Relatos de Viagens por 2 ou mais países da América do Sul
#1095240 por Leandro Hilcko
05 Jun 2015, 22:17
Seguem algumas dicas bem objetivas sobre a viagem realizada no período de 14/05 a 30/05/2015. Foi muito difícil conseguir informações sobre a Bolívia para o planejamento da viagem, principalmente referente as passagens/horários de ônibus, pois praticamente não há informações disponíveis. O planejamento foi realizado com base em comentários de outros viajantes/mochileiros que me ajudaram muito. Sou muito grato e gostaria de compartilhar essas dicas para facilitar a sua viagem:

O roteiro é o abaixo, começando e terminando em Calama/Chile:
Calama - San Pedro do Atacama: 105km.
San Pedro do Atacama - Uyuni: 530km.
Uyuni - Potosí: 205km.
Potosí - Sucre: 155km.
Sucre - La Paz: 690km.
La Paz - Copacabana: 145km.
Copacabana - La Paz: 145km.
La Paz - Arica: 515km.
Arica - Calama: 600km.
Total: 3.090km.

Câmbio:
Dólar: R$ 3,33
Peso chileno: R$ 0,0059
Boliviano: R$ 0,50
Boliviano/Dólar: Bs 6,67 (média)

Dicas gerais:

Chile:
Os brasileiros são muito bem recebidos;
Há a cobrança de gorjeta, propina, caso você não dê os chilenos pedem na cara dura;
Tudo é negociável, inclusive a corrida de táxi;
O ideal é efetuar o pagamento do hostel/hotel em dólar. Normalmente em pagamentos realizados em pesos chilenos há a cobrança do IVA, tipo o ISS, de 19%!!!;
País seguro, tranquilo;
Wi-Fi: boa qualidade;
Acredito que é o país que apresenta a melhor estrutura da América do Sul.

Bolívia:
Os brasileiros são muito bem recebidos;
Não há o habito de cobrarem gorjeta;
Tudo é negociável, inclusive a corrida de táxi;
Apesar da aparência é relativamente seguro se você não marcar bobeira;
A higiene não é o ponto forte do pais, dai a importância do álcool em gel e dos lenços umedecidos. Também providencie o seu papel higiênico, os banheiros normalmente não tem descarga, papel e assento nos vasos sanitários;
Não há bolivianos, Bs, disponíveis para compra no Brasil;
Há desconfiança de falsificação de notas de US$100. Em alguns casos há um cotação diferentes para estas notas;
É possível trocas Reais em algumas casas de câmbio em todas as grandes cidades mas o indicado é levar dólar;
O ideal é levar o Certificado Internacional de Vacinação contra febre amarela, embora não tenha sido solicitado para mim;
Em várias cidades há a siesta entre as 13:00h e 15:00h. Nesse período tudo está fechado;
Wi-Fi: baixa qualidade;
Escolha bem o seu ônibus, a maioria não possui banheiro, mesmo em viagens longas. Segundo os motoristas é só você pedir que eles param o ônibus para você descer e ir...;
Corre-se o risco de ser surpreendido por protestos/manifestações que normalmente fecham as estradas, assim, o ideal é não comprar as passagens de ônibus com antecedência e sim no decorrer da viagem, não tivemos problemas com isso.

Calama:

Passagem obrigatória para San Pedro do Atacama, SPA, cidade sem atrativos.
Deslocamento para SPA:
Opção 1:
Taxi para o centro de Calama, rua Antofagasta: CLP7.000,00 (compartilhado).
Ônibus para SPA: CLP4.000,00.
Horários: O dia todo de 2 em 2 horas.
Opção 2:
Van Aeroporto-San Pedro: CLP10.000,00 por pessoa.
Tempo de viagem: 2h.

San Pedro do Atacama:

Cidadezinha muito legal no meio do deserto. Tudo está localizado na rua Caracoles e imediações. Várias opções de hospedagem, bares e restaurantes. Como a cidade depende essencialmente do turismo ela não é muito barata. Em torno de 40% mais cara que Santiago.
Vá com calma, os pratos são enormes e normalmente servem 2 pessoas.
A cidade conta com apenas 1 caixa eletrônico, próximo a praça, bastante disputado.
Refeição: em torno de CLP6.000,00. Dividindo fica muito barato.
Tempo indicado: 4-5 dias.
Altitude: 2.400m.

Restaurante indicado: Ayllu - http://www.ayllu.cl/restaurante/restaurant-solar.htm

Agência indicada:
Sol Andino - http://www.solandinoexpediciones.cl/
Negocie todos os passeios na mesma agência. O desconto será muito bom. Contratamos os seguintes Tours:

Chile:
Lagunas Altiplanicas;
Valle de La Luna;
Geyser del Tatio;
CLP40.000,00.

Bolivia:
Salar de Uyuni.
CLP85.000,00.
Total CLP125.000,00.

Valor das entradas:
Lagunas Altiplanicas: CLP5.000,00;
Valle de La Luna: CLP3.000,00;
Geyser del Tatio; CLP5.000,00;
Salar de Uyuni: Bs150,00 + Bs30,00 Isla Incahuasi (aceito apenas em bolivianos, necessário trocar em SPA).

Geyser del Tatio:
Altamente recomendado. Necessário acordar muito cedo, 4:30h. Quando chegamos lá estava -10 graus. Leve roupa de banho para entrar na terma no final do passeio.

IMG_1329.jpg
Geyser del Tatio
IMG_1329.jpg (1.83 MiB) Exibido 3195 vezes

Valle da La Luna:
Recomenda-se visitar no fim da tarde para apreciar o pôr do sol.

IMG_2768.JPG
Valle da Lua
IMG_2768.JPG (375.5 KiB) Exibido 3195 vezes

IMG_1170.jpg
Lagoa Altiplanica Miniques
IMG_1170.jpg (2.11 MiB) Exibido 3195 vezes

Salar de Uyuni:

O ponto forte da Bolívia é o salar de Uyuni. O tour leva 3 dias e parte tanto de SPA como de Uyuni. Há a opção de 4 dias, no último dia é o retorno a cidade de origem.
Estão inclusos a alimentação e a hospedagem.

Roteiro padrão:
1 dia: Lagoas Blanca, Verde e Colorada, Rocas de Dali, gêiseres e as aguas termais;
2 dia: Arbol de Pedra, deserto de Siloli, lagoa Chacorta, Hedionda, Ramanditas;
3 dia: Salar, hotel de sal e cemitério de trens.

Recomendações do que levar para fazer o tour:
É recomendável levar um galão de 5 litros de água por pessoa.
Óculos de sol, boné/chapéu, protetor solar, lenço umedecido, álcool em gel, desodorante e papel higiênico.
Lanches, remédios para dor muscular, band-aid, sal de frutas, pírulas para soroche e folhas de coca, etc.
Saco de dormir e lanterna é uma boa.
Maquina Fotográfica com bateria extra pois você pode ficar sem carga exatamente no melhor da viagem.
Roupas para inverno para a noite, luvas, gorro e cachecol pois a temperatura facilmente fica a baixo de 0º.
Roupas leves pois de dia o calor é intenso.
Roupa de banho para usar nas Termas Polques.
Sacos plásticos para guardar o lixo.

O primeiro dia é uma pedrada, chega-se a 4.800m e frio a noite é de lascar. Depois fica mais tranquilo.
Tempo indicado: 3 dias.
Altitude: 4.000 a 4.800m.

Uyuni:

Final do tour. Cidade muito pequena, tudo localizado ao redor da igreja principal e praça Arce. Sem muitos atrativos.
Refeição: em torno de Bs40,00.
Tempo indicado: 1 dia.
Altitude: 3.600m.

Uma dica legal aqui é hospedar-se no hotel Luna Salada: http://www.lunasaladahotel.com.bo/
O hotel é todo feito de sal, vale a apena passar uma noite. Fica bem próximo do salar. É meio distante da cidade de Uyuni, uns 40 minutos, o taxi negociado ida e volta fica em torno de Bs200,00.

Deslocamento para Sucre:
Não há ônibus direto de Uyuni para Sucre. É necessário descer em Potosí.
Passagem: Bs30,00.
Taxa de embarque: não há, embarque realizado em frente a empresa de ônibus.
Horários: vários pela manhã, tarde: 13:30h e 16:30h.
Tempo de viagem: 3h, estrada nova asfaltada.

IMG_3260.JPG
Salar de Uyuni
IMG_3260.JPG (361.33 KiB) Exibido 3195 vezes

Potosí:

Cidade muito pobre. Normalmente os turistas visitam o centro histórico e as minas onde as pessoas trabalham em condições sub-humanas.
Refeição: em torno de Bs40,00.
Tempo indicado: si.
Altitude: 4.000m.

Deslocamento para Sucre:
O desembarque é na estação antiga, departamental. É necessário pegar um táxi, Bs10,00 e ir para a estação nova, interdepartamental.
Passagem: Bs20,00.
Taxa de embarque: Bs2,50.
Horários: ônibus de hora em hora até as 19:00h.
Tempo de viagem: 3h.

Sucre:

É a cidade mais bonita da Bolívia, na verdade nem parece que você está na Bolívia. Tudo fica ao redor da praça principal. Lembra um pouco a cidade de Arequipa no Peru. É a capital constitucional, sede do poder judiciário.
Refeição: em torno de Bs40,00.
Tempo indicado: 2 dias.
Altitude: 2.800m.

Deslocamento para La Paz:
Passagem: Bs150,00, ônibus cama.
Taxa de embarque: Bs2,50.
Horários: 18:00h e 18:30h.
Tempo de viagem: 14h.

IMG_1752.jpg
Sucre
IMG_1752.jpg (1.95 MiB) Exibido 3195 vezes

La Paz:

Um das cidades mais feias da América do Sul. É a capital mais elevada do mundo e a mais barata da América do Sul. Tudo gira em torno da praça San Francisco e da praça Murillo, sede do governo Boliviano. Nessa região encontram-se o Mercado das Bruxas e a rua do Comércio. Região segura, não recomenda-se o resto da cidade. O diferencial de La Paz é o sítio de Tiwanaku, não vistamos por falta de tempo, e a estrada da morte onde é realizado o downhill.
Refeição: em torno de Bs40,00.
Tempo indicado: 2 dias.
Altitude: 4.000m.

Hostel indicado: Pirwa - http://www.pirwahostelscusco.com/pt/hostel-la-paz.html

Deslocamento para Copacana:
Passagem: Bs45,00 - Agência de turismo - ônibus passa no hostel.
Horários: 06:00h.
Tempo de viagem: 5h.

IMG_1893.jpg
Praça San Francisco
IMG_1893.jpg (2.02 MiB) Exibido 3195 vezes

Copacabana:

Cidadezinha localizada na beira do lago Titicaca. Várias opções de bares, restaurantes e hósteis. Vale a pena conhecer.
Refeição: em torno de Bs40,00.
Tempo indicado: 1 dia.
Altitude: 3.800m.
Para chegar a Copacabana é necessário fazer a travessia do lago, Bs4,00 ida e volta, vários horários o dia todo.

IMG_2128.JPG
Copacabana
IMG_2128.JPG (435.79 KiB) Exibido 3195 vezes

Ilha do Sol:

A estrutura na ilha do Sol, a maior do lago, é bem simples. Atualmente não há interrupção no fornecimento de luz. Wi-Fi quando disponível apenas pago.
Refeição: em torno de Bs40,00.
Tempo indicado: 2 dias.
Altitude: 3.800m.

Travessia de barco: Bs40,00 ida e volta.
Horários: Entrada 8:30h e 13:30h - Retorno 10:30h, 15:00h e 16:00h.
Entrada na ilha: Bs5,00.

Deslocamento para La Paz:
Passagem: Bs30,00.
Horários: 17:30h e 18:00h.
Desembarque no cemitério de La Paz.
Taxa de embarque: não há, embarque realizado em frente a empresa de ônibus.
Tempo de viagem: 5h.

Deslocamento para Arica/Chile:
Passagem: Bs100,00.
Horários: Entre 05:00h e 07:00h.
Taxa de embarque: Bs2,00.
Tempo de viagem: 9:30h.

IMG_2024.jpg
Ilha do Sol
IMG_2024.jpg (2.12 MiB) Exibido 3195 vezes

Arica:

Cidade no extremo norte do Chile, fuso horário 1 hora a mais que a região do Atacama. Extremamente tranquila e segura. Várias opções de bares e restaurantes. Atrações no centro da cidade próximas a rua de pedestres. Vale a pena conhecer o morro de Arica, visão privilegiada da cidade. Considerada a cidade da eterna primavera pois o frio é bem ameno. É possível entrar no mar. O taxi comunitário, pode ser dividido entre desconhecidos.
Refeição: em torno de CLP5.000,00.
Tempo indicado: 2 dias.
Altitude: 2m.

Restaurante indicado: Varo’s Resto Bar na beira mar. Excelente custo benefício.
http://www.varos.cl/

Deslocamento para Calama:
Passagem: CLP18.000,00, ônibus cama.
Horários: vários horários à noite.
Taxa de embarque: CLP200,00.
Tempo de viagem: 9h.
Obs: desembarque para apresentação na aduana no meio do caminho.

IMG_2351.jpg
Arica
IMG_2351.jpg (1.75 MiB) Exibido 3195 vezes

Caso necessite, posso enviar o planejamento completo, com valores, hósteis, etc, por e-mail, é só solicitar.

#1095254 por Domingues Ana Paula
06 Jun 2015, 00:24
Olá muito obrigada por compartilhar sua experiência vc pode me passar seu roteiro completo com qntidade de dias e gastos totais. Meu email anp_domingues@yahoo.com.br.
Agradeço muito se puder me enviar to fechando meu roteiro Bolivia-Chile - Peru irei dia 10 de julho saindo de Corumbá. Obrigada bjus
#1097495 por NayraCarv
14 Jun 2015, 17:06
Olá, estou indo em setembro e pretendo fazer um passeio muito parecido como seu, porém de La Paz sigo para o Peru. Você poderia me enviar também seu roteiro e suas dicas!? Minha maior preocupação está no deslocamento, como vou de um lugar para o outro. Esse seu post logo a cima já me esclareceu bastante.

carvalho.nayra@gmail.com

Obrigada!
#1097944 por Leandro Hilcko
15 Jun 2015, 22:26
NayraCarv escreveu:Olá, estou indo em setembro e pretendo fazer um passeio muito parecido como seu, porém de La Paz sigo para o Peru. Você poderia me enviar também seu roteiro e suas dicas!? Minha maior preocupação está no deslocamento, como vou de um lugar para o outro. Esse seu post logo a cima já me esclareceu bastante.

carvalho.nayra@gmail.com

Obrigada!


Nayra, enviado nesta data.
Abraço.

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 10 visitantes