Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Dicas: Trabalhar no Japão (dekassegui)


Posts Recomendados

  • Membros

Olá pessoal, moro no Japão há alguns anos e, caso queiram alguma informação a respeito da vida aqui, responderei com o maior prazer.

 

Bom, chegando no Japão, geralmente você encontrará serviço em fábricas de auto-peças. A maioria dos empregos, tanto temporários quanto fixos, são em fábricas.

 

Hoje em dia, o salário para homem está variando de 1200 à 1300 ienes a hora e para mulheres de 850 à 1000 ienes a hora. A carga horária depende muito de cada fabrica. Algumas te dão 12 horas por dia durante 6 dias por semana enquanto outras apenas 8 horas diárias em 5 dias por semana. Para nós, que queremos juntar dinheiro, o mais interessante seria uma fábrica com bastante horas extras, pois nas horas extras há um acrescimo de 25% sobre o valor/hora, ou seja, se a pessoa ganha 1300 ienes a hora, durante a hora extra ele ganhará 1625 ienes a hora. As horas extras passam a contar a partir de 8 horas trabalhadas. Durante o período noturno, há também o acréscimo de 25% sobre o valor/hora, após as 22h até as 5h da manha.

 

Realmente, se fizermos as contas na ponta do lápis, veremos que aqui ganha-se muito bem, comparado à outros países, em relação a empregos para estrangeiros, mas as despesas são grandes. Vou dar um exemplo de ganhos mensais de um homem que faz 3 horas extras por dia e trabalha 24 dias por mês(apenas uma média):

 

Salario: 1300 ienes a hora

Carga horária: 12h por dia (descontando almoço e intervalos, 11h)

Ganho diário: 15275 ienes (130 dolares)

Ganho mensal: 15275 vezes 24 = 366600 ienes (3160 dolares)

 

3000 dólares é o ganho mensal para quem trabalha de dia... há acrescimo de 200 dólares pra quem trabalha em dois turnos e 400 dolares para quem trabalha somente à noite. Algumas pessoas chegam a ganhar 4000 dolares/mês, mas não é constante.

 

Aqui o custo de vida é muito alto. O aluguel chega a custar de 400 a 800 dolares. E as despesas com comida também são bem altas, dependendo do número de pessoas da familia. Também existe despesas com internet, telefone, celular, globo internacional, impostos.

 

O que cada um consegue juntar é muito relativo. Depende de muitos fatores. Mas uma estimativa é essa. Tá difícil juntar dinheiro aqui no Japão. Quem puder, se esforce no Brasil.

 

Qualquer coisa, estarei aqui para responder. Abraços.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 ano depois...

  • Membros

sendo um site de mochileiros. mas japão tem uma lance diferente que eh morar e viver e nao somente viajar, assim como pessual q vai a outros paises a trampo.. isso no japao se chama DEKASEGUI

primeira dica, viver como estrangeiro nao confunda com viajar como mochileiro..bate uma certa confusao no inicio,,pois vc quer viajar,mas a primeira e unica coisa q vc faz pelo menos nos primeiros meses eh trabalhar e dormir..rsrsr

 

dificil postar dicas ja q cada um sente e vive a experiencia de uma forma.nao soh japao,mas como qq parte do mundo, como qq viagem de fim de semana etc... mas vai ai algumas dicas pra quem ta vindo ai encarar vida de dekasegui

 

- APRENDE NIHONGO antes de vir.. nao q seja realmente necessario,mas vai ajudar e muiito para fazer coisas do cotidiano, ir no mercado perguntar algo etc... nos lugares turisticos e grandes cidades da pra se virar com ingles, mas em outros pontos do japao sem chance.. sem contar q vc pode ja fazendo varias coisas por conta e nao precisa depender da "boa vontade" dos tantoushas..rsrs

 

- APRENDA A ANDAR DE TREM, o país eh todo interligado por trilhos.. qq estaçao por menor q seja ,ja te liga ao país todo.. pelo menos para mim essa eh melhor parte do japao,como mochileiro.

 

- traga comida pra se virar nos primeiras semanas, arroz,enlatados,sal,açucar.. eh proibido.mas da pra trazer

 

- nao traga roupas demais,, a maior parte do tempo soh usa uniforme da firma mesmo...rsrsrs.. e vc acaba comprando aqui..

 

- vegetarianos sofrem um pouco aqui.. frutas sao absurdo de caras e saladas tem q saber temperar. rsrsr..mas nao deixe de se alimentar direito, principalmente no inicio de adaptaçoes.. querendo ou nao emagrece e fica meio debilitado, emagreci qs 10 kilos nos primeiros meses. rsrs

 

-papel higienico, se joga na privada.

 

-nao va brigando com seu tantousha por qq motivo,, nos primeiros dias. meses ele eh quem vc vai poder contar,independente de quem seja,rsrsrs

 

- saiba q existem trampos faceis,leves e q muitas vezes vc nao faz absolutamente nada...e existem trampos pesados,corridos,com chefes chatos etc.. venha preparado pro pior, de inicio,mas sabendo q existem outros serviços. mas nao vire "pinga-pinga" quem soh fica mudando de um serviço pra outro, isso "queima o filme" com os japoneses na hora de arrumar outro serviço.

 

- existem pessoas q vao querer dificultar as coisas pra vc e existem akeles q querer ajudar.. saiba diferenciar, e de valor para akele q querem ajudar,,no inicio principalmente, essas pessoas fazem toda a diferença ..e simplesmente ignore os que tentar dificultar, aqui rola muita intriga,,afinal nem todos estao veem ao japao pq gostam daki, muitos veeem e deixam familia etc.. saiba respeitar isso tb. mesmo q nao concorde.

 

-provalvel q divida apato com alguem q nunca viu na vida, aqui eh normal, respeite espaços um do outro,mas troque ideias sempre.na boa... sem estressar.rsrsrs

 

-amizades sao diferentes q estar no brasil, cada um corre atras por si mesmo,ateh pq,horarios de serviços sao diversos, alguns trabalham a noite, outros de dia, outros dia e noite (nikotai), outros 4x2 - trabalha 4 dias folga 2, uns folgam fin de semana outros trabalham..vc conhece alguem hj e no outro dia um vai pra outro lado do país mudando de trampo..aprenda a respeitar isso tb.. nos outros e em vc tb

 

- nao se fixe somente em juntar grana, saia da toca e viaje, japao tem muita coisa pra ver e q vale muito a pena. Tokyo, Osaka, Nara, Kyoto, Okinawa, Monte Fuji, etc.. sem contar q daqui do japao sai bem mais em conta viajar pra outros paises da asia, china, indonisia, tailandia, russia, etcc... viaje nem q seja sozinho,afinal eh eh site de viagem. rsrs,, mergulhe na cultura sem querer julgar apenas aprecie,e perceba toda diferença, contrastes e toda beleza... dica eh comprar um guia de viagem do japao. eu tenho um da folha de s.paulo,bem completo,com estaçoes de trem e metro de cada destino,etc...

 

-saiba q existem muitos brasielros q ja estao a 10, 15 anos no japao e nao pensam mais em voltar pro brasil,e outros e vem soh pela grana e nao veem a hora de voltar pro brasil,pois deixam familia,filhos etc. respeite q cada um tem seus objetivos etc...nao va julgando e se envolvendo em fofocas,coisa q rola muito tb..

 

- alguns lugares com maior concentraçao de brasileiros, existem placas de avisos em portugue, acessoria em portugues na prefeituras e eh facil encontrar brasileiros na rua etc.. como hamamatsu, toyohashi.. outros ja nem tanto..

 

-antes de sair do brasil pra vir pro japao, va a padaria de manha comprar pão, sente na calçada de sua casa com seu cachorro..troque ideia com seu vizinho.faça coisas simples do cotidianos brasileiro..qd vir vir pra ca ira entender..rsrsr

 

- o inicio pra quem vem sozinho eh complicado,nao eh facil mesmo!!!!!saudades, solidao, horarios do serviço,etc.. mas dica fundamental eh nao desistir, por mais dificil q esteja a situaçao, tenha sonhos e objetivos pois na hora q a coisa apertar sao eles q vao te levar a superar, e nao se esqueça q se vc tem a oportunidade de vir trabalhar, viajar, conhecer aki, vc ja é uma pessoa de sorte....agradeça e nao reclame por ter oportunidade, a vida só vale a pena pq nada eh facil. :D

 

essas sao impressoes e dicas das coisas q passei e vi ,no primeiro ano de japao.. postem suas dicas tb..

abraçs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 11 meses depois...
  • Membros

Descordo com um item que o Tomita fez, acho que trazer alimentos para as primeiras semanas é carregar peso sem necessidades, pois aqui tem várias lojas de produtos alimentícios, inclusive em supermercados japoneses.Acho que seria melhor comprar yenes (de 30 a 50 mil yenes), valor aproximado para despesa mensal com alimentos, tendo em vista que, ao ser contratado por uma empreiteira, o mesmo fornece adiantamentos ao funcionário após 2 semanas trabalhadas.

No caso de passeios, é aconselhavel se firmar no serviço primeiro.Depois de estabilizado, pensar em passeios.Tem varios locais para se conhecer, divertir e se aventurar.

Uma outra dica é procurar se informar sobre albergues e se increver para diminuir gastos com hospedagem na hora de se aventurar nos finais de semanas e feriados longos.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 ano depois...
  • Membros

Bom, morei 4 anos no Japão (Toyohashi) e sobre a questão da comida, penso que depende de onde você vai morar.

Por exemplo, quando fui para lá levei arroz, feijão, macarrão, enlatados... Quando cheguei, por mais que fosse um lugar desconhecido, logo encontrei mercados ( inclusive mercados brasileiros) e pude comprar quase tudo o que tinha levado.

Já um primo meu, foi para uma cidade chamada Gotenba, em Shizuoka, e lá não possui muitos mercados brasileiros, então no começo ele sofreu um pouco com a adaptação da comida.

 

Minha dica é pesquisar antes de ir, procurar saber se há muitos brasileiros na cidade onde vai morar ( pois terá uma boa chance de ter mercados brasileiros).

Enfim é isso! :)

 

E a parte de " -antes de sair do brasil pra vir pro japao, va a padaria de manha comprar pão, sente na calçada de sua casa com seu cachorro..troque ideia com seu vizinho.faça coisas simples do cotidianos brasileiro..qd vir vir pra ca ira entender..rsrsr "

Também recomendo kkk são coisas simples que fazem TODA A DIFERENÇA quando não se tem! :wink:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 ano depois...
  • Membros

Quando fui para o japão, havia um casal que levou uma mala cheia de comida.

Ao chegar no japão primeiro veio uma caixa com a mala rasgada e depois outra com quilos e quilos de arroz e feijão.

 

Desde o início é bom compreender que mesmo planejando tudo, muita coisa não acontecerá como esperado... se for ciente disso eu acho que levando ou não levando comida, sabendo que tem ou não tem supermercado de produtos brasileiros, tudo correrá bem... mas ao invés de comida eu aconselho é levar suas lembranças, fotos, cds nacionais favoritos. dar muitos e muitos abraços e beijos antes de partir.

 

Por que por mais que sonhemos, somos japas no brasil e brasas no japão.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

A kestao da comida realmente e discutivel. Eu nunca pensei em fazer isso e qndo vi uma pessoa fazendo, achei muito eskisito. Nunca trouxe nada para comer a nao ser uma certa quantia em dinheiro, e mesmo morando em locais com poucos brasileiros( Chiba e Okayama), nunca dificuldade em encontrar todo o basico no mercado japones. Sem falar que hj em dia vc pode fazer pedidos online em supermercados brasileiros...e so chegar e conversar com tantoushas ou povo mais velho d Japao e fazer como muitos fazem: pedir em conjunto e dividir valor da entrega ate. Mas arroz, sal, acucar, temperos...muita coisa tem em mercado japones. Se n tiver como pedir em mercado online no primeiros dias, vai se virando com esses basicos, pizzas congeladas, frango, linguicinhas,lamen,macarronadas (mta coisa italiana aki)... e nao tenha medo de experimentar algumas coisas novas tb porque n e o fim do mundo tb. Se nem eu nem meu marido q e italiano puro e nao costumava comer comida japones sofremos assim, e pq n e tao ruim como pensam. ::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • 9 meses depois...
  • Membros

Atualmente depois dos desastres naturais e a crise ainda o mercado de trabalho para brasileiros anda ruim. ::essa::

 

Em São Paulo apesar de ter reduzido, ainda há agências que enviam brasileiros com o emprego já garantido... mas cuidado, se informe direito, procure alguém que está na região que pretende ir, procure saber se já há uma empresa certa onde irá trabalhar, é muito comum irmos e ficarmos em alojamentos de empreiteiras até sermos encaminhados aos trabalhos e quanto mais tempo ficar nos alojamentos, maior será a dívida a ser quitada no final. ::sos::

 

Hoje, diferente da época de nossos pais, não é a melhor alternativa ir para o japão, se sua intenção é trabalhar para juntar dinheiro em pouco tempo. Muitas pessoas vão já com a mentalidade de que irão apenas para passear, para viver ou para ganhar tempo até encontrar algo para realmente investir. Até para viver hoje no japão é preciso cortar gastos e economizar. ::mmm:

 

Pense bem.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 11 meses depois...
  • Membros

Olá pessoal,

Eu queria perguntar algumas coisas, espero não estar repetindo nenhum tópico, dentro dos que olhei não encontrei nada parecido.

Eu quero ir ao japão para trabalhar porque não tenho dinheiro para somente ir fazer turismo, eu encontrei também algumas opções de estudo/bolsas de estudo , mas eu queria ir ano que vem para trabalhar.

As ofertas de emprego que encontro na internet são apenas para descendentes de japoneses ou cônjuges , ou para pessoas de descendência de país de língua inglesa para ser professor de inglês. Gostaria de saber se já encontraram alguma pessoa que trabalha no japão e que não possui descendência japonesa e nem são casados com japoneses.

Estudo nihongo , mas não sou fluente, JLPT 5 no nível.

 

Obrigada ...

Paula

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Olá Paula,

os empregos no japão são geralmente pra descendentes de japoneses ou seus conjuges. Ou como vc viu pra dar aula de ingles. Não vejo outra alternativa a não ser conseguir uma bolsa de estudo. Não sei qual sua área de estudo, mas se for algo tecnico vc pode conseguir pela Jica ou Mombusho. Procure se informar.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...