Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''toledo''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 3 registros

  1. Desta vez, deixo aqui um report da viagem que fiz a Madrid e Toledo. Foi feita em Novembro de 2016 e decidimos passar 3 dias na cidade e mais um em Toledo. No geral não tínhamos grandes expectativas em relação à cidade pois já tínhamos estado em Barcelona uns meses antes e a opinião geral que ouvíamos de várias pessoas é que Barcelona dá mil a zero a Madrid. Contudo a cidade surpreendeu-nos muito. Continuo a preferir de longe Barcelona mas achei Madrid muito limpa, luminosa e de aspecto monumental. É uma cidade que vale a pena ser vista. O Roteiro O voo chegou às 22h45 a Madrid. Decidimos ir de metro até ao Hostal já que este ficava muito perto da Porta do Sol. Escolhemos essa localização por ser bem central em relação a muitos pontos turísticos da cidade Para se chegar à estação de metro do aeroporto é preciso andar um bom bocado. Entre esta caminhada e a viagem em si só chegámos ao destino à meia noite. Dia 1 – Acordámos e fomos a pé até ao Prado. Visitámos o museu (o que nos levou umas 2,5 horas). Almoçámos e fomos dar uma volta pelo parque do Retiro. Fizémos um dos circuitos de Bus Turistico pela cidade e no final fomos visitar o museu Thyssen Bornemisza. Ao final da tarde, já com pouca luz solar, fomos até à Plaza Mayor e ao Mercado San Miguel para fazer algum “people watching” Dia 2 – Fomos a pé em direcção ao Palácio Real. Como chegámos antes da hora de abertura visitámos a Basílica de São Franscisco e a Catedral de Santa Maria (em frente ao Palácio). Visitámos o Palácio e após isso caminhámos até ao Templo de Debod seguindo-se uma visita ao museu Casa Cerralbo. Almoçámos e fizemos o segundo circuito de Bus Turistico. Terminado o percurso, subimos até aos telhados do Palácio de Cibeles e dedicámos o resto do dia a visitar o gigantesco museu Reina Sofia. Dia 3 – Dia dedicado à cidade de Toledo. Comprámos previamente e online os bilhetes de comboio no site da Renfe. Chegámos cedo à estação de Atocha pois esta merece ser vista com algum tempo. Após uma revista ao estilo de aeroporto lá apanhámos o comboio e seguimos viagem. Os comboios são excelentes. Os 70km de viagem foram feitos em 20 min! Ao chegar à estação de Toledo reservámos algum tempo para apreciar a sua arquitectura. Decidi comprar online em Portugal bilhetes para o sighseeing Bus de Toledo. É certo que o circuito não é extenso mas o preço era acessível (10€). Apanhámos o autocarro logo na estação e decidimos fazer desde logo quase todo o circuito porque este passava (e parava 10 min) desde logo no mirador del Valle e deixávanos bem no centro da Cidade. Visitamos a Catedral inclusive subindo à Torre. Até à hora do comboio de volta (18h30) deu tempo de sobra para percorrer as ruas da cidade e pontos-chave como a Ponte de San Martin, o Mosteiro de San Juan de los Reyes, a Sinagoga, entre outros. Dia 4 – Este foi o dia de regresso. Com voo marcado para as 19h30, apontámos para estar no aeroporto às 17h30 e por isso decidimos apanhar o metro para o Aeroporto às 16h30. Ou seja tínhamos uma boa parte do dia para disfrutar da cidade. De manhã fomos ao Museu Arqueológico situado no edifício da Biblioteca Nacional. De tarde visitámos o Museu Sorrolla (gratuito ao Sábado de tarde). No resto do tempo disponível caminhámos de novo até ao centro, voltando a passar pela Plaza Mayor e pela Porta do Sol, onde havia vários street performers e de onde apanhámos o metro para o aeroporto, terminando assim mais uma viagem. Os vídeos da viagem são os seguintes: MADRID: TOLEDO: Se puder ajudar em alguma coisa falem.
  2. Olá, ainda estou em recuperação da minha Depressão Pós Espanha .. ô país maravilhoso!!! O mochileiros.com me ajudou MUITO e eu queria retribuir um pouquinho contando a minha experiência ... Hostels: Barcelona: Alberguinn (primeira experiência com hostel, gostei bastante, pessoal atencioso, limpinho, café bom) e Alberg Pere Tarré (só passei a noite, muito organizado) Madrid: Barbieri (gostei muito, pessoal atencioso, café bom, limpinho) e Mad4You (melhor Hostel da viagem, mt bom!!) Sevilla: Nuevo Suizo (gostei) 1º Dia: chegada em Barcelona e Camp Nou - priemiro problema: comprei a entrada no hostel, que não tinha se atualizado, me cobraram no hostel e quando cheguei no Camp Nou me cobraram de novo. Depois o hostel me devolveu o dinheiro e ficou tudo bem! 2º Dia: Parque Guell, Sagrada Família, Casa Milla, Casa Batló e Plaça Catalunia - DIA PERFEITO! Dica: compre tudo com antecedência!! Fiquei esperando 2h para entrar no Parque! Também esperei 2h para a Sagrada Família, aproveitei para ir na Casa Mila nesse meio tempo. 3º Dia: Teleférico Montjuic, Castelo Montjuic, Museo Olimpico, Estadio Olimpico, Anella Olimpica, Fundação Miro, Museu Nacional de Artes da Catalunya, Arena de Barcelona - Dia Incrível, mt bom!! 4º Dia: Arco do Triunfo, Catedral de Barcelona, Mirador de Colom, Museu D’Historia de Catalunya, Barceloneta - Esse dia foi mt bom e diferente!! Saindo da estação tinha um Batuka Fest, não resisti e fiquei para assistir, o que me limitou a outros passeios programados para o dia, mas foi ótimo! No final, assiti a um concerto de música Japonesa, na praia, incrível!! 5º Dia: Viajar Barcelona - Madrid, fui de Renfe, ótima opção! Comprei um dia antes. Cheguei em Madrid e consegui ir no Museo Nacional Centro de Artes de Reina Sofia, gigaaaaante e lindo! No caminho passei pela Puerta de Acalá e Fuente Cibeles 6º Dia:Puerta Del Sol, Plaza de Mayor, Catedral de Almudena, Palacio Real de Madrid, Real Basílica de São francisco eTemplo Debod - Dia Perfeito e Emocionante, meu coração ainda está no Palácio Real de Madrid ... 7º Dia: TOLEDO (AVE - Renfe) - Por favor, vá a Toledo!!! Lugar incrível, maravilhoso, histórico, emocionante, perfeito ... Se perca pelas ruelas dessa cidade! Eu fui: Puerta Bisagra, Alcazar de Toledo, Plaza Mayor, Santa Iglesia de Catedral Primada, Iglesia de Santo Tome, Sinagoga Del Transito, Sinagoga de Santa Maria, Bajada de San Martin. 8º, 9º e 10º Dias: Tenerife, nas Ilhas Canárias - fui para casas de amigos, que rodaram a ilha inteira comigo. 11º Dia: Volta de Tenerife e ainda consegui ir no Museo Nacional Del Prado, outro lugar gigante e maravilhoso! 12° Dia: SALAMANCA (ônibus): Cidade Mágica! Linda! Plaza Mayor, Casa de Las Conchas, Casa Lis, Catedral Velha e Catedral Nova, Convento de San Estebán, Palacio de La Salina. 13º Dia: Viajar de Madrid para Sevilla (AVE, Renfe). Quando cheguei dei uma volta pela cidade .. Sevilla é uma gracinha!! Assisti um espetáculo Flamenco, VC TEM QUE IR!! 14º Dia: Plaza España, Catedral de Svilla, Giralda, Real Alcázar, Torre Del Oro, Costurero de La Reina, Plaza de Toros, Metropol Parasol - Dia Incrível! Lugares maravilhosos .. a Plaza de España é de tirar o ar! 15° Dia: Viajar de Sevilla para Barcelona, tomei um chá de Estação, fiquei três horas esperando o trem para Madrid! E mais uma hora em MAdrid esperando o trem para Barcelona ... Balanço geral! A Espanha é um lugar incrível!! Eu me apaixonei por cada cidade! As viagens entre cidades fiz de RENFE, muito bom!! Só Salamanca que fui de ônibus, bom também! Em Barcelona e Madrid, usei metro, ótimo! Te leva para qualquer lugar!! As outras cidade fiz tudo a pé mesmo, é tranquilo .. Consiga um mapa da cidade (fácil, qualquer hostel ou centro de informações de dão) e se aventure! PS: fui na primavera, era Sol até as 21h!! Foi tranquilo fazer todos esses passeios ... No mais, terei um enoooorme prazer em te contar cada detalhe da minha viagem, cada emoção, cada perdida, as aventuras gastronômicas, quanto gastei em média .. e te dar mil idéias ... TUDO!! Pode me adicionar no face: Caroline Cony Seródio.
  3. [creditos]Este é um post resumido do relato de viagem completo no meu blog, acompanhe os posts com TODAS AS FOTOS aqui : A vida do viajante - EUROPA 2014[/creditos] [t1]Primeiras impressões[/t1] Talvez influenciado pela nítida preferência da maioria dos visitantes (pelo menos dos Brasileiros) por Barcelona, confesso que não esperava muito da capital espanhola. Tomada como cidade grande demais, austera e com poucas atrações turísticas de peso, muitas vezes fica de fora de roteiros turísticos dos viajantes. Talvez por isso mesmo, Madrid, "la ciudad que nunca duerme", foi uma das melhores surpresas das minhas viagens pela velho mundo, os motivos tentarei resumir nos tópicos seguintes. [t1]Hospedagem[/t1] Madri é uma cidade grande, com muitas opções de bairros para se hospedar. Considero a melhor opção para uma primeira visita o "miolo" do centro, a região entre a Plazzas Mayor e a Puerta del Sol, região que concentra a maior quantidade de pessoas durante o dia, e de onde se pode chegar a pé a maioria das demais regiões da cidade, entre elas a luxuosa região do Prado, a Chueca (muito bom para quer curtir a noite), a estação Atocha e a Gran Via. Este último bairro foi onde fiquei hospedado, no Rincon de Gran Via, um apart hotel de bom custo benefício muito próximo a Plaza España. Esta região é a mais "americanizada" da cidade, com vários fast food, lojas de departamento e teatros e cinemas estilo "broadway", euquanto a leste se encontra uma arquitetura mais requintada nas imediações da Puerta de Alcalá, [t1]Roteiro de Dois Dias[/t1] [t3]Primeiro Dia - A Madrid dos Bourbon[/t3] No primeiro dia , em uma caminhada de 3 km conheça a região da cidade mais moderna conhecida como a Madrid dos Bourbon, uma das dinastias mais importantes que governa a Espanha até os dias atuais. [googlemap]https://maps.google.com/maps?saddr=Rinc%C3%B3n+de+Gran+V%C3%ADa,+Calle+Gran+V%C3%ADa,+67,+28001+Madrid,+Espanha&daddr=Plaza+del+Callao,+Calle+Preciados,+28013+Madrid,+Espanha+to:Zara,+Gran+V%C3%ADa,+34,+28013+Madrid,+Espanha+to:Fundacion+Telefonica,+Calle+Gran+V%C3%ADa,+28,+Planta+7%C2%AA,+28013+Madrid,+Espanha+to:Metropolis+Sa+Compa%C3%B1ia+Nacional+De+Seguros+Y+Reaseguros,+Calle+de+Alcal%C3%A1,+39,+28014+Madrid,+Espanha+to:Puerta+de+Alcal%C3%A1,+Plaza+de+la+Independencia,+1,+28001+Madrid,+Espanha+to:Palacio+de+Cibeles,+Plaza+de+Cibeles,+1,+28014+Madrid,+Espanha+to:40.4158463,-3.6929849+to:Museu+do+Prado,+Paseo+del+Prado,+s%2Fn,+28014+Madrid,+Espanha&hl=pt-BR&ie=UTF8&ll=40.41825,-3.699496&spn=0.009949,0.021136&sll=40.414182,-3.692372&sspn=0.009949,0.021136&geocode=FSjNaAIdY2PH_ylFZ70teyhCDTGhSf7ONOl3Ig%3BFRjCaAIdOXTH_ynxUroZqotBDTH7ZgVOG3wgxQ%3BFf_DaAId6XrH_yl1cKKffShCDTEqjnVkaJLjIw%3BFXHDaAIdfYPH_ynBTE5xhyhCDTGycynlTnuAnw%3BFZW9aAId5pTH_ymdPbEShChCDTHN_hrpJxvmRg%3BFZjCaAId37bH_yknUoZKmihCDTHxhkoUOosnmA%3BFZi-aAId-anH_ynlsnazhChCDTFeli2MofpGPw%3BFWayaAIdSKbH_ymtVbwrgyhCDTHJRc538eSwDg%3BFVaqaAIdoanH_yntothmnShCDTFaiK2TffCUEA&t=h&dirflg=w&mra=ltm&via=7&z=16[/googlemap] Nosso roteiro inicia pela Plaza España, percorrendo a Gran Via em direção ao Parque del Retiro. Observe a mudança no estilo dos prédios, aos poucos os letreiros de neon vão dando lugar a prédios de arquitetura mais elaborada que culminam no Ed Metrópolis e no elegante prédio do Ayuntamento (Prefeitura) de Madrid, situado na Plaza de Cibeles, um importante ponto de referência da capital. Ayuntamento de Madrid Ed Metropolis Siga pela Puerta de Alcala até o Parque do Retiro, os antigos jardins do Palácio do Retiro, destruído durante as invasões napoleônicas do início do século XIX. Ótimo lugar para um piquenique, aproveite os lagos, monumentos e jardins e siga em direção ao belíssimo Passeio do Prado, uma das avenidas mais bonitas do mundo. Se não tiver tempo nesse dia, no dia seguinte não deixe de passar por lá. Puerta de Alcala Voltando ao Paseo do Prado, logo se avista o Museo do Prado, com entrada gratuita após as 17h-18h (dependendo do dia), e que tem obras de arte de valor inestimável, principalmente de artistas espanhóis como Goya e Velasquez. Imperdível até para quem não curte muito museus do estilo. E agora que tal curtir um pouco da noite madrileña? Em menos de 2km podemos chegar ao Mercado de San Miguel passando por uns alguns dos pontos mais conhecidos de Madrid. [googlemap]https://maps.google.com/maps?saddr=Museu+do+Prado,+Paseo+del+Prado,+s%2Fn,+28014+Madrid,+Espanha&daddr=Plaza+Puerta+del+Sol,+Madrid,+Reino+da+Espanha+to:Plaza+Mayor,+Madrid,+Reino+da+Espanha+to:Restaurante+Mercado+de+San+Miguel,+Plaza+San+Miguel,+Madri,+Reino+da+Espanha&hl=pt-BR&sll=40.415211,-3.700247&sspn=0.009949,0.021136&geocode=FVaqaAIdoanH_yntothmnShCDTFaiK2TffCUEA%3BFe61aAIdpX3H_ykTkSUZfihCDTGXfiXbPELkmQ%3BFYSwaAId-m3H_ynZ4F_YfihCDTHoJXbW8MQC0g%3BFeGwaAId8m3H_yGSiTcp_BO_Dim9LGvdfihCDTGSiTcp_BO_Dg&oq=MERCADO&t=h&dirflg=w&mra=ls&z=16[/googlemap] Uma boa caminhada levará até a Puerta do Sol, centro nevrálgico da cidade, mas sem muitos atrativos. Apenas observe a estátua del Oso y el Madroño, o símbolo do capital espanhola e o movimento eufórico dos transeuntes. Seguindo adiante, em pouco tempo chegamos ao Mercado de San miguel, tradicional reduto boêmio da cidade para um delicioso final de noite regado a vinhos de preferência o tradicional Riojo e repleto de muitas tapas escolhidas a gosto do cliente entre as inúmeras "barracas" do local. Tapas no Mercado San Miguel [t3]Segundo Dia - A cidade antiga[/t3] Reserve o dia para conhecer o outro lado de Madrid. Uma caminhada de 3,5 km entres as Plazza España e Mayor, revelará a cidade antiga, com suas vielas e palácios históricos. [googlemap]https://maps.google.com/maps?saddr=Plaza+de+Espa%C3%B1a,+Madrid,+Reino+da+Espanha&daddr=Templo+de+Debod,+Calle+Ferraz,+1,+28008+Madrid,+Espanha+to:Museum+Cerralbo,+Calle+de+Ventura+Rodr%C3%ADguez,+17,+28008+Madrid,+Espanha+to:Pal%C3%A1cio+Real+de+Madrid,+Calle+Bail%C3%A9n,+s%2Fn,+28071+Madrid,+Espanha+to:Catedral+de+Madrid,+Calle+Bail%C3%A9n,+10,+28013+Madrid,+Espanha+to:Calle+Mayor,+Madrid,+Reino+da+Espanha+to:Centro+de+Turismo+Plaza+Mayor,+Plaza+Mayor,+s%2Fn,+28005+Madrid,+Espanha+to:Calle+Arenal,+Madrid,+Reino+da+Espanha+to:Monasterio+de+las+Descalzas+Reales,+Plaza+de+las+Descalzas,+s%2Fn,+28013+Madrid,+Espanha&hl=pt-BR&ie=UTF8&ll=40.419916,-3.71207&spn=0.009949,0.021136&sll=40.417166,-3.711605&sspn=0.009949,0.021136&geocode=FSXOaAIdMl3H_ymVggH7byhCDTFrW_tsjXZwJA%3BFVbSaAIdd0XH_ylZEuqLbihCDTGrBndKxtlqHQ%3BFVTRaAIdE1LH_ynDONjAbyhCDTGoc2O_vy52XQ%3BFaO6aAId-FLH_ynBqaR9fihCDTFRSM7Weex_Lg%3BFbKxaAId6FHH_ykj8Vh4dyhCDTFyrAbmAOzcfw%3BFYazaAIdCWzH_yl97CsbeShCDTEfKRg1o8nbLQ%3BFWiyaAId723H_ynTQEHQfihCDTGvJnW2XS-0hQ%3BFfm3aAId63DH_ylPvPqifihCDTGII8s_BxEbzA%3BFfy8aAIdX3PH_ylxOAx-fihCDTF6wXXwUlzvIQ&t=h&dirflg=w&mra=ltm&z=16[/googlemap] Wikipedia A partir da Plaza España, observe a monumento de Cervantes com o Ed España ao fundo que já foi um dos mais altos do mundo. Este é ponto de partida para nosso roteiro que pode ainda incluir o Museo Cerralbo, uma antiga residência aristocrática transformada em museu com entrada gratuita aos Domingos. Apesar de pouco conhecida dos roteiros turísticos mais comuns é uma atração muito bonita, tanto pelo palácio em si quanto pelas obras de arte que se encontram dentro dele, desde pinturas de artistas famosos até coleções de armas e armaduras. Quase em frente, na Calle Ferraz, está o Parque del Oeste e o templo de Debot, do séc IV a.c, um autêntico santuário egípcio trasladado pedra por pedra do Egito, em agradecimento ao governo espanhol pela ajuda na preservação do templo de Abu Simbel. Templo de Debot Siga então em direção ao Palácio Real de Madrid, mas antes dê uma parada nos jardins de Sabatini para uma vista estarrecedora do complexo. Vista do Palácio Real a partir dos jardins de Sabatini O palácio é o maior da Europa em área construída e pode ser visitado quando não está sendo utilizado para eventos oficiais. Em alguns horários a visita é gratuita para latino americanos, confira o site do palácio com antecedência. Plazza de Armas e o Palácio Real Palácio Real Ao lado, encontra-se a Catedral de Amuñeda, que apesar de ser uma construção mais moderna, vale uma visita rápida, mesmo para quem não possuem grandes interesses religiosos. Catedral de Madrid Caminhando para o leste, entramos, na minha opinião, na área mais bonita da cidade. A calle mayor e suas imediações são uma sucessão de prédios históricos bem preservados , jardins coloridos e vielas que remetem ao passado glorioso do Reino de Espanha. Entre os pontos de interesse estão a antiga Plazza de Villa, onde está o antigo cabildo (ayuntamento) da antiga Madrid. Plazza de Villa Na região ainda encontra-se a Colegiata de San Isidoro, antiga catedral da cidade e a Plaza Mayor, local onde ocorriam os eventos públicos da Madrid antiga, desde touradas até execuções da temida Inquisição Espanhola, uma das mais sangrentas do mundo, presidida pessoalmente pelos Reis Católicos na ânsia de banir qualquer outra religião do país. Colegiata de San Isidoro Plazza Mayor Para fechar o dia, uma visita ao Monasterio de las Descalças Reales, um antigo convento repleto de obras de arte de extremo valor, doadas pelas famílias abastardas das noviças. Infelizmente, as visitas só podem ser guiadas em determinados horários bem controlados e quando lá estive não consegui visitá-lo por dentro. Monasterio de las descacas reales [t1]Resumo Final[/t1] Mais uma cidade que o mito não corresponde à realidade. Quem espera que Madrid seja uma cidade um tanto monótona, sem grandes atrativos, encontrará uma metrópole viva, pulsante, com muitas opções de diversões, inclusive culturais, além de prédios de belíssima arquitetura. A gastronomia descomplicada, baseada em tapas (aperitivos) e bebidas de qualidade como o vinho Riojo, assim como o povo amigável e educado contribuem para criar uma atmosfera amigável de uma cidade que sabe receber bem o visitante e proporcionar momentos de pura diversão.
×
×
  • Criar Novo...