podes passar algumas dicas de lugares imperdíveis e/ou alguma recomendação importante para a viagem? Roberto



Olá Roberto Mesch,

Como você vai com um garotinho, acredito que seja importante que você reserve a hospedagem por onde você for. Nós sofremos para achar hospedagem em Rio Grande (na Terra do Fogo), em Ushuaia e em El Calafate.
Mas como não dá pra fazer muito antecipadamente a reserva, até porque engessa a viagem, sugiro que você utilize o http://www.booking.com/. Em alguns destinos nós procuramos e reservamos a hospedagem um dia antes. Mas fique bem atento em relação ao valor do hospedagem. Nem sempre no valor da hospedagem estão inclusos os impostos ou outras taxas que podem ser bem altos.
Acredito que seja importante também fazer uma quilometragem menor por dia. Por mais que sejam só retas, é bastante cansativo.
Dá uma olhada neste blog: http://viajandodecarro.com.br/viagens-realizadas/viagem-janeiro-2012/. Eles fizeram a viagem pra Ushuaia com um menino de um ano. É muito legal o relato deles.

Em relação ao lugares, eu fiquei maravilhada com a Península Valdés e com o Monte León (eu amo pinguins :)). Adorei a trilha até a Laguna Esmeralda (não sei se é fácil fazer com uma criança tão pequena) e o parque Tierra del Fuego em Ushuaia (fácil acesso e ótima estrutura), o parque Torres del Paine (de carro da pra ir a muito lugares legais no parque, é muito lindo e tranquilo), as trilhas de El Chalten (são maiores que a Laguna Esmeralda), as Capillas de Marmol no Lago General Carrera (passeio de barco), a Cueva de las Manos (pinturas rupestres, uma visita bem tranquila) e El Bolson (a cidade é linda e aconchegante, estamos planejando voltar pra lá).

Existem outros lugares incríveis, mas os que citei são os que primeiro me veem à lembrança.

Espero que vocês aproveitem bastante :)
#1022380 por edfine
16 Nov 2014, 15:15
Olá,

Mais uma vez gostariamos de te parabenizar pelos relatos!!

Ficamos com uma dúvida, se não estou enganado você disse em um tópico anterior que vocês tinham um galão de combustível reserva. Este galão foi transportado dentro ou fora do carro (no bagageiro de teto)? É permitido levar o galão dentro do carro?

Muito obrigado.

Abraços,
#1024080 por Koslinsky
20 Nov 2014, 18:16
edfine escreveu:Olá,
Mais uma vez gostariamos de te parabenizar pelos relatos!!
Ficamos com uma dúvida, se não estou enganado você disse em um tópico anterior que vocês tinham um galão de combustível reserva. Este galão foi transportado dentro ou fora do carro (no bagageiro de teto)? É permitido levar o galão dentro do carro?
Muito obrigado.
Abraços,


Olá edfine,

Nós levamos um galão de 20 litros, mas enchemos somente uns 10.
Não tínhamos uma estrutura para deixarmos fora, por isso, deixamos dentro do carro mesmo, junto com a bagagem. Não foi uma boa escolha por causa do cheiro.
Não sei dizer se é permitido levar dentro do carro, mas ninguém falou nada pelas aduanas e revistas que passamos. Então seguimos assim mesmo.
No fim das contas, não precisamos realmente do galão. Mas, fizemos a viagem mais aliviados sabendo que se não achássemos um posto, teríamos gasolina reserva.

Obrigada por acompanhar!
#1024089 por Koslinsky
20 Nov 2014, 18:40
Dia 08 - 08/02/2014 – De Rio Gallegos a Rio Grande na Terra do Fogo, atravessando o Estreito de Magalhães

    • Quilometragem do dia: 373
    • Quilometragem acumulada da viagem: 5.071
    • Gasto aproximado do dia: R$ 265,56

Neste dia cruzaríamos o Estreito de Magalhães e chegaríamos à Terra do Fogo, por isso estávamos bem animados.

Para se chegar em Ushuaia por terra é necessário entrar em território chileno, atravessar de balsa o Estreito de Magalhães e entrar novamente em território argentino.

Saímos antes das 8 horas (11°C) de Rio Gallegos e chegamos na aduana para entrada no Chile as 9 horas. Infelizmente a fila estava bem grande e, acredito que por ser sábado, levamos duas horas para finalizar a imigração e pegarmos a estrada de novo.


Imagem 160 Dia 08 - Nem precisa de placa pra saber que o vento é muito forte.JPG
Imagem 160 Dia 08 - Nem precisa de placa pra saber que o vento é muito forte


Nesta aduana saímos da Argentina e já demos entrada no Chile, tudo na mesma sala, só que com bastante fila. Foi feita também uma revista no carro antes de seguirmos viagem.

Imagem 161 Dia 08 - Aduana para entrada no Chile.JPG
Imagem 161 Dia 08 - Aduana para entrada no Chile


Imagem 162 Dia 08 - Papelada da imigração.JPG
Imagem 162 Dia 08 - Papelada da imigração


Imagem 163 Dia 08 - Papelada da imigração.JPG
Imagem 163 Dia 08 - Papelada da imigração


Imagem 164 Dia 08 - Chile!.JPG
Imagem 164 Dia 08 - Chile!


Imagem 165 Dia 08 - Estrada para o Estreito de Magalhães.JPG
Imagem 165 Dia 08 - Estrada para o Estreito de Magalhães


Imagem 166 Dia 08 - Placa indicando o Parque Nacional Pali Aike. Pena que não pudemos visitá-lo, pois pelas nossas pesquisas é um parque muito bonito.JPG
Imagem 166 Dia 08 - Placa indicando o Parque Nacional Pali Aike. Pena que não pudemos visitá-lo, pois pelas nossas pesquisas é um parque muito bonito


Imagem 167 Dia 08 - Punta Delgada - nosso destino para atravessar o Estreito de Magalhães.JPG
Imagem 167 Dia 08 - Punta Delgada - nosso destino para atravessar o Estreito de Magalhães


Quase meia-hora depois chegamos ao Estreito de Magalhães (passagem onde o Oceano Atlântico encontra o Pacífico) e ficamos esperando na fila de carros para pegarmos a balsa.

Existem dois pontos de travessia do Estreito de Magalhães: Em Porvenir e em Punta Delgada. Nosso roteiro estava traçado para atravessarmos o estreito por Punta Delgada porque neste lugar a duração da travessia é menor e existem muito mais horários disponíveis.

O serviço de transporte em Punta Delgada é feito pela Transbordadora Austral Broom todos os dias das 08h30 (continente) até à 1h da madrugada seguinte (Terra do Fogo). Para pegar a balsa basta embarcar na balsa. Não precisa de reservas e o pagamento é feito na própria balsa durante a travessia.

Nós pagamos em fevereiro/2014 300 pesos argentinos. Hoje segundo o site da empresa, a travessia hoje custa 375 pesos argentinos.

Mais informações em: http://www.tabsa.cl/portal/index.php/en/

Quando chegou a nossa vez de atravessarmos o estreito o serviço da travessia foi suspenso por causa do vento forte. Ficamos então esperando o serviço ser finalmente reestabelecido. A espera levou 7 horas, das 11h30 às 18h30. Neste período a balsa vazia atravessou algumas vezes o estreito, mas sem boas notícias.


Imagem 168 Dia 08 - Bienvenidos al Estrecho de Magallanes! Obrigada!.JPG
Imagem 168 Dia 08 - Bienvenidos al Estrecho de Magallanes! Obrigada!


Imagem 169 Dia 08 - Fila para a balsa.JPG
Imagem 169 Dia 08 - Fila para a balsa


Almoçamos na lanchonete que existe ali. Ela possui opções de pratos e lanches. Comemos um sanduíche chamado barro luco (carne, pão, queijo e maionese) por 2.375 pesos chilenos (em torno de 12 reais).

No começo nos perdíamos na conversão da moeda chilena. Então, tentávamos fazer um cálculo para converter a moeda. :idea: De maneira bem superficial cortávamos os últimos dois dígitos do valor chileno e dividíamos por dois. Exemplo: 2.375 / 2 = ~12 reais. Mas, como a cotação da moeda muda frequentemente talvez este cálculo não seja mais válido nos dias de hoje.

Passamos o dia fazendo backup das nossas fotos, admirando o estreito e tremendo de frio.


Imagem 170 Dia 08 - Estreito de Magalhães.JPG
Imagem 170 Dia 08 - Estreito de Magalhães


Imagem 171 Dia 08 - Estreito de Magalhães.JPG
Imagem 171 Dia 08 - Estreito de Magalhães


Quando o serviço voltou ficamos muito felizes! Já estávamos com medo de não conseguirmos atravessar no dia.

Depois de entrarmos na balsa, efetuamos o pagamento da travessia em um balcão e ficamos no compartimento de espera.


Imagem 172 Dia 08 - Balsa para a travessia do Estreito de Magalhães.JPG
Imagem 172 Dia 08 - Balsa para a travessia do Estreito de Magalhães


Imagem 173 Dia 08 - Recibo do serviço.JPG
Imagem 173 Dia 08 - Recibo do serviço


Imagem 174 Dia 08 - Vista de dentro da balsa.JPG
Imagem 174 Dia 08 - Vista de dentro da balsa


phpBB [video]


Quando desembarcamos da balsa e pegamos novamente a estrada, vimos que a fila de carros para a balsa do lado da Terra do Fogo passava de 3 km.

Felizmente os trâmites de imigração nas aduanas seguintes foram bem rápidos. Levamos 10 minutos na 1ª aduana para saída do Chile e 20 minutos na 2ª aduana para entrada na Argentina (San Sebastian). Elas não estão na mesma estrutura e ficam separadas por quase 15 km.


Imagem 175 Dia 08 - Em direção a San Sebastian.JPG
Imagem 175 Dia 08 - Em direção a San Sebastian


O caminho até foi bastante cansativo, pois já estávamos cansados da espera no Estreito de Magalhaes e também porque pegamos um bom trecho de rípio.

Imagem 176 Dia 08 - Estrada na Terra do Fogo.JPG
Imagem 176 Dia 08 - Estrada na Terra do Fogo


Imagem 177 Dia 08 - Mais uma da estrada.JPG
Imagem 177 Dia 08 - Mais uma da estrada


Chegamos em Rio Grande perto das 22h30 e fomos atrás do camping que tínhamos pesquisado pela internet. Assim como em Bahia Blanca, não encontramos o camping e tivemos que buscar outra hospedagem. Ficamos mais de uma hora procurando vaga em hotel porque a maior parte estava lotada.

Encontramos uma vaga no Hostel Antares com ótimo atendimento e um delicioso café da manhã.


Mais informações

Atrações e pontos interessantes

    • Estreito de Magalhães: Considerado oceano Pacífico, separando territórios argentinos e chilenos. A travessia é uma grande atração.

Hospedagem

Hostel Antares - Muito bom ::cool:: ::cool:: ::cool::
Endereço: Esteban Echeverria 49, Rio Grande (Terra do Fogo)
Página: https://www.facebook.com/HostalAntares
Preço: 420 pesos argentinos com café da manhã. Ótimo atendimento. Lugar muito limpo e organizado.


Gastos do dia

Imagem 178 Dia 08 - Tabela de gastos do dia 08.jpg
Imagem 178 Dia 08 - Tabela de gastos do dia 08
Imagem 178 Dia 08 - Tabela de gastos do dia 08.jpg (37.51 KiB) Exibido 1493 vezes
#1024857 por Koslinsky
23 Nov 2014, 17:24
Dia 09 - 09/02/2014 – De Rio Grande a Ushuaia!

    • Quilometragem do dia: 244
    • Quilometragem acumulada da viagem: 5.315
    • Gasto aproximado do dia: R$ 349,53

Depois de 5.278,9 km: Ushuaia!



Imagem 179 Dia 09 - Trajeto do dia.jpg
Imagem 179 Dia 09 - Trajeto do dia
Imagem 179 Dia 09 - Trajeto do dia.jpg (256.84 KiB) Exibido 1454 vezes


No nono dia de viagem saímos por volta das 10 horas (9,5°C) de Rio Grande e seguimos para Ushuaia. Paramos em Tolhuin para abastecer e em outros diversos pontos do percurso para fotografar. A natureza que beira a estrada para Ushuaia é um espetáculo. As árvores mais altas começam a aparecer, mais e mais guanacos e montanhas!

Imagem 180 Dia 09 - Centro da cidade de Rio Grande na Terra do Fogo.JPG
Imagem 180 Dia 09 - Centro da cidade de Rio Grande na Terra do Fogo


Imagem 181 Dia 09 - Estrada saindo de Rio Grande.JPG
Imagem 181 Dia 09 - Estrada saindo de Rio Grande


Imagem 182 Dia 09 - Árvores e guanacos.JPG
Imagem 182 Dia 09 - Árvores e guanacos


Imagem 183 Dia 09 - Montanhas aparecendo.JPG
Imagem 183 Dia 09 - Montanhas aparecendo


A estrada é boa, é larga o suficiente para duas pistas, quase toda pavimentada, e quase toda protegida com guardrails.

No caminho os pontos mais bonitos para mim foram a vista do Lago Fagnano, a vista do Lago Escondido com o Paso Garibaldi e a visão das montanhas.


Imagem 184 Dia 09 - Primeira vista do Fagnano.JPG
Imagem 184 Dia 09 - Primeira vista do Fagnano


Imagem 185 Dia 09 - Lago Fagnano.JPG
Imagem 185 Dia 09 - Lago Fagnano


Imagem 186 Dia 09 - Estrada par Ushuaia.JPG
Imagem 186 Dia 09 - Estrada par Ushuaia


Imagem 187 Dia 09 - Lago Escondido.JPG
Imagem 187 Dia 09 - Lago Escondido


Imagem 188 Dia 09 - Lago Escondido, estrada em que viemos acima e abaixo Paso Garibaldi.JPG
Imagem 188 Dia 09 - Lago Escondido, estrada em que viemos acima e abaixo Paso Garibaldi


Imagem 189 Dia 09 - Montanhas.JPG
Imagem 189 Dia 09 - Montanhas


Ao chegarmos em Ushuaia, às 14 horas, procuramos um lugar para almoçar e uma agência para os passeios do dia seguinte.

Imagem 190 Dia 09 - Pórtico de Ushuaia.JPG
Imagem 190 Dia 09 - Pórtico de Ushuaia


Imagem 191 Dia 09 - Lupinos em Ushuaia.JPG
Imagem 191 Dia 09 - Lupinos em Ushuaia


Percebemos que em Ushuaia os restaurantes não ficam abertos durante o dia à disposição dos atrasados, mas felizmente achamos um lugar para comer: Ice Bar.

A cidade de Ushuaia é muito bonita com ruas íngremes, de um lado montanhas com o topo nevado e do outro mar!

Nas ruas principais de Ushuaia, principalmente na San Martin, existem várias opções de agência de turismo. Pelo que vimos, os valores eram todos parecidos.

Os principais passeios em Ushuaia segundo as agências são:
    Parque Nacional Tierra del Fuego: com a opção do Tren del Fin del Mundo. Como estávamos de carro decidimos conhecer o parque por nós mesmos.
    Navegación Canal Beagle: Contratamos este passeio para o dia seguinte. É imperdível!
    Travesía Lagos: Não fizemos porque já tínhamos feito boa parte do percurso entre as montanhas no caminho até Ushuaia.
    Avistaje de castores: Passeio noturno.
    Trekking Laguna Esmeralda: Fizemos por nós mesmos no terceiro dia em Ushuaia.
    Trekking Glaciar Albino: Resolvemos conhecer apenas o Glaciar Martial no terceiro dia em Ushuaia.
    Sobrevuelos: Não tínhamos cacife para este passeio.
    Cabalgatas: Apesar de amarmos cavalos, este vai ficar pra próxima visita.


Imagem 192 Dia 09 - Atrações de Ushuaia.JPG
Imagem 192 Dia 09 - Atrações de Ushuaia


Imagem 193 Dia 09 - Atrações de Ushuaia.JPG
Imagem 193 Dia 09 - Atrações de Ushuaia


Fechamos então o passeio de barco pelo Beagle para o dia seguinte. Depois descobrimos que o passeio de barco pode ser acertado, talvez com valores melhores, diretamente nas pequenas cabanas que ficam perto da entrada do Porto de Ushuaia. A agência que comercializou o passeio para nós somente intermediou a venda.

Pagamos pelo passeio no Beagle 800 pesos argentinos para duas pessoas.

Depois de tudo acertado para o dia seguinte, seguimos para o Parque Nacional Tierra del Fuego. Este parque foi uma das atrações mais incríveis da nossa viagem. Nele, além de paisagens magníficas, também se encontra o fim da Ruta 3, considerado turisticamente o fim do mundo, pois é o ponto mais sul do mundo que se pode chegar de carro.

Chegamos no parque perto das 16h30, pagamos a entrada – 60 pesos argentinos por pessoa – e seguimos para a área de acampamento Lago Roca.

Segundo o guia O Viajante América do Sul, o guarda-parques funciona das 7h às 21h (das 8h até o entardecer/escurecer), e quem entra entre as 22h-7h não paga ingresso. E no inverno a entrada é gratuita todo os dia


Imagem 194 Dia 09 - A caminho do PN Tierra del Fuego.JPG
Imagem 194 Dia 09 - A caminho do PN Tierra del Fuego


Imagem 195 Dia 09 - Chegada ao PN Tierra del Fuego.JPG
Imagem 195 Dia 09 - Chegada ao PN Tierra del Fuego


Imagem 196 Dia 09 - Ingresso ao Parque Nacional Tierra del Fuego.JPG
Imagem 196 Dia 09 - Ingresso ao Parque Nacional Tierra del Fuego
Imagem 196 Dia 09 - Ingresso ao Parque Nacional Tierra del Fuego.JPG (69.09 KiB) Exibido 1454 vezes


No parque existem áreas de camping selvagem e estruturado. Decidimos ficar no Lago Roca, pois ele possui estrutura de banheiros (baños) e chuveiros (duchas). O valor para ficar no camping era de 40 pesos por pessoa.

Imagem 197 Dia 09 - Estrada boa dentro do PN Tierra del Fuego.JPG
Imagem 197 Dia 09 - Estrada boa dentro do PN Tierra del Fuego


Imagem 198 Dia 09 - Comprovante e regras do acampamento Lago Roca.jpg
Imagem 198 Dia 09 - Comprovante e regras do acampamento Lago Roca
Imagem 198 Dia 09 - Comprovante e regras do acampamento Lago Roca.jpg (305.9 KiB) Exibido 1454 vezes


Imagem 199 Dia 09 - Acampamento pronto.JPG
Imagem 199 Dia 09 - Acampamento pronto


Imagem 200 Dia 09 - Estrutura de banheiros do camping Lago Roca.JPG
Imagem 200 Dia 09 - Estrutura de banheiros do camping Lago Roca


Depois de montarmos o acampamento fomos caminhar pela redondeza e fizemos uma pequena parte da trilha Hito XXIV, que margeia o Lago Roca e termina na fronteira Argentina-Chile.

Imagem 201 Dia 09 - Vista maravilhosa do nosso acampamento. Ao fundo Cerro Condor.JPG
Imagem 201 Dia 09 - Vista maravilhosa do nosso acampamento. Ao fundo Cerro Condor


Imagem 202 Dia 09 - Lago Roca ou Acigami.JPG
Imagem 202 Dia 09 - Lago Roca ou Acigami


Imagem 203 Dia 09 - Trilha Hito XXIV.JPG
Imagem 203 Dia 09 - Trilha Hito XXIV


Imagem 204 Dia 09 - Mais uma do lago Roca.JPG
Imagem 204 Dia 09 - Mais uma do lago Roca


No verão, quanto mais ao sul mais tarde o sol se põe. Caminhamos bastante, tiramos muitas fotos, fizemos nosso jantar, nos deitamos e ainda estava claro às 22 horas.

Imagem 205 Dia 09 - Essas aves eram extremamente barulhentas.JPG
Imagem 205 Dia 09 - Essas aves eram extremamente barulhentas


Imagem 206 Dia 09 - 10 horas da noite e ainda não era noite.JPG
Imagem 206 Dia 09 - 10 horas da noite e ainda não era noite


Mais informações

Atrações e pontos interessantes

    • Lago Fagnano: 100 km antes de Ushuaia. Um dos maiores lagos da América do Sul. É muito bonito e lembra a região dos Lagos mais ao norte na Argentina.
    • Lago Escondido e Paso Garibaldi: 60 km antes de Ushuaia. Lago muito bonito em meio às montanhas e ao seu lado o Paso Garibaldi, em que são feitos passeios em veículos 4x4.
    • Cidade de Ushuaia: Cidade bem turística com muitas opções de compras. Quando fomos os preços não estavam bons em relação ao Brasil.
    • Parque Nacional Terra do Fogo: Além de marcar o fim da ruta 3, possui paisagens de tirar o fôlego.
Hospedagem

Camping Lago Roca – Muito bom ::cool:: ::cool:: ::cool::
Endereço: Parque Nacional Tierra del Fuego
Página: https://www.facebook.com/confiteria.lagoroca
Preço: 40 pesos argentinos por pessoa. Banheiros com aquecimento e água quente. Paisagem maravilhosa!

Gastos do dia

Imagem 207 Dia 09 - Tabela de gastos do dia 09.jpg
Imagem 207 Dia 09 - Tabela de gastos do dia 09
Imagem 207 Dia 09 - Tabela de gastos do dia 09.jpg (38.51 KiB) Exibido 1454 vezes
Anexos
Imagem 209 Dia 09 - Informações do Parque Nacional Tierra del Fuego .jpg
Imagem 209 Dia 09 - Informações do Parque Nacional Tierra del Fuego
Imagem 208 Dia 09 - Informações do Parque Nacional Tierra del Fuego.jpg
Imagem 208 Dia 09 - Informações do Parque Nacional Tierra del Fuego

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes