Troca de informações e relatos de trilhas e travessias na região sudeste do Brasil. Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
#784469 por rafael_santiago
04 Dez 2012, 12:04
As fotos estão em https://picasaweb.google.com/1165318991 ... rimESSet12.

O Parque Natural Municipal do Itabira foi criado em 1988 para "resguardar a beleza natural de seus monumentos rochosos, conservar a vegetação natural da Mata Atlântica e as nascentes dos córregos Itabira e Urtiga" e é mais um parque virtual. Não tem portaria, guarita ou qualquer tipo de placa que indique a sua existência. É administrado pela Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim-ES e possui cerca de 1,63 km2, com destaque para a Pedra do Itabira, de 715 metros de altitude.

Imagem
Pedra do Itabira

Estando em Cachoeiro de Itapemirim, pensei que conhecer a Pedra do Itabira fosse o passeio mais tranquilo que eu faria na cidade, mas não foi bem assim. Indicaram-me o ônibus "Itabira" da empresa Flecha Branca como sendo a única opção de chegar próximo à pedra, porém ninguém sabia ao certo os seus horários. Fui para o ponto de ônibus perto da antiga estação ferroviária antes das 9h e fiquei esperando. Uns me diziam que ele passaria lá pelas 9h30, depois um motorista me disse que seria por volta de 11h, e eu esperando num calor senegalês. O ônibus só apareceu depois do meio-dia... nem eu sei como tive paciência de esperar tanto! Entrei e logo perguntei ao cobrador se teria algum horário para eu voltar naquele dia e ele respondeu que só às 18h, já de noite. Num impulso desisti do passeio e desci do ônibus ainda no centro da cidade. Que droga, meu dia parecia perdido!

Comecei a andar por uma rua de comércio paralela ao Rio Itapemirim e numa ponte avistei a Pedra do Itabira, para aumentar a minha frustração. Mas ela parecia não estar muito longe e resolvi caminhar em sua direção, cruzando a ponte. O gps calculou uma distância de 7km até ela, porém caminhando pela rodovia, o que daria uma grande volta. Fui andando e perguntando até que me indicaram num posto de gasolina um caminho mais curto pelo bairro Gonzaga. Hoje, conhecendo o bairro e sua fama, acho que não pegaria esse atalho de novo, mas naquele momento foi ótimo, economizou uma longa pernada que eu ia dar pela rodovia. Subi as escadarias do bairro às 13h42, atravessei a praça central e tomei uma rua na direção norte. Logo deixei para trás as casas e passei ao lado de uma estação de energia elétrica, à direita. A rua virou uma estrada de terra sem movimento pela qual cruzei às 14h09 a rodovia onde eu desceria do ônibus (78m de altitude).

Continuei pela estradinha de terra e depois de passar pela entrada do Sindifiscal, entrei na primeira rua à direita, que subia na direção da pedra. Passei por algumas casas e mais acima cruzei um pasto com curral à esquerda, às 14h52. Observei uma outra estradinha, mais precária, que subia o pasto à direita a partir de um alto bambuzal, mas ignorei-a e segui em frente (esse foi meu erro). Passei por diversos outros sítios com plantações de café, banana e coco e subi mesmo tendo quase certeza de que estava no caminho errado pois estava me afastando da pedra. Insisti até o fim da estradinha, que virou uma trilha e terminou de repente às 15h24 num mirante, que valeu pelo visual do vale e de Cachoeiro com as serras ao fundo (304m de altitude nesse mirante).

Voltei pelo mesmo caminho até o bambuzal, aquele da estradinha precária que desprezei inicialmente, e subi tomando a direção direta da pedra. Cruzei duas porteiras de ferro, a primeira com cadeado, e às 15h57 alcancei o pasto que se esparrama bem embaixo da enorme e pontuda pedra. Abandonei a estradinha e subi por esse pasto à direita diretamente na direção da crista, não exatamente na direção da pedra, pois imaginava encontrar uma trilha na crista que me levasse à base da pedra. Não foi bem assim.

Na crista florestada não encontrei uma trilha, apenas uma passagem entre a vegetação, que não era tão cerrada. Assim fui abrindo caminho de olho na grande rocha a minha frente e às 16h16 enfim pude tocar a parede da Pedra do Itabira (374m de altitude). Andei um pouco para a direita e o caminho terminou num belo mirante para a cidade de Cachoeiro ao longe; além desse ponto era a parede vertical. Voltei e fui acompanhando a parede do outro lado mas a trilhazinha apagada foi sumindo, não encontrei nenhuma outra que contornasse a pedra ou descesse à estradinha por um caminho melhor e resolvi voltar por onde vim. Já havia colocado as mãos na pedra, então, como não-escalador, já estava satisfeito. Voltei então ao pasto, à estradinha, ao bambuzal, às casas e acelerei um pouco para não perder o ônibus, mas por sorte um morador (para quem eu havia pedido informação na ida) me ofereceu carona e me deixou quase no centro de Cachoeiro de Itapemirim.

Imagem
Pedra do Itabira

A distância da rodovia (ponto do ônibus) à Pedra do Itabira é de 3,6km. Desnível de 296m.
A distância do centro de Cachoeiro à Pedra do Itabira é de 8km pelo bairro Gonzaga e de 10,3 pela rodovia ES-488. Depois descobri pelos mapas um caminho mais curto pela própria rodovia ES-488, com total de 8,6km.

Informações adicionais:

Horários de ônibus:
empresa Flecha Branca - fones (28) 2101-1877/3526-5200 (http://www.flechabranca.com.br):
centro-Itabira - 5h30, 12h, 17h
Itabira-centro - 6h, 12h30, 17h30
(obtive estes horários por telefone e não são exatamente iguais aos informados no site)

Hospedagem mais barata em Cachoeiro de Itapemirim:
Hotel Alvorada - Praça Pedro Cuevas Junior, 21 - centro - (28) 3522-0448
R$35 com café e WC no corredor, mas tem também apartamentos

Carta topográfica de Cachoeiro de Itapemirim (http://biblioteca.ibge.gov.br/visualiza ... -A-V-4.jpg).

Rafael Santiago
setembro/2012
Editado pela última vez por rafael_santiago em 17 Dez 2012, 13:37, em um total de 1 vez.

#784582 por gvogetta
04 Dez 2012, 17:48
Olá Rafael!


Bacana essa Pedra do Itabira, mais um dos muitos monumentos rochosos do Espírito Santo, ao lado dos existentes em Pancas e Domingos Martins (só para citar os mais conhecidos). Belo passeio!

Abraço!

Usuários navegando neste fórum: Yahoo [Bot] e 1 visitante