Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''malaga''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas e Respostas
    • Destinos
  • Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Equipamentos
    • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
    • Trilhas e Trekking
  • Viajar sem dinheiro
    • Viajar sem dinheiro
  • Viagem de Carro
    • Viagem de carro
  • Viagem de Moto
    • Viagem de moto
  • Cicloturismo
    • Cicloturismo
  • Outros Fóruns
    • Outros Fóruns
  • Promoções
    • Voos Baratos

Categorias

  • América do Norte
  • América do Sul
  • Ásia
  • Brasil
  • Europa
  • Oceania
  • Oriente Médio

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Lugares que já visitei


Próximo Destino


Tópicos que recomendo


Ocupação

Encontrado 3 registros

  1. Fora da Zona de Conforto

    Roteiro de 6 dias para Málaga, Ceuta e Gibraltar (2018 ATUALIZADO)

    Quer visitar a Espanha na África…..visitar a Grã-Bretanha na Espanha….e fazer alguns passeios de barco pelo caminho? Leia como nesse emocionante itinerário de Ceuta, Gibraltar e Málaga. Encontre tudo o que você precisa saber, incluindo atrações, acomodações baratas, o que fazer, cruzando o Estreito de Gibraltar, etc… Você está pronto para um roteiro europeu e aventureiro, onde você vai visitar algumas das situações geopolíticas mais estranhas da Europa ao explorar 4 “cidades”, 2 “países” e 2 “continentes”… Em apenas 6 dias? Deixe eu me explicar. Se você seguir nosso roteiro abaixo, você visitará: Ceuta: um enclave espanhol autônomo, localizado no continente africano, rodeado por 3 lados pelo Mar Mediterrâneo e, pelo 4º lado, pelo Marrocos. Gibraltar: um rico território britânico que não compartilha fronteiras com o resto do Reino Unido (mas compartilha fronteira com a Espanha), está a alguns quilômetros de distância do continente africano, e é conhecido por seus macacos. Continue lendo: Roteiro de 6 dias para Málaga, Ceuta e Gibraltar (2018 ATUALIZADO)
  2. Fora da Zona de Conforto

    Como ir do Aeroporto de Málaga ao Centro da Cidade por Menos de 2 Euros

    O centro de informações turísticas vai te indicar o ônibus para ir do aeroporto ao centro da cidade. Mas há uma opção mais barata e rápida: o trem. Nós te explicamos como pegar o trem no aeroporto por menos de 2€ e quais estações usar para chegar ao centro de Málaga. Com fotos e mapas. Málaga é uma das maiores cidades do Sul da Espanha na região de Andaluzia. O aeroporto de Málaga é a principal porta de entrada para a Costa del Sol – uma das regiões turísticas de praia mais importantes da Espanha. Então, se você quiser voar para essa região da Costa del Sol, você provavelmente vai voar para o Aeroporto de Málaga. Além disso, se você quiser ir para Granada na Espanha chegando de avião, o aeroporto de Málaga também é a melhor opção. Continue lendo: http://foradazonadeconforto.com/como-ir-do-aeroporto-de-malaga-ao-centro-da-cidade-por-menos-de-2-euros/
  3. Meu primeiro relato sobre o mês de Fevereiro está aqui: http://www.mochileiros.com/como-fui-parar-na-espanha-t141362.html Se você não leu o anterior, dá uma olhadinha lá só pra entender que eu estou no segundo mês aqui em Málaga, na Espanha, e tenho até julho pra conhecer os segredos e comidas daqui O primeiro tema dessa seção é COMIDA - se está com fome... deixe para depois Vamos começar esse mês de Marzo – ops, Março, falando sobre ‘’Dar água na boca’’. Sim, sobre as comidas experimentadas nesse segundo mês por aqui. Pra começar, foi o mês onde eu fui arriscando a fazer várias comidas e pratos que não tinha feito antes. O pontapé inicial foi um jantar em um bar daqui, cujo tema era tapas latinos. Quem levasse um prato teria acesso aos outros pratos tanto dos convidados como do chef do restaurante. Isso me incentivou a fazer algo e depois de pensar (um pouco), decidi que algo que não me custaria muito seria um... Bolo de cenoura! Com brigadeiro escorrendo pelos lados, claro, por que mesmo que a massa ficasse horrorosa o recheio era garantido =D Segue aqui uma foto pra ilustrar quão bom ficou (o recheio, por que a massa ficou meio baixa hehehe). Cerca de uma semana depois, um empreendedor local tem uma Startup chamada Socialfood (checa aqui nesse vídeo: ) que visa unir pessoas através de encontros para comerem juntos. Então alguém oferece um lugar, um cardápio, coloca um preço e disponibiliza um número de lugares. Quem estiver interessado se aponta no aplicativo e acabam conhecendo outras pessoas e novas comidas. O aplicativo não entrou em vigor ainda, mas já temos um grupo de pessoas tanto locais como intercambistas que somos interessados nos possíveis eventos gastronômicos daqui Como não queria ir sozinha, chamei alguns amigos para irmos em um desses eventos cujo tema e chef era mexicano (só digo uma coisa: UAU, por que a comida estava demais). Por 6 euros tivemos uma noite muito agradável, cerveja mexicana e os diversos pratos como na foto aqui: Saindo da ordem que as coisas aconteceram, mais pra baixo vou falar sobre a visita à Córdoba, mas já que o assunto é comida, ali tem duas coisas extremamente típicas e que merecem destaque na lista, flamenquin cordobés e o salmorejo. O flamenquín é esse daqui de baixo e uma das possíveis receitas BY GOOGLE é essa: Ingredientes para 4 flamenquines cordobeses: o 4 Trozos de Secreto de cerdo ibérico o 4 Lonchas de jamón serrano o Queso semi curado o 1 Huevo o Pan Rallado o Sal o Pimienta O salmorejo é esse daqui e pra mim seria algo de comer muito mais vezes... é bem leve e é feito com: 1. 1kg de tomates pera bien maduritos. 2. 200gr de pan de telera o en su defecto pan de masa blanca. 3. 100gr de aceite de oliva virgen extra. 4. 1 diente de ajo. 5. 1 cucharadita de sal. 6. Huevo duro. 7. Jamón serrano. Vamos falar também de uma coisa que é só nossa (BR): o churros. Pense em algo sem graça, o acompanhamento de recheio vem separado e também não é lá essas coisas.... Voltando a Málaga... temos mais alguns pratos (esses são todos, TODOS, de se derreter). Peixe frito - Boquerones: Calamares: Comi também nesse mesmo restaurante (que me lembrou muito restaurantes de SP como o Sujinho ou aqueles que ficam BEM no centro), que se chama Cortijo de Pepe, uma salada de batatas com anchovas. Não tirei fotos, e não achei uma no google comparável com a que eu comi. Então procure ''Ensaladilla con anchoas'' no Google e deixe a imaginação do gosto aflorar... Temos também mais três pontos importantes: Esse primeiro é MUITO, mas MUITO diferente de coisas que já comi. Disse o garçom que é o único lugar em Málaga que tem Salmón ahumado com queso crema . O restaurante é cubano, o atendimento é impecável e não fica na área comercial/centro da cidade. O restaurante se chama El Tapeo del Compás. Dá uma olhada nisso daqui... Por fim, e bem recente, experimentei mais duas coisas que são servidas como Tapas (as pequenas porções): Porra Antequerana, uma comida extremamente típica da região da Andalucia (sim, é esse mesmo o nome da comida), cuja receita conta com: ½ Kg de tomates maduros 1 pan de hogaza 1 pimiento verde (no muy grande) 1 pimiento rojo (si queréis un toque más rico, con los pimientos asados la receta gana) 1 diente de ajo 1 buen chorro de aceite de oliva virgen extra 3 cucharadas soperas de vinagre de vino Sal (al gusto) Guarnición a elegir: huevo duro, jamón serrano picado, atún en aceite e por fim, não menos importante... Chorizos al Infierno, que nada mais que Chouriço feito ''na chama''. O que difere um do outro é o tempero, que infelizmente não sei certinho o que era
×