Ir para conteúdo
Raffa

Trilha até o Rio Branquinho - Serra do Mar - Sampa

Posts Recomendados

Para não deixar o feriado passar em branco em Sampa. Eu, Sandro e Gibson, combinamos de tentar descer a Serra do Mar até o litoral.

 

Fomos até o extremo sul de São Paulo, bairro da barragem. Saímos as 6h da manhã da Sexta-Feira, do metro Vila Mariana até o terminal Parelheiros. De lá pegamos outro ônibus até o bairro da Barragem.

 

Chegamos na Barragem, um bairro bem simples. Nem parece que estamos na selva de pedra chamada São Paulo. Bastante verde, pessoas humildes e pouco comércio. Compramos agua, um vinho e alguns biscoitos e pé na estrada.

 

004.JPG?et=zfFONfHYjmClEdIF49hdgA&nmid=437841032

 

A estrada é bem aberta e é paralela a linha do trem (Antiga Sorocabana 1935). Depois de caminhar por volta de 40m/1h chegamos na linha do trem. Era só descer até o túnel 25 (a contagem é de baixo para cima da serra).

 

010.JPG?et=QRdnf1nMQ7d%2CUgIWVRIZzg&nmid=437841032

 

Na altura da propriedade do Jamil, havia um comando da policia militar e guarda municipal barrando todos que desciam sentido a usina (caminho que iriamos passar), rapidamente, desviamos o do comando avisando que iriamos entrar na cachoeira do Jamil e acampar por lá. Ufa. sorte... por pouco a trilha não acaba ali.

 

Concordo com esse bloqueio, pois na Usina já morreram muitas pessoas e recentemente no carnaval mais uma pessoa se acidentou. Fora o pessoal que destrói e suja a região. Fica muito difícil a policia descobrir quem é responsável e ecologicamente correto.

 

Bom, resultado, ficamos o dia inteiro no Jamil esperando o comando ir embora. Nadamos na prainha, fizemos almoço, cochilamos, demos bastante risada com o caseiro, o Paraná e seu "caneco de couro" hahaha

 

017.JPG?et=FqWBcRetLRaNVkTjd3AWbA&nmid=437841032

 

Por volta das 16h verificamos que o comando já tinha ido embora e continuamos a missão. Descemos a linha do trem.

 

025.JPG?et=CCuCyBniCT6i9HA6DpvfvQ&nmid=437841032

 

Rapidamente a noite veio, não fazia frio e passavam vários trens, ora subindo, ora descendo.... a noite estava linda, dava para ver as luzes do litoral, unica coisa que estragava era o cheiro forte de soja estragada(algum vagão descarrilhou e muitas sacas ficaram a beira da linha)

 

031.JPG?et=SRtPQGaMQSFJLZOC4bJLJg&nmid=437841032

 

Passamos pelos túneis, 27, 26.... ritmo forte, só diminuímos um pouco, pois por milimetros não pisei em uma cobra... eu não vi, quem viu foi o Sandro que vinha logo atrás.

 

026.JPG?et=wMUSm56NHb2vwbKRsvBWmg&nmid=437841032

 

Chegamos no túnel 25 e devido a escuridão não visualizamos a entrada da trilha. Vimos que um pessoal acampava a beira do Rio Branquinho. Entramos numa picada na saída do túnel a direita, achamos uma clareira e ali ficamos. Montamos nossas barracas, tomamos um vinho, fizemos um lanche rápido e por volta das 22h já estavamos capotados. O tempo estava tão agradável, que dormi só de lençol. Depois nem lembro mais de ouvir trem passando pela linha.

 

038.JPG?et=Ify5YcptJLpIrHEpaDOi1A&nmid=437841032

 

Acordamos no sábado, por volta das 7:30 e as vozes do pessoal que estava acampando no Rio, estavam muito próximas. Desmontamos acampamento, ali a primeira dúvida, continuar a picada indo para a direita ou voltar para a linha do trem e tentar descer o Rio ? Optamos por tentar descer pelo rio. A entrada da trilha é antes do túnel 24. Assim que desce a pirambeira, você já está no rio.

 

044.JPG?et=OahoBJs71wFTW7qx2HbYNQ&nmid=437841032

 

052.JPG?et=2%2BlF0JSuE4jRukMgXkOSXA&nmid=437841032

 

Ali no Rio Branquinho, tinham 9 pessoas acampadas. E para variar bastante sujeira de outras pessoas que passaram por ali. Cumprimentamos o primeiro grupo e descemos o rio pelas pedras.

 

055.JPG?et=SA6fsS8olIt6sGEpVPe8fw&nmid=437841032

 

Mais para baixo encontramos outro grupo de pessoas acampadas e mais sujeiras feita por eles mesmos. Cumprimentamos rapidamente e seguimos pela trilha, já que ali, o rio entrava tipo em um túnel que parecia um toboagua. A trilha era bem fechada. Mas valeu o perrengue, do outro lado, uma belo poço e o toboagua formava uma cachoeira, ainda bem que ninguém quis descer escorregando rsrsr

 

059.JPG?et=C6gr2%2Bn2nYupHMoHl9ewPA&nmid=437841032

 

Nadamos um pouco e logo o pessoal que estava acampado veio atrás da gente. Quando chegaram no poço, nos vestimos e seguimos rio abaixo, ainda tinha muita coisa para andar.

 

060.JPG?et=sEp6pJh1FSvmca2QAqhYUQ&nmid=437841032

 

 

Em determinado momento, o rio virava uma imensa cachoeira, impossível descer pelas pedras sem cordas. Ali vimos que seria dificil descer ou tentar ir pela outra trilha, pois o Gibson tinha que estar em Sampa no Domingo bem cedo.

 

065.JPG?et=3Ruv2%2Brxy%2BV2MOb2WBanHw&nmid=437841032

 

Bom, curtimos mais um pouco o rio, começamos a fazer o mesmo trajeto, subindo. Agora vem a parte da ignorância e a imbecilidade humana. Aquela turma acampada proxima ao toboagua, deixou o lixo tudo no saco, mas o largou ali, junto com uma calça jeans, papéis higienicos e outras sujeiras mais. Além do que no meio das pedras do rio, dois pacotes de macarrão, tempero e copos plasticos. Recolhemos o máximo de lixo que conseguimos, infelizmente foi muito pouco para o que tinha ali. e voltamos para a linha do trem.

 

071.JPG?et=bc4WvUyEqsN%2BjRbUtUUFyA&nmid=437841032

 

Agora o trajeto era subir naquele sol e caminhar sobre pedras e trilhos o desgaste é bem maior. Foi bem cansativo. No meio do caminho encontramos um índio que nos forneceu mais dicas e o caminho certo até o litoral.

 

074.JPG?et=kVlY7AB5MHPrnH1z8sA%2CQQ&nmid=437841032

 

Ao passar pelo Jamil, também não tinha mais nenhum comando, era por volta das 16h. Chegamos na Barragem, era noite, 6:40/7h. Por sorte o bus já estava para sair. Só deu tempo de comprar algo gelado e capotar rssss.

 

083.JPG?et=3lFc9w9ovJJUELxmAjMSMg&nmid=437841032

 

Chegamos em Parelheiros, por volta das 7:40 e seguimos rumo a Vila Mariana com planos para voltar e fazer o percurso completo.

 

Eu finalizei meu feriado no Morrison Rock Bar... nem eu acreditei. Mas fechei com chave de ouro, um feriadão que estava praticamente perdido..

 

Minhas fotos:

http://raffasp.multiply.com/photos/album/307/Trilha_do_Rio_Branquinho#

 

Dados GPS:

Total ida e volta: 33KM

http://connect.garmin.com/activity/81468494

http://connect.garmin.com/activity/81468501

http://connect.garmin.com/activity/81468514

http://connect.garmin.com/activity/81468522

http://connect.garmin.com/activity/81468529

http://connect.garmin.com/activity/81468536

 

::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade você pisou no filhote de jararaca cabeção ::prestessao:: , quando eu a vi a coitada estava se contorcendo de dor :( , ou sua Titan aguentou as presas ou ela nem teve forças pra te picar.

 

::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ahaha

devia estar com 100kg (+mochila)

se picou nem senti, o pé já estava amortecido de ficar andando naquelas pedras

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

kkkk

 

A cobra se contorcendo de dor foi boa...kkkk

 

Eu pisei em uma cascavel na trilha do Ouro (PNSB).

 

Tive muita sorte tembém de não levar uma picada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

São Cristóvão anda batendo cajado na nossa frente!

Antes que ele pare pra descansar vou providenciar meu próximo equipamento:

 

[align=center]picada-de-cobra.png[/align]

::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×